sexta-feira, 31 de julho de 2015

EU NÃO SOU INÚTIL

Fui opróbrio entre todos os meus inimigos, até entre os meus vizinhos, e horror para os meus conhecidos; os que me viam na rua fugiam de mim. Estou esquecido no coração deles, como um morto; sou como um vaso quebrado. 

Salmo 31.11-12

Já se sentiu inútil? Alguma vezes, o coração nos acusa de não sermos importantes. A alma, então, faz uma análise da vida: nossos dias, famílias, escola, trabalho, comunidade. O resultado sai em forma de condenação: você é um zé-ninguém, sua família não liga para você, seu trabalho não tem importância, aliás, sua vida é um total desperdício.

A Bíblia fala de um homem que se sentiu assim: Jonas. Depois de muitos dias servindo a Deus, ele acorda certa manhã completamente desmotivado, dominado pela depressão. Sua vida era dura e tudo o que ele fazia parecia sem sentido.

Deus fez nascer uma planta para que ele entendesse que tudo na vida tem um porquê, uma razão de ser, acontecer e existir. Deus fez Jonas compreender que a nossa vida precisa ser compreendida como algo maior do que apenas existir. nós fazemos parte de algo maior.

Quando a tristeza lhe atingir o coração nunca deixe de olhar para si como Deus te ver. Você não é um desperdício. Temos nossos defeitos, somos injustos e até, às vezes, maus e ingratos. Mas não é por isso, que somo descartáveis. Deus nos ama e oferece-nos o perdão, para que tenhamos a chance de recomeçar.

Diga à sua alma: Mesmo com todo os meus defeitos Deus me ama e nunca serei um inútil, porque o Pai acredita em mim e me ungiu com uma missão: espalhar o amor!

Nenhum comentário: