quinta-feira, 12 de junho de 2014

AMANHÃ, É OUTRO DIA

Sempre gostei de gatos, na minha infância vivia com eles no colo. Um dia, já de tardezinha, quase noite, fui juntamente com minha irmã até a vizinha para buscar gelos com o propósito de fazer uma limonada, e levei o gato no colo. Ao chegar à casa da vizinha que na verdade distanciava um quarteirão de casa, o cachorro dela avançou em meu gato, e este por sua vez, correu velozmente até um pé de mamão.

Na minha pouca idade, fiquei desesperada, chamava o gato, espantava o cachorro e nada. O cachorro continuava a latir e o gato a subir cada vez mais alto. Eu não queria sair dali e deixar o meu gato.

Mas era necessário voltar com os gelos para minha mãe, fui chorando de tristeza, achando que nunca mais veria o meu gato. Quando cheguei, minha avó disse:- Pare com a choradeira, amanhã é outro dia, ele volta, e tudo ficará bem. Ainda assim, eu fui deitar chorando. Pela manhã, quando acordei, o meu gato estava ali no quintal. Que alegria! É como diz a palavra:- Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. 

O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo. Salmos 30:5. 

Hoje, quando passo por provações, choros, insônias e preocupações. Reflito a passagem da minha infância, onde fiquei tão ansiosa, com medo de não ver o meu gato nunca mais, e de manhã, lá estava ele. Não fique apreensivo. Não fique preocupado. Deus está no controle de tudo.

Ainda que a noite seja escura e triste, de manhã o sol aparecerá brilhando e aquecendo as nossas vidas, e se for um dia sem sol. A luz do dia já reflete a esperança de um novo amanhecer. Descanse somente em Deus. Amanhã é outro dia. 

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará. Salmos 91:1.

Valéria Belotti

Nenhum comentário: