sábado, 29 de outubro de 2011

CONTA E TEMPO

Deus pede estrita conta do meu tempo
E eu vou, do meu tempo, dar-lhe conta.
Mas, como dar, sem tempo, tanta conta.
Eu, que gastei, sem conta, tanto tempo?

Para dar minha conta feita a tempo,
O tempo me foi dado, e não fiz conta;
Não quis, sobrando tempo, fazer conta.
Hoje, quero acertar conta, e não há tempo.

Oh, vós, que tendes tempo sem ter conta,
Não gasteis vosso tempo em passatempo.
Cuidai, enquanto é tempo, em vossa conta!

Pois, aqueles que, sem conta, gastam tempo,
Quando o tempo chegar, de prestar conta
Chorarão, como eu, o não ter tempo...

Autor: Frei Antônio das Chagas, Séc. XVII

VERDADEIRO VENCEDOR

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

AJUDA

AJUDA!

1 João 4:21 - "E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão".

O nosso texto inicial nos conduz a uma reflexão séria sobre nossa vida cristã: muitas pessoas necessitam de ajuda para encontrar Jesus. Para que sejam curadas, física ou espiritualmente, para que sejam libertas, dos vícios e de qualquer engano deste mundo, para que encontrem o caminho da salvação e da vida eterna, é necessário que nós, que já temos uma experiência pessoal com o Senhor Jesus Cristo, cumpramos a vontade de Deus e lhes estendamos as mãos para que sejam plenamente abençoadas.

Quando negligenciamos o mandado do Senhor, quando nos mostramos indiferentes ao nosso próximo, essas pessoas continuam perdidas, sem esperança e sem a graça divina. Elas perdem a bênção, nós perdemos a bênção, e o nome do Senhor deixa de ser glorificado. Fomos chamados para iluminar o caminho dos que andam em trevas e esse deve ser nosso propósito espiritual todos os dias de nossas vidas.

Se nós amamos a Deus, devemos também amar a nosso próximo. Se o nosso irmão, ou parente, ou amigo, necessita de nossa ajuda e nós não os socorremos, então mostramos que o amor de Deus não está em nossos corações e que não amamos verdadeiramente a Deus.

Quando o Senhor é a razão maior de nossas vidas, o Seu amor nos envolve e temos prazer em levar outros à Sua presença. Amamos os perdidos e desejamos que sejam salvos. Amamos os enfermos e almejamos que sejam curados, não temos nenhum contentamento em ver nossos amigos oprimidos e nos esforçamos para que encontrem a paz e a libertação que o Senhor oferece.

Se as pessoas que você conhece necessitam de ajuda, saiba que, conduzi-las a Jesus, é um grande privilégio para você.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O PREÇO DO ERRO

Nos dias atuais está havendo um incentivo muito grande à busca do próprio prazer, da realização de sonhos e aspirações egoístas.

A Bíblia diz que todas as coisas que fazemos terá uma conseqüência boa ou má (Gal.6). Vamos colher os frutos de nossas obras. A única coisa que colhemos sem plantar é a dor e o sofrimento.

Sofremos as conseqüências dos erros alheios. "A erva má não precisa ser plantada e cresce em qualquer lugar". Se fizermos coisas erradas, a dor é certa e inexorável. Ocorre que as conseqüências dependem da gravidade dos erros.

Pequenos erros têm pequenas conseqüências. Grandes erros têm grandes conseqüências. As conseqüências dos grandes erros são visíveis. As conseqüências de pequenos erros às vezes não são visíveis, mas nem por isso deixam de existir.

As coisas erradas que fazemos são como grãos de areia que vai se impregnando à nossa cabeça, nossas roupas, nosso corpo. E então essa "areia" vai pesando em nossas almas, dificultando nosso caminhar, tirando da sua cor e sabor.

O preço das coisas erradas que fazemos é a dor, a angústia, a solidão, o sofrimento, a destruição...

A ignorância de nossos erros não diminui, não dilui, não ameniza, não retira e nem faz desaparecer a dor e o sofrimento que lhe são conseqüentes.

O preço do erro é a dor, o sofrimento e a destruição. Precisamos fazer as coisas certas, do modo certo, no momento certo para que não venhamos a sofrer as conseqüências de nossos erros.

Quer ter uma vida leve? Faça as coisas certas, do modo e no momento certo. Ainda que o mal se adoce à sua boca, e o seu sabor se apegue à sua língua, se transformará em fel de áspides em suas entranhas (Jó 20:12-14).

Takayoshi Katagiri
Ministério Sarando a Terra Ferida - Espírito Santos

HONESTIDADE

O livro O Desafio da Liderança (citado em Liderança e Visão, de Ramon F. Aldage Buck Joseph - Publifolha. 2002, p. 55) descreve uma pesquisa feita com 20 mil pessoas, em quatro continentes, para saber quais as características que as pessoas mais admiram em um líder, Todos tinham liberdade de citar ou escolher qualquer característica. A pesquisa constatou que quatro qualidades estiveram presente ou se repetiam em mais de 60% dos entrevistados: competência (63%), inspiração (68%) visão de futuro (75%) e honestidade (88%). Em todo o mundo, a característica mais apreciada num líder está ligada ao caráter (honestidade), mais do que competência e carisma (inspiração).

Por que a honestidade é tão apreciada? Simplesmente porque se existe honestidade no coração, a pessoas é incapaz de agir de forma errônea ou que venha prejudicar seu semelhante.

Nos dias de hoje, o homem é cada dia mais desonesto. Desonesto com o próximo quando engana, rouba, espalha mentiras, trama traições e age com indiferença. Desonesto consigo mesmo, ao agir de forma a contrariar o próprio coração e fingir que tudo está bem; Desonesto com Deus quando promete e não cumpre nem se esforça para fazer o certo.

Que Deus nos ajude a sermos honestos e amarmos a honestidade no próximo. Que nossa oração seja que Deus faça os homens honestos se multiplicarem no mundo e que eles assumam os primeiros lugares entre os grandes.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

OS TRÊS ENVELOPES

O sujeito acaba de assumir o comando de uma importante multinacional e, no dia de sua posse, recebe três envelopes do seu antecessor: - Abra cada um deles, toda vez que se deparar com um problema difícil - aconselha o ex-presidente.

As coisas parecem que iam caminhando bem até que alguns meses depois a empresa começa a dar prejuízo. Ele abre o primeiro envelope: "Culpe o seu antecessor"! Ele reúne-se com os acionistas, mostra gráficos e consegue provar que a culpa era do seu antecessor. Animados com o discurso, os acionistas voltam a investir e logo a empresa se recupera.

Mais alguns meses se passam, o lucro desaparece, ele abre o segundo envelope: "Corte custos". Imediatamente ele reúne a diretoria e exige cortes drásticos em todas as áreas.

No mês seguinte os resultados já começam a ser satisfatório novamente. Passa-se mais um ano e novamente a empresa volta a dar prejuízo. Ele abre o terceiro envelope: "Prepare três envelopes"!

IMPOSSÍVEL?

Jeremias 32.27: “Acaso há impossíveis para mim?”

Neste início de dia deixo para você uma reflexão que acabei de ler em um livreto que ganhei há dez anos. Mexendo em minhas gavetas, encontrei-o e sei que não foi por acaso que li uma de suas mensagens. É pequena, mas reflita, o re e creia. Deus falará profundamente ao seu coração.

Certamente não pode haver nada difícil, complicado ou impossível para Deus. Caso contrário, Ele não seria Deus. Isto não significa que Deus irá resolver todos os nossos problemas e realizar um milagre após o outro para aliviar nosso sofrimento.

Deus tem sua maneira e tempo próprio de agir; Ele tem objetivos a ser cumpridos.

Maria ficou pertubada com a revelação do anjo de que ela, uma virgem, daria à luz um menino. O temor se apoderou dela, mas ela não duvidou; deu seu testemunho sobre o poder e o propósito de Deus: …”nada é impossível para Deus”.

Se Deus é Deus e para Ele tudo é possível, Isabel, em idade avançada, pode gerar João; Zacarias ficou mudo; José teve sonhos que eram revelações, uma estrela, com magnitude nunca vista, surgiu no céu, Maria, virgem, ainda gerou e deu à luz um filho, Jesus!

Se Deus é Deus, e para Ele tudo é possível, nossa vida pode ser transformada; podemos ter paz em meio aos conflitos; amor em meio ao ódio; esperança em meio ao desespero… Para Deus TUDO é possível! E, se cremos, tudo é realmente possível! (Marcos 9.23)

Creia nisso, tome posse dessa verdade em sua vida e seja feliz!

sábado, 22 de outubro de 2011

FELIZ É O OUTRO

Tem um conto japonês milenar que é mais ou menos assim: Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão. Certo dia, o Pavão refletiu:

- Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza. Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.

O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore: "Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda tenho que voar e ser visto por todos, quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele Pavão."

Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia em comum e se juntaram para discorrer sobre ela: cruzar-se seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a graciosidade de um Pavão... Então cruzaram... e daí nasceu o peru: que é feio e não voa!

Moral da história: "Se tá ruim, nem vem com gambiarra que piora!"

CONSIDERAÇÃO

Romanos 12:10 - "Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios."
 
Segundo Dick Goodman, cada pessoa com a qual você interage, traz consigo sonhos, esperanças, alegrias, dores, problemas, habilidades, interesses e opiniões. Apesar de você não concordar - ou sequer gostar daquela pessoa, - o fato é que respeito e a compreensão sempre tem o seu lugar.

Com isso, podemos pensar ou sempre lembrar que quando interagimos com alguém, esse alguém é uma pessoa. Seja na caixa de texto do seu e-mail, ou a voz ao telefone, ou o individuo esperando atrás daquela linha, é uma pessoa.

As pessoas em nosso mundo acrescentam riquezas e valores à nossas vidas. Vamos separar um tempo e cuidado para trata-las não como numeros, não como transações, não como objetos e suas dimensões, mas como alguém vivo e carregado de sentimentos.

Valorize as suas interações com muito carinho e dê a elas a sua total atenção. Alimente, nutra os seus relacionamentos e edifique-os constantemente com amor. Observe, tome nota, aprecie e interaja com consideração não apenas as pessoas que você conhece, mas também as que você não conhece. Com sinceridade, valorize as pessoas ao seu redor e você estará acrescentando inestimáveis valores à sua própria vida.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O PODER DE DECIDIR

Narra uma lenda que um príncipe poderoso caiu em mãos inimigas que decidiram tirar-lhe a vida, condenando-o à forca. Dada sua linhagem nobre, o rei dos inimigos lhe propôs um acordo. Se ele conseguisse decifrar um certo enigma, sua vida seria poupada. Para isso, concedeu-lhe a liberdade de procurar a resposta por três dias. Com a pergunta lhe fervendo na cabeça, o príncipe começou a buscar entre os habitantes do lugar quem o pudesse ajudar a encontrar a solução. A pergunta era: o que mais deseja uma mulher?

Ao final do terceiro dia, já desanimado e antevendo sua morte na forca, o príncipe encontrou uma mulher muito feia. Na boca, somente dois dentes. Os cabelos desgrenhados. As vestes sujas. Era chamada por todos, pelo seu aspecto horrível, de bruxa. Ela disse que tinha a resposta. Mas exigia que, tendo salva a vida, ele voltasse e casasse com ela. Não desejando morrer, ele consentiu e ela lhe disse: "o que mais deseja uma mulher é ter soberania sobre a sua vida." Com a resposta, o príncipe teve poupada a sua vida e voltou para casar com a bruxa. Não queria, mas tinha prometido. Triste destino o meu, pensava. Casar com uma bruxa.

Entristecido, na noite de núpcias, sentou-se na cama aguardando a noiva de horrível aspecto. Qual não foi sua surpresa quando ela se apresentou belíssima, num vestido branco, com cabelos louros, olhos azuis brilhantes e um sorriso perfeito.

"Como pode?" Perguntou o príncipe.

– É que esqueci de lhe falar que durante o dia eu sou bruxa e à noite viro uma linda mulher. Agora, você pode escolher: quer que eu seja bruxa de dia ou de noite?

Ele olhou para aquela figura maravilhosa e disse: "deixo que você escolha se quer ser bruxa à noite e donzela durante o dia ou o contrário".

A noite foi extraordinária. No dia seguinte, ao raiar do sol, o príncipe abriu os olhos e surpreso, viu deitada ao seu lado, a jovem maravilhosa da noite anterior.

– Como? você não disse que durante o dia virava bruxa?

– Meu amor, como você deixou que eu decidisse sobre o que quisesse ser e quando quisesse, eu decidi ser donzela de dia e de noite. Lembra que eu lhe falei que o que mais deseja uma mulher é a soberania sobre a sua vida, poder decidir sobre sua própria vida?"

No mundo existem pessoas assim. Fora do lar, no contato com as pessoas são excelentes. Gentis, atenciosas, ponderadas. Basta que adentrem o lar para se tornarem déspotas. Gritam, exigem, magoam. Acreditam que o seu lar é seu reino e ali tudo podem fazer, sem limites. Também existem as criaturas que no campo profissional, no trato social são ríspidas, grosseiras, exigentes em demasia. E, no entanto, com a esposa, os filhos são dóceis, educados, prestativos. O que ser, como ser e quando ser é decisão individual. Mas quando optarmos por sermos bons o dia todo, em todo lugar, com todas as pessoas, o mundo se tornará um lugar muito melhor para viver amar e ser feliz.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

O QUE ESTAMOS BUSCANDO?

Tiago1:17 - “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação”.

Uma vez alguém disse: “Eu costumava pensar que as dádivas de Deus estavam colocadas em prateleiras, uma acima da outra, e que, à medida que íamos crescendo no caráter cristão, mais facilmente as alcançaríamos. Eu agora creio que as dádivas de Deus estão em prateleiras, uma embaixo da outra. Não é uma questão de crescer para cima, mas de inclinar para baixo. Nós temos que descer, sempre para baixo, para alcançar as melhores dádivas.”

O mundo nos induz a buscar sempre o lugar mais alto em todas as situações. Temos de ter a melhor casa, o carro mais caro, o emprego que dê o maior salário, o lugar mais elevado no trabalho e também na escala social. Só assim, achamos que seremos admirados, só assim seremos reconhecidos, só assim seremos felizes. Pelo menos, é o que achamos.

Na vida espiritual, com o nosso Senhor Jesus Cristo, a caminhada para o sucesso é diferente. “Os últimos serão os primeiros”, “quem quiser ser o maior, deve se humilhar e servir”, “cada um considere o outro superior a si mesmo”…

Se seguirmos a escalada do mundo, poderemos atingir o ponto mais alto em nossos propósitos, porém, não há garantia alguma de felicidade. Se seguirmos o trajeto ensinado por Deus, é possível que nenhum farol seja aceso sobre nós, porém, teremos como companheira constante, a tão sonhada felicidade.

De que nos serviriam as grandes dádivas do mundo? Para um momento passageiro de orgulho e vaidade? As coisas da terra ficarão na terra e de nada servirão na eternidade. As dádivas celestiais, por menores que possam parecer, não apenas encherão de regozijo os nossos corações como nos acompanharão para todo o sempre. Essas são as dádivas que deveremos ter e, temos que ter plena convicção, por menores que pareçam ser, são maiores do que todas as que o mundo oferece.

E você, que dádivas está buscando?

FINANCIADO POR DEUS

Ron Blue, um autor que escreve sobre finanças, conta-nos sobre um jovem que desejava ir para o seminário e tornar-se missionário. Como não tinha dinheiro, achou que a única forma de se sustentar num seminário seria através de um financiamento para estudantes. No entanto, isso o deixaria endividado em milhares de dólares, na época de sua formatura. Seria uma situação impossível. Não conseguiria pagar seu financiamento com o salário de missionário.

