sexta-feira, 1 de junho de 2012

O CAMINHO

A noite estava escura e tempestuosa e uma pequena criança estava perdida nas ruas da cidade, chorando em grande angústia. Um policial, depois de lhe fazer várias perguntas sobre sua casa, deu-lhe a direção do seguinte modo: "Siga em frente, nesta rua, uns 800 metros, e chegará a um cruzamento com uma ponte de ferro. Vire à direita e siga em frente e logo chegará junto a um rio. Ali você reconhecerá o local e logo chegará à sua casa". 

A pobre criança não conseguiu gravar nem a metade. Sentindo-se gelada pelo vento e confusa pela tempestade, estava dando voltas e mais voltas até que outra pessoa se aproximou e com voz bondosa lhe disse: "Venha comigo". A pequena mão segurou na outra apertando bem forte. Um casaco quente foi colocado nos ombros gelados da criança. O caminho para casa tornou-se muito mais fácil. 

Assim é a vida, muitos dizem onde está caminho, mas só alguns mostram o caminho. Qual tem sido a nossa forma de agir após recebermos Cristo no coração? A nossa vida cristã tem se caracterizado em apenas falar das bênçãos espirituais ou temos sido uma vitrine onde todos podem contemplá-las?

Nenhum comentário: