sábado, 6 de agosto de 2016

A MENSAGEM DO TELESCÓPIO

"Levantai ao alto os vossos olhos, e vede. Quem criou estas coisas?" 

Isaías 40:26

Você já procurou contar as estrelas? Com sorte você poderá contar até 5.119, número que os antigos pesquisadores puseram nos mapas que fizeram dos céus. Fotografias do firmamento feitas com modernos e gigantescos telescópios mostram milhões de estrelas onde o seu olho desarmado não vê mais do que uma única.

Saia à noite e olhe para a constelação do Órion. Na pequena área do céu onde ela está localizada você poderá contar a olho nu trezentas estrelas. Nas fotos tiradas com o telescópio gigante de 200 polegadas do Monte Palomar, você pode contar seis milhões!

Se você tiver a oportunidade de visitar San Diego, Califórnia, vá ao Observatório Hale, nas proximidades do Monte Palomar. Você ficará estupefato ante a visão deste instrumento de 500 toneladas, o qual necessitou de um edifício de altura equivalente a 12 pavimentos para contê-lo.

Só as lentes pesam 12 toneladas e foram necessários 16 anos para serem construídas. Vários meses de trabalho se despenderam só na fabricação do molde de cerâmica gigantesco dentro do qual foi derramado o cristal fundido a 1.482 graus centígrados. O cristal líquido foi mantido em altas temperaturas durante 11 meses, baixando-se gradativamente a temperatura um ou dois graus por dia. Finalmente o cristal alcançou a temperatura ambiente e estava pronto para ser esmerilhado e polido. Esta tarefa levou mais de 11 anos. Afinal estava pronto para se ajustar ao telescópio no Monte Palomar.

Numa clara noite de 1 de fevereiro, de 1949, ele foi focalizado na Constelação Como Berenice nas proximidades do Pólo Norte da Via Láctea, e pela primeira vez o homem pôde ver objetos a bilhões de quilômetros de distância.

Desde esse dia, muitos homens têm usado este telescópio para levantar os olhos para o alto. Por meio desse poderoso olho eles têm visto a obra das mãos do Criador ampliada 40 mil vezes. Esta contemplação não deixa dúvidas quanto à existência de um Deus criador.

"Intitulando-se ateu ele dizia: não há Deus. Deus é um sonho de tolos esperançosos à mercê de um mar sem horizonte. Isto ele disse inadvertidamente, até que, no fim do dia, Olhou através de um telescópio, e ajoelhou-se em oração." James Warnack, Los Angeles Times.

The World Book Encyclopedia, vol. 8, pág. 20.
Famous First Facts, Joseph Kane, Nova lorque, 1 de fevereiro de 1964.

Nenhum comentário: