segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

É MELHOR

“Dê, e será dado a você. Uma boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, será derramada em seu colo. Pois com a medida que você usar, será medido a você” (Lucas 6:38).

É melhor perdoar do que guardar rancor, melhor construir do que destruir, melhor procurar entender do que desconsiderar, melhor amar do que odiar.

A solução de Deus para os males da sociedade é um quórum de pessoas altruístas, doadoras de vida e amantes de Deus que fluem pelos bairros e empresas como agentes de limpeza, trazendo o bem e expulsando o mal. Eles vêm de todos os cantos do globo, refletem todos os tons de pele. Liberal, conservador, rural, metropolitano, jovem, velho. No entanto, eles estão unidos por essa descoberta incrível: a felicidade é encontrada ao doá-la. 

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “It Is Better”

ILUSÃO

 

domingo, 23 de janeiro de 2022

IMAGEM DISTORCIDA

"Ó Senhor, tu és nosso Pai; nós somos o barro, e tu o nosso oleiro; e todos nós obra das tuas mãos" 

Isaías 64:8

Um homem, desejando homenagear seu pai, contratou um escultor para que fizesse seu busto. Forneceu ao artista várias fotografias para que pudesse recolher características da imagem de seu pai e, com muita ansiedade, ficou ao lado assistindo o trabalho desde que este começou a moldar o barro. O escultor, contudo, não conseguia trabalhar direito, pois, a todo momento o homem queria "ajudar", removendo um pedaço de barro aqui e adicionando outro pedaço lá. Após um dia inteiro de trabalho, o resultado não passou de uma imagem distorcida.

De igual modo, ao pedirmos ao nosso Pai celeste que nos molde segundo a sua semelhança, não devemos tentar ajudá-lo. Como um barro nas mãos do escultor, devemos nos render inteiramente e permitir que Ele nos faça segundo à Sua vontade. Qualquer que seja a nossa intervenção, por menor que seja, resultará em uma imagem distorcida do Senhor. 

Deus tem Sua maneira de trabalhar em nossas vidas. Tem também o tempo certo para que cada transformação necessária seja feita. Mesmo que achemos que está doendo, ou que está demorando, ou que não está saindo como planejamos, o melhor que temos a fazer é confiar plenamente na ação do Senhor. Ao final, com alegria e regozijo no coração, constataremos o quão maravilhosa se tornou a nossa vida nas mãos perfeitas do Grande Oleiro!

Se Deus já começou a trabalhar em você, descanse e tenha paciência. Seu trabalho sempre será perfeito!

Paulo Roberto Barbosa

DECIDA SER

 

sábado, 22 de janeiro de 2022

ALERTA AOS WORKAHOLLICS

Um executivo muito bem-sucedido fazia sua caminhada pela praia ao entardecer. Notou à beira-mar um pescador que, ao lado do seu barco, tranqüilo contemplava o mar. Aproximou-se dele com a intenção de comprar alguns frutos do mar e notou que em seu barco havia poucos peixes. Perguntou-lhe então:

– Você vai pescar hoje?

– Não senhor hoje já encerrei o meu dia de trabalho.

– Mas, ainda é cedo, você pode aproveitar melhor o dia, pescar mais e ter maior quantidade de peixes para vender – sugeriu o executivo.

– Eu já pesquei o suficiente para hoje – respondeu o pescador.

O Executivo, inconformado, continuou: 

– Mas se você continuasse a pescar, venderia mais e poderia aumentar seu negócio, comprando mais um barco. Quem sabe, um barco a motor! A possibilidade de venda aumentaria, e com isso você ganharia mais dinheiro para ter uma frota de barcos! Talvez até uma rede de peixarias! Você já pensou na possibilidade de se tornar um executivo bem-sucedido como eu?

E o pescador, com jeito inocente, perguntou:
– Para quê?
– Para depois que estiver com a vida feita, poder tirar férias, tranqüilo e curtir uma praia como eu.

Nesse momento o pescador, surpreso, olhando para o homem, respondeu-lhe:

– Mas não é isto que eu estou fazendo agora?

Esta pequena história pode servir de instrumento para nos fazer pensar nosso estilo de vida. Ela pode nos sugerir uma série de questionamentos significativos a respeito de nós mesmos.

A primeira questão diz respeito ao significado do que é ser “bem-sucedido” na vida. Tomando o exemplo do executivo da história, e considerando toda influência capitalista e neoliberalista que estimula a competitividade em nossa sociedade, podemos reduzir o sucesso pessoal à situação profissional: trabalhar mais, para ganhar mais, para ser mais, para ter mais…  Enfim, qual o preço que se paga por tudo isso?

A segunda questão nos é apresentada pelo pescador: “Para quê tudo isso?” Qual a finalidade? Nosso lado executivo responderia que é para “estar com a vida feita”. E eu lhe pergunto: quando a vida está feita, está pronta? Estamos construindo a nossa vida o tempo todo e a todo instante. O importante é percebermos como estamos construindo nossa vida: se estamos investindo de mais em um lado; de menos em outro; ou mesmo deixando de investir em outras coisas importantes. Equilíbrio é fundamental.

A terceira e última questão. Será que em meio aos nossos muitos afazeres temos encontrado “tempo para contemplar o mar”? Vou tomar esta expressão como algo que nos remeta a vida como um todo, a vida de uma forma mais ampla. Encontrar tempo para: rever os amigos; curtir a família; caminhar na areia da praia de pés descalços; ver o por do sol ao lado de quem se ama; e coisas desse tipo. Essas coisas simples e banais, mas que dão sentido à nossa existência e trazem “riquezas” à nossa vida e daqueles que convivem conosco.

Não devemos viver para trabalhar, mas sim trabalhar para viver.

Autor: Sérgio Fonseca Cruz

SE HOUVER AMANHÃ

 

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

SUCESSOR

Veja a terra com os seus próprios olhos, pois você não atravessará o Jordão. Portanto, dê ordens a Josué, fortaleça-o e encoraje-o; porque será ele que atravessará à frente deste povo, e lhes repartirá por herança a terra que você apenas verá.’

Deuteronômio 3:27b-28

Pensamento:


Moisés guiou o povo de Israel para fora do Egito e no deserto, mas não conseguiu entrar na Terra Prometida por causa do seu pecado. Mas, por todos aqueles anos, Moisés nutriu e preparou a pessoa que faria o que ele não poderia fazer. Essa pessoa era Josué. Quem você está treinando, moldando, encorajando, motivando e chamando alguém para fazer o que você não poderá fazer? Quem é o sucessor que realizará seus sonhos? Quem é seu Josué?

Oração:

Santo e Justo Deus, por favor, leve-me para aqueles com quem o Senhor quer que eu compartilhe a minha vida e passar a herança da fé. Por favor, abra meus olhos para enxergá-los. Dê-me a força para viver minha vida honesta e corajosamente perante eles. No nome de Jesus eu oro. Amém. 

 Phil Ware

UM GRANDE INIMIGO

 

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

PROTEÇÃO DIVINA NO MÉXICO

A história seguinte, relatada por Bárbara Westphal em The Junior Guide, de 1° de outubro de 1958, mostra que os anjos protegem ainda os filhos de Deus.

Juan Rivero atravessava uma solitária mata montanhosa, numa região do sul do México. Ao andar sobre as folhas secas, pareceu-lhe ouvir um ruído que lhe lembrava serpentes deslizando entre as folhas. Estaria alguém escondido atrás daquela árvore?

O coração de Juan pulsou mais forte. Talvez fosse apenas uma ave que pusera em movimento aquela ramagem. Entretanto, era certo que ele vira alguma coisa mexer-se. Tinha a impressão forte de que havia perto uma presença humana, que vistas humanas o observavam.

Nada podia fazer senão levantar o coração numa prece pedindo proteção e seguir caminho. Imediatamente lhe veio à memória um verso bíblico que aprendera de cor: "O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que O temem, e os livra." Estava ansioso por sair da floresta e alcançar uma clareira onde havia algumas casas, e assim poderia falar ao povo acerca do livro maravilhoso que estava vendendo.

Tempos depois, falou a um amigo acerca da impressão que tivera - de que alguém o estivesse observando, atrás de uma árvore. O amigo ficou sério, e disse: "É bem provável que fosse o filho da família a quem você está dando estudos bíblicos. Ouvi dizer que ele o quer matar porque você está ensinando a seus pais uma nova religião. Ele está irado porque os pais estão abandonando sua maneira antiga de viver - não usam mais comiteco (bebida alcoólica).

"O jovem colportor decidiu ali mesmo empenhar-se em granjear a amizade daquele moço que o queria matar. Por certo Deus o estava protegendo por algum motivo especial, pois do contrário aquele rapaz já o teria matado de emboscada. Tentaria conseguir sua amizade e levá-lo a estudar a Bíblia. Da próxima vez que foi dar estudos bíblicos em casa daquela família, estimou muito que o filho lá estivesse também. Era justamente o que queria.

Os mexicanos são muito dados, gostam de abraços e cumprimentos sorridentes. Quando Juan Rivero deu um grande abraço em seu inimigo, este não pôde resistir ao seu sorriso. Bem depressa estavam falando acerca de caça e pesca, e da política local. Dentro de poucos dias o rapaz estava estudando a Bíblia com seus pais!

Algumas semanas depois, a atitude do inimigo mudou completamente. Ficou ansioso de batizar-se e unir-se à igreja, juntamente com os pais.

— Tenho de lhe confessar uma coisa - disse um dia ao colportor, quando ambos estavam sós. - Eu pretendia matá-lo, quando começou a vir a nossa casa. Eu estava raivoso. Durante dias segui o senhor por toda parte. Um dia eu estava na floresta, atrás de uma árvore, e vi o senhor vindo pelo caminho. Fiz a pontaria com minha espingarda e puxei o gatilho, mas nada aconteceu. Não sei o que havia com a espingarda, pois naquela mesma manhã eu a havia usado, e ela funcionava perfeitamente.

— Ora, não se aflija por isso, amigo! - respondeu Juan. Isso tudo está perdoado e esquecido. Deus estava cuidando de mim naquele dia, porque Ele queria que eu lhe explicasse a Bíblia. Deus tem um plano para minha vida, e tem um plano para a sua também.

— Sim, tem razão. Foi um milagre, um verdadeiro milagre! Deus naquele dia estava cuidando de nós dois. Mas, diga-me uma coisa, Juan: quem eram aqueles dois homens altos que naquele dia caminhavam ao seu lado, na floresta? Nunca os tinha visto antes nem depois, em parte alguma. 

O rosto de Juan ficou pálido, não de temor, mas de humildade e gratidão, ao perceber que o grande Deus naquele dia enviara dois anjos do Céu para libertá-lo.

D. P. Silva - Mil Ilustrações

PRECISA OUVIR


 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

A PROTEÇÃO DIVINA

Certa manhã em que o missionário Tarr, na África, viajava em carro de boi, por uma estrada quente e poeirenta, chegou a um regato e resolveu parar a fim de tomar banho. Deixando os bois e o carro na estrada, subiu um pouco a barranca do rio até encontrar bonita e calma lagoa; começou então a despir-se.

Alguém parecia dizer-lhe: "Não se banhe aqui. É perigoso." Olhou atentamente em derredor. Nada de anormal parecia haver. Estava certo de que num rio pequeno não existia nenhum crocodilo. A voz fora apenas imaginação sua, pensou. Subiria um pouco mais e tomaria banho.

De novo lhe veio a voz: "Não se banhe aqui. É perigoso." "Estou por certo imaginando coisas hoje", pensou ao sentar-se para tirar o calçado. "Não pode haver perigo aqui. "Aconteceu, então, uma coisa estranha. Imediatamente começaram a tremer-lhe as mãos, de maneira que não pôde desatar o cordão dos sapatos. Não podia obrigar as próprias mãos a fazer o que desejava. "Deve haver aqui algum perigo. Deus está procurando proteger-me." Vestiu-se outra vez e caminhou mais para cima. Depois de banhar-se resolveu voltar cautelosamente pelo mato, a fim de ver se descobria o perigo na lagoa. Caminhou tão silenciosamente quanto possível para não dar qualquer sinal de sua aproximação.

Olhando para a lagoa, através da moita, viu fora d’água, a cabeça de um grande crocodilo! Estaria enganado? Talvez fosse apenas um pedaço de pau. Saltou rápido para a margem e, quase tão depressa, a grande cabeça do réptil desapareceu sob a superfície da água, deixando através da lagoa um círculo de ondulações. Reconheceu então ter ouvido a voz divina, avisando-o de que havia perigo na lagoa. Soube então porque um anjo a seu lado lhe fizera tremer tão violentamente as mãos, a ponto de não poder desatar o cordão dos sapatos. Se houvesse entrado na lagoa teria deparado com a morte horrível e quase inevitável.

Em cima no Céu, velava sobre ele um amoroso Deus. O Senhor olhara lá do Céu, vira o perigo e mandara-lhe o aviso. Mesmo ali, à margem do rio em que fora salvo da morte, o pastor Tarr ajoelhou-se e agradeceu a Deus o Seu protetor cuidado.

Declarou mais tarde ao contar a história: "Ninguém me pode dizer que Deus não vela por Seus filhos exatamente como nos tempos bíblicos. Sei que, se nEle confiarmos, cuidará de nós hoje como sempre o tem feito. Quando acontece qualquer coisa que me poderia fazer duvidar, tudo quanto tenho a fazer é lembrar-me do crocodilo que perdeu o almoço."

Murl Vance / D. P. Silva - Mil Ilustrações

SEGURANÇA


 

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

... E A SEU TEMPO CEIFAREMOS

Um missionário em Urfa, na Turquia, trabalhou por treze anos, sem batizar um só convertido. Tudo era desanimador, humanamente falando. Veio então uma epidemia de cólera. O povo fugia em pânico, abandonando à morte os enfermos. O missionário, esquecido de si mesmo, atendeu os doentes, terna e incansavelmente. Os sãos e os moribundos bendiziam o seu nome. Desgastado e exausto, ele próprio caiu, finalmente, vítima da peste. Todos os sobreviventes carregaram o seu corpo, com tristeza e reverência, para um pequeno bosque fora da cidade. Parecia agora que o trabalho do missionário havia chegado ao fim. 

Foi-lhe apontado, contudo, um substituto, que ao chegar, foi recebido por um grande grupo e levado com honras para Urfa. Grandes números voltaram-se para Cristo e uma boa casa de culto foi erguida dedicada à memória do "homem que morreu por nós". O grão de trigo havia caído na terra, e preciosa fora a colheita.

Informativo DSA / D. P. Silva - Mil Ilustrações

FÉ QUE NÃO SALVA

 

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

DEIXE O AMOR VENCER

Gritamos muito no pátio da escola primária. Todos os meninos marcharam pelo playground gritando: “Os meninos são melhores que as meninas!” Em resposta, as meninas desfilaram pela escola anunciando: “As meninas são melhores que os meninos”. Nós éramos um campus feliz.

Muitos se sentem bem gritando. Mas faz algum bem? Parece-me que há muitos gritos acontecendo. Nas ondas da rádio, em adesivos de para choques, nas mídias sociais.

“Acima de tudo, amem-se profundamente, porque o amor cobre uma multidão de pecados” (1 Pedro 4:8). Uma coisa é ter uma opinião; é outra coisa provocar uma briga. Vamos raciocinar juntos. Vamos trabalhar juntos. E se a troca de opiniões falhar, deixe o amor vencer. Se o amor cobre uma multidão de pecados, não pode cobrir uma multidão de opiniões? Resista ao impulso de gritar.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Let Love Succeed”

É IMPOSSÍVEL


 

domingo, 16 de janeiro de 2022

CAMINHO ERRADO

E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. 

Mateus 7:14

há alguns meses via a história de um jovem que foi acampar com  dois amigos e se perdeu na mata. Os bombeiros o procuraram por 20 dias e como não encontraram nenhum vestígios, desistiram das buscas. O pai do garoto, no entanto, nunca desistiu e após 71 dias de procura intensa encontrou o filho agonizando. Ele morreu em seus braços.

Essa história me faz lembrar do que Jesus nos disse no livro de Mateus: como é importante andarmos no caminho certo. Andando no caminho certo chegaremos ao destino certo. O mestre não estava falando literalmente das coisas dessa vida, algo muito maior, já que nessa caminhada, nós só temos uma única chance de acertar ou errar.

Mas como desassociar esse ensino da nossa vida? impossível! Mesmo assim fica o lembrete: Deus deseja que cada homem e mulher compreenda que a responsabilidade pelo futuro e destino eterno de cada um é consequencia do caminho, primeiro escolhido, depois trilhado por nós.

Fandermiler Freitas 

MILAGRE

 

sábado, 15 de janeiro de 2022

A VEREDA DOS JUSTOS

"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito." 

Provérbios 4.18

Todo mundo gostaria que os dias sempre fossem claros e ensolarados. A neblina é incômoda e até perigosa, e na estrada traz consequências desastrosas. Fiquei impressionado com uma experiência que tive nas montanhas das imediações de Zurique, na Suíça, quando a visão não atingia 20 metros. Disse a meus familiares: "Venham, vamos subir até o sol". E de fato, apenas algumas centenas de metros acima, a cerração sumiu repentinamente, e nos encontramos na clara luz do sol.

O mesmo acontece na vida do crente. Será que você não anda muitas vezes por regiões escuras e nebulosas, sem nenhuma visão, com grande perigo de colidir com seu próximo, porque está irritado pela sua falta de visão espiritual? Não lhe parece muitas vezes que, em seu íntimo, só existe desesperança porque o sol da graça se esconde? O que fazer numa situação desesperadora, quando você se sente deprimido e abatido? Faça a única coisa correta: olhe para o alto! "Mais perto quero estar, meu Deus de Ti!" Resistindo ao inimigo e aproximando-se de Deus, as nuvens perigosas de cerração se afastam da sua alma. A escuridão é afastada de você, e imediatamente você obtém novamente a visão clara vinda de cima, de Jesus, o Autor e Consumador da fé!

http://www.chamada.com.br/

DIFERENÇA