Depois de muita oração, decidiu matricular-se sem a ajuda de financiamento e confiar que o Senhor supriria suas necessidades. Formou-se sem emprestar nada e sua admiração pelo Senhor soberano e vivo, que proveu suas necessidades de forma criativa, aumentou. Essa foi a lição mais valiosa que aprendeu no seminário.

Foi assim, que Deus o preparou para o campo missionário onde, por vezes repetidas, dependeu do Senhor para suas necessidades. Pegar emprestado pode negar a Deus a oportunidade de demonstrar o quanto Ele é real

terça-feira, 18 de outubro de 2011

DIA DE TEMPESTADE

Certo verão, passei dois meses empregado como guarda-noturno,cuidando das florestas, na preservação de incêndios. Em virtude do ambiente do meu trabalho e da separação de outras criaturas, tive muito para observar as obras da natureza.

Num dia de tremenda tempestade, vi uma águia voejando perto de uma árvore muito alta. De repente um raio cortou o espaço e ouviu-se o ribombar do trovão. No local onde a águia estivera um momento antes, só havia uma nuvem de fumaça escura, o que fora uma águia forte e poderosa fora reduzida a vapores pela intensidade do calor do raio que a atingira.

Vivemos num mundo onde há pouca segurança. A qualquer momento nossas vidas podem ser ceifadas. Podemos de uma hora para outra perder nossas mães, pais, irmãs ou irmãos, filhos ou filhas, nossos melhores amigos. Nossas casas podem ser varridas de nossas mãos. Esta vida é confusa e incerta, mas podemos ter certeza de uma coisa: "Nosso Deus nunca nos abandonará".

Robert Smith (Idaho, EUA)

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

EU SEI QUE NÃO ESTOU SÓ

Disse Deus: não é bom que o homem esteja só...

Gn. 2.18

Senti-se  só é um dos grandes males deste século. O homem vai trabalhar, faz compras, se diverte, vai à escola. Ele estar continuamente cercado de gente. Todos os dias, pessoas estranhas ou conhecidas passam por sua vida, deixam palavras, silêncio, indiferença. Mas nada disso consegue amenizar a sensação de solidão da sua alma. À noite, quando tudo se acalma, ele é só mais um solitário.

No Salmo 23, Davi diz: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo." O salmista tinha Deus como amigo presente, que sempre o acompanhava - no vale mais triste e sombrio (o da morte) ou na montanha mais alta e brilhante. Não havia dia de solidão nem noite de abandono. Deus estava sempre presente.

Sentir a presença de Deus na vida não tem preço. É como ser invencível. Não falo de conquistar as primeiras páginas dos jornais por algo incrível que realizou. Não! É andar sem medo do futuro, sem as preocupações do presente! É viver a certeza de que somos amado, guardado e guiado no caminho certo.

Bruna Karla - Eu sei que não estou só.

sábado, 15 de outubro de 2011

EDUCAÇÃO

Era uma vez... Na Grécia antiga, o Espartano Licurgo, legislador de grande prestígio, foi convidado a proferir em praça pública um discurso sobre educação. Ele pediu um ano de prazo. 

Aquele homem, extraordinário mentor, que não precisava nem mesmo um mês, nem de um dia, que possuía tanto recurso; por quê tanto tempo? Por quê esperar um ano inteiro para fazer o discurso sobre a educação? Ficaram atônitos. Mas o nobre espartano, no fim de um ano de curiosa expectativa, apresentou-se em praça pública, levando consigo dois cães e um duas lebres.

Soltou a primeira lebre e o primeiro cão; o cão matou a lebre. O povo ficou em polvorosa. Em seguida, soltou a segunda lebre, e, logo atrás, o segundo cão. Todos admirados viram o cão brincar com a lebre, alegremente, como dois velhos amigos. 

Contente, Licurgo lembrou à multidão que durante aquele ano ensinara o cão que não devia fazer mal algum à lebre. "Vejam o efeito da educação. Eles foram ensinados desde que nasceram". Licurgo foi carregado pela multidão, que compreendeu o efeito do seu discurso.

ENSINO REJEITADO

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

FONTES DE ÁGUA

Em certa aldeia da Índia havia apenas um poço de água de onde os moradores tiravam água para beber. Como a água não dava para todos, o chefe escolhia previamente quais as famílias que poderiam tirar água e quais as que não poderiam. Assim alguns bebiam água e outros ficavam com sede e definhavam.

Há pessoas que pensam que o poço da graça de Deus não dá para todos e, por isso, Deus já escolheu quem pode e quem não pode beber. O Deus Eterno, porém, proclama por meio de Isaías: "Ó vós todos os que tendes sede, vinde as águas (Is. 55.1).

As fontes da graça de Deus são mais que suficientes, são eternas, para todos os que queiram vir a ele e beber. Jesus oferece: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba". Não só Israel, mas de toda a nação da terra, mesmo alguém "que nunca te conheceu correrá para ti por amor do Senhor teu Deus."

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

CADA CRIANÇA AOS OLHOS DO PAI

Desde o princípio, Deus tem tido uma preocupação muito grande com as crianças. A Bíblia narra várias histórias de meninos e meninas que foram usadas pelo Pai para falar e ensinar a humanidade.

Isaque nasceu quando seu pai tinha 100 anos. Ele era o presente Deus a Abraão e veio ensinar que sempre é possível quando Deus promete.


Moisés desceu num cesto pelo Nilo fugindo da fúria de Faraó e desafiando os perigos do rio. Deus nos ensina que quando confiamos nele até os nossos inimigos nos ajudarão, pois foi nos braços da filha de faraó que Moisés encontrou segurança.

Samuel ouviu a voz de Deus mesmo sendo apenas um menino e obedeceu. Deus nos ensina que os pequeninos são tão capazes de realizar o Seu Trabalho quanto um adulto e, que às vezes, Deus tem mais prazer neles do que nos homens.

A Bíblia narra outras histórias que demonstram que Deus ama as crianças. Jesus mesmo usou um menino para alimentar uma multidão e disse certa vez aos seus discípulos: Deixai vir a mim os pequeninos... porque dos tais é o reino dos céus.

Hoje, no dia das crianças, a nossa mensagem é que cada pequenino é especial aos olhos do Pai, porque nele está contido todas as possibilidades de um mundo melhor, portanto cuidemos de nossas crianças e as ensinemos o caminho do Céu.


Diante do Trono - Aos olhos do Pai

terça-feira, 11 de outubro de 2011

PASSO ATRÁS

Salmos 26:2 - Sonda-me, Senhor, e prova-me, examina o meu coração e a minha mente.

Imagine que você possa dar um passo atrás de si mesmo, distante o suficiente para obter um bom e objetivo quadro de onde você realmente se encontra. O que você acha que você veria?

Considere as suas palavras, suas ações e suas prioridades quando examinadas objetivamente. Pense no conselho que você gostaria de dar a si mesmo se você pudesse se auto-observar de uma certa distância.

Dê um passo atrás e observe como você gasta o seu tempo; observe aquilo que realmente está funcionando para você e o que não está funcionando. Isso pode lhe dar uma nova apreciação em relação aos seus pontos fortes e pode também muito lhe ajudar em áreas que precisam ser aprimoradas. Fale com Deus sobre isso. Por que? Porque ninguém te conhece melhor do que Ele e ninguém tem mais interesse em sua vida do que Ele.

Que Deus nos ajude!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DECIDI SER FELIZ

Muitas vezes a gente fica em dúvida se somos de fato amados ou se alguém se importa conosco. Todas as circunstâncias nos dizem que não, que não somos amados, que ninguém ver o nosso sofrer. Isso é terrível, pois expõe a alma as mazelas da depressão e a agonia do abandono. É um viver sem encanto, sem motivos para ser feliz!

Deus nunca nos fez para sermos infelizes, pelo contrário, Ele criou um mundo bom, pessoas boas que amem o bem e vivam em paz, harmonia, cultivando a felicidade.

É triste saber que somos nós mesmo que destruímos nossas chances de ser feliz. O mal pode até nos abater, afastar as pessoas, destruir lares, casamentos, a morte pode nos separar de quem amamos, mergulhar nossa vida na tristeza. Mas decidir não ser feliz é uma atitude íntima, pessoal. Só nós mesmos podemos desistir de ser feliz, podemos chegar a conclusão de que não vale mais a pena tentar.

Vejo pessoas que tem todos os problemas do mundo: perderam filhos, esposas, maridos, empregos, as pernas, braços, vivem a agonia dos últimos dias, mas não perderam a alegria e encontraram outros motivos para ser feliz.

Deus nos ama e se confiarmos nele, essa vida terá momentos de profunda luta e tristeza, mas a certeza da felicidade será eterna e a esperança que nunca morrerá.

Aline Barros - Bem Mais que tudo.

domingo, 9 de outubro de 2011

MORADA ETERNA

Uma senhora muito rica chegou ao céu. Foi conduzida por um anjo para ver ali muitas mansões celestiais. Inicialmente viu casas lindas, identificadas como as casas de algumas pessoas pobres que conheceu em vida na terra. Ela pensou: "Se as casas deles são assim tão ricas e suntuosas, eu posso imaginar como será a minha!"

Em dado momento o anjo lhe mostra uma casa em péssimas condições e diz: "Eis a sua morada!" Admirada, ela interpela o anjo: Senhor, não pode ser. Minha casa não pode ser esta!

O Anjo lhe diz: "O material é sempre fruto da fé. Seu edifício no reino de Deus é construído em fidelidade, paciência e amor e nisso, todas aquelas pessoas lhe foram superior. Não seria justo da parte de Deus lhe conceder uma morada eterna melhor."

sábado, 8 de outubro de 2011

AFLIÇÕES

João 16:33 - "No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo".

Uma vida livre de aflições tem pouco ou nenhum significado. As aflições tem variadas e múltiplas faces; uma delas é quando fica estabelecida a diferença que existe entre aquilo que você é e aquilo que você pode ser. Sem aflições as possibilidades deixam de existir. Sem aflições deixam de existir um alvo maior a ser alcançado.

Na realidade não é muito difícil aliviar algumas aflições. Basta apenas optar pelo caminho mais fácil, ao abandonar os seus sonhos, ao entregar-se ao desespero obtido pela circunstância e ao fugir das suas responsabilidades. Apesar desse tipo de comportamento lhe causar um alivio temporário, certamente que a aflição fatalmente irá retornar lhe trazendo dores excruciantes.

Para viver a vida com um propósito, para se dirigir em busca de um alvo, pode estar certo de contar com a presença de não poucas aflições. Portanto, aprecie, aceite e viva com um forte senso de que aflições são apenas preciosas oportunidades nos dada pelo próprio Deus a fim de nos tornarmos mais semelhantes a Ele.


O BEM QUE POSSO FAZER

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

FOTOGRAFIA

A história registra que certa vez o grande pregador inglês do passado, Charles Spurgeon, apelidado no seu tempo de “o príncipe dos pregadores”, recebeu um exemplar de um “Comentário de Levítico”, da autoria de um renomado teólogo da época, chamado Andrew Bonar. Spurgeon auferiu muitas bênçãos com a leitura do livro, e resolveu escrever ao Dr. Bonar, informando-lhe da edificante experiência que tivera no estudo do comentário. Aproveitou para pedir ao autor que autografasse o livro, o qual havia mandado também, e que, se possível, enviasse também uma fotografia sua.

Spurgeon foi atendido no seu pedido, e, junto, recebeu um bilhete que dizia: “É uma pena que o irmão tenha tanta pressa em reler o meu livrinho; se pudesse esperar mais um pouco, eu lhe enviaria outra fotografia, mais vistosa, quando tivesse contemplado a Cristo e me tornasse semelhante a Ele!”.

Quantos podem expressar-se com essas mesmas palavras? Quantos podem ter essa mesma esperança? Todos que já foram justificados diante de Deus pela fé em Jesus, pela entrega da vida a ele, podem ter essa esperança. - Pr. Walmir Vigo Gonçalves

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

QUEM ESPERA, ALCANÇA!

