sábado, 23 de setembro de 2017

A SUA CAIXA

Todos os dias, a cada momento, você está escrevendo a história da sua vida. 
Howard Martin

Cada dia que nasce nos chega como uma caixa vazia, pronta para receber o que nela for colocado. Nós podemos encher essa caixa com tesouros preciosos ou com objetos triviais e sem importância. Muitas coisas que colocamos dentro daquela caixa, nós o fazemos por hábito, sem nenhuma reflexão, porque é algo que tem se tornado rotineiro e fácil de fazer. 

Se você abrisse a sua caixa de hoje daqui a um ano, quais seriam as coisas de genuíno valor que você encontraria? Você poderia distinguir a caixa de hoje das demais? Uma vez que a caixa de hoje esta completa, não há mais retorno. Você não pode tirar nada e nem colocar nada de volta. Porém, amanhã pela manhã, diante de você estará uma nova caixa vazia e - como todos os outros dias - cheia de possibilidades. 

A vida é breve, porém muito importante. Por isso ela nos é entregue aos poucos, em doses diárias. E assim vamos escrevendo a nossa história, diariamente. Deus, a cada manhã lhe dá um novo dia para viver, uma nova caixa em que você tem a oportunidade de depositar tesouros preciosos. Torne essa caixa algo especial e receba os tesouros que – sem nenhuma dúvida – podem ser seus.

Nélio DaSilva

Para Meditação: As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim.  Lamentações 3.22

Fonte: www.encorajamento.com

OLHO POR OLHO


sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A LIÇÃO DO JARDINEIRO

Um dia, o executivo de uma grande empresa contratou, pelo telefone, um jardineiro autônomo para fazer a manutenção do seu jardim. Chegando em casa, o executivo viu que estava contratando um garoto de apenas 15 ou 16 anos de idade. Contudo, como já estava contratado, ele pediu para que o garoto executasse o serviço.

Quando terminou, o garoto solicitou ao dono da casa permissão para utilizar o telefone e o executivo não pôde deixar de ouvir a conversa. O garoto ligou para uma mulher e perguntou: “A senhora está precisando de um jardineiro?”

– “Não. Eu já tenho um”.

–“Mas, além de aparar a grama, frisou o garoto, eu também tiro o lixo.”

– “Nada demais, retrucou a senhora, do outro lado da linha. O meu jardineiro também faz isso.”

O garoto insistiu: “eu limpo e lubrifico todas as ferramentas no final do serviço.”

– O meu jardineiro também, tornou a falar a senhora.

– Eu faço a programação de atendimento, o mais rápido possível.

– Bom, o meu jardineiro também me atende prontamente. Nunca me deixa esperando. Nunca se atrasa.

Numa última tentativa, o menino arriscou: “o meu preço é um dos melhores.”

– Não- disse firme a voz ao telefone - Muito obrigada! O preço do meu jardineiro também é muito bom.

Desligado o telefone, o executivo disse ao jardineiro: “Meu rapaz, você perdeu um cliente.”

– Claro que não - respondeu rápido - “Eu sou o jardineiro dela. Fiz isto apenas para medir o quanto ela estava satisfeita comigo.”

Em se falando do jardim das afeições, quantos de nós teríamos a coragem de fazer a pesquisa deste jardineiro? E, se fizéssemos, qual seria o resultado? Será que alcançaríamos o grau de satisfação da cliente do pequeno jardineiro?

Será que temos, sempre em tempo oportuno e preciso, aparado as arestas dos azedumes e dos pequenos mal-entendidos? Ou estamos permitindo que se acumule o lixo das mágoas e da indiferença nos canteiros onde deveriam se concentrar as flores da afeição mais pura?

PAGAR O MAL COM O BEM

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

O PÃO PATRIOTA

Algumas pessoas sentem prazer em ajudar ao próximo, chegam a integrar seus tesouros em prol do que carece. A história de Yuan é um exemplo disso. 

Yuan era um pequeno chinês que morava em Manilha, nas ilhas Filipinas. Havia ajuntado por muito tempo algum dinheiro para comprar  uma bicicleta.

Quando já possuía mais de cinqüenta dólares, sentou-se e meditou:  "Quantos na China, milhares de patrícios meus estão morrendo de  fome..." Resolveu então ajudar as crianças famintas da China em vez de  comprar a sua tão desejada bicicleta. Foi diretamente à padaria e gastou  todo seu dinheiro na compra de pães; sacos e sacos de pão! Entregou-os  à comissão auxiliadora, explicando que era uma oferta que ele mesmo  queria mandar aos pequenos chineses. A comissão agradeceu a Yuan queria mandar aos pequenos chineses. A comissão agradeceu a Yuan homens discutiram bastante: "Que faremos com todo este pão ? Estragar-se-á antes de chegar à China". Afinal resolveram levá-lo às escolas chinesas na ilha mesmo é vendê-los como "pão patriótico" 

Assim fizeram e o povo pagou um bom preço. No fim do dia  tinham mais de 200 dólares para aliviar a fonte das crianças na China.

PERDOADO E ESQUECIDO

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

É UM MILAGRE

"E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura: as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." 

II Coríntios 5:17.

"Não vou conseguir segurá-Ia por muito mais tempo, rapazes", avisou o capitão do bombardeiro britânico. "Vocês terão de pular!" Nicholas Alkemade, um dos tripulantes, abriu a porta atrás dele para pegar seu pára-quedas e deparou com um verdadeiro inferno. Era tarde demais. Seu pára-quedas havia pegado fogo. A morte parecia certa para o sargento de 21 anos, naquela noite de 24 de março de 1944. Ou pulava ou ardia. Ele pulou. 

A próxima coisa que soube foi que estava deitado sobre uma moita coberta de neve. Acima dele as estrelas brilhavam por entre os grossos galhos de uma árvore. Seu corpo daí a por toda parte, mas ele estava com vida.

Soldados alemães encontraram Nicholas algumas horas mais tarde Quando o comandante escutou a história, afirmou: "Senhores, nada menos que um milagre!" De fato, era por um milagre que Nicholas Alkemade estava vivo.

Ele havia caído de uma altura superior a cinco mil metros, e tinha se chocado contra o solo a uma velocidade aproximada de 200 quilômetros por hora. Ele tinha vários ferimentos, mas a maioria ocorrera enquanto ele estava no avião.

O que é um milagre? O dicionário o define como "um acontecimento extraordinário causado por um agente super-humano". NichoIas certamente concordaria. Quando ele voltou a si sobre aquela moita. A primeira coisa que fez foi olhar para as estrelas e agradecer a Deus por ter poupado sua vida.

A vida em si mesma é um milagre, mas um milagre maior ainda é a nova vida que podemos encontrar em Cristo. Tão miraculoso quanto o nascimento de uma criança é o nascimento que nos torna filhos e filhas de Deus.

Pense na transformação da vida de Saulo, o assassino, para Paulo, o apóstolo. Não foi um milagre, "um acontecimento extraordinário causado por um agente super-humano?” Paulo não poderia de forma alguma ter se transformado por si mesmo. Teria de ser por um milagre da graça de Deus.

Esse milagre de amor e graça pode ser seu também. Deus pode transformar sua vida. Ele pode conceder a você uma nova experiência. Ele pode remover velhos hábitos e sofrimentos, e substituí-Ias por paz e alegria radiante. O milagre que Ele oferece purificará você do pecado e tornará você a pessoa que você sempre quis ser.

www.4tons.com

LIBERDADE E RESPONSABILIDADE


terça-feira, 19 de setembro de 2017

UMA ESPÉCIE DIFERENTE DE CORAGEM

"Não resistais ao perverso; mas a qualquer que te ferir na face  direita, volta-lhe também a outra." 

Mateus 5.39.

"Você tem estômago para receber uma jogada bruta ou um insulto e não revidar?" Branch Rickey, presidente dos Dodgers do Brooklyn, perguntou a Jackie Robinson. 

"Sr. Rickey", Jackie respondeu, "o senhor está procurando alguém que tenha medo de revidar?" Ele pensou nos seus 26 anos de profissionalismo como jogador, sempre pronto a revidar, com os pulsos ou com a língua, a cada insulto ou a cada jogada desleal. 

"Estou procurando um jogador", o Sr. Rickey respondeu, "que tenha estômago bastante para não revidar. Eu sei que você é um bom jogador de baseball. O que eu não sei é se você é capaz de agüentar o jogo até o fim, não importa o que aconteça. E preciso muita coragem para ser o primeiro negro a jogar numa liga de primeira divisão. Algumas pessoas não vão gostar disto." 

Quando Jackie Robinson entrou no profissionalismo de baseball em 1945, ele só podia jogar em times de negros. Ele estava jogando para os Monarchs de Kansas quando Branch Rickey o descobriu. O Sr. Rickey descobriu que Robinson era exatamente o jogador que ele procurava para ajudar a quebrar a resistência do preconceito no jogo favorito da América: o baseball. Entretanto, ele precisava de alguém que tivesse peito par agüentar insultos e jogadas desleais sem revidar, tanto da parte do adversário como dos próprios companheiros de time. 

Como Jackie tivesse esta espécie de coragem, ele assinou contrato com os Dodgers do Brooklyn, e seu nome é hoje conhecido no hall da fama em relação com este esporte. 

Como fora possível tal coragem? Em sua autobiografia, Break-through to the Big League, Jackie se refere muitas vezes ao poder habilitador de Deus em sua vida. Ele reconhece nisto também a fé e orações de sua mãe. 

Quando Jackie nasceu, a Sra. Robinson tomou-o em seus braços, olhou em torno para a pobreza do seu lar em Cairo, Geórgia, e disse: "Bendito, sejas, menino, pois para sobreviveres a tudo isto Deus terá de manter os Seus olhos em ti." 

Deus respondeu a esta oração. Muitas vezes quando a luta era muito dura, Jackie sentiu os olhos de Deus sobre ele. Deste modo ele recebeu forças para se controlar quando tinha vontade de revidar a insultos e deslealdade por ser ele negro. 

Os olhos de Deus estão sobre você também, no dia de hoje. Ele o ajudará a oferecer a outra face. Dar-lhe-á domínio próprio, e assim, a coragem para não retribuir ao mal com o mal. 

Fonte: www.4tons.com

LIVRE E PRISIONEIRO


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

A SÉTIMA VEZ

"Porque sete vezes cairá o justo, e se levantará." 

Provérbios 24.16.

Uma aranha procurava alcançar o teto de uma cabana utilizando o fio de seda que havia tecido. Um homem em seu recanto perto da cabana observava o esforço da aranha para chegar ao alto. Ela se soltou do fio por um momento e ficou suspensa no espaço, prendeu-se de novo ao fio, veio abaixo, e novamente tentou subir até o alto na tentativa de entretecer a sua teia. 

Várias vezes a aranha tentou completar sua tarefa, puxando atrás de si uma ponta de fio para a tecitura. E a cada insucesso ela fazia nova tentativa. 

Fascinado, o homem em sua cadeira de repouso um pouco além, ficou a observar a aranha, e chegou a contar seis tentativas, sempre mal sucedidas. Mas na sétima vez ela conseguiu subir até o alto, e entretecer no seu devido lugar o fio que arrastava. 

"Esta aranha é bem uma figura de minha própria pessoa", o homem murmurou consigo mesmo. "Seis vezes já tentei libertar a Escócia do domínio inglês, e seis vezes falhei. Mas vou tentar outra vez. Esta aranha me ensinou uma grande lição." 

O homem que observava a aranha era Robert Bruce. No dia 27 de março de 1306 ele havia sido coroado rei da Escócia. A partir desse dia suas derrotas começaram. O rei Eduardo I da Inglaterra enviou soldados contra ele para o derrotarem. E em todas as vezes Robert Bruce foi de fato derrotado. Foi enquanto estava escondido, sentindo-se como pronto para deixar a luta, que ele viu a aranha e ganhou novo ânimo. Ele reuniu os seus soldados e ganhou a batalha. A vitória foi sua porque ele não desistiu. 

Como seria se os israelitas tivessem marchado somente seis vezes em torno da cidade de Jericó? Teriam eles alcançado a vitória? 

E se Naamã tivesse saído do rio Jordão depois de haver-se lavado seis vezes? Teria sido curado? 

Talvez muitas vezes você tenha procurado vencer um mau hábito e cada vez tenha sido derrotado. Satanás conhece os seus pontos fracos. Vezes e vezes ele tem derrotado a você e o levado a sentir ser inútil fazer nova tentativa. 

É em tais ocasiões que você deve pôr sua fé nas promessas de Deus. Você pode cair, mas Deus pode ajudá-Io a erguer-se de novo. Jesus prometeu perdoar você e purificá-Io. Ele prometeu fortalecer você. Prometeu-lhe poder para vencer. Você não precisa desanimar. Deve tentar e tentar sempre! A vitória espera você logo à frente! 

Enciclopédia Britânica, sobre o assunto. The World Book Encyclopedia, vol. 2, 1973. 

É TÃO NATURAL


domingo, 17 de setembro de 2017

O LEILÃO DA ALMA

Certo dia Deus permitiu que uma famosa cantora e artista soubesse que, em uma cidade da Inglaterra, estava pregando um renomado evangelista e ela desejou ouví-lo.

Quando entrou no grande salão repleto de pessoas onde se realizava o culto, o pregador já havia iniciado a pregação, mas, ao perceber a entrada da famosa artista, ele convidou-á para ir à frente.

Ao se aproximar do púlpito, aquele homem de Deus teve a inspiração para transformar aquele culto em um leilão. E ele disse à congregação:

"Vamos levar esta alma à leilão, vejo que há interessados e o que melhor lance oferecer, esse a levará. Vamos ver quanto vale esta alma." - disse o pregador.

"Vejo que o mundo está interessado. Mundo, quanto dás por esta alma?" - perguntou.

E o mundo ofereceu fama e aplausos, que só valem por esta vida terrena, sem fazer cálculos para o futuro. Diante de tão pequeno lance o pregador disse: "Não será tua esta vida ! " - e ele continuou dizendo - "Vejo aqui outro pretendente que está muito interessado, é satanás. Dize-me quanto ofereces por esta alma?"

"Ah! - disse satanás apontando para os reinos deste mundo e suas riquezas eu porei à seu alcance todas as possibilidades, beberá do cálice dos prazeres até a última gota, triunfará em sua carreira."

Então perguntou o pregador: "E quando terminar a sua existência, quando sua carne não mais puder desfrutar os prazeres e ela sentir sua alma insatisfeita e tiver de apresentar-se ante o tribunal de Cristo, que farás em seu favor?"

O pai da mentira respondeu: "Minha oferta trata do presente, nada tem a ver com o futuro."

E o homem de Deus disse: "És muito pretensioso satanás, com glória tão efêmera e preço tão insignificante, não levarás esta alma. Tua oferta é muito pequena!"

E o pregador continuou dizendo: "Vejo presente outro interessado, seu Nome é Jesus. Dize-me Jesus, quanto dás por esta alma?"

"Eu dei a minha Vida e o meu Sangue quando morri na cruz, disse Jesus, apagarei todas as suas transgressões e lavarei todos os seus pecados no meu Sangue. Em sua alma reinará a Paz que o mundo não conhece. Escreverei o seu nome no livro da vida. Se ela voluntariamente quiser me servir, eu irei adorná-la com o ouro da fé, perfumá-la com o aroma da santidade e cobrí-la com o incomparável manto da justiça."

"E, após haver terminado esta vida terrestre, o que ofereces à ela Senhor?" - perguntou o pregador.

Então Jesus respondeu: "Se ela não se envergonhar do meu nome e me aceitar como único Salvador e Senhor, os anjos virão buscá-la para receber Honras e Glórias no Paraíso de Deus, junto à mim."

Encerrando o leilão, o pregador disse à Jesus: "Tua oferta é incomparavelmente maior e melhor que todas as outras, por isso Senhor, esta vida é tua."

Pr Melqui

NÃO PODE FUGIR

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

A VITÓRIA DO AMOR

Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros" 

João 13:35.

Em um dia de verão, quando um grande calor provocou uma sede geral entre os animais, um Leão e um Javali vieram ao mesmo tempo a uma pequena fonte para beber. Eles disputaram ferozmente qual deles devia beber primeiro, e logo estavam envolvidos na agonia de um combate mortal. Ao interromperem por alguns segundos a batalha, em busca de uma renovação de forças para recomeçar de forma mais feroz a luta, perceberam alguns abutres ao longe aguardando o banquete que teriam quando um deles fosse derrotado. Eles suspenderam a disputa e concordaram entre si, dizendo um ao outro: "É melhor nos tornarmos amigos do que servir de comida para corvos e abutres."

Como nós, cristãos, estamos lidando com os nossos irmãos?

Temos nos relacionado em amor, sorrido com os que se alegram e chorado com os que estão tristes? Temos mantido uma comunhão plena como convém aos filhos de Deus?

Muitas vezes deixamos de lado o amor cristão e a comunhão que deveria ser prioridade em nossas atitudes diárias para nos envolver em disputas tolas e desnecessárias que minam nossas forças espirituais, enfraquecem nossa fé e, principalmente, entristecem o coração do Senhor. Estamos sempre vendo defeitos no outro, criticando sua maneira de ser, fazendo comparações com o que cremos ser a nossa maneira correta de viver.

O Senhor não nos deu o direito de julgar aos nossos irmãos.

Devemos, sim, orar por eles e pedir a Deus que nos faça bênçãos em Suas mãos, tanto a nós como àqueles que achamos errados. Quando nos unimos para beber na mesma Fonte de graça e misericórdia, compreendemos que somos mais fortes e impedimos a ação dos abutres da mentira, da vaidade, do egoísmo e das dissensões deste mundo que só aguardam a nossa desunião para atacar e separar-nos de Deus levando-nos à morte espiritual.

No amor não há lugar para disputas.

Paulo Roberto Barbosa

TENTATIVA


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

PALAVRAS NÃO PRONUNCIADAS

Ouvi dizer que num túmulo, na Europa Central, há esta inscrição: "Ele morreu por causa de algumas palavras não pronunciadas".

Este túmulo pertence a um rapaz que havia trazido vergonha e tristeza a seus pais. Ele continuou vivendo miseravelmente, a despeito de suas promessas de reconciliação e da tolerância de seus pais. Por fim, a paciência de seu pai acabou.

Numa noite, quando o jovem chegou em casa bêbado, seu pai, irritado, lhe disse: "Vá embora, e não volte nunca mais".

Ao sair pela porta, o filho voltou-se e disse: "O senhor está falando sério, papai? Não é para eu voltar nunca mais?" "Estou", respondeu o pai, "Não quero mais este escândalo em casa".

O moço foi embora, e suicidou-se. O pai, triste, nunca perdoou a si mesmo por ter dito aquilo. Ao invés de pronunciar as palavras que seu filho suplicou para ouvir, o pai endureceu seu coração.

Felizmente, não é assim que acontece com o nosso Pai celestial; Ele está pronto para nos perdoar e nos receber de braços abertos, no momento em que nos arrependermos.

Toivo Rajama (Finlândia)

DEUS É GRANDE

terça-feira, 12 de setembro de 2017

A VIDA ESCONDIDA

E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus… 
Colossenses 3:17

Há alguns anos, encontrei um poema de George MacDonald intitulado, The Hidden Life (A vida escondida). O poema conta a história de um jovem muito inteligente que desistiu de uma prestigiosa carreira acadêmica para voltar a viver com seu pai idoso e sua família na fazenda. Lá, ele se comprometeu com o que MacDonald chamou de “feitos comuns” e “formas simples de assistência humana.” Seus amigos lamentaram o que viram considerando um desperdício dos talentos do rapaz.

Talvez você também sirva em algum lugar despercebido, e suas atividades sejam consideradas algo comum. Outros podem pensar que é um desperdício. Mas Deus não desperdiça nada. Todo ato de amor expresso por dedicação a Ele é reconhecido e tem consequências eternas. Todo lugar, não importa quão pequeno, é solo santo. A influência significa mais do que simples ações e palavras. Pode ser simplesmente uma questão de ajuda a outro ser humano: estar presente, ouvir, compreender a necessidade, amar e orar. É isto o que torna a rotina diária em adoração e serviço.

O apóstolo Paulo desafiou os colossenses: “E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus…” e “…fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens […] cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança” (Colossenses 3:17,23-24). Deus reconhece o que fazemos em Seu nome e se alegra em nos usar como Seu instrumento.

A forma de conquistar muito para Cristo é servindo-o de todas as maneiras que podemos

David H. Roper
Fonte: Pão Diário

REVELAR O MAL

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

O FIEL CÃO DE GUARDA

"Se Me amais, guardareis os Meu mandamentos." 

João 14.15.

Nós não sabemos o seu nome. Nem mesmo sabemos de que raça era. Mas sabemos que era um cão que viveu na Principal Rua Norte da Ilha de Chincoteague, não muito distante da costa da Virgínia. Sabemos que ele amava a seu dono e era obediente a suas ordens. 

Na terça-feira do dia 6 de março de 1962, uma terrível tormenta varreu a Costa Atlântica da América do Norte. Furiosos e violentos vendavais destruíram centenares de lares e de casas comerciais. 

Quando a chuva cessou e os ventos se acalmaram, um repórter do Washington Sunday Star foi enviado à ilha para verificar os danos. Ele descobriu que foi um dos mais duros golpes em matéria de tormentas de que se tinha notícia. Ao caminhar rua abaixo, nada viu senão montes de entulhos e de materiais resultantes da destruição nesta outrora agitada via pública. Tudo era um quadro de desolação. 

Subitamente o repórter se deteve de olhos estatelados. Ali no meio do entulho do que havia sido outrora o lar do seu dono, estava sentado o fiel cão. O repórter tirou uma foto do obediente animal, e esta foi publicada no Star. 

