sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

O CÃO QUE COMEU AS ESCRITURAS NO CAMPO MISSIONÁRIO

Conta o célebre missionário Dr. Moffat que numa ocasião um chefe negro veio a seu encontro, lamentando dolorosamente.

— Que se passa com você? - perguntou o missionário.

 Ah! Ah! - gemia o negro.

 Vamos, homem, diga-me o que acontece, e não te lamentes tanto.

 Meu senhor, é que aqui vai acontecer outra coisa terrível - disse o negro.

 Mas que pode acontecer? Como?

 Meu cão para mais nada me vai servir.

 Por que não? - disse alarmado o Dr. Moffat, sabendo que a posse mais valiosa do indígena era o seu próprio cão.

 Porque foi ele quem comeu uma folha de minha Bíblia. O Dr. Moffat ficou muito contente ao ver assim um sinal bem claro de que a Bíblia estava sendo apreciada. Mas suspeitava que este chefe tinha algo mais a dizer-lhe e não se enganou.

 Isto não lhe fará mal, respondeu o missionário. Tem aparência de estar enfermo?

 Mas já não me servirá para nada. Comeu as palavras da Bíblia e agora ficará tão manso que não se atirará mais sobre os ladrões.

O missionário compreendeu então que o negro não se preocupava tanto pela perda da folha da Bíblia como pela perda do cão. O negro tinha observado os efeitos produzidos pela Bíblia na vida de seu povo. Muitos homens violentos, intrigantes e ladrões, tinham-se tornado humildes, pacíficos e bondosos. Estava contente, satisfeito de que seus súditos experimentaram semelhante mudança pelo poder do Evangelho. Mas não queria tal mudança para seu cão. Temia que por ele ter engolido uma folha da Bíblia, nele se fizessem sentir os mesmos efeitos.

 Por teu cão ter engolido uma folha da Bíblia - disse o pastor - isto não lhe trará mal nem bem. Meu desejo, amigo, é que você receba em seu coração as verdades do Evangelho, para que alimente sua alma e seja fortalecido. Isto é o que Jeremias expressa ao dizer: “Achando tuas palavras logo as comi; e, tua palavra foi para mim gozo e alegria do meu coração” - Jr 15:16.

 J.R.C. / D. P. Silva - Mil Ilustrações

LOUCURA

 

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

PROVAS VISÍVEIS

Um evangelista contou que ele tinha estado a pregar o Evangelho no bairro mais perigoso de uma grande cidade. Entre os seus ouvintes achava-se um bem conhecido ateu que o desafiou para um debate em público. O desafio foi aceito pelo evangelista sob uma condição. Pediu ao ateu que, no dia do debate, levasse um bêbado, que tivesse deixado o vício pela influência do ateísmo; uma decaída que tivesse mudado de vida pela leitura de livros ateus; um jogador que tivesse abandonado o jogo por ter abraçado o ateísmo. 

Em seguida o evangelista disse: "Prometo marchar à frente de um pequeno exército de ex-bêbados, ex-meretrizes e ex-jogadores que abandonaram seus vícios por terem ouvido a pregação do Evangelho de Jesus Cristo e foram salvos pelo poder de Deus." O ateu calou-se. Que podia ele dizer diante das "Provas Visíveis?"

 A Voz Missionária / D. P. Silva - Mil Ilustrações

A ORAÇÃO

 

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

POR SOBRE TODAS AS OPOSIÇÕES REAIS E IMAGINÁRIAS, EIS-ME AQUI

Henry M. Stanley foi enviado por um jornal de Nova Iorque à África para procurar o Dr. David Livingstone. Quando Stanley retornou a Nova Iorque, depois de encontrar Livingstone, seu jornal promoveu um grande banquete, ao qual muitas celebridades foram convidadas. Um periodista jovem perguntou a Stanley se ele havia sido incomodado por leões, elefantes ou crocodilos. Stanley respondeu: "Não, jovem, eu fiquei longe dos leões e crocodilos". Então o periodista tornou a perguntar: "Nada o aborreceu enquanto esteve na África?"

Stanley respondeu: "Sim, jovem, você deve saber a verdade. Eu quase fui comido vivo pelos irritantes bichos-de-pé." 

Às vezes deixamos de receber grandes bênçãos porque não temos a ousadia de seguir em frente e enfrentar os grandes desafios que parecem nos sobrevir. Imaginamos que as lutas serão tremendas, que muitas aflições se abaterão sobre nós, que as possibilidades de conquistas serão quase nulas. 

Sofremos por antecipação e deixamos de confiar no Deus que nos prometeu vitórias. Tememos subir montanhas porque exigirá muito esforço. 

Tememos cruzar rios porque poderemos sucumbir. 

Tememos atravessar o deserto porque a solidão tirará nossa motivação. 

Tememos enfrentar o frio porque poderá congelar nossa esperança. 

A nossa bênção está logo adiante, mas não a encontramos porque não temos coragem de lutar por nossos sonhos. 

O jovem jornalista de nossa ilustração imaginou uma série de grandes perigos na África, mas o experiente Stanley seguiu sem medo, cumpriu sua missão e retornou trazendo o sorriso da vitória. Deus nos chamou e espera que cumpramos a nossa missão. Ele estará conosco, nos orientará, nos protegerá, nos dará vitória, encherá nosso coração de grande regozijo. Não há nada que nos dê mais prazer do que fazer a vontade do Senhor. Você tem respondido ao Senhor - "Eis-me aqui?"

Pr. Walter Pacheco

EM PEDAÇOS


 

terça-feira, 30 de novembro de 2021

EXEMPLO DE FÉ E SERVIÇO

Se você não o conhece, poderia pensar que o australiano Nick Vujicic tem tudo a seu favor. Ele nunca teve um braço machucado. Ele nunca teve problemas nos joelhos. Nunca espremeu o dedo em uma porta, nunca esfolou os dedos dos pés nem bateu no pé de uma mesa com as canelas. Porém, isso é porque Nick não tem canelas. Nem dedos do pé. Nem dedos da mão. Não tem joelhos. Não tem braço. Nick nasceu sem os braços e as pernas. Mas, antes de você sentir pena dele, leia as suas palavras: "Deus não deixa que nada aconteça a nós, na nossa vida, a não ser que ele tenha um bom propósito para tudo. Eu entreguei completamente minha vida a Cristo com a idade de 15 anos, depois de ler João 9. Jesus disse que a razão pela qual o homem nasceu cego foi 'para que a obra de Deus se manifestasse na vida dele' … eu agora vejo esta glória revelada, porque, assim mesmo, como eu sou, ele está me usando de maneiras pelas quais outras pessoas não podem ser usadas". Nick viaja pelo mundo para pregar o Evangelho e o amor de Jesus. Ele diz: "Se eu posso confiar em Deus, nas minhas circunstâncias, então você pode confiar em Deus nas suas circunstâncias… A maior alegria de todas é ter Jesus Cristo na minha vida e viver o propósito divino que ele tem para mim". 

Podemos dizer o mesmo? Será que podemos olhar além das nossas circunstâncias e limitações, e ter a mesma confiança em Deus que transformou um homem sem braços ou pernas num missionário para Jesus?

Pr. Walter Pacheco

ARREPENDIMENTO

 

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

A MÃO SOBERANA DE DEUS

“O Senhor dirige os pensamentos do rei. Ele os dirige para onde quer”

 (Provérbios 21:1 TLB). 

Quem pode dizer que Deus não tem uma reviravolta planejada para seu futuro? Não se deixe enganar pela prosperidade dos ímpios. Em vez disso, coloque seus olhos no autor da sua salvação.

Nenhum indivíduo, instituição, organização, sociedade ou país está além da influência de Deus. Repito, ninguém está além de sua mão soberana.

Deus ainda ouve as orações dos exilados e ainda usa os fiéis para alcançá-los. Você precisa de um resgate? Você está disponível para resgatar outra pessoa? De qualquer maneira, continue orando. Continue confiando. Sua história não acabou. Reversões acontecem.

Mas você tem que permanecer no jogo. Mordecai o fez. Ester o fez. E suas histórias mudaram para melhor. A sua também, meu amigo. A sua também, minha amiga. A sua também.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “God’s Sovereign Hand”

TEMER


 

domingo, 28 de novembro de 2021

CANTAR LOUVORES

Preparado está o meu coração, ó Deus; cantarei, sim, cantarei louvores, com toda a minha alma.

Salmo 108.1

Todo mundo gosta de ser elogiado... Principalmente quando ele é envolto de amor, verdade e sinceridade. No entanto, a sabedoria nos ensina que as palavras, muitas vezes, não revelam o que há no coração... Como, então, saber se de uma boca provem a verdade ou apenas palavras vazias? 

O homem precisaria esperar que a vida movesse as peças das horas, dos meses ou até dos anos. E ali, em algum lugar no futuro, com toda certeza, o tempo revelaria a verdade oculta no íntimo.

No entanto, diante de Deus, o homem não pode ocultar o secreto de seu coração. É impossível esconder o intuito do coração. Suas palavras, para o Criador, não tem valor quando estão em desacordo com o coração.

Por isso, ninguém se engane, toda vez que louvarmos a Deus faz-se necessário preparar o coração. Deus pouco se importa com o som que sai de nossa boca, porém, leva muito em consideração o que está escondido no íntimo.

Fandermiler Freitas

DEUS NÃO PODE

 

NINGUÉM PODERÁ ROUBAR NOSSA RECOMPENSA

Jim Elliot, missionário entre os índios aucas, nas selvas do Equador, costumava dizer, antes de sua morte prematura pelas flechas dos selvagens: “Não é tolo aquele que dá o que não pode guardar, para ganhar aquilo que não pode perder”. Quem pode guardar a sua vida para si? Ninguém. Elliot a entregou para ganhar a vida eterna, que jamais lhe será tirada. 

Sua esposa Elisabeth, estava grávida quando o marido foi morto pelos índios. Você pensa que ela desistiu de levar o evangelho àquela tribo? Ao contrário, comprometeu-se ainda mais, voltou em outra expedição e teve a graça dever os assassinos de seu marido renderem-se a Jesus, terem suas vidas transformadas, seus pecados perdoados e tributarem a ela e à sua filhinha o amor que receberam.

sábado, 27 de novembro de 2021

O EXEMPLO DE UM PEQUENO E CONVERTIDO CORAÇÃO

Em certa igreja na França, um missionário falou a respeito da sua obra e apelou à congregação para um auxílio financeiro. Não houve manifestação de interesse, exceto da parte de uma menina aleijada, que usava muletas. Como não tinha dinheiro, colocou nas salvas o seu único tesouro, suas muletas. 

Quando o ecônomo apresentou aquela oferta, todos no recinto ficaram comovidos e envergonhados. Alguém sugeriu que fosse tomada nova coleta. Agora, muitos deram com abundância, porque viram o sacrifício que a menina pobre estava disposta a fazer. 

Em seguida, uma senhora rica resgatou as muletas com uma boa oferta, e as restituiu à menina aleijada. Nós exercemos influência sobre o nosso próximo, que pode ser para o bem ou para o mal. Deus nos deu talentos e poderes espirituais. Ele espera que como seus discípulos, sejamos exemplos vivos. Deste modo, outros são inspirados a segui-lo, vendo nosso amor, nossa alegria, nossa fé, nossa paz e paciência.

Ruth Luchsinge

MUITO MAIOR


 

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

O CHEFE ESQUIMÓ E JOÃO 3:16

No início dos anos 1800, Hans Egede, um missionário dinamarquês, deixou a sua terra nativa para pregar o evangelho aos Esquimós da Groenlândia. Ele trabalhou por anos, ensinando a eles as verdades do Cristianismo, e mesmo assim ele não via resultados aparentes de seus esforços de autonegação e longanimidade. Eventualmente ele tornava-se tão desencorajado e deprimido pela indiferença do povo que ele decidiu deixar o país. O versículo da Bíblia que ele selecionou para pregar foi: “Tenho trabalhado, inútil e vãmente gastei as minhas forças" (Isaías 49:4).

 Egede foi sucedido no trabalho pelo Sr. Beck, um Missionário Morávio. Em sua chegada, o Sr. Beck começou a contar para os Esquimós sobre o maravilhoso amor de Deus para com os pecadores culpados, assim como revelado na cruz do Calvário. Quando Kajarnak, o velho chefe Esquimó que era um assassino brutal, ouviu o

missionário ler as palavras benditas e maravilhosas de João 3:16, ele exclamou: “Leia novamente!” Beck leu as maravilhosas palavras de vida novamente e  novamente, e o velho chefe irrompeu em lágrimas e chorou como uma criança. A santidade e a justiça de Deus não o tinham comovido; o terror do inferno não causara nenhuma impressão sobre ele. Mas os inigualáveis amor e graça de Deus em dar o Seu Filho amado para morrer a fim de que um pecador pudesse ser eternamente salvo tinham completamente quebrantado o endurecido coração do chefe Esquimó. Milhares de pessoas sobre a terra louvam e agradecem a Deus por João 3:16, e milhões de pessoas farão isto no céu. E, contudo, há pessoas que ainda vivem em seus pecados e não entendem a verdade salvadora das palavras desta “miniatura do evangelho,” como Martinho Lutero deleitava-se em chamá-lo. Cada palavra neste versículo é cheia de profundo significado.

De um folheto de Bible Truth Publishers

ABRA OS OLHOS

 

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

VIVE A VIDA

Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.

Josué 1.9

Viver é o grande desafio de todo homem... a maioria de nós, apenas existe ou sobrevive, esquecendo-se de viver a vida com intensidade. O Senhor Jesus disse: Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. Por que então, a gente não consegue viver a vida na sua intensidade, de modo feliz, em paz e harmonia?

A resposta é simples: porque não ouvimos ao Pai. Quando Josué chorava a morte de Moisés, Deus lhe falou dizendo: Não to mandei eu? Em outras palavras, Deus lhe disse, porque você não me obedece? Porque não age como eu lhe oriento?

A grande dificuldade da vida é seguir sempre caminhando... Alguns de nós param diante das altas montanhas (o frio, o cansaço) ou à sombra dos vales profundos e são contaminados pelo desânimo, a tristeza, a amargura, a acomodação.

Na verdade, Deus deseja que todo homem enfrente os problemas da vida com ânimo e alegria, na certeza de que a vida é mais que dor. É preciso compreender que podemos superar os obstáculos com esperança e confiança mesmo que a vida seja uma eterna despedida... Pode-se viver como Jesus nos ensinou.

Fandermiler Freitas

CADA UM


quarta-feira, 24 de novembro de 2021

DECISÃO

Conta-se que um rei antigo, desejando recompensar um amigo favorito, disse: "Pede o que você quiser e eu lhe darei." O jovem amigo ponderou: "Se eu pedir para ser general, prontamente o obterei. Se a metade do reino, ele me dará. Vou pedir alguma coisa que traga junto todas estas coisas." E disse ao rei: "Dá-me sua filha por esposa." 

Por esta sábia escolha, tornou-se herdeiro de toda a riqueza e honras do reino.

Assim ocorre quando escolhemos a Cristo. NELE obtemos tudo. Será que já fizemos esta grande escolha? Revelam todas as nossas decisões menores total entrega ao Salvador?

Fonte: www.iasdemfoco.net