sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

REVOLTA


Toda revolta tem um cabeça que a transforma de um simples sentimento de indignação, raiva, em guerra. Foi assim no deserto quando Coré levantou revolta. Tentou o povo com argumentos lógicos que aparentemente apresentavam razão, mas Deus não discute com homens (“os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor”. - Isaias 55:8), Ele nos permite conhecer a Sua vontade através da Sua palavra para que possamos simplesmente obedecê-la. Entregando-nos de coração (“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e o mais ele fará”). Mas Coré queria mais, e se perdeu nos muitos sonhos (“Então olhei eu para toda obra que as minhas mãos haviam feito, como também para o trabalho que eu aplicara em fazê-las; e eis que tudo era vaidade e desejo vão e proveito nenhum havia debaixo do sol” – Eclesiastes 1:11)

A vida era calma e tranquila no céu, até que um dia Lúcifer considerou que Deus estava errado; e imagino, pregou a milhões de anjo uma série de argumentos que provavam que Deus era injusto, mal, que um novo deus precisa surgir para corrigir as injustiças. Iniciou assim a maior revolta de todos os tempos. Um terço das legiões celeste aderiu ao apelo de Lúcifer, e precipitaram numa guerra. Mas Deus os expulsou de sua presença e foram banidos para sempre do reino de Deus.

Absalão considerou-se digno do reino de Israel, e planejo com cautela uma grande revolta. Expulsou Davi de seu trono e por poucos dias apoderou-se da coroa. Mas Deus abomina revoltas, todos esses homens que iniciaram uma revolta foram mortos em situações humilhantes; Lúcifer foi lançado na Terra. Dizem alguns teólogos que a terra foi destruída em sua queda, fazendo-se necessário Deus realizar uma segunda criação.

Meu querido irmão, já parou para pensar quantas vezes participamos de revoltas contra Deus. Todos os dias você e eu nos rebelamos contra as ordens de Deus. O Diabo tem tornado muitos seus seguidores no futebol, na igreja, entre os amigos. Temos, muitas vezes, sem nem pensar defendido as ideias do Diabo porque nos consideramos prejudicados, porque achamos que algo foi injusto – isso é ridículo para um filho de Deus – o apóstolo Paulo diz “sofri o dano”, e nem por isso tornou-se um revoltado a fazer rebeliões.

2 comentários:

fania disse...

Que o Senhor nos ajude a podermos dizer como o apóstolo Paulo "sofri o dano" e continuarmos amando e crendo em suas promessas, pois tudo está em suas mãos.Como vimos na mensagem rebelar-se é a pior coisa que podemos fazer, pois o Senhor não tolera rebeldia.

Janderson disse...

Que cada um de nós possamos parar para pensa e, ver que se revoltar não nos leva a nada, ou seja, a rebeldia nos leva para derrota. Devemos pedir para que Deus nos ajude a ter um coração puro e que a revolta passe longe de cada um de nós.