quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

CUIDADO COM A MÁGOA

Dê um presente em segredo a quem estiver zangado com você, e a raiva dele acabará.

Provérbios 21.14 (linguagem de hoje)


Nós vivemos num mundo nada perfeito e somos atingidos por adversidades, sofremos injustiças, dores e perseguições. O problema de nosso coração é que ele resiste em esquecer o mal e exige que a vingança seja feita. Se não lutarmos contra nossos desejos primitivos estaremos a um passo de também cometermos o mal.

Ao meu redor, com facilidade encontro gente carregada de mágoa, rancor, ódio, amargura. Como eu sei? É pelo modo de falar, de olhar que esse sentimento é revelado. Ninguém foge a essa regra. O mal, mesmo que seja o que sofremos, se não for perdoado e esquecido, tem o poder de contaminar-nos com as suas tranças diabólicas.

A Bíblia diz que ninguém pode esconder uma cidade erguida no alto do monte, da mesma forma o mal, no interior de um coração, não permanecerá oculto pra sempre. Mais cedo ou mais tarde, ele brotará na forma de agressão, revide, troco.

O problema de se conviver com o mal, é que ele também pode tornar o coração mal, além de problemas espirituais, emocionais e físicos. Essas emoções negativas e o estresse liberam substâncias químicas no organismo que provocam  dores no estômago, na cabeça, nos músculos, fatiga, tontura e podem causar doenças do sistema imunológico, cardiovasculares, aumento o risco de sofrer derrame e câncer (http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL694038-15605,00.html).

O conselho que eu dou é: Tem alguém com raiva de você? Dê um presente! E viva a felicidade de conviver na paz.

Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você. - Friedrich Nietzsche

Fandermiler Freitas

Nenhum comentário: