quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

A MURALHA II

"Respondeu Ele: não; sou Príncipe do exército do Senhor e acabo de chegar. Então, Josué se prostrou com o rosto em terra, e O adorou e disse-lhe: que diz meu Senhor ao Seu servo? 
Josué 5.14

Naquele momento, diz a Palavra que Josué levantou os olhos. Não para divisar o cimo, o topo da muralha, o tamanho do problema, a grandeza da impossibilidade, a imensidão do obstáculo, mas para ver que ao seu lado estava o Deus que desce conosco à liça de nossas batalhas.

Será que já chegamos ao pé do nosso problema insolúvel, será que já chegamos ao fim dos nossos recursos e que só temos pela frente uma enorme muralha de dificuldades? Olhamos e só conseguimos ver o impossível, o " não pode", o "não tem jeito"? E não conseguimos ter esperança, ir adiante, porque há uma MURALHA ENORME diante de nós? Não desesperemos, a muralha pode ser grande, o exército inimigo, numeroso; suas armas, poderosas; mas a Palavra de Deus nos diz que temos ao nosso lado o Parceiro Invencível da vida – Jesus, aquEle que jamais perdeu uma batalha.

Façamos como Josué: levantemos os olhos da fé; não para divisar o cimo, o topo da muralha, o tamanho do problema, a grandeza da impossibilidade, a imensidão do obstáculo, mas para ver que não estamos sós. Deus se fez nosso Parceiro da vida (se Deus é por nós quem será contra nós?), desceu à liça de nossas batalhas, se conjugou às nossas vidas para derrubar a muralha da impossibilidade. Portanto, tiremos os olhos da situação imediata, das circunstâncias que se agigantam diante de nós. Vamos dar nova direção ao nosso olhar, uma nova orientação às nossas emoções. Olhemos para aquEle que é Maior que a sua muralha. Não desanimemos! O Príncipe do exército de Deus é o seu Parceiro Invencível da vida.

Rev. José Kleber Fernandes Calixto

Nenhum comentário: