segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

AGENDA EM BRANCO PARA 2013


Que bom seria se cada família cristã na face da Terra fizesse, na virada de ano, um culto de louvor, de gratidão e de adoração a Jesus, e assim, dedicar as primeiras horas do Ano Novo ao Senhor Deus, buscando Dele o perdão, forças, direção e sabedoria para a realização dos nossos alvos, planos e projetos estabelecidos para os próximos 365 dias...

Nesta época do ano é comum ver cartazes nas lojas dizendo: "fechado para balanço". O término de cada ano é um momento excelente para se também fazer um balanço geral das nossas vidas. É o momento ideal para a reflexão e para a autoavaliação; talvez por isso milhares tentam se esconder no meio da multidão, ou ainda a abafar as suas consciências perturbadas, com bebidas, drogas, orgias... Talvez as pessoas não gostem de se "fechar para balanço", e é justamente por causa da culpa e do peso de seus erros e fracassos, ou talvez, por causa do tempo perdido.

No entanto, o fato é que Deus não está interessado em o nosso passado, por mais obscuro que ele tenha sido. Para Deus não importa o quanto fracassamos, Deus está interessado em nosso presente, em nossa vida agora. Como está escrito: "Assim, pois, diz o Espírito Santo: Hoje se ouvirdes a Sua voz, não endureçais os vossos corações...animem-se mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama HOJE, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado" (Hebreus 3:7,13). Não devemos ficar os próximos 365 dias de 2013 nos lamentando por nossos fracassos e erros cometidos até aqui. Deus deseja que confessemos nossos erros e olhemos para Jesus, e não para o passado de constantes fracassos.

Imagine que ao começar 2013 você recebesse de Jesus uma agenda de presente; e Jesus escrevesse a seguinte dedicatória: "Filho, filha, você está recebendo mais um ano com 365 dias, você é livre para escrever o que desejar em cada uma dessas 365 páginas em branco. O que você vai deixar registrado fará parte da história da sua vida, será a sua autobiografia. Porém, Eu gostaria muito de estar presente em cada página como Seu melhor amigo, como seu Salvador e Senhor, pois Eu te amo tanto que até morri e ressuscitei por você. Gostaria muito que você começasse 2013 escrevendo uma história de amizade e cumplicidade comigo. Por favor, neste novo ano que inicia, não esqueça de Mim; e lembre-se: Sou o seu melhor amigo”. 
Assinado: Jesus Cristo!

Prezado(a) amigo(a), como você escreverá a sua história em 2013?

"Lembro-me da minha aflição e do meu delírio, da minha amargura e do meu pesar. Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. TODAVIA, lembro-me também do que pode me dar ESPERANÇA: Graças ao Grande Amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as Suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a Sua fidelidade! Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, Nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está Nele, para com aqueles que O buscam; é bom esperar tranquilo pela Salvação do Senhor" (Lamentações 3: 19-26)

Cícero Volney

domingo, 30 de dezembro de 2012

E SE NÃO HOUVER AMANHÃ?


Gosto muito de rir, rio de tudo o tempo todo, sou muito bem humorada e amo bater um bom papo em roda de amigos, em casa, no pátio da Igreja, no meu trabalho, etc... Nesses momentos procuro falar apenas sobre coisas positivas, sobre as qualidades das pessoas ou sobre algo que possa descontrair, ajudar ou acrescentar coisas boas a todos ali. Não perco tempo falando mal de quem quer que seja, porque não posso me julgar superior a ninguém. Se alguém está sempre falando mal ou apontando os defeitos de outra pessoa, por pior que seja a  pessoa, é porque se julga melhor ou superior a ela e não enxerga seus próprios defeitos. Pensa que está acima do erro, acima do pecado e que seus “pequenos erros” não são significantes. Coisa feia é a soberba, a falta de auto-crítica e de humildade!

Mas o que quero dizer a vocês hoje, é que de vez em quando, em uma ou outra reunião de amigos, só pra fazer daquele momento descontraído um momento também de reflexão positiva, eu pergunto a todos: “o que cada um de vocês faria agora, se soubesse que lhe resta apenas 1 hora de vida?” Digo que todos tem 30 segundos pra pensar e responder, se quiserem, aquilo que acha indispensável fazer. Alguns dizem a verdade e até se emocionam. Outros se calam e se sentem envergonhados. Outros mentem, dizem não ter nenhum problema pendente. Será? Taí um exercício de reflexão importante a ser fazer sempre.

Por muitas vezes, me fiz a mesma pergunta e confesso que me entristeci um pouco com as respostas que me dei.  Eu vi que é muito pouco tempo para correr de um lado pra outro e abraçar as pessoas,  procurar ou telefonar e pedir perdão a tanta gente, pouco tempo para falar com todos aqueles a quem magoei um dia, pouco tempo para se resolver as coisas pendentes ou para ajudar as pessoas que sempre esperaram a minha ajuda. Penso que 1 hora apenas é muito pouco para falar do amor de Deus para as pessoas que conviveram comigo por anos, mas que jamais ouviram uma só palavra a respeito de Deus. Senhor quanto desperdício de tempo em minha vida! Eu podia ter feito todas essas coisas muito antes. Perdoe-me, Senhor!

Pois agora, meus irmãos, eu quero lhes fazer algumas perguntas:
E SE NÃO HOUVER AMANHÃ? Como está a sua vida? como está o seu coração, a sua comunhão com as pessoas, com sua família, com a Igreja e com Deus? Está mesmo tudo em ordem? Sua alma está verdadeiramente tranqüila hoje? Parem para pensar um pouco nisto. O momento é agora, é já. Se existe alguma coisa, não deixe pra depois, resolva. Deitem-se tranquilos, sintam alegria na alma, sintam paz de espírito, paz com Deus e com todos.

Devemos reconhecer que somos frágeis e que breves são os nossos dias: 

JÓ 9: 25 e 26 – “E os meus dias são mais velozes do que um correio; fugiram, e não viram o bem. Passam como navios veleiros; como águia que se lança à comida.”

Salmos 89:47 - “Lembra-te de quão breves são os meus dias; por que criarias debalde todos os filhos dos homens?”

Salmos 39:4-6 - “Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará.”

Hebreus 10:37 – “Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.”

Fonte: www.estudosgospel.com.br

sábado, 29 de dezembro de 2012

RECEITA DE ANO NOVO

Jamais digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes?

Eclesiastes 7:10   

Muitas pessoas fazem uso de simpatias e costumes para ter um ano novo melhor. Vestem roupas brancas, comem romã, chupam uvas, colocam uma folha de louro na carteira, jogam rosas no mar, etc.

Acreditar num ano melhor não é ruim, pelo contrário é uma boa atitude. É sinal de esperança, de querer mudar, desejar que a vida chegue a um estágio superior. O problema não está no que se quer, mas como se espera alcançar.

Mudanças não acontecem pela influência de uvas, folhas de louros. Precisa-se de uma atitude mais profunda: mental, emocional. Só uma ação produz uma reação. Acreditar é o primeiro passo, no entanto, é preciso por em prática a fé.

Mesmo grandes homens de Deus precisaram provar no que criam: Davi lutou com Golias, Noé construiu uma arca, Gideão levou 300 homens contra um exército, Josué atravessou o Rio Jordão. Deus não exige muito de nós: fé e ação.

Para ter um ano novo realmente novo, minha receita é: acredite, tenha esperança e lute com as armas da paz, do amor, da bondade e da justiça e terás um ano de 2013 maravilhoso!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

OS FINS JAMAIS JUSTIFICARÃO OS MEIOS


Gênesis

19.1 Ao anoitecer, vieram os dois anjos a Sodoma, a cuja entrada estava Ló assentado; este, quando os viu, levantou-se e, indo ao seu encontro, prostrou-se, rosto em terra.

19.2 E disse-lhes: Eis agora, meus senhores, vinde para a casa do vosso servo, pernoitai nela e lavai os pés; levantar-vos-eis de madrugada e seguireis o vosso caminho. Responderam eles: Não; passaremos a noite na praça.

19.3 Instou-lhes muito, e foram e entraram em casa dele; deu-lhes um banquete, fez assar uns pães asmos, e eles comeram.

19.4 Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados;

19.5 e chamaram por Ló e lhe disseram: Onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles.

19.6 Saiu-lhes, então, Ló à porta, fechou-a após si

19.7 e lhes disse: Rogo-vos, meus irmãos, que não façais mal;

19.8 tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer, porém nada façais a estes homens, porquanto se acham sob a proteção de meu teto.

19.9 Eles, porém, disseram: Retira-te daí. E acrescentaram: Só ele é estrangeiro, veio morar entre nós e pretende ser juiz em tudo? A ti, pois, faremos pior do que a eles. E arremessaram-se contra o homem, contra Ló, e se chegaram para arrombar a porta.

19.10 Porém os homens, estendendo a mão, fizeram entrar Ló e fecharam a porta;

19.11 e feriram de cegueira aos que estavam fora, desde o menor até ao maior, de modo que se cansaram à procura da porta.

O texto Sagrado que acabamos de ler mostra que Ló teve um boa intenção – proteger seus hóspedes da violência e devassidão dos sodomitas – todavia, para tal, ofereceu suas filhas – herança do SENHOR - para serem abusadas em lugar deles...MISERICÓRDIA!!!

Os fins jamais justificarão os meios. 

Desse tipo de “boa intensão” o inferno está lotado!

A misericordiosa intervenção divina impediu que Ló levasse adiante seu desvario.

De que meios você tem se utilizado para chegar aos lugares nos quais só Deus pode te levar?

Saibam, meus irmãos, Deus não precisa dos nossos meios para nos levar aonde Ele deseja.

Ainda antes que houvesse dia, eu era; e nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá? (Is 43.13)

Pr. Celso Ricardo dos Santos Conceição

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

NO SEU TEMPO


Porque, na verdade, tendo Davi no seu tempo servido conforme a vontade de Deus, dormiu, foi posto junto de seus pais e viu a corrupção.

Ato 13:36

Mais um ano está terminando e convém olharmos para trás, por um minuto, desprovidos de toda sorte de desculpa e emoção, apenas sendo sincero consigo mesmo e com Deus, e fazer uma avaliação do ano.

A Bíblia diz que Davi, no seu tempo, serviu ao Criador conforme a vontade de Deus. Isso é muito coisa! Servir conforme a vontade de Deus é ir além do que eu acho que devo fazer, é aceitar a forma como o Pai deseja que façamos.

Nesses 360 dias passados deste ano, quantas vezes a minha vontade falou mais alto do que a de Deus? Infelizmente muitas! Muitas vezes nem tive tempo para Deus, estava ocupado comigo mesmo, fazendo a minha vontade.

A Bíblia diz que depois de servir a Deus no seu tempo, Davi dormiu (morreu), e foi posto junto de seus pais (sepultado). Hoje, eu acordei decidido que preciso servir mais e melhor a Deus, é a única forma de se viver plenamente em paz e com alegria. Porque isso só pode ser feito no meu tempo.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

É NATAL

Ontem a noite estava linda! Podia-se ver estrelas, nuvem e a luz. Isso sempre me fez lembrar das campinas de Belém, dos pastores cuidando de ovelhas e da luz de anjos e anjos iluminando tudo. Queria tá lá para ouvir o canto angelical a dizer: "Glória a Deus nas alturas e Paz terra!" Nunca se ouviu um canto tão lindo!

Na cidade de Belém, indiferente a tudo isso, o povo dormia, casado de suas tarefas diárias e nem sabia que, um menino vindo dos céus, dormia tranquilo entre roupinhas numa manjedoura e não viram os pastores ajoelhados a adorar ao Rei Jesus.

O natal é uma festa cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo. É muito mais que comidas, bebidas, presentes e diversão, é a comemoração do Nascimento do Filho de Deus. Gosto sempre de lembrar que foi numa silenciosa em Belém que o amor tornou-se carne. Que o natal nos faça lembrar dessas verdades.

Um feliz Natal!

NATAL É TRANSFORMAÇÃO


Um dia, Deus resolveu reformar o mundo.
E começou pelo coração do homem,
Enviando Seu Filho para transformar-nos.
Se Ele acreditou ser possível,
Não posso duvidar!
O natal é a transformação
da alma e do espírito.



FRANCISCO ALVES DE FREITAS

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

NATAL NOSSO DE TODOS OS DIAS...


Era um homem enigmático, ninguém sabia o seu nome, nem de onde vinha, e nem onde morava... No entanto, todos sabiam o que ele fazia: com alegria passeava por orfanatos, semanalmente, fazendo a festa da criançada. Não trazia consigo presentes, nem brinquedos, nem balas, e nem se disfarçava de um velho barrigudo com aquelas enormes barbas brancas, mas ele era sim, muito carinhoso e um simpaticíssimo amigo. Em sua maleta vistosa, muitos livros, dentre eles o mais importante, a Bíblia... 

Colocava os pequeninos em seu colo e lia os livros didáticos, eles adoravam. Eram histórias maravilhosas, ilustradas, de personagens reais, onde ele e as crianças adentravam no universo das letras, do pensamento, do conhecimento, e, sobretudo do afeto. Uma troca empolgante, benéfica a todos. Naquelas horas somente a imaginação navegava e conduzia-os pelas aventuras da leitura. Por isso todos o conheciam como "o Papai Noel nosso de todos os dias" (título que por sinal, ele detestava), e na verdade, ele não aparecia somente no Natal, mas em praticamente todas as semanas. Trazia conhecimentos e alegria aos pequeninos corações infantis, e o seu objetivo de vida era justamente isso, distribuir afeto e conhecimento às crianças.

Ao ler com uma criança, ele fazia a conexão perfeita do universo das letras com o afeto ao ser humano, certamente os pequeninos que conviviam com aquele nobre senhor, cresceram associando a leitura ao carinho, e o conhecimento de Deus ao amor. 

Pois bem, caros leitores, a época natalina nos locomove a algumas reflexões: presentes caros, roupas novas, muita comida, bebida, muitas luzes e brilhos... Muitos pais chegam a se endividar para que possam oferecer as suas crianças o tão sonhado presente. Nada contra vídeo-game, bicicletas, computadores, mas tudo a favor também de presentear as crianças com livros e carinho. Aliás, quando foi a última vez que você deu ao seu filho ou à alguma criança um livro especial? Quando foi a última vez que você colocou seu filho ou alguma outra criança no colo e lhe contou uma história da Bíblia?

Em sua passagem pela Terra, assim agia Jesus: contava histórias com sublimes lições morais. Convidava o ser humano a pensar com sua carinhosa e eloqüente palavra. O mais encantador poeta que já transitou pelo mundo presenteava o ser humano com o que há de mais libertador: o convite ao uso do raciocínio. Jesus foi, portanto, o mais perfeito narrador, a sua Palavra atravessou os milênios porque combinava conhecimento e afeto em suas lições. Trazia um presente duradouro, intenso, eterno: o convite à reflexão sobre a vida e o amor à criatura humana. 

Que neste Natal pensemos a respeito do papel que desempenhamos como pais, educadores, amigos, cristãos... Que façamos de todos os dias um verdadeiro Natal, revivendo em nossos corações o ideal de Jesus, espalhando instrução, cultura e amor a todas as crianças (e porque não também os adultos) que passarem pelo nosso caminho, tornando-nos assim como o misterioso missionário do início dessa narrativa, que talvez nem exista, mas que pode vir a existir, basta você querer, pois esse personagem enigmático é justamente você!

Distribua afeto, transmita-lhes o Amor de Cristo, pois esses são presentes que ficam, que permanecem, que deixam marcas profundas e que com certeza, é a melhor forma de fazermos um "Natal” nosso em todos os dias.

"Levanta-te, resplandece, porque é chegada a tua Luz, e é nascida sobre ti a glória do Senhor" (Isaías 60:1)


Cícero Volney

domingo, 23 de dezembro de 2012

EXISTEM SITUAÇÕES QUE DEUS NÃO SE METE


Sou um dos intercessores deste site, percebo que muitos crentes tem uma ideia errada de Deus com relação ao seu agir. Estava lendo o pedido de oração de uma irmã que está separada do marido e que entre outras coisas ela escreveu:

Estamos separados fazem 2 anos e nossa filha sente muito a falta dele. Tentamos voltar mas não deu certo, acredito que Deus está no controle.

Essa semana estava assistindo um Telejornal e por 3 dias consecutivos eu observei de forma nítida como tem aumentado a violência e o estupro dentro de casa, de 12 casos que eu assisti, 11 eram referentes a padastros que abusaram sexualmente, engravidaram e mataram crianças de 02 à 12 anos de idade, todos os casos são revoltantes mas muito marcou o caso de um menino de 02 anos que foi abusado sexualmente e morto.

As pessoas estão aprendendo assim: SE NÃO DER CERTO EU ME CASO DE NOVO!!!

Quando a Bíblia ensina:

DEUS ODEIA O DIVÓRCIO!!!

Ml 2:16 Eu odeio o divórcio, diz o Senhor, o Deus de Israel, e também odeio homem que se cobre de violência como se cobre de roupa, diz o Senhor dos Exércitos. 

Por isso, tenham bom senso; não sejam infiéis. 

Será que Deus odeia o divórcio por saber que essas coisas violentas podem acontecer com quem tem crianças e as coloca sobre o cuidado de alguem que não é o pai ? Será que era isso que Deus estava alertando ?!

ESTA É UMA PALAVRA PARA EVANGÉLICO 

Só existe um caso que Deus permite novo casamento: 

Rm 7: 2 Ora, a mulher casada está ligada pela lei ao marido, enquanto ele vive; mas, se o mesmo morrer, desobrigada ficará da lei conjugal.

3 De sorte que será considerada adúltera se, vivendo ainda o marido, unir-se com outro homem; porém, se morrer o marido, estará livre da lei e não será adúltera se contrair novas núpcias.

Já ouvi alguns casos de irmãs dizerem que o casal se divorciou porque o amor acabou e imediatamente eu perguntei: O QUE É O AMOR??? A irmã não soube responder!!!

As pessoas sempre vão arrumar desculpas para aquilo que querem fazer, alguns casos já ouvi: FOI A VONTADE DE DEUS!!!

As igrejas precisam ensinar mais verdade ao povo, mesmo que esvazie as igrejas. Os evangélicos precisam voltar-se para Deus e se consertar de toda hipocrisia, ou seja, sempre sorri para a esposa do irmão mas para sua própria esposa ele parece que chupou limão!!

Ontem eu estava em casa e numa determinada hora ouvi uma discussão de um casal evangélico e como vi o irmão ficando muito bravo, eu o chamei à razão pois percebi que precisava intervir. Ele veio conversar comigo e me disse que estava decepcionado com a vida e que Deus não gostava dele, eu disse para ele buscar a Deus e ele me respondeu que estava indo a uma igreja; nesse momento eu falei com autoridade: QUANDO VOCÊ FOR A IGREJA E O CULTO TERMINAR, LEVE A TUA FÉ CONSIGO, NÃO A ESQUEÇA NA IGREJA! Acrescentei ainda e disse: EU TAMBÉM ESTOU DESEMPREGADO EU PERDI QUASE TUDO MAS ME SOBROU A MINHA FAMÍLIA E A MINHA FÉ E ISSO EU NÃO POSSO PERDER!!! Passei um ano muito dificil mas eu pude escolher entre buscar a Deus e me revoltar, tem 09 meses que dirijo um trabalho de oração matutino diário junto com minha esposa. Ele me agradeceu e ficou bem com a esposa e me disse que ia buscar a Deus.

Acesse: POR QUE É TÃO DIFICIL ORAR??

Visite o Site:

SE TEU MARIDO SAIU DE CASA, NÃO SE DESESPERE, ORE, SE HUMILHE, BUSQUE A DEUS, LEIA OS TESTEMUNHOS NO SITE WEBSERVOS DE CASAMENTOS RESTAURADOS.

Deus vos abençoe


Luiz Carlos Aquino
dirigentedeoracao@hotmail.com
Assembléia de Deus
Rio de Janeiro - RJ

sábado, 22 de dezembro de 2012

A ESTRELA

E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.
Mateus 2.1-2

Quando o céu está tão bonito à noite, eu costumo sentar na área e ficar olhando as estrelas, elas são tão belas e brilham de formas diferentes. É incrível saber que algumas delas já morreram e sua luz ainda continua a chegar até nós. Faz-me lembrar de minha vida e das coisas que eu já perdi, mas que continuam vivas em minha mente, meu coração.

Foi numa noite assim, pelo menos imagino, que olhando para o céu os reis magos viram uma estrela diferente. Talvez seu brilho fosse mágico, suas cores maravilhosas, sua intensidade fosse ímpar, ou quem sabe era apenas mais uma estrela. Não sabemos o porquê de apenas eles terem visto aquela estrela como divina e enxergado nela uma mensagem: Jesus Nasceu!

Quantas pessoas naquela noite olharam para o céu? Quantas não viram apenas um céu estrelado? Quantas fizeram canções, declaram amor, cantaram e sonharam fazendo delas sua inspiração? É incrível como apenas aqueles homens viram naquela estrela, uma declaração de amor do próprio Deus, enviando seu Filho amado!

Ainda hoje, quando o natal se aproxima, eu amo a estrela que anunciou Jesus, ela guiou os magos em completo silêncio, apenas com seu brilho. Deus fala de forma tão estranha, não acha? Que neste natal, possamos ainda ver no céu a luz da estrela mágica que anunciou Jesus, ela ainda está lá, bela, singela e eterna a ecoar pelos céus que Jesus nasceu, a procura de corações, como os dos magos, a lhe escutar e dispostos a seguir pela estrada a encontrar Jesus.

Que tal, hoje, mesmo que de dia, olhar para o céu, e ver a estrela do natal, lá entre as nuvens e o sol, ou escondida na escuridão da noite, a lançar seus raios divinos até você. Se isto acontecer, abra seu coração e receba Jesus, ele quer nascer para fazer você feliz.

Um Feliz natal!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O NATAL


E ela dará à luz um filho, e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. 

Mateus 1.21

E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens. (Lucas 2.52)

O Natal representa o nascimento de Cristo dia após dia em nossa vida. Ser cristão é ser um pequeno Cristo nesta terra, um discípulo de Jesus que vive de acordo com o que Ele ensinou com sua própria vida.

Querido irmão, que o Natal seja uma data especial para você e para todos os seus familiares. Que neste dia, vocês possam repensar sobre o que o nosso Senhor e Salvador veio ensinar-nos com sua vida e com seu relacionamento com Deus e com os homens!

Que o amor, o perdão, a alegria, a paz, a bondade, a mansidão, a tolerância, a compaixão e o domínio-próprio sejam constantes em nosso viver diário! Que a intimidade com Deus, a unção, a autoridade e o poder divino sejam desenvolvidos em nossa vida diariamente até chegarmos à estatura de Cristo!

Meu desejo de todo o coração é que você e sua família tenham Jesus reinando em sua vida, para que as marcas dele estejam impregnadas em tudo o que fizerem, em suas palavras e atitudes. E, assim, todos verão e sentirão a diferença em seu viver, sendo atraídos para Deus por sua vida, seu modo de ser e de agir.

Que Deus o abençoe cada dia mais!

Um forte abraço e Feliz Natal!


Elizete Malafaia
via Verdade Gospel

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

AMANHÃ?




Ele é antes de todas as coisas. Nele tudo subsiste.
Colossenses 1. 17


A pergunta é simples e o momento é oportuno: O que de especial você fez e isso trouxe alguma mudança positiva para sua vida ou para os seus? É trivial, mas nesses dias que antecedem tantas datas comemorativas como o natal, por exemplo, questionamos sobre tudo: Tantos dias que passamos, sobre tanto trabalho ou não que tivemos, sobre as derrotas e vitórias, sobre os projetos que foram realizados e os que nem mesmo saíram do papel, sobre aqueles quilos que dissemos que perderíamos, mas os doces não deixaram... Ufa! Quantas coisas foram feitas e outras nem mesmo chegaram perto de serem postas em prática.
Estamos chegando ao final de mais um ano e os dias se vão como grãos de areia que escapam de nossas mãos, levados pelo vento. Não nos damos conta, a não ser quando o fim está próximo ou quando não há mais como contornar a situação. Breve, chegará à segunda o próximo ano e o que exatamente você e eu temos feito ou fizemos de especial e de extraordinário em nossas breves vidas?
Quem sabe teremos outra chance de fazer, realizar, projetar, arquitetar, e nos tornar pessoas melhores. Quem sabe teremos outra chance, será que teremos? No entanto, uma coisa é certa: a vida é curta e o dia de amanhã não nos pertence, por isso, vamos fazer o melhor hoje.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

NOITE DE PAZ, NOITE DE AMOR


Era a véspera do Natal de 1818. Em Hallein, nos Alpes da Áustria, um missionário lia a sua Bíblia... De repente se deteve nos versículos que se referiam às palavras do Anjo aos Pastores de Belém: “Eis que vos trago um boa nova, que será de grande alegria para todo o povo: hoje na cidade de Davi lhes nasceu o Salvador, o Messias, que é Cristo, o Senhor...” (ele lia no livro de São Lucas, capítulo 2, do versículo 8 em diante...)

Joseph Mohr ficou tão maravilhado e extasiado com os detalhes daquele grande acontecimento, que nem percebeu que lhes batiam à porta... depois de muito insistirem, ele se levantou e foi atender ao chamado. Eram duas camponesas que lhes pediam que ele fosse abençoar urgente o filho de uns pobres carvoeiros, que acabara de nascer e que corria risco de morte. O evangelista colocou as botas de neve, vestiu seu casaco, atravessou o bosque e subiu a montanha. Era uma pobre cabana de dois cômodos, cheia de fumaça do fogão a lenha, e lá encontrou uma mulher aflita aos prantos com seu filho nos braços, e a criança estava toda mole e praticamente morta.

Ele então tomou a criança no colo e Orou... Uma estranha emoção começou a tomar conta dele, e o seu calor sobrenatural aqueceu o menino, que reagiu e voltou à vida... O homem abriu os olhos e então percebeu algo, aquela cabana não era exatamente o estábulo de Belém, mas tudo ali lhe fazia lembrar o nascimento do menino Jesus. 

Ao descer a montanha, ainda sob os efeitos do Espírito, rememorou as palavras do Evangelho que pareciam ecoar em sua al-ma... e ao aproximar-se da aldeia, pôde observar as luzes que vinham das pequenas casas, e que disputavam seu brilho com o das estrelas... Joseph não conseguiu dormir naquela noite, e febricitante, ergueu-se do seu leito, tomou da pena e escreveu um poema inspiradíssimo, externando o que lhe ia na alma. 

Pela manhã procurou o maestro Franz Gruber, seu amigo e mostrou-lhe os versos, o músico entusiasmado, disse: Esta é a canção de Natal de que tanto necessitamos! 

Gruber então compôs a música para duas vozes e guitarra, pois o órgão da igreja, o único na localidade, estava estragado. 

No dia de Natal de 1818, toda a população daquela pequena cidade se reuniu para ouvir Joseph Mohr e o maestro Franz Gruber cantarem algo diferente de tudo quanto haviam escutado até então: 

Noite de paz, noite de amor, 
Tudo dorme em derredor
Entre os astros que espargem a luz,
Proclamando o menino Jesus
Brilha a estrela da paz, 
Brilha a estrela da paz!

Noite de paz, noite de amor, 
Nas campinas, ao pastor
Lindos anjos mandados por Deus, 
Anunciam a nova dos céus:
Nasce o bom salvador, Nasce o bom salvador!

Noite de paz, noite de amor, 
Oh! que belo resplendor
Ilumina o menino Jesus
No presépio do mundo, eis a luz
Sol de eterno fulgor, Sol de eterno fulgor!

Dias depois, chegou ao povoado o consertador de órgão e o maestro Gruber tratou logo de adaptar a canção para aquele instrumento.

O técnico em consertos de órgão era também um excelente musicista e bem depressa aprendeu a letra e música da nova canção e consertando órgãos por todos os povoados do Tirol, como gostava de cantar, foi divulgando a nova Canção de Natal. Não sabia quem a tinha composto pois nem o Mohr e nem o maestro Gruber lhe tinham dito que eram eles os autores. 

Entre os muitos que aprenderam a Canção, quatro crianças, os irmãos Strasser passaram a cantá-la. O diretor de música do Reino da Saxônia, em ouvindo-lhes as vozes claras e afinadas, se interessou por eles e os levou a se apresentarem, num concerto. Então se montou um coral com vozes infantis doces e angelicais, e a fama dos pequenos cantores se espalhou por toda a Europa, e a canção cada vez mais apaixonava e encantava os corações... Todavia, ninguém sabia querm era o autor (ou os autores) da canção.

Foi um maestro de nome Ambrose quem conseguiu chegar até Franz Gruber. Haviam se passado mais de trinta anos, e a história do surgimento da Canção de Natal foi então escrita em 30 de dezembro de 1854. 

Não são conhecidas outras músicas de Franz Gruber e nem outras letras de Joseph Mohr, o que nos leva a crer que "A Noite de Paz" tenha sido suas únicas produção. 

É possível crer que as vozes do céu, que se fizeram ouvir na abençoada noite do nascimento de Jesus tivessem inspirado os versos e a primorosa melodia desse hino de saudação e de exaltação ao Filho de Deus, que se fez carne e habitou no meio de nós... por isso, QUE TENHAMOS UM NATAL DE MUITAS ALEGRIAS, E MUITAS NOITES DE SERENA PAZ... E DE INFINITO AMOR...

Silvana Lacerda

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

HISTÓRIA DE NATAL

Certo homem, chamado Mogo, costumava olhar o Natal como uma festa sem o menor sentido. Segundo ele, a noite de 24 de dezembro era a mais triste do ano, porque muitas pessoas se davam conta de quão solitárias eram, ou sentiam muito a ausência da pessoa querida que não esteve presente durante o ano.

Mogo era um homem bom. Tinha uma família, procurava ajudar o próximo, e era honesto nos negócios. Entretanto, não podia admitir que as pessoas fossem ingênuas a ponto de acreditar que um Deus havia descido à Terra só para consolar os homens.

Sendo uma pessoa de princípios, não tinha medo de dizer a todos que o Natal, além de ser mais triste que alegre, também estava baseado numa história irreal - um Deus se transformando em homem.

Como sempre, na véspera da celebração do nascimento de Cristo, sua esposa e seus filhos se prepararam para ir à igreja. E, como de costume, Mogo resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo: _ Seria hipócrita de a minha parte acompanhá-los. Estarei aqui esperando a volta de vocês.

Quando a família saiu, Mogo sentou-se em sua cadeira preferida, acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia. Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela, seguido de outro... e mais outro.

Achando que era alguém jogando bolas de neve, Mogo pegou o casaco para sair, na esperança de dar um susto no intruso. Assim que abriu a porta, notou um bando de pássaros que haviam perdido seu rumo  por causa de uma tempestade, e agora tremiam na neve.

Como tinham notado a casa aquecida, tentaram entrar, mas, ao se chocarem contra o vidro, machucaram suas asas, e só poderiam voar de novo quando elas estivessem curadas. "Não posso deixar essas criaturas aqui fora", pensou Mogo. "Como ajudá-las?" 

Mogo foi até a porta de sua garagem, abriu-a e acendeu a luz. Os pássaros, porém, não se moveram. "Elas estão com medo", pensou Mogo. Então, entrou na casa, pegou alguns miolos de pão, e fez uma trilha até a garagem aquecida. Mas a estratégia não deu resultado.

Mogo abriu os braços, tentou conduzi-los com gritos carinhosos, empurrou delicadamente um e outro, mas os pássaros ficaram mais nervosos ainda - começaram a se debater, andando sem direção pela neve e gastando inutilmente o pouco de força que ainda possuíam.

Mogo já não sabia o que fazer. "Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora" - disse, em voz alta. – Será que não entendem que podem confiar em mim?

Desesperado gritou: "Se eu tivesse, neste momento, uma chance de me transformar em pássaro só por alguns minutos, vocês veriam que eu estou realmente querendo salvá-los!"

Neste momento, o sino da igreja tocou, anunciando a meia-noite. Um dos pássaros transformou-se em anjo, e perguntou a Mogo: "Agora você entende, por que Deus precisava transformar-se em ser humano?"

Com os olhos cheios de lágrimas, ajoelhando-se na neve, Mogo respondeu: "Perdoai-me Senhor. Agora eu entendo que só podemos confiar naqueles que se parecem conosco e passam pelas mesmas coisas pelas quais nós passamos.

"Hoje, Mogo entende o verdadeiro significado do Natal, e, acredita no Deus que, enviou seu filho JESUS, para acreditarmos e confiarmos no Pai Criador."

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

COMO UM RAIO


"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus" 

Mateus 5:16

"O trovão é admirável, o trovão é impressionante, mas é o raio que faz o trabalho." (Mark Twain - 1835 - 1910 - Escritor e humorista)

Seguindo as palavras do escritor de nossa ilustração, e aplicando-as em nossa vida espiritual, concluímos que melhor do que simplesmente fazer barulho, é viver de tal forma que as nossas atitudes brilhem e iluminem, tanto o nosso caminho como o daqueles que estão próximos a nós.

Nós somos cristãos, filhos do Deus Altíssimo, e, por isso, precisamos ser diferentes daqueles que não o são. Estamos no mundo mas não somos do mundo. Fomos chamados por Deus para transformar as trevas em luz, para dar sabor ao que é insípido, para alegrar os ambientes tristes, para ser uma bênção nos lugares onde ela é ardentemente almejada.

Falar do amor de Deus é maravilhoso, proclamar que Jesus é o Salvador é uma de nossas atribuições, cantar e louvar o nome do Senhor deve ser nosso propósito todos os dias, mas, o Senhor espera, principalmente, que em todos os momentos de nossa vida, sejamos um exemplo vivo do que falamos e pregamos. Se o meu rosto não brilhar e se a minha vida não mostrar a luz do Senhor, o que eu falar e pregar não terá o mesmo efeito e o nome de Deus não será verdadeiramente glorificado.

Devemos ser como o trovão sempre que possível e como o raio mesmo quando isso pareça impossível. O Senhor estará conosco, nos fortalecerá, nos dirigirá, nos ungirá, e, com Ele em nossos corações, conseguiremos mostrar a luz do Senhor em qualquer situação ou circunstância.

Eu quero ser como um raio, iluminando o mundo para Cristo. E Você?

Paulo Barbosa

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

SUA RIQUEZA

"E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades"

Filipenses 4.19

Verdadeiramente você é rico; isso porque a verdadeira riqueza da sua vida não tem absolutamente nada a ver com seus bens financeiros, acumulados ao longo dos anos, ou com qualquer propriedade sua, de ordem material. A real riqueza da sua vida é a sua própria vida.

Essa verdadeira riqueza está presente na sua habilidade de sentir, experimentar, conhecer, cuidar, amar, decidir, entender e agir. Pois é esse viver em você que lhe abre um mundo de possibilidades.



O que você possui hoje já é mais do que suficiente. Tudo que alguém realizou no passado aconteceu exatamente em função das possibilidades presentes naquela pessoa. Com os olhos, a mente e o coração voltados para Deus e o propósito para o qual ele o criou, a sua vida pode alcançar o potencial tremendo que existe para você. A riqueza é sua! Ela é real, e as possibilidades positivas estão à sua disposição. Por quê? Porque elas estão baseadas numa promessa impossível de ser quebrada, a salvação em Cristo.

ONDE ESTÁ TEU CORAÇÃO?

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

NOSSO COMPROMISSO COM DEUS

Ouvi certa vez a história de dois jovens que noivaram. A Jovem presentava orgulhosamente sua aliança a todos os seus amigos, conhecidos e colegas, com o intuito de declara o compromisso que acabara de assumir. Ela sentia prazer em dizer que estava noiva.

Dias depois, o jovem teve que realizar uma viagem a sua terra natal e lá permaneceu uma semana. Quando retornou, a noiva o esperava no aeroporto e percebeu que ele estava sem a aliança. O jovem, percebendo o olhar indagador da noiva, apressou-se em declarar que havia perdido a aliança. 

Era tudo mentira. Ela descobriu que ele tinha tirado a aliança para que ninguém soubesse de seu noivado. Resultado: ela rompeu o compromisso.

Todo ser que é nascido de Deus tem uma Aliança com o Pai. Esta aliança é eterna. Firmada no sangue de Jesus. Deus nos ama e esse amor não tem fim. Mas como está o nosso compromisso com Deus? Estamos vivendo como se não tivéssemos nada com o Criador ou temos orgulho de declarar nossa Aliança?

O próprio Deus declarou: "Esta é a aliança que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, e as escreverei em seus entendimentos;"

Será que Deus tem falado ao nosso coração como declarou acima ou será que ainda não temos essa aliança com o Pai? Ele deseja fazer uma aliança com todo homem. Uma aliança de paz e amor que não finda jamais.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

A PERFEIÇÃO, EXISTE?



E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.

Atos 13.22



Será que alguém pode ser perfeito? Muitos dizem que não outros sim, mas será que uma pessoa pode atingir a perfeição?

Existe uma chance, uma única possibilidade real do homem se aproximar da perfeição. No versículo 22 parte b, Deus diz que Davi, o rei, foi considerado de acordo o coração do próprio Deus. Parece ficção, mas foi fato. Para isso, um novo coração foi implantado em Davi – Salmo 51. 5 e 10 – Novos pensamentos e valores foram introduzido no novo rei.

Precisamos de pensamentos novos, pois a Bíblia diz que, os nossos pensamentos são opostos aos Dele – Isaías 55. 8 – Além disso, os valores foram trocados por novos. Tudo o que pensamos ser de muito valor, para Deus não é nada, absolutamente nada.

Existe um canal pelo qual atingimos a perfeição – Jesus – O próprio filho de Deus, disse em João 14.6: ...”Eu sou o caminho, e a Verdade e a vida.”. Jesus propõem uma nova direção, concepção e a solução para uma vida distante da perfeição.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

VIOLÊNCIA

Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas.

2 Samuel 22:3

Vivemos dias tão violentos, em que a vida humana vale tão pouco. Um cigarro, um tênis, um desentendimento, torcer pelo Vasco, Flamengo, Palmeiras. O Senhor Jesus disse que o amor se esfriaria de quase todos... Acredito que esse dia chegou.

Meu pai conta que há alguns anos as casas não possuíam fechaduras, cadeados nem cercas ou muros. As pessoas não precisavam se esconder com medo da maldade ou violência humana, as janelas dormiam abertas e não havia perigo em transitar pelas ruas, mesmo de madrugada.

A Bíblia fala de um tempo difícil, de homens maus, cruéis, violentos e sanguinários (2 Tim 3). O Salmista, muitos anos antes de Jesus, já sentia o mal crescer e invadir todos os setores da vida. De tal forma que ele clamava a Deus: "Ó Salvador, da violência de salvas."

Hoje, em meio ao mal que cresce, precisamos buscar a Deus, colocar nossos pés seguro sobre o Rochedo, nossa confiança e proteção debaixo do seu escudo, porque só em Deus podemos descansar seguro, na certeza de que mesmo que destruam nosso corpo mortal, a nossa vida, alma e espírito estarão guardados nas mãos do Pai.

Que Deus nos proteja do homem mal e de sua violência.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

TER RAZÃO OU SER FELIZ?

O casal está atrasado para jantar na casa de alguns amigos. O caminho é novo. Ele dirige o carro. Ela o orienta, pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que, além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe que estava errado. 

Ainda com dificuldade, ele admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há problema em chegar alguns minutos mais tarde. 

Mas ele quer saber: "Se você tinha tanta certeza de que eu estava tomando o caminho errado, deveria insistir um pouco mais". E ela diz: "Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma briga, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite". Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais e mais freqüência: quero ser feliz ou ter razão?

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

MENSAGEM ENTREGUE

Eles, pois, ... venceram [Satanás] por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram, e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida. 

Apocalipses 12:11.

A dedicação a uma causa, especialmente em face da morte, é uma raridade nos dias de hoje. Existem, entretanto, notáveis exceções. Durante a Segunda Guerra Mundial, apareceu nos jornais ingleses um anúncio solicitando mensageiros voluntários para os encarregados pelos alarmes antiaéreos. Dizia o seguinte: "Rapazes de 16 anos para cima, como mensageiros. Apresentar-se à chefia do alarme antiaéreo."

Derrick Belfall, de apenas 14 anos, sentiu-se chamado a fazer algo por seu país devastado pela guerra e ofereceu os seus préstimos. Foi recusado por causa de sua idade. Sem desistir, apresentou-se repetidas vezes até que, finalmente, foi aceito. Recebeu a incumbência de levar mensagens aos encarregados do alarme antiaéreo em várias partes da cidade. Era costume dele, após retornar de uma "missão", dizer respeitosamente: "Derrick Belfall relatando; entreguei a mensagem."

Certo dia, quando voltava de um de seus compromissos, passou por um prédio que havia sido recentemente demolido por uma bomba. A equipe de resgate trabalhava freneticamente para afastar o entulho. Derrick ouviu um choro de criança e ofereceu ajuda. Aceitaram. Desceu ao porão e, tendo encontrado a criança, levou-a para que os membros da equipe de resgate a colocassem fora de perigo. Antes que ele mesmo pudesse pôr-se a salvo, uma parede desabou imprensando-o irremediavelmente. Quando lhe perguntaram se queria enviar um último recado a alguém, ele respondeu: "Digam simplesmente: 'Derrick Belfall relatando; entreguei a mensagem."'

Ao participarmos da guerra contra o mal, nós também nos apresentamos como voluntários para servir a uma causa - e pessoas de todas as idades são bem recebidas; ninguém é rejeitado por ser muito jovem ou muito idoso. Grande número de voluntários antes de nós já ganharam a vitória sobre Satanás, pelo sangue do Cordeiro e a palavra de Seu testemunho.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

PAGANDO O MAL COM O BEM


"Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem"

Romanos 12:21

O governador Stewart, de Missouri - USA, reconheceu, em um condenado que lhe solicitou perdão, um antigo companheiro sobre o qual serviu como camareiro em um barco a vapor. Stewart disse: "eu quero que você prometa que nunca mais usará uma vara e expulsará de sua cabina um menino doente em uma noite tempestuosa, porque um dia esse menino poderá ser um governador e você poderá querer que ele o perdoe de outro crime. Eu era aquele menino. Aqui está seu perdão. (John F. Cowan)

Qual tem sido nossa atitude em relação àqueles que nos ferem, que nos ofendem, que nos fazem mal? Como reagimos quando temos a oportunidade de nos vingar ou perdoar? Que importância temos dado a Deus quando nos vemos diante de tal situação?

A Palavra do Senhor nos ensina a amar, a abençoar, a sermos generosos, a fazer o bem sempre. O Senhor quer que sejamos diferentes, que nossas ações provem a nossa conversão e transformação, que o Seu nome seja exaltado em tudo o que fazemos.

Quando pagamos com a mesma moeda e reagimos à afronta da mesma maneira, ignoramos os ensinos do Senhor, nossa vida espiritual é falsa e nosso testemunho é nulo.

Deus deseja que apresentemos mãos limpas e um coração puro diante dEle. Ele quer que estejamos prontos a perdoar da mesma forma que fomos perdoados em nossos delitos e pecados. O Seu Espírito nos enche de amor para que a qualquer momento e em qualquer situação, estejamos prontos a glorificá-Lo.

Qual sua reação quando alguém lhe faz algum mal? Paga com o mesmo mal ou deixa a glória do Senhor brilhar em sua vida, retribuindo o mal com o bem?

Paulo Barbosa
Fonte: www.webservos.com.br

terça-feira, 27 de novembro de 2012

ONDE ESTÁ TEU CORAÇÃO?

Acumulamos tesouros na vida construindo relacionamentos, restaurando sentimentos, cultivando amizades e perdoando injustiças.

Rachel Abdalla
Nós seres humanos somos capazes de ocultar o que está no coração. Guardamos sentimentos bons e ruins com a mesma intensidade. Camuflamos as dores, angústias, ódio, e muitas vezes, até um amor tão bem que surpreendemos as pessoas quando revelado o interior do coração.
Judas é um exemplo de como as pessoas podem ser surpreendentes, mentirosas, traidoras e ingratas. O coração do homem é um mistério até para ele mesmo. Precisamos lutar diariamente contra o mal e seu exército de sentimentos ruins.
Por outro lado, José foi perseguido, humilhado, vendido como escravo, preso injustamente e quando foi preciso ofereceu o perdão a todos e salvou suas vidas.
O Ser humano é movido pelo que guarda no coração. Assim como uma árvore só pode produzir seu próprio fruto nós só podemos oferecer o que temos. Se amor, amor, se ódio, ódio. Jesus já disse que de uma fonte doce não pode sair água salgada.
Berta - Onde está teu coração

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

NA TORMENTA


Deus não estará olhando para as suas medalhas, seus títulos ou diplomas; Ele estará olhando para as suas cicatrizes. Elbert Hubbard 

Sempre julguei que os furacões que enfrentamos aqui na Flórida seriam alguma coisa que a humanidade poderia simplesmente dispensar - se pudesse... Entretanto, apenas recentemente tomei conhecimento de que eles são absolutamente necessários para manter o equilíbrio na natureza. 

Essas tempestades tropicais, com ventos que vão acima de 300 quilômetros por hora, acompanhados de chuvas torrenciais, raios e relâmpagos  podem ser devastadoras. Contudo, cientistas nos informam que esses furacões tem um valor incrível. São eles que dissipam uma grande porcentagem do calor opressivo acumulado no equador; também são indiretamente responsáveis pela maior parte das chuvas que ocorrem nas florestas das Américas do Sul e do Norte. A conclusão final a que chegamos é que os furacões oferecem à humanidade muito mais benefícios do que podemos imaginar. 

As Escrituras nos ensinam que as aflições que Deus permite que sobrevenham a seus filhos são muito semelhantes aos furacões. Elas chegam de maneira violenta, trazendo com elas dores e promovendo grandes devastações. No entanto, são essas mesmas aflições que tem o incrível potencial de produzir eternos dividendos. Se você se encontra em meio a um furacão... não desista! Ele é temporário; logo vai passar, e os resultados certamente poderão transformar a sua vida para todo o sempre! 

Para Meditação: Bem sei, ó Senhor, que os teus juízos são justos e que com fidelidade me afligiste. Salmos 119:75

Nélio DaSilva
Fonte: http://www.webservos.com.br