A fidelidade de um cão ao dever dá um exemplo do que significa "permanecer pelo direito ainda que caiam os céus". O cão de guarda amava o seu dono e independentemente do que acontecesse ele vigiaria o lar do seu senhor e o protegeria de intrusos. 

Deus necessita de rapazes e de moças deste tipo. José era desta espécie de rapaz. Quando seus irmãos o venderam como escravo, todo o seu mundo veio abaixo. Não obstante, a despeito das circunstâncias, José estava determinado a ser obediente a Deus, ao Deus que ele amava. 

Quando José foi tentado pela esposa do seu amo a fazer o que ele sabia errado, José bravamente respondeu: "Como cometeria eu tão grande mal e pecaria contra o meu Deus?" Mesmo quando posto na prisão ele permaneceu leal e obediente a Deus. 

Você já tornou Jesus Cristo o Senhor do seu coração e de sua vida? Não gostaria de decidir hoje a amá-Lo e a guardar todos os Seus mandamentos? Não quer empenhar sua palavra hoje de que Lhe obedecerá não importa quais sejam as circunstâncias? 

I Promise God, D. A. Delafield, Oriental Watchman Publishing House. Poona. Índia, 1963. 

OBTER COM VIOLÊNCIA


domingo, 10 de setembro de 2017

OUVINDO O QUE É BOM

Um dos maiores pianistas de todos os tempos foi Paderewsky. Quando menino, quis estudar piano, mas foi desencorajado por todos que diziam: “Você têm os dedos muito curtos. Experimente tocar corneta”. Ele comprou uma corneta e foi procurar um professor, que lhe disse: “ Você não tem boca própria para tocar corneta”. Aí, então encontrou o famoso pianista Anton Rubistein e este lhe disse: “Meu caro, acho que você pode aprender a tocar piano. Mas você terá que estudar sete horas por dia!” Com essa palavra de apreciação, de estímulo e grande força de vontade, Paderewsky venceu, tornando-se um dos grandes da arte musical.

AMOR NA VIDA

sábado, 9 de setembro de 2017

A ROCHA NO CAMINHO

Em tempos bem antigos, um rei colocou uma pedra enorme no meio de uma estrada. Naquele momento ele se escondeu e ficou observando se alguém tiraria a imensa rocha do caminho. Alguns mercadores e homens muito ricos do reino passaram por ali e simplesmente deram a volta pela pedra. Alguns até esbravejaram contra o rei dizendo que ele não mantinha as estradas limpas, mas nenhum deles tentou se quer remover a pedra dali.

De repente, passa um camponês com uma boa carga de vegetais. Ao se aproximar da imensa rocha, ele pôs de lado a sua carga e tentou remover a rocha dali. Após muita força e suor, ele finalmente, com muito jeito, conseguiu mover a pedra para o lado da estrada. Ele voltou a pegar a sua carga de vegetais mas notou que havia uma bolsa no local onde estava a pedra. Foi até ela e viu que a bolsa continha muitas moedas de ouro, e um bilhete escrito pelo rei que dizia:

'Todo obstáculo contém uma oportunidade para melhorarmos nossa condição.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

PEQUENO ENIGMA

Buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Mateus 6.33

Num culto de inauguração de uma nova igreja, o pregador enfia a mão no bolso, pega alguma coisa, retira a mão do bolso e a levanta para o alto:

- Tenho algo valioso escondido aqui em minha mão direita, alguém tem um palpite do que é?

- Uma moeda, arrisca um.

- É algo muito mais valioso do que uma moeda! E vou dá-lo a quem acertar o que é.

- É um anel de diamantes, arrisca outro, em meio às risadas do público.

- É muito mais valioso que um anel de diamantes!

As pessoas ficam em silêncio, tentando decifrar o enigma.

- Vou lhes dar umas dicas, diz o pregador, o que eu tenho escondido aqui em minha mão direita é valioso o bastante para movimentar a economia de um país. Se for devidamente cuidado pode gerar indústrias e empregos, trabalho e renda. E cabe aqui, na palma da minha mão. E agora, alguém tem um bom palpite?

Um adolescente levanta e mão e diz com convicção:

- É uma semente!

O pregador abre a mão e mostra para os ouvintes um grão de milho. Todos aplaudem o jovem!

- Esta igreja que se inaugura neste dia também é uma semente. Se vocês cuidarem dela com amor, se investirem nela seu tempo, esforço e talentos, se a colocarem como prioridade em suas vidas, ela irá gerar muitas bençãos para vocês mesmos e para suas famílias, amigos e vizinhos.

RIQUEZA

VIVER NAS TREVAS

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

COMO SABER SE SOU ABENÇOADO POR DEUS?


Muitos declaram serem íntimos e amados de Deus, pela apresentação como evidência dessa intimidade e amor, a sua riqueza, fama, saúde perfeita, e toda sorte de bens terrenos que possuem, e que afirmam terem recebido de Deus, em razão do referido amor.

Todavia, não têm nenhuma outra evidência para apresentarem. 

Outros há, em não tão grande número como os do primeiro grupo, que apresentam como evidência de serem amados, a paciência e paz sobrenatural que recebem para enfrentarem as suas muitas tribulações, perdas e aflições.

E se regozijam pelo fato de terem a graça de Deus acompanhando todo o curso de suas vidas, dando-lhes a capacidade de estarem contentes em toda e qualquer situação, com gratidão ao Senhor em seus corações. 

Esta satisfação não depende das coisas que possuam ou não possuam, porque estão sempre alegres no Senhor, em razão do poder que o Espírito Santo lhes supre. 

Identificados os dois grupos, qual deles você acha que possui a melhor e maior evidência do amor de Deus? 

Silvio Dutra

PROBLEMAS


quarta-feira, 6 de setembro de 2017

DEPENDENDO DA PALAVRA

Confiar em Deus é acreditar em Sua Palavra, é enfrentar os desafios da vida acreditando que Ele pode fazer a diferença e viver como se a vida dependesse do querer de Deus. Porque na verdade depende...

Na maioria das vezes, nós queremos vencer, mas não conseguimos colocar tudo nas mãos do Pai. Queremos vitória, mas achamos que o nosso modo de lutar e enfrentar os problemas é melhor do que o de Deus.

A história narra que na fase mais aguda de ameaças à sua vida, Lutero recebeu oferecimento de amigos e admiradores que se propunham a defendê-lo pelas armas. Lutero recusou dizendo: "Eu não vou apelar para armas e derramamento de sangue para a defesa do Evangelho. Foi pela pregação da Palavra que o mundo foi conquistado; pela Palavra a igreja foi salva; é pela Palavra que ela há ser restaurada. Eu não vou depender de ninguém senão de Jesus Cristo e Sua Palavra".

Que Deus nos ajude a colocar tudo nas mãos de Deus.

VIVER POR ALGO

terça-feira, 5 de setembro de 2017

SOMOS DE DEUS

Irmãos, contemplai a vossa vocação! Pois não foram convocados muitos sábios, de acordo com critérios humanos, nem muitos poderosos, nem tampouco nobres. Pelo contrário, Deus escolheu justamente o que para o mundo é insensatez para envergonhar os sábios, e escolheu precisamente o que o mundo julga fraco para ridicularizar o que é forte. Ele escolheu o que do ponto de vista do mundo é insignificante, desprezado, e o que nada é, para reduzir a nada o que é, com o objetivo de que nenhuma pessoa se vanglorie perante Ele. Somos de Deus em Cristo.

1 Coríntios 1.26-29

Quem somos nós para alcançarmos alguma graça diante de Deus? De onde Ele nos tirou para sermos usado a seu serviço ou por que Ele nos chamou e não a outro? A resposta do porquê alcançamos esta graça vamos encontrar no coração.

Convém dizer que ao escolher alguém, Deus o faz com o único objetivo de engradecer o Seu nome. Ele deseja que o homem se torne um vaso útil, de honra. Não é por causa de sua sabedoria, oratória, bondade ou porque é poderoso. Muito pelo contrário, é justamente pela sua fraqueza, sua inutilidade e da incapacidade de amar.

Para que Deus precisa de alguém? Para usá-la com o propósito de salvar, de curar e de restaurar outras vidas. Para isso, Ele não leva em conta o passado, as decepções, as feridas e as desilusões que ela já tenha sofrido na jornada. 

Uma coisa importante precisa ser dita: Deus não usa o homem de qualquer forma. Ele precisa ser lavado pelo sangue de Jesus e ter a marca de Cristo. Se faz necessário ser de Deus em Cristo. Só assim, o homem, independente de seu passado, estará pronto a ser a voz de Deus em sua geração.

Sarah Farias - Deixa Deus te Usar


Fandermiler Freitas

VIAJANTE DESTE TEMPO


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

AS ESTAÇÕES DA VIDA

Quando somos crianças, não podemos esperar até crescer. Quando somos idosos, olhamos para trás com saudades, para os anos que passaram. Mas Deus quer que aceitemos toda estação da vida com alegria, assim como ela é. Qualquer que seja a nossa idade, Ele nos dá o que necessitamos para sermos tudo o que podemos ser. Ele nos pede para entregarmos o nosso caminho a Ele e aceitar as lutas que Ele permite e as forças que Ele provê.

Uma mulher que enfrentava as dificuldades da velhice, perguntou ao professor da Bíblia, J. Robertson McQuilkin: "Por que Deus permite que fiquemos velhos e fracos?" McQuilkin respondeu: "Eu acho que Deus quis que as forças e a beleza da juventude fossem físicas. Mas as forças e a beleza da velhice fossem espirituais. Nós perdemos gradualmente as forças e a beleza que é temporária para nos concentrarmos com segurança nas forças e na beleza que é eterna. E com isso, estaremos ansiosos para deixar a parte que é temporária e que se deteriora em nós, para nos tornarmos verdadeiramente saudosos pelo lar eterno. Se permanecêssemos jovens e fortes e bonitos, nunca iríamos querer partir".

Está você na primavera da vida? Confie no tempo de Deus, de cumprir os seus sonhos. Está você no verão ou no outono da vida? Enfrente os desafios diários, de cabeça erguida. E se você está sentindo o frio do inverno, aproxime-se mais do Senhor. A sua presença pode fazer com que todas as estações da vida estejam repletas de forças e de beleza.

Dennis de Haan

O VALOR DE UM HOMEM


domingo, 3 de setembro de 2017

NÃO LEVAR DEUS A SÉRIO

Um exemplo clássico de pessoas que não levaram Deus a sério foram os hebreus que haviam saído do Egito por ocasião do êxodo. O apóstolo Paulo mostrou aos coríntios que esse povo tinha tudo para vencer. Todos eles tinha tudo: orientação sobrenatural, uma nuvem de dia e uma coluna de fogo à noite; uma libertação sobrenatural: a passagem pelo mar vermelho; uma liderança sobrenatural: Moisés, um homem amigo de Deus; um cardápio sobrenatural até: maná do céu e água da rocha. 

Os hebreus estavam cercados de privilégios sem precedentes. Entretanto, e Paulo faz uso dessa palavra... entretanto, com o passar do tempo todas aquelas bênçãos e toda aquela conversa sobre Deus foi ficando azeda. Sucedeu que o povo não levou Deus à sério, Mas como isso foi acontecer? Aconteceu a medida em que eles permitiram que uma mente voltada para banalidades tomasse o lugar de uma vivência pela fé com Deus (1 Co 10.1-11)

O SILÊNCIO

sábado, 2 de setembro de 2017

O AMOR QUE CURA

Porque a mim se apegou com amor, eu o livrarei; pô-lo-ei a salvo, porque conhece o meu nome.

Salmos 91:14

O amor tem muitas faces, sempre benéficas, tem muitas cores, sempre vivas, tem sua música, harmoniosa. Ele é como um quebra-cabeça de muitas peças. Algumas idênticas outras não, cada uma com sua cor, detalhe. Isolada parece um nada, mas no seu devido lugar, a imagem surge linda, calma, bela e mágica.
Quantos são os amores? Muitos! O ser humano precisa sentir o amor todos os dias, ele nos faz melhores, por isso Deus nos permitiu vivê-lo de forma multiforme.

Amor de mãe é divino – se doa

Amor de amigos é forte como uma tempestade.

Amor de vó é incrível.

Amor de Deus é infinito

O Amor é o maior dos dons e o bem mais precioso que se pode dividir com o próximo; Nada que possuímos é comparado ao amor: Ele abre as portas para a verdade, derrota o maior dos inimigos e conquista corações e almas, aprisionando-os em correntes eternas de amizade e respeito.

Quando o amor invade uma vida, ele transforma o destino de quem o segue, cura as feridas, apazigua  as guerras e sara as dores. Não há fortaleza no homem que não penetre: A alma, o coração, a mente, o corpo são esquadrinhado e completamente restaurado, os sonhos renovados e o desejo de viver renascido. 

O guerreiro do amor é um homem curado de seu passado e plenamente restabelecido ao posto de amado e de amar. Ele não teme o mal, porque sabe manejar as armas do bem e está sempre pronto a perdoar.

Desejo a todos vocês que o Pai os envolvam no manto do amor real e verdadeiro, que cura, sara e restaura o corpo, a alma e o espírito.

FERNANDA BRUM - AMOR QUE CURA.

VIVER BEM


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

AJUDA!

1 João 4:21 - "E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão".

O nosso texto inicial nos conduz a uma reflexão séria sobre nossa vida cristã: muitas pessoas necessitam de ajuda para encontrar Jesus. Para que sejam curadas, física ou espiritualmente, para que sejam libertas, dos vícios e de qualquer engano deste mundo, para que encontrem o caminho da salvação e da vida eterna, é necessário que nós, que já temos uma experiência pessoal com o Senhor Jesus Cristo, cumpramos a vontade de Deus e lhes estendamos as mãos para que sejam plenamente abençoadas.

Quando negligenciamos o mandado do Senhor, quando nos mostramos indiferentes ao nosso próximo, essas pessoas continuam perdidas, sem esperança e sem a graça divina. Elas perdem a bênção, nós perdemos a bênção, e o nome do Senhor deixa de ser glorificado. Fomos chamados para iluminar o caminho dos que andam em trevas e esse deve ser nosso propósito espiritual todos os dias de nossas vidas.

Se nós amamos a Deus, devemos também amar a nosso próximo. Se o nosso irmão, ou parente, ou amigo, necessita de nossa ajuda e nós não os socorremos, então mostramos que o amor de Deus não está em nossos corações e que não amamos verdadeiramente a Deus.

Quando o Senhor é a razão maior de nossas vidas, o Seu amor nos envolve e temos prazer em levar outros à Sua presença. Amamos os perdidos e desejamos que sejam salvos. Amamos os enfermos e almejamos que sejam curados, não temos nenhum contentamento em ver nossos amigos oprimidos e nos esforçamos para que encontrem a paz e a libertação que o Senhor oferece.

Se as pessoas que você conhece necessitam de ajuda, saiba que, conduzi-las a Jesus, é um grande privilégio para você.

TORNAR A VIDA MAIS FELIZ

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

PARABÉNS PARA VOCÊ

Ora, para aquele que está entre os vivos há esperança (porque melhor é o cão vivo do que o leão morto). Eclesiastes 9:4.
Não há pior situação para uma pessoa senão aquela quando não se tem mais esperança. Lutou com todas as suas forças, brigou com todos os inimigos, bateu em todas as portas e até agiu heroicamente em diversos momentos.

E nada! Os amigos se foram - se é que estiveram. Restando somente o "entregar-se" ao acaso. Com certeza esta não é a posição ideal. Mesmo porque não retrata a verdade. Se você está vivendo, respirando, ainda há esperança! Se as tuas forças se enfraqueceram, não quer dizer que você não as tenham mais. Se os teus olhos não conseguem enxergar a saída, não significa que não exista mais saída. Por quantas vezes você enfrentou situações semelhantes e continuou vivendo? Se lembra daquela vez em que quase desistiu? E se tivesse desistido? Certamente teria que experimentar arrependimento.

Desta vez não é diferente! Mais uma vez você irá se recompor, humildemente falará com Deus em oração, em Nome de Jesus e começará a perceber que estratégias do céu estão a sua disposição. Quando as portas estiverem fechadas e tiver a tentação de desistir, lembre-se de que há uma porta e que pode ser você ainda não tenha batido nela. Jesus é a porta. Como se estivera em um quarto sem porta e janelas, procure um canto qualquer deste quarto, localize Jesus através da oração e da fé e passe por Ele. Ele é a porta. Pronto! Você saiu, parabéns!

Por Pr. Douglas Vilcinskas

NOSSO AROMA

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

NÃO A GRAMÁTICA, MAS A MENSAGEM

Pelo que por lábios gaguejantes e por língua estranha falará o Senhor a este povo, ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir. 

Isa. 28:11-12

Os mais bem-sucedidos ganhadores de almas nem sempre foram os pregadores mais corretos e polidos. Às vezes Deus tem escolhido pessoas humildes, homens e mulheres sem instrução para proclamarem a Sua mensagem.

No início do ministério do grande evangelista Dwight L. Moody, um crítico abordou-o dizendo que sua gramática era fraca e sua dicção deixava muito a desejar.

- Sr. Moody - censurou o crítico - o senhor não deve falar em público enquanto não aperfeiçoar sua gramática. O senhor comete tantos erros gramaticais, que é uma vergonha!

- Sou deficiente em muitas coisas - concordou Moody - mas estou fazendo o melhor com aquilo que tenho. - Depois, virando o feitiço contra o feiticeiro, Moody perguntou: - Meu amigo, você tem gramática perfeita. O que está fazendo por Jesus?

Tanto quanto eu saiba, o crítico nunca respondeu à pergunta.

SER VERDADEIRO


terça-feira, 29 de agosto de 2017

UM CHAMADO A MUDANÇA

Vivemos em um tempo, onde o confronto do pecado em Amor é chamado de ofensa e/ou preconceito.

Leia o Evangelho e veja como o SENHOR JESUS, confrontava os fariseus e incitava os perdoados e curados a não pecarem mais; Leia as cartas de Paulo e veja como ele confrontou o erro e chamou ao arrependimento; Leia os livros dos profetas do velho testamento e veja como eles apresentaram o caminho de perdição que as pessoas estavam seguindo e apontavam a Salvação de Deus para os que se convertem a Ele arrependidos; leia os Salmos e Provérbios e veja como o pecado destrói a comunhão com Deus, e a necessidade do arrependimento e conversão; leia a Lei dada ao povo de Deus através de Moisés e veja como ela é uma proposta de Vida e Paz, prefigurando a Perfeita Obediência de Cristo.

Toda a Bíblia é uma sucessão desde o Éden do homem desobedecendo a Vontade Perfeita de Deus, se rebelando em desobediência e egolatria (que é idolatria também, é fazer um objeto de adoração) querendo ocupar o Lugar que pertence apenas ao Criador (quebrando o primeiro mandamento e todos os demais) se tornando rebelde e recebendo no Juízo a condenação eterna.

Somente os que creem em Jesus como Seu Senhor e Salvador tem os seus pecados perdoados através do Sangue do Cordeiro.

Este crer não é apenas o frequentar uma igreja (Local), cumprindo compromissos por obrigação, é entender e viver o Plano de Salvação que é desde de antes da Fundação do Mundo, é nascer de novo (João 3) na Fé em Jesus. É entender que Jesus morreu a morte de um culpado de alta traição, para que pecadores culpados de alta traição (eu e você), pois traímos ao Único Deus Verdadeiro, o ETERNO REI, quando pecamos, pudessem viver para Deus; é entender que todos estávamos ou ainda estão mortos em delitos e pecados e só podem receber Vida Verdadeira ao confessar seus pecados a DEUS em verdadeiro arrependimento, confessando que SÓ o Sangue do Cordeiro derramado na cruz pode pagar o preço por você, Confessando Jesus como Seu Senhor e Seu Salvador com a boca e com a vida, mudando assim seu rumo de ação para uma Vida de Integridade e Santidade como a do SENHOR JESUS.

Haverá um dia de juízo e o Senhor Jesus colocará a Sua Direita os justos (justificados pelo Seu Sangue) e a Sua Esquerda os injustos (os que rejeitaram o anúncio da Salvação da Ira Vindoura do Deus Único e Justo), aos da Direita dirá: Vinde benditos de Meu Pai para o reino preparado para vós desde a fundação do mundo. Aos da esquerda dirá: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Os textos citados estão em Mateus 25.31-46.

Se lhe escrevo estas palavras é porque estou lhe anunciando o Evangelho de Jesus Cristo e desejo de todo o coração vê-lo comigo a Direita entre as ovelhas do Supremo Pastor que é o SENHOR JESUS.

No Amor do Rei dos reis.

Sidnei

CUIDADO!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

AMOR NA LATINHA

A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco.

Romanos 13.8


Dois irmãozinhos maltrapilhos, um de cinco anos e o outro de dez, iam pedindo comida de porta em porta.

Depois de muitas portas na cara, acabaram ganhando uma latinha de leite condensado.

Que festa! Ambos se sentaram na calçada. O maior fez um furo na latinha, levou-a à boca, sorveu só uma gotinha e passou a lata para o menor.

- Agora é a sua vez.

O pequeno chupava o leite condensado com um prazer indescritível.

Para evitar que ele bebesse muito depressa, o maior tomava-lhe a lata e dava à entender que ia beber à vontade, mas, só molhava os lábios, para deixar mais leite para o caçula.

- Agora é a sua vez. Só um pouquinho, heim...

Quando o leite acabou, o mais velho começou a cantar, a sambar e a jogar futebol com a lata vazia. Estava radiante.

O estômago vazio, mas o coração cheio de alegria.

E recomeçaram sua caminhada de porta em porta.