quinta-feira, 31 de março de 2016

TUDO PASSA


A LISTA DA ALEGRIA

Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo."

 João 15:11


O escritor, C. W. Metcalf estava trabalhando num lar de abrigo como voluntário quando conheceu Chuck de 13 anos de idade, que estava terminalmente doente. Um dia Chuck deu meia dúzia de folhas de papel escritas de ambos os lados a Metcalf e disse: "Quero que entregue isto aos meus pais depois de eu morrer. É uma lista de quantas vezes nos divertimos e rimos juntos." Metcalf estava espantado como este jovem rapaz, no limiar da morte estava pensando no bem-estar de outros.

Metcalf entregou a lista. Anos mais tarde ele decidiu fazer a sua própria lista. Em princípio ele ficou surpreso com a dificuldade na compilação da sua "lista da alegria." Mas quando começou a procurar momentos de riso, satisfação e alegria no dia a dia, a lista cresceu.

Qualquer lista de alegria que nós como cristãos possamos compilar irá sem dúvida incluir muitas referências à presença e poder de Jesus Cristo. Não importa quais sejam as circunstâncias, a alegria é a Sua dádiva graciosa a todos que confiem n'Ele. Mesmo quando Jesus estava prestes a enfrentar a agonia da cruz, Ele tinha alegria em mente. Ele disse aos Seus discípulos: "Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo" (João 15:11).

Porque não começar uma lista de alegria hoje. Pode ser uma boa lembrança do amor fiel do Senhor e a alegria que Ele traz ao coração. - David MacCasland

PARA MULTIPLICARES A TUA ALEGRIA, CONTA AS TUAS BÊNÇÃOS.

terça-feira, 29 de março de 2016

O BRASIL EM PROVÉRBIOS 19.28,29

28 A testemunha vil escarnece da justiça; e a boca dos ímpios engole a iniquidade.

Temos aqui uma descrição dos piores dos pecadores, cujos corações estão inteiramente dispostos para fazer o mal. 

Eles se estabelecem por distorcerem a justiça pelo testemunho vil que desafia e distorce a justiça, escarnecendo dela, e contando com o fato de a iniquidade ser facilmente engolida pelos ímpios, que não se erguerão em favor da defesa da justiça.

Por esse expediente, governos totalitários e injustos são mantidos no poder perpetuamente, enquanto puderem contar com governados que possuam este perfil.

O povo que apoia isto o faz porque ele próprio é amante da injustiça e da impunidade.

Onde reina a impunidade a iniquidade é praticada por muitos, por saberem, antecipadamente, que não terão o risco de sofrerem qualquer tipo de pena por seus crimes. 

Segundo informações oficiais, já de há muito que a corrupção no Brasil surrupia cerca de 200 bilhões de Reais todos os anos dos cofres públicos.

Por que isso acontece não apenas aqui, como em muitas outras nações?

Cremos que este provérbio responde em boa parte a esta pergunta.

29 A condenação está preparada para os escarnecedores, e os açoites para as costas dos tolos. 

O dito deste provérbio não é aplicável ao caso citado no provérbio anterior, senão naqueles casos em que aqueles que têm a seu cargo o exercício do poder, em todas as instâncias e esferas, o exercem em sua plenitude na busca da aplicação real da justiça. 

E aqueles que apoiam o que foi descrito no verso anterior, sendo escarnecedores da justiça por meio de testemunhos vis, e os que defendem a prática da iniquidade, pela omissão em defender o que é justo, devem ser exemplarmente penalizados, ou pelo menos rechaçados, porque na falta disso, jamais haverá uma sociedade que atue de maneira correta pelo temor das penas prescritas para os casos de desobediência. 

Já ouvimos que as chamadas nações desenvolvidas em que o povo age de maneira cidadã, isto não ocorre porque sejam melhores pessoas, sem pecados, do que as das demais nações, mas porque há verdadeiro respeito à justiça e às autoridades, por causa do temor que têm das pesadas penas que são estabelecidas para os casos de transgressão da lei. 

Assim, em nações em que o costume aceito é o de se escarnecer da justiça por se contar com a impunidade, jamais se verá este exercício pleno de cidadania ordeira, onde as leis são verdadeiramente respeitadas e cumpridas. 

Silvio Dutra

FAZER ALGUM BEM


segunda-feira, 28 de março de 2016

CONQUISTANDO RESPEITO


Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão... na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 

I Tim. 4:12.

Muitos adultos acham difícil suportar o desprezo e o desdém de outros adultos, mas para um adolescente é duas vezes mais difícil suportar o desprezo e o desdém de seus companheiros da mesma idade.

Um dia, quando Leo Buscaglia estava saindo da escola, uma gangue de arruaceiros o cercou e começou a crivá-lo de apelidos por causa de sua ascendência italiana. Humilhado e aos prantos, rompeu o círculo de seus atormentadores e correu para casa. Lá, trancou-se no banheiro e chorou amargamente.