Romanos 8:25 - “Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos”.

Uma jovem sonhou que havia morrido e ido para o céu.F

Enquanto um anjo lhe mostrava um aposento da cidade gloriosa, ela viu uma pilha de caixas junto a um canto.

Verificando que seu nome estava escrito em todas elas, perguntou ao anjo o que aquilo significava. “Bem,” disse ela, “eu lembro de ter orado pedindo estas coisas.” O anjo respondeu: “Sim, quando qualquer um dos filhos de Deus faz pedidos a Ele, todos os preparativos são iniciados para que sejam atendidos. Mas, os anjos são orientados para retornar com tudo caso o solicitante não esteja esperando pela resposta”.

Quantas vezes temos recorrido a Deus suplicando por Sua intervenção em situações que nos afligem? Com que freqüência temos clamado ao Senhor por nossas necessidades mais urgentes? E temos sabido esperar a resposta? Temos tido paciência para que tudo aconteça no tempo de Deus?

Muitas vezes pedimos algo a Deus, tornamos a pedir no dia seguinte, insistimos em um dia mais e, se a resposta não veio na velocidade que desejávamos, paramos de orar e até esquecemos daquela necessidade. Deixamos de perseverar na fé e perdemos a bênção que Deus tinha preparado. O segredo de uma vida abençoada diante de Deus consiste em confiar sempre que Ele o fará. Pode demorar um dia, um ano, dez anos… mas continuaremos crendo que no tempo certo e da forma correta “Ele nos atenderá.

Se você tem colocado no altar de Deus a conversão de uma pessoa querida, se está aguardando a realização de um desejo, se está orando há muito tempo por algo que tornará sua vida e de outros, bem melhor, não desanime… confie… espere e sua bênção chegará!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

ELEITOS

1 Pedro 2.6 - "Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será de modo algum envergonhado."

Através das representações mais simples, de ilustrações bem concretas como uma pedra, o Espírito Santo nos revela a glória de Jesus Cristo. Ele é sumamente precioso para Deus. Que relacionamento terno existe entre o Pai e o Filho!

Conseguimos imaginar um pouco dessa ternura quando lemos os muitos pronunciamentos de Jesus sobre Seu Pai, especialmente onde Ele clama em grande angústia: "Aba, Pai". Ou inversamente, quando o próprio Pai não pôde mais se deter, e clamou dos céus: "Este é o meu Filho amado." Pensando nisso, nos admiramos muito mais e adoramos ao Senhor por causa desta poderosa Palavra: "...Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito..."

Jesus é a pedra angular eleita da Igreja; o fundamento da salvação determinado pelo Pai. Ninguém pode lançar outro fundamento. Por ser Ele a pedra angular eleita por Deus, conseguimos vislumbrar um pouco do que significa ser escolhido e eleito por Deus, pois todos aqueles que se aproximam do Senhor são eleitos em Cristo: "...assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo..."

sábado, 1 de outubro de 2011

NAS MÃOS DE QUEM ENTENDEM

Uma bola de basquete em minhas mãos vale uns 19 reais;

Uma bola de basquete nas mãos de Michel Jordan vale em torno de 33 mil dólares.

Uma raquete de tênis em minhas mãos, não serve para nada;

Uma raquete de tênis nas mãos do Guga significa a vitória no campeonato de Wimbledon.

Dois pães e cinco peixes em minhas mãos são um par de sanduíches;

Dois pães e cinco peixes nas mãos de Jesus são o alimento para milhares.

Uns cravos em minhas mãos podem ser úteis para pregar coisas;

Uns cravos nas mãos de Jesus Cristo produzem a salvação de toda a humanidade.

Como se vê, tudo depende de: em mãos de quem está o assunto. Ponha os seus projetos, suas preocupações, seus medos, seus desejos, seus sonhos, sua família e seus relacionamentos nas mãos de Deus. Tudo depende de: em mãos de quem está o assunto.

BELEZA