terça-feira, 2 de maio de 2017

CURADO DA AMARGURA

Eu o via em tudo muito implacável.

Cheio de zelo pela santidade do Senhor, mas com muito pouca misericórdia para com os pecadores.

Aquilo me doía, porque sabia que não era um caminho adequado e agradável para se chegar a um bom resultado.
Quanto mais as pessoas eram condenadas por causa dos seus erros e pecados, mais elas pioravam, e quanto afastamento da graça de Deus isto produzia.

Então orei, e pedi a Jesus que mudasse aquele quadro.
E para minha surpresa, o caminho da cura providenciado, foi o de permitir que a citada pessoa fosse confrontada com a necessidade de perdoar um grave pecado de alguém muito próximo.

Aleluia! Pode parecer até uma blasfêmia dar glórias a Deus num contexto tão difícil e insuportável.

Mas foi justamente o único modo que a graça encontrou para quebrar toda justiça própria e dureza que dantes havia, de modo que aquela pessoa que vivia em tristeza e amargura de alma, agora possui um semblante que transmite perdão, alegria, longanimidade e calma.

Silvio Dutra

Nenhum comentário: