segunda-feira, 30 de novembro de 2009

TUA GRAÇA ME BASTA

Todos temos sonhos, desejos, queremos realizar algo que julgamos importante ou até imprescindível para que a felicidade bata na nossa porta! Isso não é errado. Aliás, é até bom! Porque são os sonhos que movem o mundo, que nos fazem lutar e se esforçar para tornar nossos desejos em realidade.

Ontem, estava na igreja e ouvi o irmão Janisvaldo cantar: "Não preciso ser reconhecido por ninguém... e que diminua eu". Estive pensando na letra desse hino e em minha própria vida. Quantas vezes quero só isso? Para ser sincero, poucas.

A gente sempre quer ouvir: foi bom! Que pregação maravilhosa! Puxa, foi uma bênção! E quantos cantores estão pelo mundo aí querendo ser reconhecido pela mídia? Alguns chegam a vender seus hinos para que grupos que não tem nada com Deus gravá-los. Já ouvi hinos em forma de pagode, samba, música eletrônica. Onde estão os autores destes hinos que permitem isso acontecer? Serão que tem o mesmo sentimento presente na letra desse hino e podem dizer com sinceridade: "Não preciso ser reconhecido por ninguém... e que diminua eu"?

Garanto que não! Alguns dizem: o importante é que o evangelho está sendo levado ao mundo! Será que para Deus isso não tem importância? Claro que tem! Ele não aceitou a oferta de Caim porque ela não foi feita como devia; Ele não aceitou o fogo de Nabade e Abiú porque não era o exigido; como Ele vai aceitar tudo o que os homens fazem hoje em nome do evangelho?

Rogo a Deus que levante homens que busquem apenas a Sua graça. Que só a presença de Deus no coração seja o prazer e que estes cantores que existam pelo Brasil possam entender que Vender uns Cds não significa que foram aceitos por Deus nem que são seus ministros, pois o que conta é o que está no coração.

O clipe de hoje é do Ministério Toque no Altar - Tua graça me basta.


Ótima segunda

LANCE A CORDA


Quando estou entre os fracos na fé, eu me torno fraco também a fim de ganhá-los. Assim eu me torno tudo para todos a fim de poder, de algum modo, salvar alguns.
I Cor. 9:22


Por volta do ano de 1875, a traineira Gertrude foi apanhada por uma tempestade violenta a uns 65 quilômetros de Lowestoft, na costa da Inglaterra. Cinco homens do mar, bem como tudo o que se movia no convés, foram jogados ao mar. Somente um marinheiro e o cozinheiro do barco permaneceram vivos. A traineira Alfred aventurou-se a chegar perto para ver se podia ajudar. Repetidas vezes os homens do Alfred jogaram cordas para Gertrude, mas cada vez que o faziam, ou elas não alcançavam os sobreviventes, ou estes, paralisados pelo frio, não conseguiam segurá-las.

Anoiteceu. O Alfred manteve contato com o barco à deriva por meio de sinais luminosos. Quando amanheceu, Alfred Freeman, um rapaz de 18 anos e aprendiz de marinheiro, ofereceu-se voluntariamente para ir até à embarcação. Sozinho na furiosa tormenta, ele remou seu barquinho até ao Gertrude e subiu a bordo. Mas a onda seguinte esfacelou o seu barquinho a remo contra o lado de Gertrude. Numa tentativa final e desesperada, a tripulação do Alfred jogou mais uma corda. Freeman conseguiu apanhá-la e os homens foram salvos.

Em inglês há um hino com o título "Lance a Corda Salva-vidas". Alguns acham que o autor comemora, com a letra desse hino, o incidente do resgate do Gertrude pelo Alfred.

Paulo, que escreveu as palavras de nosso verso, viajou muito por mar. A caminho de Roma, seu navio foi apanhado por uma tempestade e afundou. Mas, com tormenta ou sem tormenta, ele testemunhava por seu Senhor. Mesmo enquanto rugia a tempestade, Paulo testificou: "Porque esta mesma noite o anjo de Deus, de quem eu sou e a quem sirvo, esteve comigo, dizendo: Paulo, não temas. ... Deus por Sua graça te deu todos quantos navegam contigo. Portanto, senhores, tende bom ânimo; pois eu confio em Deus, que sucederá do modo por que me foi dito." Atos 27:23-25

domingo, 29 de novembro de 2009

FESTA DAS CRIANÇAS


Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele.

Lc 18.17


Ontem, foi realizado a festa de fim de ano das crianças, que é o encerramento de algumas atividades nas congregações dos Bairros da Praia e Copacabana. Apesar de o dia ser chuvoso, isso não impediu as crianças de se divertirem e aproveitarem cada segundo, mesmo sob a chuva que a toda hora caia. Enfim agradecemos a Deus por abençoar esse trabalho tão importante e que já deu muitos frutos.

De coração, levamos a Deus o nome de cada irmão que tem se empenhado na obra do Senhor em prol das crianças e rogamos que Deus os guarde do mal, abençoe e proteja de toda obra maligna.

Tias Gleice e Rose comandam o devocional com as crianças pela manhã

Crianças reunidas no salaão do Clube do SINTEAC
  

Às donas da Cantina, o nosso muito obrigado!

Brincando com a Centopéia.


Pula-pula


Festa na Piscina


Almoço dos professores

O dia foi de muita diversão, alegria e paz. Louvamos a Deus pelo seu imenso amor de nos permitir realizar sua obra. Que cada um que de alguma forma participou desse trabalhj, desde a sua fundação possa se sentir agraçiado, porque você faz parte dos obreiros de Deus.

Não poderia deixar de citar alguns, que investiram seu tempo e forças em prol das almas dos pequeninos, e já não estão aqui, entre nós. Estão em outros campos ou mesmo no céu, como: Dona Ethel, Lucimar, Seu Orlando, Lucilene, Lúcia, Eliane, Luzivana, Fagner e outros.

A MÃO AMIGA

Pedro... ficou cheio de pavor e começou a afundar. "Salve-me, Senhor!" gritou ele. No mesmo instante Jesus estendeu-lhe a mão e o salvou.
 Mat. 14:29-30 (Bíblia Viva).


Muitos anos atrás, a escuna Tomas M. N. Stone afundou ao largo da costa oriental dos Estados Unidos. O Comandante Newcomb e sua tripulação de seis pessoas escaparam num bote salva-vidas. Foram resgatados alguns dias mais tarde pela embarcação África, que os levou a Nova Iorque.

Newcomb registrou uma queixa junto às autoridades da Marinha, declarando que enquanto se encontravam à deriva, um barco a vapor de casco preto e uma só chaminé passara por eles a uns três quilômetros de distância, sem ter parado para prestar socorro. A tripulação do barco tinha obviamente visto o internacionalmente conhecido sinal de perigo (um cobertor preso a um remo), pois o vapor havia tocado três vezes a sua buzina - mas prosseguira sem parar. Disse Newcomb: "Se eu soubesse o nome daquele barco e o de seu capitão, o mundo inteiro ficaria sabendo!"

Acho que nem sempre nos damos conta de que muitos náufragos no mar da vida são ignorados como aquele comandante e sua tripulação.

Minha esposa e eu visitamos recentemente o nosso filho Don e família, na cidade de Paradise, Califórnia. Eu havia sido aspirante ao ministério 40 anos antes, naquela mesma cidade. Enquanto andávamos por locais familiares para mim, mostrei para minha esposa o lugar onde havia morado uma família de membros da igreja (vou chamá-los de Clark). Quando os visitei, a Sra. Clark pediu-me que visitasse o seu filho de 19 anos de idade, que morava numa cabana próxima. Ela contou que ele não tinha amigos, nunca saía e estava simplesmente jogando a vida fora.

Quando bati e a porta se abriu, fui recebido pelo rosto mais triste que me recordo de ter visto na vida. Momentos depois, o rapaz se desfazia em lágrimas. Devido a minha inexperiência, eu não sabia o que fazer. Li um versículo das Escrituras, fiz uma breve oração e fui embora. Pouco tempo depois, fui transferido para outro distrito e não dei continuidade àquela visita inicial, mas isso não era desculpa realmente para negligenciar o rapaz. Eu poderia pelo menos ter-lhe escrito uma carta animadora. A inexperiência não deve ser usada como pretexto para deixar de atender os que se encontram em necessidade.

Por todos os lados, ao nosso redor, há pessoas como aquele rapaz. Necessitam de um amigo. De alguém solícito. De alguém que as leve a Jesus, que nunca deixa de estender a mão para salvar.

CRISTÃS IRANIANAS SÃO SOLTAS

É com grande alegria que a Portas Abertas informa a libertação de Maryam Rostampour (27) e Marzieh Amirizadeh (30).  “Fico feliz em informar que Maryam e Marzieh foram libertadas sem ter que pagar fiança. Elas já estão em casa”.

Elas passaram mais de nove meses na prisão Evin, em Teerã. Embora essa notícia seja muito boa, ainda não está certo se a liberdade delas é condicional. “Isso acontece quase sempre”, disse um obreiro da Portas Abertas que pediu para não ser identificado. “Os cristãos são libertados ao pagar uma fiança, mas as autoridades continuam a pressioná-los com o processo legal.”

Falta de atendimento médico A prisão Evin tem sido criticada nos últimos anos por organizações de direitos humanos por causa dos abusos e execuções que perpetra. Foi dito que Maryam e Marzieh não sofreram tortura física enquanto detidas, mas não receberam atendimento médico adequado – o que se enquadraria também como abuso.

As condições físicas das duas pioraram ao longo do tempo. Elas não foram atendidas quando sofreram com infecções e febre alta. Marzieh, que completará 31 anos no dia 25 de novembro, tem problemas sérios na coluna, que lhe causam crises de enxaqueca.

No dia 5 de março, forças de segurança iranianas prenderam Marzieh e Maryam. Elas só foram indiciadas depois de um mês, acusadas de “participar de reuniões ilegais” e “agir contra a segurança do Estado”.

No julgamento que tiveram, sua fé foi questionada, mas em momento algum elas se intimidaram. Continue a orar por Maryam e Marzieh. Serem soltas da prisão não significa que elas tenham total liberdade agora. Ore também pela saúde delas.

Interceda, da mesma forma, pela Igreja iraniana, que sofre muita opressão. No mês passado, por exemplo, uma Assembleia de Deus no centro de Teerã foi proibida de continuar seus cultos em persa a partir do dia 30 de outubro.

Tradução: Missão Portas Abertas

sábado, 28 de novembro de 2009

QUEM SOMOS EM CRISTO?


João 1:12-13 - "Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus".


Há muitas pessoas que pensam, erradamente, que todos somos filhos de Deus, mas não somos nada, todos filhos de Deus. Só é filho de Deus aquele que nasce de Deus, que recebe Jesus como seu Salvador. Só é filho de um determinado casal, a criança que nascer da união desse casal, muito embora outras crianças possam ser parecidas com ela.

Nós somos todos criaturas de Deus. E porquê? Porque Deus criou-nos a todos assim como criou todo o mundo. Mas sermos filhos de Deus isso é muito diferente, só é filho de Deus aquele que de Deus nasce, aquele que entrega a sua vida a Jesus e o recebe como seu Salvador. Quando alguém entrega a sua vida a Jesus, várias coisas acontecem e uma delas é que você é feito uma nova pessoa, não por fora mas por dentro. Outra coisa que acontece é que é feito um filho de Deus.

E repare numa coisa interessante que não é você que se faz filho de Deus! Deus é que o faz Seu filho! Você não fez absolutamente nada, em Romanos 8:15 - "Porque não recebeste o espírito de escravidão para outra vez estardes em temor, mas recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai."

Romanos 8:16 - E o mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Eu não sou mais um pecador, mas sim um filho de Deus. Eu sou aquilo que Deus diz que eu sou! Eu era um pecador, mas fui salvo e tornei-me uma nova criatura.

Romanos 8:17 - E se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo: se é certo que com Ele padecemos, para que também com Ele sejamos glorificados.

Somos Filhos de Deus!

A IDEOLOGIA DO ABORTO E DA EUTANÁSIA


É o aborto que está preparando o caminho para a Eutanásia no Brasil. O plano é o seguinte:

1º - Destruir a dignidade do feto, para que ele seja desclassificado como ser humano; defendendo a idéia de que o feto não é pessoa.

2º - A partir disso se torna lícita a seleção genética: abortamento dos que possuem qualquer defeito físico ou síndromes(eugenia), para se formar uma raça superior, assim como a manipulação de fetos para experiências genéticas.

3º - Uma vez inculturado o direito à morte de todos que não são “úteis”, fica simples implantar a Eutanásia. Pois o idoso doente que não produz mais nada para a sociedade se torna um empecilho para a felicidade dos outros.


O exemplo clássico é a Alemanha Nazista de Hitler, que foi a precursora do aborto e da eutanásia no mundo. O Nazismo implantou o aborto e a eutanásia no ano de 1935, quando começou a eliminar as crianças que não eram da raça ariana ou possuíam algum “defeito genético” como deficiência física ou mental.

Pouco mais tarde o projeto “evoluiu” e começou a alcançar também as crianças já nascidas até se transformar em um programa de eutanásia em larga escala. Milhares de crianças alemãs, mesmo consideradas racialmente “arianas”, foram enquadradas dentro do programa de eutanásia, muitas por razões sociais em vez de defeitos físicos. A morte das crianças era realizada principalmente pela fome ou por uma alta dose de drogas.

Nos primeiros anos de vigência do programa somente crianças portadoras de sérios defeitos congênitos foram mortas, mas à medida em que o tempo foi passando a idade das crianças submetidas à eutanásia foi aumentando e as indicações para as quais esta era recomendada foram se ampliando. Foram mortas crianças por apresentar orelhas deformadas, por urinar na cama e outras enquadradas como “difíceis de educar”.

Na Holanda está acontecendo o fenômeno da fuga de idosos para outros países, por medo da eutanásia; Muitas famílias, para ficar livres dos incômodos, simplesmente eliminam seus idosos; Justamente porque na Holanda já se implantou uma cultura relativista de morte que busca uma vida melhor custe o que custar, passando por cima da ética e da moral.

E você pensa que o Brasil está longe desta realidade? Só no estado de São Paulo foram:

*180 casos confirmados de agressões à idosos nos últimos 2 anos.
*40 asilos são atualmente investigados;
*3 denúncias por semana.

O fato de encontrarmos pessoas que ainda defendem o aborto ou a eutanásia é só o reflexo da sociedade na qual no encontramos: uma sociedade desorientada, perdida, sem saber para onde ir. É só observar os jornais e veremos um pouco desta crise que a sociedade vive.

Alguns exemplos de notícias:

  • “Mãe vende filhas para a prostituição pelo preço de 4 cervejas ou para o tráfico de mulheres por 500 reais, no Pará.”
  • “Fiscal do IBAMA mata jovem que caçava passarinho” 25/05/09
  • “SuzaneRichthofen, a Jovem condenada por assassinar os próprios pais, já vai pra regime semi-aberto, ou seja, vai pra cela somente à noite pra dormir.”
  • “Menina de 5 anos é jogada de prédio, os suspeitos são o pai e madrasta”
  • “Recem-nascido é jogado na lagoa da pampulha pela própria mãe”
  • “Namorado mata namorada, corta aos pedaços e joga no rio”
Quando a vida e o direito à ela se torna relativo, a humanidade perde a referencia sobre o que é certo ou errado. A vida precisa ser defendida de seu início até seu declínio natural.

É ilusão achar que não existe uma ideologia por trás da sanha em legalizar o aborto no Brasil. Querem uma vitória política à preço de sangue.

Fonte: http://blog.cancaonova.com/tiba/2009/07/22/aborto-e-eutanasia-dois-irmaos-inseparaveis/

INDIFERENTES


Ela [Maria] deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-O e O deitou numa manjedoura porque não havia lugar para eles na hospedaria.
Luc. 2:7.


A insensibilidade e a indiferença não são qualidades confinadas aos tempos antigos. Podem ser vistas em nossos dias também.

No dia 6 de dezembro de 1964, uma jovem senhora deu à luz uma criança na calçada de uma movimentada esquina em Oklahoma, Estados Unidos. Uma multidão de curiosos transeuntes parou para observar, mas ninguém prestou auxílio. Depois de algum tempo, um turista sentiu pena e chamou um táxi, mas o motorista recusou-se a levar a mãe e o bebê ao hospital porque sujariam o veículo. O prestativo turista chamou a polícia. Esta informou que estava ocupada demais, com chamados mais urgentes.

A essa altura, Bob Cunningham, ex-deputado federal, passou ali por acaso e telefonou aos bombeiros para que enviassem uma ambulância. O pedido não foi atendido. Enquanto isso, Cunningham pediu que um espectador buscasse um cobertor no hotel do outro lado da rua, mas também foi em vão. Finalmente, Cunningham colocou a senhora e o bebê em seu próprio carro, levando-os para o hospital.

Essa inacreditável história nos faz pensar no que aconteceu com Jesus e Sua mãe há dois mil anos. Seria possível que tivéssemos expressado a mesma indiferença se fôssemos proprietários de hospedarias em Belém?

Vivemos numa época em que as pessoas são relutantes para envolver-se, especialmente se o "próximo" for um estranho ou indigente. Um exemplo disso ocorreu anos atrás em Nova Iorque. Kitty Genovese retornava ao seu apartamento tarde da noite, quando foi atacada e esfaqueada várias vezes. Pelo menos 38 pessoas ouviram os gritos dela por socorro. Finalmente, alguns levantaram as persianas para ver o que estava acontecendo. Uns poucos gritaram com o agressor, mas ninguém chamou a polícia ou prestou ajuda, e a infeliz moça faleceu.

Quando saímos do caminho para prestar ajuda a alguém necessitado, na verdade o fazemos para Cristo, pois Ele disse: "Sempre que o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes." (. Mat. 25:40).

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

DEUSES

Um bezerro dourado resplandecia ao sol sobre a colina. Homens, mulheres e crianças dançavam e comiam. “Este é o Israel o teu Deus que te tirou da terra do Egito”. Posso a ter ver a voz bêbada clamando confiantemente no arraial dos israelitas.

Certo Novaerino afirmou: “o homem é o único Deus que existe”; O pagão em sua loucura afirma: “não há Deus, nenhum!”. Já Machado de Assis em sua sabedoria humana escreveu com grande convicção: o homem ateu ao discutir sobre a existência de Deus declara veemente que Ele existe, pois ninguém perde tempo nem cria teorias sobre o que não existe.

Entretanto, há os que deixam de acreditar em Deus – Há muito tempo, conheci um jovem que não acreditava mais em Deus porque um dia, ao ver o pai morrendo clamou a Deus que restituísse a saúde de seu progenitor, mas o Criador se fez silencioso e por isso Ele não existia mais para aquele jovem. Quanta ignorância.

Outros povos transformam madeira, pedra, animais e astros em Deuses que reinam sobre o mundo. Na antiguidade e idade Média, havia os adoradores de Set (o Deus cobra), Baco, Thor, Mercúrio, Baal e muitas outras divindades que influenciavam gerações de adoradores.

Hoje em dia, cresce o número de adoradores do Diabo – pessoas que livremente declaram servir e honrar de bom grado ao ser que cativou a raça humana à era negra do pecado e que transformou o plano original de Deus - homens livres em escravos do pecado, prisioneiros da discórdia e propícios a tragédia, errantes, sem paz no coração, cansados e condenados ao inferno. Um grande números de homens pensa está adorando a Deus quando adoram ao Diabo.

Que Deus você adora?

A BONDADE QUE RECOMPENSA


Não se esqueçam de ser bondosos com os estranhos, porque alguns que fizeram isso hospedaram anjos sem percebê-lo!
 Heb. 13:2 (A Bíblia Viva).



Tarde da noite, muitos anos atrás, um casal de idade encaminhou-se ao encarregado da portaria no turno da noite, em um hotel de terceira categoria em Filadélfia.

- O senhor teria um quarto onde pudéssemos passar a noite? Já andamos por toda a cidade procurando um lugar onde hospedar-nos, e nada encontramos. Por favor, não nos diga que não tem um quarto onde possamos pernoitar.

- Bem - respondeu o encarregado. - Não tenho um único quarto disponível no hotel, mas podem ficar no meu próprio quarto. Não é tão bom como alguns outros quartos, mas é limpo e para mim será um prazer recebê-los como hóspedes.

- Que Deus o abençoe - suspirou a esposa.

Na manhã seguinte, na hora do desjejum, o marido pediu que um dos garçons chamasse o funcionário da noite. Queria tratar de um assunto importante com ele. Quando este chegou, o marido agradeceu-lhe a bondade e pediu que ele se assentasse.

- Eu sou John Jacob Astor - informou o hóspede. - O senhor é uma pessoa nobre demais para passar o resto de sua vida como porteiro noturno de um hotel de terceira categoria. O que acharia de ser o gerente geral de um grande, belo e luxuoso hotel na cidade de Nova Iorque?

- Isso é maravilhoso demais! - gaguejou o homem.

E assim a bondade de um obscuro funcionário do período noturno de um hotelzinho foi recompensada quando ele se tornou o gerente geral do famoso Hotel Waldorf-Astoria.

Nosso verso faz alusão à hospitalidade demonstrada por Abraão aos três viajantes que na verdade eram anjos. Sim, a bondade compensa. Mas o pagamento nem sempre é recebido nesta vida. Em muitos casos, o dia do pagamento não chegará antes daquele dia em que Jesus dirá: "Vinde, benditos de Meu Pai! entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome e Me destes de comer; tive sede e Me destes de beber; era forasteiro e Me hospedastes; estava nu e Me vestistes; enfermo e Me visitastes; preso e fostes ver-Me." (Mt. 25:34-36.)

Fonte: Jesus Voltará

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A FLOR


Havia uma jovem muito rica, que tinha tudo: um marido maravilhoso, filhos perfeitos, um emprego que lhe pagava muitíssimo bem, uma família unida. O estranho é que ela não conseguia conciliar tudo isso, o trabalho e os afazeres lhe ocupavam todo o tempo e a sua vida estava deficitária em algumas áreas.

Se o trabalho lhe consumia muito tempo, ela tirava dos filhos, se surgiam problemas, ela deixava de lado o marido... E assim, as pessoas que ela amava eram sempre deixadas para depois. Até que um dia, seu pai, um homem muito sábio, lhe deu um presente: uma flor muito cara e raríssima, da qual havia um apenas exemplar em todo o mundo.

E disse à ela: - Filha, esta flor vai te ajudar muito mais do que você imagina! Você terá apenas que regá-la e podá-la de vez em quando, ás vezes conversar um pouquinho com ela, e ela te dará em troca esse perfume maravilhoso e essas lindas flores.A jovem ficou muito emocionada, afinal a flor era de uma beleza sem igual.

Mas o tempo foi passando, os problemas surgiam, o trabalho consumia todo o seu tempo, e a sua vida, que continuava confusa, não lhe permitia cuidar da flor. Ela chegava em casa,olhava a flor e as flores ainda estavam, lá, não mostravam sinal de fraqueza ou morte, apenas estavam lá, lindas, perfumadas.Então ela passava direto. Até que um dia, sem mais nem menos, a flor morreu.

Ela chegou em casa e levou um susto! Estava completamente morta, suas raízes estavam ressecadas, suas flores caídas e suas folhas amarelas. A jovem chorou muito, e contou a seu pai o que havia acontecido.

Seu pai então respondeu: - Eu já imaginava que isso aconteceria, e eu não posso te dar outra flor,porque não existe outra igual a essa, ela era única, assim como seus filhos, seu marido e sua família. Todos são bênçãos que o Senhor te deu, mas você tem que aprender a regá-los, podá-los e dar atenção a eles, pois assim como a flor, os sentimentos também morrem. Você se acostumou a ver a flor sempre lá, sempre florida, sempre perfumada, e se esqueceu de cuidar dela. Cuide das pessoas que você ama!

E você? Tem cuidado das bênçãos que Deus tem lhe dado? Lembre-se da flor, pois como ela são as bênçãos do Senhor: Ele nos dá, mas nós é que temos que cuidar delas.

PRESAS NO IRÃ

IRÃ - Neste sábado, diversas mulheres vestidas de branco se reunirão em frente à embaixada iraniana em Londres, como parte de uma campanha para destacar o sofrimento de duas mulheres cristãs, convertidas do islamismo, que estão, há seis meses, detidas na prisão de Evin, sem acusações.

A campanha está sendo organizada pelas cristãs iranianas, e é apoiada pela agência Christian Solidarity Worldwide (CSW).

Maryam Rostampour, 27, e Marzieh Amirizadeh, 30, foram presas pelas forças de segurança iranianas no dia 5 de março, depois que tiveram seu apartamento revistado e as Bíblias e outros itens foram confiscados. Nenhuma das mulheres cometeu um crime de acordo com a lei iraniana. Em uma audiência no tribunal de Teerã no dia 9 de agosto, ambas se recusaram a renunciar sua fé, mesmo depois de receberem uma ordem para fazê-lo (leia mais). Consequentemente, elas voltaram para suas celas, onde a saúde das duas amigas está se deteriorando rapidamente, por causa da superlotação e recursos limitados.

No Irã, os apóstatas (muçulmanos que se convertem a outra religião) normalmente enfrentam prisões arbitrárias, detenção indeterminada e muitas violações dos direitos humanos.

Mervyn Thomas, presidente da CSW afirma: “Nós prestamos nossa solidariedade a Maryam e Marzieh de todo o nosso coração. Elas estão presas pelo simples fato de exercer seu direito mais básico: a liberdade de pensamento, consciência e religião. Houve uma grande quantidade de prisões ilegais de cristãos no Irã neste ano, e nós pedimos para que o governo do país solte imediatamente essas duas mulheres inocentes”.

Tradução: Portas Abertas

Fonte: Christian Solidarity Worldwide

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

APENAS O NECESSÁRIO

Com efeito, nos convinha um sumo sacerdote, assim como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores, e feito mais alto do que os céus.

Hebreus 7. 26


Na noite de terça-feira, tivemos o privilégio de ouvir palavras que nos trouxeram mais alento e puderam confirmar ainda mais nossa fé em quem cremos. Nos últimos cinco dias, este na nossa cidade o Pr. Victor Maxwell que atualmente reside na Irlanda do Norte, mas que esteve entre nós para uma série de pregações.

Ontem, na terça, tivemos mais uma de suas pregações. Na ocasião ele explicou a respeito do versículo 26, especialmente na primeira parte onde diz que “Convinha um sumo sacerdote”... O mesmo pregador deteve-se nessa palavra – Convinha – esta palavra refere-se ou tem o sentido de encaixe, o que dá certo, o que é necessário, imprescindível.

Nesse versículo, não temos o nome de Jesus, mas faz referencia a ele, sendo ele é o que é necessário ao homem, uma vez que os seres humanos têm um vazio interior que acaba sendo preenchido por mulheres, drogas e tantas outras coisas passageiras. Jesus é imprescindível a qualquer ser humano, só pode orientar as decisões para o homem. No versículo 25, um versículo antes, nos diz que “Ele pode salvar totalmente os que por ele se achegam a Deus”. Jesus é conveniente para sua vida, somente pode dar novo sentido a sua vida.

QUEM É VOCÊ?



Feliz és tu, ó Israel! Quem é como tu? Povo salvo pelo SENHOR, escudo que te socorre, espada que te dá alteza. Assim, os teus inimigos te serão sujeitos, e tu pisarás os seus altos.

Dt 33.29

Você cumpre com suas obrigações?
Você trabalha sem que alguém precise fiscalizá-lo?
Você tem iniciativa para enfrentar os problemas?
Você os resolve sem transferi-los para outras pessoas?
Você procura sugerir algo de bom?
Você se comunica com seus semelhantes?
Você responde com delicadeza às perguntas que lhe fazem?
Você costuma dizer somente a verdade?
Você perdoa os erros do próximo com facilidade?
Você ajuda as pessoas sempre que pode?
Você contribui para o Reino de Deus com alegria?
Você costuma sempre que errar corrigir o erro?
Você Pede perdão ao próximo quando o machuca?
Você sempre está pronto para o trabalho de Deus?
Você critica seus semelhantes na sua presença?
Você é sincero com seus companheiros?
Você procura falar apenas o que venha edificar?
Você busca de Deus orientação para viver?

Se você preencher todos os requisitos acima, então, pode se considerar um verdadeiro cristão.

PRA TOCA NO MANTO

E eis que uma mulher, que durante doze anos vinha padecendo de uma hemorragia, veio por trás dele e lhe tocou na orla da veste;Porque dizia consigo mesma: Se eu apenas lhe tocar a veste, ficarei curada.
Mt 9.20-21

Quando a mulher do fluxo de sangue tomou a decisão de ir ao encontro de Jesus ela já tinha certo em seu coração o que devia fazer - tocar nas veste de Jesus e tinha a certeza de que seria curada, restaurada.

Imaginemos o caminho que essa mulher trilhou: teve que sair de casa, para quem está doente a 12 anos isso é um grande obstáculo; teve que enfrentar a multidão que enchia as ruas e se expremiam por onde Jesus passava (Responderam-lhe seus discípulos: Vês que a multidão te aperta e dizes: Quem me tocou? - Mc 5.31); teve que vencer os pensamentos que vinham contra o coração, dizendo que isso era ilusão.

Posso imaginar essa mulher caminhando solitária em seu objetivo e todo o universo cospirando contra. Só ela e seu coração avançavam por entre as pessoas, olhando unicamente para as veste de Jesus, queria tocá-las, só um toque e tinha a certeza () que seria restaurada.

Quem quiser encontrar Jesus terá os mesmos obstáculos. A multidão, os pensamentos, o mundo dizendo não. Mas lembre-se para tocar o manto de Jesus é preciso está prostrado, reconhecendo Jesus como Senhor. É uma entrega, um quebrantamento.

Quantas pessoas tocaram nas vestes de Jesus não aconteceu nada? milhares! Mas o que a mulher tinha diferente estava no coração. A regra é a mesma! Só um coração rendido e entregue pode com fé ser transformado pelo toque do manto de Jesus.

O clipe de hoje é do Ministério Trazendo a Arca - Pra tocar o manto.

Ótima quarta-feira!



terça-feira, 24 de novembro de 2009

NÃO PERCA O ALVO


Filipenses 3: 4 – “Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós.”


O nosso alvo na luta contra o pecado, pela a salvação da nossa alma, deve estar sempre em Deus. Devemos nos desfazer de uma vez por todas do velho homem e focalizar Cristo como exemplo principal em obediência para com Deus. Mas também temos outros bons exemplos na bíblia de homens fieis que devem fazer efeito em nossas vidas e nos encorajar na jornada como relata o escritor ao Hebreus no capítulo 11.

Mas infelizmente, muitos de nós estamos com dificuldade de concentrar em Deus a nossa fé, nossa obediência e acabamos dando glória ao homem. Paulo, escrevendo a igreja em Corinto, os adverte a este respeito: “Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo. Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podíeis suportá-lo. Nem ainda agora podeis, porque ainda sois carnais. Porquanto, havendo entre vós ciúmes e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem?” 1 Coríntios 3:1-3.

Os irmãos em Corinto se desviaram do alvo da mensagem que Paulo e Apolo estavam trazendo naquele momento e focalizaram na pessoa deles “Quando, pois, alguém diz: Eu sou de Paulo, e outro: Eu, de Apolo, não é evidente que andais segundo o homem?”1 Coríntios 3:4. É triste quando pessoas se admiram tanto com os pregadores e acabam perdendo a essência da pregação. Paulo falou que isto é sinal de falta de crescimento espiritual, de mentes que ainda segundo ele são carnais.

Pregadores que chamam a atenção para si não estão contribuindo na obra do Senhor, pelo contrário, estão levando seus ouvintes a ruína, 1 Coríntios 3:11 “Porque ninguém pode lanças outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo”.

Quando nosso alvo seja o Senhor, vamos saber aproveitar dos bons homens que Ele nos concedeu, ouvindo a mensagem de Cristo 1 Coríntios 3:9 “Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós”.

Não percamos o alvo.

CARTA PERDIDA


Ontem, li uma notícia que me chamou muito a atenção. Uma história de amor que nem o tempo conseguiu apagar e de uma carta que se perdeu quando caminhava levando o perdão. Sei que nos dias atuais é tão difícil acreditar no amor, Mas ele ainda existe. Veja:

Um casal se reencontrou por causa de uma carta de amor que ficou dez anos perdida e se casou na última sexta-feira, na Grã-Bretanha. Steve Smith, de 42 anos, e a espanhola Carmen Ruiz-Perez, também de 42, se conheceram e se apaixonaram há 17 anos, quando ela passava uma temporada estudando inglês no condado de Devon.

Eles chegaram a ficar noivos após um ano de namoro, mas acabaram rompendo o romance quando ela se mudou para Paris por causa de um emprego.

Anos depois, Smith conseguiu o endereço da mãe de Carmen, na Espanha, e enviou para lá uma longa carta pedindo para reatarem. Mas a carta, que havia sido colocada fechada sobre uma bancada, acabou escorregando e ficando perdida atrás de uma lareira, de onde só foi recuperada recentemente, durante uma reforma.

Ao finalmente receber a carta, Carmen telefonou para Smith e, dois dias depois, os dois se reencontraram em Paris.

“Parecia uma cena de filme. Corremos um em direção ao outro e nos abraçamos no meio do aeroporto. Trinta segundos depois já estávamos nos beijando”, contou Smith ao jornal britânico The Times.

Já Carmen admite que quase desistiu de telefonar para o ex-namorado, tamanho o seu nervosismo ao receber a carta. “Eu pegava o telefone e desligava, várias vezes. Mas eu sabia que tinha que ligar em algum momento”, disse.

Os dois haviam permanecido solteiros todos estes anos.

“Finalmente estou me casando com o homem que eu sempre amei”, afirmou ela.

Fonte: BBC Brasil

Se o amor ainda não apareceu em sua vida, não se preocupe nem perca a esperança, ele está por aí e mais cedo ou mais tarde vai te encontrar. O amor existe e caminha por entre os dias com uma força tal que nem a maldade humana o destruirá. Por isso, espere e confie em Deus.

Apanhado o Verdadeiro Rebelde


Na segunda metade do século dezesseis, na Escócia, John Welsh (ou Welsche), pregador e genro do reformador escocês John Knox, foi perseguido implacavelmente por aqueles que desejavam tirar-lhe a vida. Durante longo tempo ele conseguiu escapar de seus perseguidores, mas por fim parecia não haver lugar seguro onde esconder-se. Ele orou e creu que Deus lhe mostraria um plano para despistar os inimigos.


Naquela noite, Welsh bateu à porta de um homem bem conhecido por sua feroz oposição aos assim -chamados "pregadores do campo", um homem que procurara prender Welsh mas nunca o havia encontrado. Não reconhecido pelo dono da casa, Welsh foi recebido com bondade. Durante a noite, a conversa chegou ao odiado Welsh. O anfitrião queixou-se amargamente de não ter conseguido capturar esse homem que ele considerava um rebelde e agente de Satanás.

- Fui encarregado - disse Welsh - de capturar essas pessoas. Eu sei onde Welsh vai pregar amanhã. Se o senhor quiser, posso colocá-lo em suas mãos.

- Nada me daria mais prazer - disse o dono da casa.

No dia seguinte, Welsh e seu anfitrião caminharam até o lugar onde os fiéis haviam combinado reunir-se. Welsh convidou seu anfitrião a sentar-se na única cadeira disponível - uma cadeira que Welsh havia providenciado especialmente para ele. Então começou a pregar acerca do amor de Deus pelos pecadores. Falou com um poder tão persuasivo e tocante, que o coração de seu inimigo se comoveu.

No encerramento da reunião, Welsh disse: Senhor, eu sou Welsh. Leve-me e prenda-me, e faça o que bem quiser.

Seu ex-inimigo, agora amigo e converso, recusou!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Percebendo-o Jesus, disse: Por que discorreis entre vós, homens de pequena fé, sobre o não terdes pão? Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para cinco mil homens...?
Mt. 16:8 e 9.


John McNeil, pastor nas ilhas britânicas, relata que certa vez pastoreou uma igreja que tinha pesadas dívidas. Isso o preocupava, e ele orou muito a respeito. Certo dia, um estranho foi ao seu escritório, disse que tinha conhecimento da dívida da igreja e ofereceu ajuda. A seguir, deixando um cheque em branco sobre a escrivaninha do pastor, disse-lhe que preenchesse o valor na quantia necessária, prometendo retornar mais tarde para assinar o cheque.

O pastor não podia crer no que acabara de ouvir. Depois que o desconhecido partiu, ele começou a racionalizar: "Isso não pode ser verdade. Será que esse homem entende que nossa dívida chega a milhares de libras? Duvido que pagasse tudo, se soubesse o total. Mas ele me mandou colocar o valor completo. Não, isso seria injusto; seria querer tirar vantagem. Vou colocar só a metade do valor." E foi o que ele fez.

Quando o estranho retornou, assinou o cheque sem hesitar. Obviamente estava falando sério. O benfeitor da igreja era um bem-conhecido filantropo. Quando o pastor entendeu que o homem era plenamente capaz de cobrir a dívida, desejou ter escrito o valor total que a igreja devia.

Ver o Invisível e acreditar que ele pode tornar-se real é a maior ação da fé. Nunca duvide do poder de Deus, Ele é capaz de mover o impossível e transformar a realidade. Deus nunca falha e sua forma de agir foge, muitas vezes, a nossa compreensão. Mas fé é acreditar mesmo que pareça impossível que Deus possa realizar o que prometeu.

CONFERÊNCIAS - PR VICTOR

Ontem, domingo, foi realizada a última noite de conferência. O tema abordado foi as "dificuldades dos últimos dias", baseado em II Timóteo 3.1: Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis.

O dirigente, Francivaldo Lima, Saudando aos Visitantes


Andresa, Daniel e Léa (Equipe de Louvor) ao som da viola de José Francisco



Grupo Yeshua louvando a Deus


Levi, Fiama, Riam e Jailene apresentando um jogral


Grupo de jovens exaltando ao Senhor


Léa Freitas cantando o hino "A Alma Abatida"



Pr. Victor Maxwell anunciando o evangelho do Nosso Senhor Jesus

A noite terminou com uma conversão. Um senhor de mais de sessenta anos entregou sua vida a Cristo. Quando isso acontecece, nos sentimos realizados e agraciados por participar da obra de Deus, afinal Jesus mesmo disse que uma alma vale mais que o mundo inteiro.

Louvamos a Deus pela vida desse servo de Jesus, o Pr. Victor Maxwell e rogamos ao Pai que o guarde do mal e lhe dê saúde e vida para continuar sua obra de pregação do Evangelho e nos permita, no futuro, ainda viver momentos asssim.

domingo, 22 de novembro de 2009

Pr. Victor - Conferências

Nos 39 anos de existência da Igreja Evangélica de Tarauacá muitas foram as lutas, os desafios e as conquistas. A sua história é marcada por homens de Deus que escreveram linhas de fé, paz e amor, anunciando o evangelho, libertando os cativos do mal e liberando o perdão de Deus através da cruz de Cristo. Um desses homens que marcaram toda uma geração é o Pr. Victor Maxwell que em 1969, ouvindo o chamado de Deus. aceitou o desafio de lançar as primeiras sementes da Palavra de Deus.

Ontem, esteve entre nós, tornando o dia muito especial com o seu bom-humor, alegria e o poder do Evangelho anunciado através de mensagens que tocam a alma.


Churrasco na Igreja



À noite, o momento de louvar e adorar ao nosso Deus por toda bondade e vitória que tem concedido ao seu povo aqui em Tarauacá. O culto foi uma reunião maravilhosa, momento de declara ao mundo que Jesus Cristo é o nosso Senhor.



Irmão Antônio Soares foi o dirigente da noite.


Irmãos Andresa, Daniel e Léa - equipe de louvor a exaltar a Deus


Irmãos Pedro e Jailene louvando ao Senhor


Saulo, Lívia e Fernanda (grupo Pequeno Coração)


 Daniela e Janisvaldo (Grupo Jesus Vive)


Pr. Victor Anunciando o Reino de Deus.

Só temos que agradecer a Deus por seu cuidado e amor, por nos proporcionar um momento tão especial como este. Obrigado Jesus por seu amor para conosco.

A FOTO DE UM VELÓRIO


Esta é uma foto de um velório.


Uma mãe que segura em seus braços o filho assassinado, você não entendeu errado não, de fato essa criança foi assassinada nos EUA. Agora, o surpreendente: Eles prenderam o assassino, porém, o assassino não foi condenado por assassinato.

O que você vai ler agora revela o maior e mais nojento descaso com a vida humana, descaso este que estamos prestes a ver também no Brasil caso o aborto seja legalizado no país.

A própria mãe relata o caso: “Meu nome é Tracie Marciniak. Na foto, tenho no meu colo o corpo do meu filho morto, Zachariah, no seu funeral. No nono mês da minha gravidez, eu fui golpeada brutalmente por um homem que sabia o quanto eu queria meu bebê.  Este homem me deu fortes golpes no abdômen. Zachariah sangrou até morrer dentro do meu ventre. Esse homem que me atacou foi sancionado pelas feridas que me causou mas não pela morte de Zachariah, que não foi juridicamente reconhecido como vítima de um crime”.

Olhando para a fotografia desta criança morta, existe alguém de bom senso, que ainda negue que é uma criança que alí está? Alguém de bom senso que negue que aquela criança morta brutalmente no ventre de sua mãe é uma pessoa humana? Uma vida humana?

Ao assassinar aquela criança aos nove meses de gestação, o assassino foi julgado apenas como agressor da mãe. É fato inquestionável que alí estava uma vida humana. Mas então por quê o assassino não respondeu por assassinato?

Explico: Se a lei americana, que defende o aborto até aos nove meses, reconhecesse o assassinato daquela criança, teriam então que reconhecer que todo aborto é um crime, e isso não querem! Mas a verdade não precisa se impor, ela por si mesma se revela; Ao olharmos para essa foto, percebemos claramente que se trata de uma vida humana, inocente e indefesa, assassinada pelo bandido que a atacou, mas antes, pela lei que não a defendeu.

Se no Brasil o aborto for legalizado, como querem alguns parlamentares, instituições abortistas, inclusive o PT (Partido do Trabalhadores), Uma mãe grávida que for agredida, espancada brutalmente e vir a perder seu filho, o assassino daquela criança não será condenado por tal crime, mas apenas por agressão à mulher, porque considerarão que aquele nascituro não é vida humana, não é gente.

Está certo isso? É o que queremos? São leis assim que desejamos para o Brasil? A podridão de leis que defendem o assassino e condenam o inocente? Que prendem o estuprador (quando prendem) e matam as crianças?

sábado, 21 de novembro de 2009

VENCENDO O MEDO


“Pois, quem é Deus, senão o Senhor? Quem é o rochedo, senão nosso Deus? É Deus quem me cinge de coragem e aplana o meu caminho...
Sl 17:32-33


Quando nos aproximamos do Senhor e mantemos com Ele um relacionamento de Servo, reconhecendo-o como Deus, fiel e protetor e entendemos que o Pai é uma rocha onde podemos descansar das lutas e problemas, Ele vai cingir-nos de um espírito de coragem. Vamos entender que com Deus somos mais que vencedores, porque o Criador do Universo é conosco e não existe impossível para Ele.

Somos seres humano e, portanto, o medo sempre existirá em nossas veias a correr para a nossa mente a tentar bloquear nossas ações e perturba o nosso coração. No entanto, cada dia que vivermos em harmonia com Jesus, vamos compreender que as correntes do medo serão destruídas pelo poderoso sangue derramado na cruz. E então, inexplicavelmente o medo não nos atingirá com seus pensamentos negros e seus receios emocionais.Vamos descobrir que Deus é bem maior que todo pavor e temor.

E ainda, quando o fracasso bater a nossa porta e sorrir com seus dentes afiados, vamos entender que mesmo ali, onde aparentemene não há esperança ou certezas, se Deus levantar o seu braço a nos ajudar, tudo muda e se transforma ao nosso redor. Ficará fácil entender que tudo sempre acontece do modo como Deus planejou. Que nada foje ao seu controle e desejo.

E Mais tarde, no futuro, quando olharmos para trás, vamos sorrir porque teremos certeza de que o fracasso não tem vez na vida daquele que confia e tudo entrega na mão do Pai. Só precisamos ter fé e avançar com passos firmes na conquista da bênção. Então, o caminho será aplainado como Ele promete e você irá colher os frutos da felicidade!

ALEXANDER OGORODNIKNOV - TESTEMUNHO


Antes, porém, de todas estas coisas, lançarão mão de vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome;
Lc 21.12


O vídeo de hoje é um testemunho de fé e amor a Jesus Cristo. A história de Alexander Ogorodniknov é um desafio a mim e a você que nos declaramos servidores de Jesus a amar ao Senhor com mais ardor e a dedicar a Ele nossa vida.

Assista este vídeo e não esqueca de clamar ao Pai por aqueles que ainda estão sofrendo em prisões nos países que não aceitam um homem dizer que é seguidor de Jesus Cristo. Ore para que a fé desses homens não seja traída pela dor e o sofrimento. Que suas almas sejam confortadas dia após dia na esperança viva do Filho de Deus e eles, mesmo ali, possam dá lições do que é seguir ao Mestre Jesus.

TUDO É DO SENHOR


Porque quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos dar voluntariamente estas coisas? Porque tudo vem de Ti, e das Tuas mãos To damos.
I Cr. 29:14.


Um jovem casal que se havia mudado recentemente para uma nova localidade, desejou unir-se a uma igreja próxima e pediu que o pastor os visitasse e os instruísse acerca dos ensinos da igreja. Um membro leigo soube do interesse do casal e decidiu "ajudar" o pastor, telefonando para aquela jovem senhora.

- O pastor ainda não lhes falou sobre o dízimo? - perguntou .

- Não - respondeu a senhora.

- Bem - informou o membro - ele vai dizer-lhes que, antes de poderem fazer parte da congregação, terão de concordar em pagar 10 por cento de suas entradas para a igreja.

Quando o pastor visitou novamente aquele casal, a primeira coisa que a esposa perguntou foi: "É verdade que se exigirá de nós o pagamento de 10% de nossas entradas, antes que possamos fazer parte da igreja?"

O pastor suspirou uma rápida oração silenciosa por sabedoria. Mantendo a serenidade, respondeu: "Lamento, mas a senhora foi mal informada. Na verdade, vocês serão solicitados a dar 100% e além do mais dar-se a si próprios. A Bíblia ensina que tudo pertence a Deus pela criação; portanto, qualquer coisa que Lhe devolvermos, já era dEle para começar. Acompanhem-me na leitura de I Crônicas 29:14."

Depois ele continuou: "Deus testa Seus filhos, instruindo-os a devolverem um décimo de sua renda para o Seu "tesouro" (Mal. 3:10) - a tesouraria da igreja. Isso é chamado o dízimo. Mas Ele também nos convida a dar ofertas voluntárias. Acontece que ainda não é tudo. Deus apela para que demos a nós mesmos em sacrifício vivo, para sermos usados em Seu serviço, como Ele achar melhor."

Quando chegamos ao ponto de reconhecer que tudo o que temos e somos pertence a Deus, a obediência fiel às expectativas dEle se torna um prazer.