terça-feira, 13 de março de 2012

DOIS CAMINHOS

Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela.

Mt 7.13-14


Quando eu era criança, durante as férias, na fazenda de minha avó, ao retornar para casa depois de um dia de aventura, me deparei, à beira da mata, com um caminho que se bifurcava. Não foi fácil decidir que caminho seguir. Por sorte acertei o caminho e, ao anoitecer, cheguei em casa.

Certa vez, Jesus Cristo falou de dois caminhos, não são caminhos comuns, mas são estradas que conduzem o homem a lugares eternos. Os caminhos findam com a morte do homem. Cada caminho tem um destino diferente. E este destino é o resultado da escolha que o homem faz em vida.

Um caminho conduz a vida eterna e o outro a perdição eterna. O que Jesus quer dizer é que enquanto estamos vivos fazemos escolhas e decidimos a que caminho trilhar. Nós somos responsáveis por isso. No entanto é bom lembrar que um dia este caminho finda para cada um e é impossível depois de chegar ao destino que ele nos leva retornar.

Você sabe em que caminho está seguindo? Se seu caminho findar hoje ou amanhã ou depois você sabe para onde está indo? Lembre-se que só existe dois caminhos: um que leva ao céu e outro ao inferno. E somos nós, com nossas escolhas que decidimos onde ele nos levará.

Nenhum comentário: