sábado, 30 de julho de 2011

O SONHO DO SAPATEIRO

Quem der a beber, ainda que seja um copo de água fria, a um destes pequeninos, por ser este meu discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.


Mateus 10.42

Um sapateiro muito piedoso sonhou que Jesus falou com ele: "Amanhã cedo venho tomar café na tua casa, preparas-me um delicioso desjejum".

O homem acordou impressionado com nitidez do sonho e, mesmo contra a sua razão, preparou uma mesa farta, sentou-se, e aguardou.

Lá pelas nove horas alguém bate à porta. Com o coração sobressaltado, ele corre atender, mas, para sua decepção, é apenas uma garotinha. Ela está com cara de faminta, roupa suja e sapatos arrebentados. Na esquina, há mais duas crianças em igual estado, irmãos dela, aguardando algum ato de generosidade do sujeito.

Ele logo se esqueceu do sonho e tratou da realidade, alimentou as crianças, ofereceu-lhes banho, roupa limpa e uns pares de sapatos consertados que alguns clientes abastados nunca vieram buscar.

Naquela noite o sapateiro sonhou novamente com Jesus, e reclamou: "Preparei uma mesa farta para o Senhor, mas não viestes cear comigo.

Jesus, com um belo sorriso, respondeu: "Eu estava presente à tua mesa, quando cuidastes daqueles pequeninos"
Autor Desconhecido

Nenhum comentário: