domingo, 26 de junho de 2016

O MISTERIOSO SANSÃO

"Vós todos sois Irmãos." Mateus 23.8

Era quase meia-noite do dia 18 de fevereiro de 1952. Charlie Jones, um negro de Houston, Texas, estava a caminho de sua casa quando foi detido pelas luzes intermitentes de uma patrulha rodoviária.

Uma carreta de vasta proporção tinha batido contra uma grande árvore. A carreta entrou para dentro da cabine do chofer, sendo que este ficou preso entre a direção e o assento. Seus pés ficaram retidos , entre o freio e os pedais. Imediatamente tudo pegou fogo e este começou a atingir Roy Gaby, o chofer da carreta.

Um carro-socorro foi engatado à carroceria, e outro à cabine. Estes veículos puxando em direções opostas não conseguiram mover a I carreta. Os bombeiros estavam já a caminho com seu equipamento, i mas chegariam muito tarde para salvar o motorista.

Charlie Jones caminhou até a cabine sinistrada e arrebentou a porta com fechadura e tudo. Com as mãos desnudas ele arrancou fora o freio, desvencilhou o homem já em chamas, começando por libertar-lhe os pés antes presos nos pedais. Então ele puxou o Sr. Gaby para fora, não sem antes forçar o teto da cabine com o seu próprio corpo r que pesava mais de 100 quilos. Forçando sempre, a lata foi cedendo e finalmente o Sr. Gaby estava livre
.
Todos os olhos estavam postos no homem libertado, e ninguém viu Charlie Jones sair. No dia seguinte toda a cidade se perguntava quem era o misterioso Sansão que havia salvo o Sr. Roy Gaby. Ninguém, realmente sabia. Quando afinal ele foi descoberto, perguntaram.lhe como conseguira fazer o que dois poderosos veículos especializados não conseguiram.

Um homem não sabe o que pode fazer até o momento em que outro homem está ferido e em perigo de vida - ele disse.

O Interessante em relação com esta história é que ela ocorreu durante a Semana da Fraternidade, quando se lembrava às pessoas que todos os homens são irmãos, não importa sua raça, religião, cultura ou posição social. Charlie Jones libertando seu irmão de cor branca dava uma demonstração de fraternidade e amor.

Esta é a espécie de amor que você e eu precisamos - amor que transpõe todas as barreiras e nos une na família de Deus.

"Nisto todos saberão que sois Meus discípulos, se vos amardes um, dos outros." S. João 13:35.

"A Man Don't Know What He Can Do", Elise Miller Davis, Reader's Digest, julho, 1960, págs. 41.52

Nenhum comentário: