segunda-feira, 7 de abril de 2014

GUERRA

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. 

Efésios 6.12

Estamos em guerra! Uma guerra invisível, travada nas regiões secretas do coração, da mente e da alma. O Cristão que ainda não compreendeu isto está em terrível perigo. Sua vida está a mercê do inimigo e ele não tem muito mais tempo. Sua alma está preste a ser feita prisioneira.

Conta-se a história de um jovem cristão que saiu de casa muito cedo e foi para uma região distante. Precisava de trabalho. Um, dia quando passava por um pequeno córrego, encontrou uma pepita de ouro. Ali, construiu uma cabana e começou a garimpar ouro. Dias depois, foi à cidade comprar mantimentos. Lá, viu uma igrejinha e disse pra si mesmo que voltaria domingo. 

No entanto, no domingo, ao ir a cidade deparou-se com uma festa na cidade - Era uma comemoração em homenagem a colheita. Passeou entre as barracas, comeu, jogou e se divertiu, fez amizades e só lembrou-se da igreja quando já estava escurecendo. Mas disse pra si mesmo que iria a igreja numa próxima ocasião.

A semana passou e quando chegou o domingo, a caminho para a cidade encontrou alguns amigos que fizeram na feira e foi com eles pesca e tomar banho no lago. E assim foi outras e outras vezes até que nem se lembrava mais da igreja.

Após garimpar uma quantidade considerável de ouro, planejou voltar para casa, mas foi surpreendido por ladrões que o roubaram e o deixaram semimorto. Ao acordar, foi a cidade e ao contar as autoridades o que tinha acontecido, foi preso acusado de falso testemunho. Na cadeia, lembrou-se de Deus e mandou chamar o Pastor que lhe ajudou a sair da prisão.

Aquele jovem descobriu com muita dor que o cristão está em guerra e que o nosso inimigo deseja matar, roubar e destruir.

Fandermiler Freitas

Nenhum comentário: