sábado, 17 de agosto de 2013

NO PRÓXIMO DOMINGO

...aproveitai as oportunidades.
Cl 4.5

Há alguns anos, meu pai me contou essa história. Era o final da década de 70 ou o início da de 80. Não me lembro muito bem. Naquele tempo, Dr. Tomé era quem conduzia os trabalhos na nossa igreja. Ele era médico e sozinho cuidava da saúde da cidade. Mas, aos domingos, levava a mensagem de salvação no pequeno templo de madeira que empenhara-se em construir.

Foi assim, pregando a mensagem de salvação e fazendo apelos no final de cada culto que muitos vieram a conhecer Jesus Cristo. Dentre eles, meu pai e minha mãe.

Mas uma coisa veio chamar a atenção do médico: um homem. Ele estava na casa de Deus todos os domingo. Ouvia a Palavra de Deus e saia sem dizer nada. Isso aconteceu durante algum tempo. Dr Tomé e a esposa oravam em casa pela alma daquele homem. Mas o tempo passou e nada.

Um dia, quando o homem saia da igreja, o missionário o segurou pela mão enquanto dizia boa-noite e olhando-o nos olhos, falou carinhosamente:

— Você não quer aceitar Jesus como seu Salvador?

— Hoje, não. No próximo domingo, doutor.

E a cena se repetiu por vários meses. Até que um dia, o homem não compareceu ao culto. Oito dias depois, ele também não veio. Preocupado, Dr. Tomé foi procurá-lo. Queria saber onde e como ele estava e por que não fora mais aos cultos.

Era possível, ver a tristeza do homem de Deus contando o final dessa história: "Ele morreu enquanto dormia, foi o que me disseram!"

Para aquele homem não houve próximo domingo. É perigoso quando deixamos decisões sérias e importante para depois. O tempo não nos pertence e as oportunidades podem fugir rapidamente de nós. Hoje é dia que o Senhor nos deu. Portanto, sejamos sóbrios e diligentes e não desperdicemos as oportunidades que o Pai nos dá.

Fandermiler Freitas 

Nenhum comentário: