segunda-feira, 29 de agosto de 2016

NÃO JULGANDO O TODO PELA PARTE

No mundo inteiro o homem possui crenças religiosas e seculares as mais diversas, sendo que algumas são aprovadas por Deus e outras reprovadas,conforme se vê pelo critério das Escrituras e conforme ensina a própria natureza.

Chamar, por exemplo, a um pedaço de pau ou de pedra, ou a qualquer criatura de Deus e adorar isto como se fosse o criador de tudo e de todos, não é porventura contrário à própria natureza da criatura racional que é inteligente o suficiente para saber que isto é impossível e portanto uma grande ofensa contra o único e grande Deus que é espírito, santo, justo e poderoso?

Como atribuir à criatura a perfeição do poder e do amor divinos, que tudo podem e que nunca falham?

Como considerar como sendo perfeitamente religioso a quem procede com violência para fazer valer as suas crenças? Há algo de divino nisto?

Será achada então a verdadeira religião em nossas crenças humanas e imperfeitas?

Não é necessário que a verdadeira religião seja proveniente da fonte em que é gerada, a saber no próprio Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo?

O verdadeiro crente então não será identificado pelo título de alguma instituição religiosa à qual pertença, ou pela simples afirmação verbal do que diz ser, senão pelo testemunho de uma vida realmente transformada pelo poder de Cristo em uma nova criatura coparticipante da natureza divina.

Quão improcedente portanto, é todo o debate e confronto de ideias religiosas e até mesmo seculares, da sociedade, quando o que se tem em vista é o conhecimento daquela verdade eterna encarnada na pessoa do próprio Cristo.

Portanto, quão insensato é tomar a parte pelo todo, considerando que o conjunto de igrejas, congregações, sociedades e denominações chamadas cristãs sejam o reflexo exato de uns poucos membros que caminhem de modo desordenado com a verdade do Evangelho que é perfeita e eterna, de da qual estes não são representantes em razão do mau testemunho de suas vidas.

Silvio Dutra

GRANDE PARTE DO MAL


domingo, 28 de agosto de 2016

OLHOS ENXUTOS

Certo pregador realizava uma série de pregações numa igreja, quando numa das noites de pregação, foi procurado por uma senhora desejosa de saber o motivo porque seus filhos, de 13 e 11 anos de idade, ainda não se haverem convertido. 

O pregador procurou saber que tipo de cristã era a senhora que lhe falava e, pela conversa, descobriu que se tratava de uma mulher incansável na igreja, muito trabalhadora, ocupando vários cargos de muita importância, porquanto era crente sincera. O pregador, olhando-a, então, disse-lhe: “Minha irmã, seu mau é olhos enxutos,

LEMBRAI-VOS


sábado, 27 de agosto de 2016

VOCÊ TEM DÚVIDAS?

Não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo [mas somos] justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus (Romanos 3:22-24)

O Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido (Lucas 19:10)

Um cliente apresentou-se ao caixa de um banco e lhe perguntou: - Você poderia me dizer quanto tenho em minha conta? - O bancário consultou rapidamente o computador e lhe disse: - Senhor, não há nada em sua conta. Na verdade está devedora.

Com respeito a Deus, você se preocupa em saber se está ou não devedor? Saiba que em sua conta, o débito é grande e aumenta a cada dia: são seus pecados, pequenos e grandes, que atentam contra a santidade de Deus. É uma dívida muito grande e pesada. O que você tem em haveres? Boas obras? Deus não as aceita para compensar o que devemos a Ele. Uma inteligência proeminente? Foi Deus quem a deu a você. Riquezas? Não servem no céu. Se você só tem isso, não possui nada. Antes, tem uma grande dívida.

Deus poderia ter deixado o homem nesta situação desesperadora. Mas, a esses seres culpados que somos, Deus oferece gratuitamente um meio de salvação. Deu o Seu Filho em resgate por todos.

Para que seus pecados sejam perdoados, é necessário colocar sua fé no sacrifício de Jesus. Então Deus passará por alto seus pecados. E é justo ao fazer assim: Cristo pagou por você. Mas não se esqueça de que essa salvação Lhe custou muito caro! "Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto" (Salmo 32:1).

Extraído do devocional Boa Semente 2005

CORRIGIR ERROS


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

O AMANHÃ PERTENCE A DEUS

"No dia da prosperidade regozija-te, mas no dia da adversidade considera; porque Deus fez tanto este como aquele, para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele" 

Eclesiastes 7:14

Alfred Hitchcock (1899-1980), famoso diretor de filmes de suspense, contou uma parábola para a revista Guideposts (1959) sobre o desconhecido. "Houve, certa vez, um rei a quem foram concedidos dois desejos. Seu primeiro pedido foi ver o futuro. Porém, quando ele viu tudo que aconteceria adiante -- a beleza e a dor -- ele imediatamente pediu seu segundo desejo: que o futuro fosse ocultado. "Eu agradeço ao Céu", proclamou o mestre do suspense, "o amanhã não pertence a qualquer homem. O amanhã pertence a Deus".

Muitas vezes estamos tão preocupados com o dia de amanhã que esquecemos de viver o dia de hoje. Angustiamo-nos por ver demorar os nossos sonhos e anseios, concluímos que o nosso futuro é incerto, que nada dará certo para nós, e perdemos grandes oportunidades de viver felizes com as incontáveis bênçãos que o Senhor nos dá hoje.

O amanhã pertence a Deus e precisamos confiar que será maravilhoso, mesmo que o momento atual não apresente sinais de que será assim. Deus é amor e tudo que faz por nós está baseado em amor. Se não o experimentamos é porque a nossa afobação em alcançar a pretensa felicidade por nossos próprios méritos e esforços, por vezes, nos leva a atalhos fora da vontade do Senhor, impedindo, assim, que encontremos as bênçãos que Deus preparou e colocou à nossa disposição.

A nós cabe viver o dia de hoje da melhor maneira possível. Se a vontade do Senhor é que vivamos em amor, procuremos fazê-lo em todos os dias de nossa vida. Se a vontade do Senhor é que creiamos que Ele cuida de nós hoje e continuará cuidando por toda a eternidade, descansemos sem jamais duvidar disso. Se a vontade do Senhor é que testifiquemos da Sua grandeza aqui na terra, empenhemo-nos em fazer a nossa vida brilhar para a glória e honra do nome de Jesus.

O amanhã a Deus pertence, e será repleto de felicidade para nós que vivemos com alegria e dedicação cada minuto do dia de hoje.

Paulo Roberto Barbosa

MENTIROSO


quinta-feira, 25 de agosto de 2016

A DERROTA DO MONTE EVEREST

Crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja a glória, agora e no Dia eterno! Amém. 

II Pedro 3.18.

Edmund Hillary foi o primeiro homem a subir o Everest, a montanha mais alta do mundo. Ele e o guia sherpa Tenzing Norgay atingiram os 8.850 metros do cume em 29 de maio de 1.953.

Seu feito coincidiu com a coroação da Rainha Elizabeth, a quem dedicou a conquista, e de quem recebeu o título de “Sir”. Um ano antes, Hillary já havia tentado a escalada, e fracassara por completo.

Mesmo assim, os ingleses reconheceram seu esforço, e o convidaram a falar para uma numerosa plateia. Hillary começou a descrever suas dificuldades, e, apesar dos aplausos, dizia sentir-se frustrado e incapaz.

Em dado momento, porém, largou o microfone, aproximou-se da enorme gravura que ilustrava seu percurso, e gritou: – Monte Everest, você me venceu esta primeira vez. Mas eu irei vencê-lo no próximo ano, por uma razão muito simples: você já chegou ao máximo de sua altura, enquanto eu ainda estou crescendo!

Fonte: http://www.sitedopastor.com.br

PERFEITO


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

COMO DANTES

Converte-nos a ti, Senhor, e seremos convertidos; renova os nossos dias como dantes.

Lamentações 5.21

Sonhar é parte intrínseca do ser humano. Sem sonhos, o homem seria apenas o presente. Mas ao sonhar, fazem-se planos para o futuro e semeiam-se o desejo de alcançar o ainda inatingível. É esse sentimento que move a alma a caminhar por lugares desconhecidos e a enfrentar ambientes hostis. É o anseio pela conquista que nos torna guerreiro de uma causa, de um sonho.

A Bíblia narra a histórias de Josué e Calebe que sonharam com uma terra prometida. Durante dias, eles a percorreram, conhecendo todos os seus encantos e, isso, gerou na alma o desejo de possuí-la. Mas tiveram de aguardar 40 anos para conquistá-la.

Eu conheço algumas pessoas que não possuem sonhos assim. Eles não fazem muitos planos para o futuro, tudo o que eles queriam eram ter o passado de volta. Jeremias narra isso em Lamentações: "Renova os nossos dias como dantes".

A verdade é quando o pecado invade uma vida, ela destrói muitas coisas e aniquila alguns alicerces importantes. O Povo de Israel lamentava isso. E pedia a Deus que renovasse sua vida como dantes. Eles queriam o que se perdeu, o que o pecado roubou.

Se você vive isso. Tenha esperança em Deus. Ele te ama e deseja que os seus dias sejam de paz e alegria. Volte-se para Deus e permita eles renovar os teus dias.

Fandermiler  Freitas

AGRAVA O ERRO


terça-feira, 23 de agosto de 2016

LAÇOS QUEBRADOS

"Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse: Não temas, crê somente" (Lucas 8:50).

"Assaltados pelas acusações do inimigo, é fácil, para qualquer pessoa, passar do desânimo para o desespero. Mas, existe Alguém que pode quebrar o mortal aperto das desilusões."

Muitas vezes passamos por situações tão difíceis, tão angustiantes, tão desesperadoras que perdemos as esperanças de uma solução, de uma reviravolta, de uma luz, mesmo que pequena, no fim do túnel.

Sem uma motivação para continuar lutando, tornamo-nos cada vez mais frágeis, mais diminuídos, mais impotentes, mais derrotados. Olhamos para todos os lados e não encontramos a porta de saída. Resignamo-nos ao fracasso e desistimos de lutar.

Estamos enganados! Há uma solução para nossas aflições! Há, não uma pequena luz, mas, um grande clarão, um brilho intenso logo à nossa frente. Esse grande fulgor vem do alto, do Pai das luzes, do Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ele olha para nós e com a meiguice que O caracteriza, nos diz com muito amor e ternura: "Não temas. Nem tudo está perdido. Eu estou aqui... Segure em minha mão... Eu sou a vitória que você tanto almeja e tanto busca".

Ele quebra os laços da morte, a inquietude das desilusões, o desencorajamento das frustrações, as dores agudas do desespero. Ele renova as forças acabadas, as esperanças há muito perdidas, o choro de toda uma noite, o peso desagradável de uma decepção. Ele é o Rei dos reis, o Senhor dos senhores, o nosso bom e querido Amigo, o Deus que nos conduz à eternidade.

Você está sentindo um laço lhe apertando a alma? Deixe que Jesus o quebre. Você pode ser muito feliz... e será!

Paulo Barbosa

MANEIRA CERTA


segunda-feira, 22 de agosto de 2016

SACRÍFICIOS

Com efeito, quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e, sem derramamento de sangue, não há remissão.

Hb.9.22

No antigo testamento, quando alguém queria se apresentar diante de Deus e confessar sua culpa por ter cometido alguma falta contra Deus, ele precisa cumprir algumas formalidades, dentre elas, oferecer um animal para que através de seu sangue, essa pessoa fosse perdoada de seu erro. Em outras palavras, alguém deveria morrer por ele.

Diante de Deus, o homem nunca poderia ser considerado sem culpa se alguém não assumisse a sua. Não existe essa de deixa para lá, ou foi de brincadeira, sem querer, foi mal. Todo erro é pecado, e o pecado afasta o homem de Deus e levanta uma barreira que tem que ser desfeita para o homem poder voltar a ter contato com Deus. Era para isso que servia a morte dos animais - eles assumiam a culpa do pecado e desfaziam as barreiras.

Mas este tipo de sacrifício não era perfeito. Porque toda fez que o homem errasse teria que oferecer outro animal para ser morto em seu lugar. Se ele se afastasse de Deus 300 vezes num ano teria que sacrificar 300 vidas em seu lugar.

 por isso a justiça de Deus planejou um sacrifício que fosse capaz de perdoar todos e qualquer pecado e ainda, aproximar o homem uma fez por todas do Pai e abrir-lhe a porta do céu. E por ser assim, Deus enviou Jesus ao mundo e o conduziu a cruz do calvário. Um homem perfeito tomando o lugar dos homens maus e perversos. Jesus realizou o mais perfeito dos Sacrifícios e abriu o caminho do perdão divino.

EXPLICAÇÕES


domingo, 21 de agosto de 2016

AMIGO VERDADEIRO

"O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais chegado do que um irmão" 

Provérbio 18.24

Há no Talmude a história de um judeu que tinha três amigos. Um dia, ele foi chamado ao tribunal a fim de defender-se de certas acusações. O judeu estava aterrado. Foi ter com três amigos, e pediu-lhes que o acompanhassem. O primeiro respondeu:

-Não, eu não farei nenhum bem em ir; nem a você nem a mim mesmo.

O segundo disse:

-Bem, é uma coisa muito perigosa estar ao seu lado. Talvez o imperador o acuse de alguma grande ofensa contra a lei. Se eu for visto com você, ele poderá pensar que tenho parte em sua culpa. Contudo, irei com você até à porta do tribunal.

E assim ele se dirigiu ao terceiro amigo, que lhe respondeu:

-Não tema, irei com você até à presença do imperador. Dir-lhe-ei que conheço você e tenho confiança em você, e não o deixarei, enquanto você não for solto, como espero que há de ser.

E assim o fiel amigo cumpriu sua promessa.

O verdadeiro amigo está pronto a ajudar até o fim.

Fonte: http://recursoshomiletica.blogspot.com.br

PROMESSAS


sábado, 20 de agosto de 2016

ESPÍRITO DE CRISTO

Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 

1 João 4:7

Durante um período de fome em Moçambique, duas mães vieram pedindo para fazer algum trabalho em troca de um pouco de farinha de milho. Deixaram suas duas filhinhas conosco, enquanto trabalhavam. No decorrer da manhã, levei quatro bananas para as duas meninas. Agradeceram-me pelas bananas e então ouvi uma delas dizer à outra:

"Vamos comer uma só cada uma, e guardar as outras para nossas mães".

E assim elas fizeram. Se duas meninas famintas, de lares não-cristãos, podiam distribuir o pouco que tinham, quanto mais nós cristãos não havemos de pôr emprática a Regra Áurea de nosso Mestre? Todos nós precisamos ser mais atenciosos e generosos no uso que fazemos do nosso tempo, energia e bens. Acima de tudo, precisamos do espírito de Cristo como base de todos os nossos atos. Não está o espírito de Cristo resumido na RegraÁurea? Não é verdade que Cristo mesmo se colocou em nosso lugar e compartilhou conosco tudo que Ele era?

Edite Riggs Gillet (Moçambique)

SE DEUS VAI NOS PERDOAR