Seu pai o ouviu chorando e perguntou qual era o problema. Quando Leo contou o que havia acontecido, esperou que seu pai tomasse imediatas providências - ou que batesse nos desordeiros ou pelo menos reclamasse com os pais deles, exigindo que fossem castigados. Seu pai não fez nem uma coisa, nem outra. Em vez disso, começou a mencionar algumas coisas acerca dos italianos, das quais Leo podia orgulhar-se. Mas isso não acalmou o garoto.

- Eu não gosto de ser diferente! - protestou ele. - Quero ser como todos os outros.

- Como todos os outros? Você quer dizer que gostaria de ser como aqueles garotos que o insultaram? - perguntou o pai, articulando bem as palavras.

- Não! - rosnou Leo em resposta.

- Então tenha orgulho daquilo que você é - aconselhou o pai. - Afinal de contas, todo o mundo é diferente de todas as demais pessoas.

Mas o conselho de Paulo ao jovem Timóteo foi além do conselho que o pai de Leo deu a seu filho. Sendo um modelo de cristão, podemos conquistar o respeito alheio.

Fonte: http://www.advir.com.br/sermoes/

HOMENS SÁBIOS E INTELIGENTES


domingo, 27 de março de 2016

PELO SANGUE

... E o sangue de Jesus seu filho nos purifica de todo pecado.

1 João 1.7

A Páscoa é a data mais importante do cristianismo. Ela simboliza, para todo cristão, a vitória de Jesus sobre a morte. As consequências desse fato são gigantescas: perdão divino, livre acesso ao Pai, a possibilidade do homem se tornar Filho de Deus e etc.

Quando paro para pensar naquele domingo em Jerusalém quando Jesus reviveu, meu coração não entende como Deus conseguiu assistir toda a cena do gólgota sem se manifestar e, a minha alma jubila de gratidão por Jesus derramar o seu sangue por mim amar.

É preciso dizer que tudo o que foi conquistado na cruz, foi pelo sangue de Jesus. Sangue puro e inocente e pelo grande amor do Pai que foi capaz de nos amar a tal ponto de permitir seu Filho amado tornar-se o nosso cordeiro pascal.

Renascer Praise, Pelo Sangue

Fandermiler Freitas

sábado, 26 de março de 2016

DEUS PROVEU UM SUBSTITUTO

Anos atrás, um pequeno mascote do exército britânico na Índia, menino de dez anos de idade, ofereceu-se para receber o castigo que cabia a algum malfeitor desconhecido, em sua tenda. Com o quarto açoite o pequeno desmaiou, caindo ao chão, coberto de sangue. Os soldados levaram apressadamente o companheiro para o hospital, onde por dias ele ficou entre a vida e a morte. 

O culpado confessou o mal que fizera e apressou-se a ir ver o pequeno ferido.

– Ó Quintino, sinto demais!, soluçou o soldado comovido, você me poderá perdoar tamanha covardia?

– Não se aflija, Bill, disse o menino, calmamente; eu queria poupar-lhe o sofrimento. Jesus ama você, Bill. Ele morreu por você. Você também O vai amar, não vai, Bill?

O castigo fora tão grande que o pequeno não resistiu a tanto, e com essas palavras ele cerrou mansamente os olhos – acabaram para sempre os seus sofrimentos. Mas Bill começou nova vida, com Deus. Quintino deu a vida a fim de que aquele soldado, amigo seu, pudesse viver.

VIVER MAIS

sexta-feira, 25 de março de 2016

UM ATO DE AMOR

Na década de 1960, no auge da Guerra do Vietnã, um orfanato situado em uma aldeia administrada por missionários foi atingido por um bombardeio. Dezenas de crianças morreram na hora e muitas outras ficaram feridas. Entre elas estava uma menina de oito anos, em estado muito grave. Essa criança precisava de sangue com urgência, mas rapidamente os médicos missionários descobriram que ninguém da equipe era compatível com aquele tipo sanguíneo.

Então, eles se reuniram com os moradores da aldeia e com a ajuda de um intérprete, explicaram a situação da menina. Contudo, a maioria dos moradores não podia doar sangue, devido ao seu estado de saúde. Depois de testarem o tipo sanguíneo dos poucos candidatos, a equipe médica chegou à conclusão de que somente um menino tinha condições de ajudar a criança.

Após realizarem os procedimentos necessários, deitaram o garoto em uma cama ao lado da menina e inseriram uma agulha em sua veia. Enquanto o sangue era coletado, ele continuava quietinho, com os olhos fixos no teto. Depois de alguns minutos, o menino deu um pequeno soluço e com a mão que estava livre, tapou o rosto tentando esconder as lágrimas. O médico, então, pediu para o intérprete perguntar ao menino se ele estava sentindo dor. Ele respondeu:

_ Não, moço. Pode continuar.

Porém, não demorou muito para que o soluço e as lágrimas voltassem. Preocupado, o missionário pediu para ao intérprete para descobrir o que estava fazendo aquele garotinho chorar. O enfermeiro conversou tranquilamente com ele e, em seguida, explicou ao médico o porquê do choro:

_ Ele achou que ia morrer. Ele não tinha entendido direito o que você disse e estava achando que ia ter que doar todo o seu sangue para a menina não morrer.

Espantado, o médico missionário se aproximou da criança e, com ajuda do intérprete, perguntou:

_ Se você achava que iria morrer, por que se ofereceu para doar seu sangue?

Com o coração cheio de amor, o menino respondeu:

_ Porque ela é minha amiga e eu preferia morrer no lugar dela.

Esse menino foi àquele lugar determinado a salvar a vida da amiga, mesmo achando que para isso, teria que morrer. Do mesmo modo, Jesus veio à terra para salvar as nossas vidas. Ele sabia que teria que derramar o Seu sangue numa cruz, mas mesmo assim não pensou duas vezes em fazê-lo. O Seu amor pela humanidade e o desejo de nos salvar foi muito maior do que o medo da morte.

"Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores. Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda seremos salvos da ira de Deus por meio dele!" (Romanos 5:7-9)

"Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos" (1 João 3:16).

Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/mensagens-evangelicas/um-ato-de-amor#ixzz43tDnnKNE

CRUZ


quinta-feira, 24 de março de 2016

A SALA DAS CRUZES

Um certo servo de Deus cansado de suas lutas e tribulações, um dia resolveu falar para Jesus (em oração) que não aguentava mais carregar a sua cruz, pois era muito pesada e difícil de carregá-la...

- Pois bem, disse Jesus ao servo, coloque a sua cruz na sala à direita e entre em qualquer uma das outras salas que há e pegue a cruz que você quiser. 

O servo foi feliz da vida e colocou a sua cruz no chão da sala determinada por Jesus e saiu nas outras salas procurando uma cruz que lhe agradasse. Então o servo começou a sua procura. Entrava e saia das salas, mas não se agradava de nenhuma daquelas cruzes que estavam ali nasquelas salas, pois tinha "cada cruz" que ele não conseguia nem olhar o topo... e, continuou a sua busca. Continuou a encontrar somente cruzes enormes e maiores que a sua. Até que em um dado momento avistou uma cruz pequenina num cantinho de uma daquelas salas. Sorridente se agradou daquela cruz e falou: 

— Senhor eu quero esta, posso pegá-la?

Jesus olhando para o servo disse: pode ficar a vontade, mas é a cruz que você acabara de deixar aí.

ulisses de sousa ramos

VELAS


terça-feira, 22 de março de 2016

O EVANGELHO

Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa,


I Coríntios 4.11

Vivemos um tempo estranho, em que os homens tem mudado valores bíblicos e acrescentado filosofias próprias aos pensamentos cristão, na tentativa de fazer o homem natural entender as coisas do espírito e somar cada vez adeptos ao seu rebanho.

Ouvir um homem que se diz fiel falar que sofre fome, sede, está nu e não tem morada certa, nos dias de hoje é algo inconcebível ao "novo" evangelho que se anuncia. Por isso, não será difícil alguém dizer: "Ele vive em pecado!" ou "não é dizimista" ou, ainda, "Não fez um pacto com Deus".

Mas quem dirá? "É a vontade de Deus! E existe um propósito nesse vale de ossos socos". 

Quando analisamos a vida do homem que falou o versículo acima, compreendemos que a fidelidade a Deus não pode ser medida por uma visão humana (prosperidade, alegria e justiça), mas pela visão espiritual (paz com Deus, alegria interior e salvação).

Fandermiler Freitas

É MAIS IMPORTANTE


segunda-feira, 21 de março de 2016

O VALIOSO TEMPO DOS MADUROS

"Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora. Tenho muito mais passado do que futuro. Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço. 

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha. Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Detesto fazer acareação de desafectos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.

'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa... Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade, Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, O essencial faz a vida valer a pena. E para mim, basta o essencial!"

Ricardo Gondim

O TEMPO É CURTO

OPORTUNIDADES


domingo, 20 de março de 2016

QUASE LÁ – NÃO DESISTA!

Nada no mundo consegue tomar o lugar da persistência. O talento não consegue, pois nada é mais comum que homens fracassados com talento. A genialidade não consegue; gênios não recompensados constituem quase um provérbio. A educação não consegue; o mundo é cheio de errantes educados. A persistência e determinação sozinhas são onipotentes. Calvin Coolidge

Mesmo quando você se dá conta de que não está fazendo progresso, você – certamente – está. As grandes realizações vêm, frequentemente, depois de um período de “seca.” Se você está focado, se você está concentrado num determinado esforço, então você está fazendo um positivo progresso, mesmo que isso não esteja visível diante dos seus olhos. Continue, não desista, você está quase chegando lá! 

Lembre-se de que é impossível criar valores sem que valores não lhe venham em retorno. Continue a criar valores e os valores que você busca irá retornar a você. Siga em frente porque os seus esforços irão lhe trazer os retornos. Você pode estar muito mais próximo do que você imagina. Não desista! 

A trilha para o topo da montanha sempre é mais difícil quando se está bem próximo de alcançá-lo. Quando as coisas estão difíceis, continue firme, siga adiante porque você está quase chegando lá! 

Para Meditação:

E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. Gálatas 6:9

Nélio DaSilva

AS PALAVRAS

sexta-feira, 18 de março de 2016

O SENHOR TEM ALGUMA COISA CONTRA JESUS?

Conta o Dr. Stanley Jones que conversava com um hindu de alta posição social, procurando convencê-lo a ser cristão. A certa altura da conversa, o hindu argumentou: "O Ocidente tem cometido muitos erros". 

- Concordo com o senhor plenamente - respondeu o Dr. Jones.

Mas o hindu persistia - Sem querer ofendê-lo, o senhor concorda que os norte-americanos têm-se mostrado falhos e têm errado na política em relação a nós?

- Mas, claro; estou plenamente de acordo!

Um tanto contrafeito, o hindu lançou seu último cartucho: "O senhor, Dr. Jones, o senhor mesmo tem defeitos". 

E o experiente missionário concluiu: "Nem há dúvida! Ninguém melhor do que eu para saber dos meus defeitos! Mas, querido amigo, preste atenção ao que lhe venho dizendo. Eu não prego ao senhor o Ocidente! Nem a América do Norte! Nem Stanley Jones! Eu prego ao senhor e ao seu povo o evangelho de Jesus Cristo! Que é que o senhor pode alegar contra Jesus?" 

- Nada tenho contra Jesus - Rendeu-se então o hindu a Jesus.

HOMEM, VOCÊS ESTÁ SALVO?


Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho! 

I Cor. 9:16.

A maioria das pessoas com certeza sabe que, uns 75 anos após o naufrágio do SS Titanic, os seus destroços foram descobertos e fotografados no fundo do Atlântico Norte. Não se encontravam no local imaginado durante todos aqueles anos. Enquanto escrevo, o rádio anuncia que uma investigação recentemente concluída revelava que era falsa a alegação feita pelo comandante do SS Californian, de que seu navio estava "muito distante" do Titanic para lhe resgatar os passageiros. Se essa conclusão é verdadeira, que terrível exemplo de crassa indiferença! Mas, graças a Deus, nem todos foram tão insensíveis como aquele comandante em relação com as mais de 1.500 almas que pereceram naquela noite.

Quatro anos depois que o Titanic naufragou, um jovem escocês levantou-se numa reunião em Hamilton, no Canadá, e disse: "Eu sou um sobrevivente do Titanic. Estando eu à deriva sozinho, agarrado a um objeto que flutuava, as correntes trouxeram John Harper, o pregador de Glasgow, para perto de onde eu me encontrava. 'Homem', perguntou ele, 'está você salvo?'
"'Não', respondi eu. 'Não estou.'

"'Creia no Senhor Jesus Cristo, e será salvo', admoestou ele. E fomos separados.

"Mas é estranho dizer que, pouco mais tarde, as ondas nos aproximaram novamente e ele perguntou: 'Você está salvo agora?' Tive de responder: 'Honestamente, não posso dizer que já esteja.'

"Ele simplesmente repetiu: 'Creia no Senhor Jesus Cristo, e será salvo.'
"Pouco depois disso, fomos separados pela última vez. Foi então que, sozinho naquela noite, aceitei a Jesus Cristo como meu Salvador. Sou o último converso de John Harper."

Foi esse o tipo de preocupação pelas almas que Paulo manifestou quando disse: "Ai de mim se não pregar o evangelho!" É o tipo de interesse que todos os cristãos devem ter. É verdade que nem todos recebemos os mesmos talentos, mas devemos usar aqueles que nos foram concedidos para ajudar a salvar outras pessoas

PACIÊNCIA

ESPERANÇA

quinta-feira, 17 de março de 2016

O LAR

"Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar" 

João 14:2

De maneira alguma podemos esquecer um momento final de O Mágico de Oz quando Dorothy declara: "não há lugar algum como o lar, não há lugar algum como o lar".

A maior parte de nós pensa do mesmo modo. O homem sempre sentiu um carinho especial por esta habitação chamada lar. Adão e Eva lamentaram quando tiveram que deixar o Jardim do Éden -- seu lar. Noé e sua família viram quando as águas cobriram o seu lar. Moisés só deixou seu lar para seguir a vontade de Deus para sua vida. O filho pródigo sabia que até como um criado, em seu lar, estaria melhor do que cuidando de porcos. Nós nos regozijamos hoje, ao dobrar a esquina para "o nosso lar". Se ele é um barraco de papelão, em um beco, ou uma mansão com ar condicionado no calor sufocante, ficamos contentes em chegar ao nosso lar.

Nosso lar na terra é temporário. Nosso lar no céu será permanente. Deus nos desafia a viver diariamente nos preparando para este grande e eterno lar que Ele preparou para Seus filhos. Ele se manterá intato diante dos elementos da natureza, puro, limpo, santo, por toda a eternidade!

Você está seguro de que, amanhã, irá desfrutar desse glorioso lar que o Senhor lhe preparou? Você já está se regozijando, hoje, com esta maravilhosa bênção?

Que Deus possa me abençoar até que este momento chegue! Que Ele possa abençoar sua vida da mesma maneira! Que naquele grande dia em que o Senhor vier buscar Sua igreja, possamos ouvir com clareza o nosso nome e também o convite: "Entre, bendito de meu Pai!"

Não há lugar melhor que o nosso lar! Não haverá lugar melhor que o nosso lar celestial. Eu quero ir para lá... e você? 

Paulo Roberto Barbosa

SER COMO A VELA

quarta-feira, 16 de março de 2016

O SÍTIO


O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Senhor Bilac, estou precisando vender o meu sítio,que o Senhor tão bem conhece.Será que o Senhor poderia redigir o anúncio p/ o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu: "VENDE-SE ENCANTADORA PROPRIEDADE,ONDE CANTAM OS PÁSSAROS AO AMANHECER NO EXTENSO ARVOREDO"

Meses depois, o poeta Olavo Bilac encontrou o homem e perguntou-lhe se havia vendido o sítio.

- Nem pense mais nisso - disse o homem.

- Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.Valorize o que você tem,os amigos que estão por perto de você, o emprego que Deus lhe deu, o conhecimento que você adquiriu,a sua saúde,sua família.

Esses são nossos verdadeiros tesouros!!!!!!!!!!!!

Leidy Weber

ARROGANTES


terça-feira, 15 de março de 2016

JUSTIFICADOS

Concluímos, pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da Lei.


Romanos 3.28


A Bíblia, sobretudo no Pentateuco, apresenta muitas regras e ordenanças. Os judeus deviam segui-las e ensinar aos seus filhos. E todos acreditavam que esta era a única forma de agradar a Deus. Paulo, entretanto, sabendo disso, chamou a atenção dos homens para o fato de que não é o cumprir que agrada a Deus, mas o modo de ser do coração.

Jesus contou a história de dois homens que foram ao templo. Um agradecia a Deus por não ser igual aos demais - ele era fiel, dava o dízimo, fazia caridade, etc.; Já o outro homem apenas abaixava a cabeça e rogava ao Pai que o perdoasse de todos os seus erros e falhas. A Bíblia termina esse relato dizendo que apenas um voltou para casa justificado: aquele que tinha o coração a certeza de que não era agradável a Deus seu modo de viver.

Existem muitas pessoas que imaginam que é o cumprir das ordenanças ou as obras que fazem a diferença diante de Deus. Tenho uma surpresa para você: Não é! O homem só pode ser agradável diante do Pai se houver fé em sua vida.

Não nos enganemos, pois é somente a crença de Jesus Cristo no coração . Não importa se ele é triste, perdido, sem esperança, ou alegre, feliz, bondoso que poderá justificar o homem diante de Deus...

Que Deus preencha cada alma da fé que salva, liberta e perdoa e justifica o homem. Sem essa fé nada do que o homem fizer adiantará de alguma coisa! Porque quando Deus esquadrinha o homem, a única coisa que o diferenciará do perdido é a fé. A fé em Jesus Cristo.

O FUTURO


segunda-feira, 14 de março de 2016

UMA GUERRA DE MUITAS BATALHAS

O Espírito Santo nos liberta da escravidão ao pecado, mas a carne sempre tenta nos chamar de volta à sua servidão. Por isso importa que se ande sempre no Espírito para que não sejamos vencidos pela carne.

Todavia, antes que atinjamos a plena libertação da carne na glória do céu, sempre estaremos em luta com este inimigo: a nossa natureza terrena sujeita à ação do pecado.

Como é esta a realidade para qualquer cristão, então nenhum deles deve se desanimar com o fato de ser lenta e gradual a mortificação do pecado, de forma que a nova criatura fique cada vez mais forte, e o velho homem cada vez mais fraco.

Foi implantado em cada cristão este princípio ou lei do Espírito da vida em Cristo Jesus, Rom 8.2, de maneira que sempre terão esta permanente capacitação recebida do Espírito Santo para poderem combater e vencer as paixões e concupiscências da carne, Gál 5.24.

A carne é fraca, ou seja a nossa natureza terrena corrompida pelo pecado, para cumprir o propósito de Deus em nosso viver, mas o espírito está pronto, quando vivificado pelo Espírito Santo, ou seja, Ele é forte para nos levar a superar a fraqueza da carne, de maneira que em vez de seguirmos o pendor (inclinação) da natureza terrena que nos arrasta para o pecado e à morte espiritual, sigamos o do Espírito que conduz à Vida e à Paz, Rom 8.6-13.

O pecado sempre nos assediará tenazmente, enquanto vivermos aqui embaixo, mas ele não reinará em nós, porque foi destronado por Cristo, e agora quem Reina é a sua Graça, Rom 5.21, de modo que o Espírito Santo sempre manterá um combate permanente contra o pecado.

Deus poderia subjugar o pecado de uma vez por todas no momento mesmo da nossa conversão a Cristo, assim como Ele o fará quando formos para a Glória do céu. Mas, para provar a nossa obediência a Ele, e para nos exercitar aperfeiçoando a nossa fé e maturidade espiritual, permite que participemos em cooperação com o Espírito Santo, na luta contra o pecado, enquanto estivermos deste outro lado do céu.

E por este conflito permanente contra o pecado, nas vitórias sucessivas que temos sobre ele, ou até mesmo pelas derrotas que podemos sofrer em algumas batalhas – que ocorrem quando descuidamos da vigilância, da oração e do andar no Espírito, - somos ensinados por Deus quanto à nossa completa dependência da Sua graça para que possamos viver de modo agradável a Ele. 

Silvio Dutra

domingo, 13 de março de 2016

O QUE IMPRESSIONA A DEUS?

O esforço humano nunca pode impressionar um Deus onipotente, e a grandeza dos homens jamais pode impressionar um Deus de grandeza infinita. Isto é má notícia para aqueles que competem com Deus, mas boa notícia para aqueles que querem viver pela fé.

O Salmo 147 é uma emocionante declaração de esperança para um povo que desfruta do gozo e certeza de que Deus é Deus. O salmista afirma: “Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu nome” (v. 4). Ora, isto é mais do que podemos apreender! “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir” (Sl 139.6).

A Terra, onde vivemos, é um pequeno planeta que gira em torno de uma estrela chamada Sol, que tem o volume um milhão e trezentas vezes maior do que o da Terra. Existem estrelas milhões de vezes mais luminosas do que o Sol. Existem aproximadamente cem bilhões de estrelas em nossa galáxia, a Via Láctea, que tem cem mil anos-luz de extensão. (Um ano-luz equivale a 299.792.458 km/s.) O Sol viaja a 249 km/s, e, por isso, seriam necessários, duzentos milhões de anos para que o sol cumprisse apenas uma órbita em volta da Via Láctea. Existem milhões de outras galáxias além da nossa.

Agora, ouça novamente: o Salmo 147 afirma que Deus conta o número de todas as estrelas. Não somente isso, afirma também que Ele as chama pelo nome que lhes deu, tal como se faz a animais de estimação. Você os olha, observa suas características e chama-os por algum nome que se enquadre nas diferenças

O sol tem um nome na mente de Deus. Ele chama o sol por seu nome, diz a ele o que fazer e ele obedece. E assim o fazem trilhões de estrelas. (Assim como todos os elétrons, em todas as moléculas dos elementos das estrelas e dos planetas, incluindo os elementos que se encontram nas guelras de um tubarão que vive embaixo das rochas, na costa da ilha de Rhode.)

Ora, o que impressionaria um Deus como este? Salmo 147.10-11 nos mostra com clareza:

Não faz caso da força do cavalo, nem se compraz nos músculos do guerreiro. Agrada-se o Senhor dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.

John Piper, em “UMA VIDA VOLTADA PARA DEUS”
http://salmo37.wordpress.com/

O SILÊNCIO

sábado, 12 de março de 2016

FÉ E APARÊNCIA

Ouvi falar de um homem que, há anos atrás, empurrava um carrinho de mão equilibrado numa corda esticada sobre o rio Niágara, América do Norte. Milhares de pessoas o aclamavam, enquanto era colocado um saco de areia de 100 quilos sobre o carrinho, que o homem empurrava de um lado para o outro. Em certa ocasião, olhou para a multidão e perguntou:


- Quem ai acredita que eu posso carregar um homem neste carrinho?

- Todos acreditam! - bradou um espectador da frente da fila muito entusiasmado.

O homem, então, voltou-se para ele, dizendo: - Pois venha você!

Diante disso, o cidadão imediatamente retirou-se, pois não cria de fato. Ele pensava que cria, mas não queria de modo algum dar uma prova de sua crença. Igualmente acontece com relação a Cristo. Muitos dizem que creem nele e que o seguem. Mas não fazem nada para entrar no carrinho de mão. Tais pessoas nunca assumiram um compromisso ou se submeteram realmente a Cristo.

FALE A NOSSA VIDA

sexta-feira, 11 de março de 2016

AS LÁGRIMAS PERGUNTAM

As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: O teu Deus, onde está? 

Salmo 42.3

Quem já passou uma noite em claro sob o poder das lágrima sabe que cada uma delas tem a sua pergunta. Quando a tristeza e a dor chegam ao coração não vêm só, trazem a dúvida, a angústia e muitas indagações.

"Onde está o teu Deus que te permite tanto sofrimento?" Você já ouviu isso? Eu já! Em várias ocasiões. O problema das perguntas é que elas acontecem quando estamos em meio a grandes lutas. É na fragilidade e no abatimento que elas ganham forças e buscam aniquilar a confiança em Deus.

Um amigo me ensinou que o importante não é as perguntas, mas as respostas. É preciso, antes de mais nada, confiar em Deus e esperar pelo tempo. A mais bela resposta a ser dada é a da fé, a do amor e a da confiança.

Na realidade, o homem de Deus não precisa responder nada, basta a paciência e a espera pela resposta do Criador. Ela virá, sempre vem. Aprender a usar o silêncio a seu favor é fator fundamental na vida. Já que as lágrimas não podem derrotar o homem de Deus, é preciso compreende com naturalidade que elas são usadas pelo Pai para nos conduzir a algo maior. 

Vencer ou Vencer - Gisele Nascimento.

LENDA

quinta-feira, 10 de março de 2016

O QUE O PERDÃO PODE FAZER POR VOCÊ

Bem-aventurado aquele cuja iniqüidade é perdoada, cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui iniqüidade, e em cujo espírito não há dolo. 
Sal. 32:1-2.

Dois dias antes do Natal, Frank e Elizabeth Morris receberam um telefonema dizendo-lhes que seu filho único, Ted, de 18 anos de idade, havia sido ferido num grave acidente. A pessoa os instruía a procurar com urgência um grande hospital em Nashville, Estado do Tennessee. Quando chegaram ao hospital, um neurocirurgião lhes deu a triste notícia: Ted estava morto.

No dia seguinte, na delegacia, o casal Morris ficou sabendo que o outro motorista, Tommy Pigage, havia sofrido apenas ferimentos leves. Por ocasião do acidente, o seu nível de álcool no sangue estava três vezes acima do limite legal. Ele foi acusado como assassino, mas depois de confessar-se culpado a acusação foi reduzida para homicídio culposo. Meses mais tarde, foi sentenciado a apenas cinco anos de sursis com a estipulação de que, se violasse a sentença, teria de cumprir uma pena de dez anos na prisão. Dizer que o casal Morris (especialmente Elizabeth) ficou revoltado com uma sentença tão branda, é dizer pouco.

Mais tarde, numa reunião de mães para protestar contra o ato de dirigir sob a influência do álcool, Elizabeth ouviu Tommy contar que, ao saber da morte de Ted, ele não conseguira parar de chorar. Alguns dias mais tarde, entretanto, ele foi apanhado bebendo e levado para cumprir sua pena de dez anos.

Apesar das emoções contraditórias, Elizabeth, uma cristã, começou a visitar Tommy na cadeia. Um dia, enquanto conversavam, ele implorou perdão.

- Eu lhe perdôo - respondeu Elizabeth, acrescentando: - e gostaria que você me perdoasse por eu tê-lo odiado.

- Ah, Sra. Morris, é claro - disse ele com emoção.

Numa visita posterior, Tommy contou a Elizabeth que queria muito parar de beber, mas não conseguia. Ela lhe garantiu que ele poderia, com a ajuda de Deus. E ele conseguiu!

No dia 12 de janeiro de 1985, Tommy foi batizado. Mais tarde, ficou em liberdade condicional. O casal Morris começou a levá-lo para seu lar e a tratá-lo como filho. Escrevendo para a edição de janeiro de 1986 da revista Guidepost, Elizabeth disse que, depois disso, começou a sentir a paz que só Deus pode dar. E Tommy? Ele é uma pessoa diferente!

É isso que pode acontecer quando perdoamos - e somos perdoados.

VIDA

quarta-feira, 9 de março de 2016

ONDE ESTÃO AS DÉBORA DESSA GERAÇÃO?

Quando Deus escolheu Débora para liderar Seu povo, não estava preocupado na diferença entre homem e mulher, tampouco na discriminação que as pessoas do sexo feminino sofrem desde que o primeiro pecado foi cometido.

Naquele tempo, a mulher tinha uma única função social: gerar filhos.  Ultrapassando os limites de seu próprio ventre, porém, Débora se tornou “a mãe de Israel”. Seus filhos, que havia 20 anos sofriam com a opressão imposta por Jabim, rei de Canaã, não tiveram forças para duvidar diante da fé de Débora.

Acontece que os israelitas haviam feito mal ao Senhor, mas já era tempo de voltarem a ter paz. Débora era esposa, sim. Cumpria com seus deveres dentro de casa. Mas seu papel mais importante era confortar a família que estava ao lado de fora de suas paredes. 

A única mulher a assumir o posto de Juiz em Israel também era profetiza. E liderou dez mil homens na vitória contra o poderoso exército adversário. Naquela terra faltavam homens corajosos que liderassem o povo de Deus contra uma terrível opressão. E a fé de Débora foi escolhida como caminho.

“Temos que ser mulheres de guerra, as Déboras dos dias atuais! Mulheres que não têm medo! Temos que ter essa força!”

É isso ai, Princesas, depende de cada uma de nós ser um referencial de Deus neste mundo. E é o que Deus quer, que nós sejamos mulheres fortes, guerreiras e corajosas. Você, eu, nós somos capazes de realizar obras grandiosas. Está é a força que Ele nos dar.

“Desperta, Débora, desperta, desperta, acorda...” Juízes 5.12

Deus fala para cada uma de nós, esse versículo. Tome posse da força que Deus te dar. Deus Abençoe... Que o dia de vocês seja maravilhoso.Amo cada uma de vocês, Paz seja convosco!

Ita Costa

VIVER NAS TREVAS

terça-feira, 8 de março de 2016

MULHER VIRTUOSA

Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis.

Provérbios 31:10

Muito se tem escrito sobre a mulher. Desde as tragédias gregas, as obras de Shakespeare, aos poemas de Vinicius de Morais, os romances de John Green. Mas nada se compara ao que a Bíblia narra em Provérbio 31 sobre a mulher virtuosa.

"Mulher virtuosa quem a achará?" Será que a grande questão levantada por Salomão aqui está na raridade de se encontrar uma mulher virtuosa? Será que vivemos dias de intensas dificuldades, a tal ponto que uma mulher não se interessar mais em virtudes dignas de louvor?

Acredito que o ponto principal não é isso? Mas o quão difícil é o caminho a ser percorrido para que uma jovem torne-se uma mulher virtuosa. Nos versículos seguintes, o sábio Salomão passa a descrevê-la como uma pessoa empenhada: ela acrescenta, assume responsabilidades e não perde tempo com questões tolas.

"O seu valor muito excede ao de rubis".  O que mais se pode dizer? Que ela será amada, louvada e respeitada? Isso seria pleonasmo puro. Por isso, Salomão deixa bem claro que é melhor possuir uma mulher virtuosa do que reinos e riquezas, e aconselha aos jovens que a escolha de uma mulher para o casamento deve se dá pela virtude e não por causa da beleza ou da graça.

Fandermiler Freitas

MULHER VIRTUOSA


SATISFEITOS CONSIGO MESMOS


segunda-feira, 7 de março de 2016

VAMOS RASPAR A BARBA

"eu saí após ele, e o feri, e livrei o cordeiro da sua boca; levantando-se ele contra mim, agarrei-o pela barba, e o feri, e o matei" 

1 Samuel 17:35

A última decisão de Alexandre, antes de uma batalha, era que todos os seus soldados raspassem a barba. ele explicou: "Nada melhor que uma barba para se agarrar em uma briga."

Precisamos aprender essa lição. Ela é muito útil para a nossa vida espiritual. Devemos nos livrar das "barbas" que facilitam a nossa queda e destruição em uma batalha. As mágoas, os ressentimentos, as vaidades, o egoísmo, a inveja e tantas coisas semelhantes, apenas impedem o nosso crescimento espiritual e a nossa comunhão com o Senhor.

Ao nos esvaziarmos dessas "barbas" mundanas e malignas, o nosso maior inimigo não encontra brecha e nem pontos fracos para nos derrotar. Pelo contrário, ele se decepciona por não poder nos pegar em pontos fracos e acaba desistindo, procurando outros lugares mais propícios para atuar.

Quando estamos revestidos apenas do brilho do Senhor, da armadura espiritual que ele nos oferece como proteção, enfrentamos as batalhas sem correr o risco de fracassos. O Senhor está conosco, Ele é a nossa vitória completa.

Além das citadas acima, é bom raspar também as "barbas" da impaciência, da murmuração, da desesperança, das mentiras e muitas outras. Tudo isso deixa nosso semblante espiritual com um aspecto desagradável que embaça o fulgor da presença de Cristo em nós.

Você quer ser vitorioso em todas as batalhas? Quer glorificar o nome de Jesus em todas as circunstâncias? Quer ser uma bênção por onde andar? Quer ser um cristão autêntico e fiel? Raspe as barbas do pecado em sua vida e deixe a beleza de Cristo ser vista em você.

Eu tenho procurado raspar esses tipos de "barba". E você?

Paulo Roberto Barbosa

FAZ PARTE


domingo, 6 de março de 2016

O SENHOR É O MEU PASTOR

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.

Sl 23.1

Em seu belo livro, "Nada Me Faltará," Robert Ketchum conta sobre um professor da Escola Bíblica que perguntou às crianças de sua classe se alguma delas poderia citar todo o Salmo 23. Uma menina, bem loirinha, de quatro anos estava entre os que levantaram suas mãos. Um pouco cético, o professor tornou a lhe perguntar se seria, mesmo, capaz de recitar todo o Salmo. A pequena menina deixou seu lugar e veio até a frente. Encarando todos os colegas, ela começou:

— "O Senhor é meu pastor, e isso me basta."

A seguir curvou levemente o corpo em uma saudação, e retornou ao seu lugar. Aquela menina pode ter omitido alguns versículos, mas certamente conseguiu captar a essência do que havia no coração do salmista Davi.

FALAR DO QUE ENTENDE