segunda-feira, 13 de outubro de 2008

COMBATI O BOM COMBATE



Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.
II Timóteo 4. 7-8
Estou trabalhando no cemitério a mais de uma semana - construindo um Jazigo para minha esposa e quase todos os dia são enterradas pessoas. Este ano, muitas pessoas completaram sua carreira neste mundo e partiram para o vindouro.

Minha querida esposa, como quase todos sabem, seguiu este caminho. Mas um consolo me acompanha todas as horas, me aliviando um pouco a dor: ela combateu o bom combate.

O apóstolo Paulo estava preste a morrer. Algumas pessoa sentem quando a morte se aproxima e ele tranquilo falou: Eu vivi neste mundo do modo como Deus desejava - isto é combater o bom combate - era como se ele estivesse dizendo: me esforçei, trabalhei muito, não para ajuntar tesouros neste mundo, mas no céu.

Meu querido, se você morresse hoje, teria combatido o bom combate ou o Senhor te diria: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?

O vídeo abaixo fazia parte do culto realizado em comemoração ao dia das crianças. Ele aborda através de fotografias a vida abundante de minha esposa e demonstra seu anseio pelo trabalho de Deus, em especial pelas almas dos pequeninos.

Em meio a tristeza que me afligi, uma felicidade tomou conta de minha alma. Após o culto, Seu João, pai da Luzivana, entregou sua vida a Cristo. É uma pena ela não está aqui para chorar de alegria, mas mais uma vez a promessa se cumpri
- Crê no Senhor Jesus e será salvo tu - ela já está salva, no céu - e tua casa - é só acompanhar este blog e em breve você testemunhará a família Marinho Fontineles aos pés de Jesus.

Infelizmente, por problemas técnicos, este vídeo não foi apresentado no culto e por isso, peço humildemente desculpas a todos os professores, em especial a Tia Gleiciane, mentora desta homenagem.

Mas agora, todos podem acessá-los.

Que você seja influenciado a ter uma vida abundante, para que ao final de sua vida as pessoas possam dizer:
Ele combateu o bom combate.


6 comentários:

Daniel disse...

Para muitos a morte é uma separação definita e angustiante, outros acham que se encontrarão por meio da,reencarnação. Nós, porém, temos a certeza que no céu, os remidos pelo sangue de Jesus se encontrarão e, pelos séculos dos séculos, louvarão ao Senhor, livres de toda dor.
Meu irmão, que Deus continue te abençoando e que te dê a paz.

fania disse...

Combater o bom combate!
Que o Senhor nos conceda esta graça, assim como concedeu a nossa querida Luzivana.Que sejamos soldados que dê orgulho ao seu comandante.
Fiquei tão feliz pela decisão do seu João e, com certeza, a Lú se alegrou junto com os santos, no céu, pela vida que se rendeu ao Senhor.
Transmita, por favor, a minha alegria a ele.

helio disse...

A palavra de Deus nos diz em 1Co.15:58. Portanto, meus amados irmãos, sede firme, inabaláveis e sempre abundantes na obra do senhor, sabendo que, no senhor, o vosso trabalho não é vão.
Você compreende este versículo, a nossa irmã Luzivana compreendia e colocava este versículo em prática, ela era determinada, ela era incansável na obra do senhor, pois ela sabia que não é “vão trabalhar na obra de Deus”. Logo todo o seu esforço foi recompensado, ela ganhou muitas crianças para Deus. Dessa maneira podemos dizer que, “ela realmente combateu o bom combate e completou a carrera”.

romulo disse...

Combati o bom combati... muitos que já foram para a eternidade como nossa irmã Luzivana cumpriu o que diz esse versículo; que Deus nos guarde firmes para que no final de nossa passagem aqui na terra as pessoas digam, agora ele está na presença de Deus. Tambem fiquei muito feliz quando vi o seu João aceitando, estarei orando para que Deus em breve toque no coração da dona Zenaide e de seus filhos.

Pedro disse...

Muito boa a mensagem, pois, nos trás uma alegria profunda e ao mesmo tempo um contentamento. Sabemos que toda jornada tem um começo e um fim, que nossa jornada na terra não durará para sempre. E o apóstolo Paulo se preparou para esse encontro importante. Seus pensamentos sobre o fim desta vida na terra eram sinceros ao falar da sua tristeza, assim como era forte na sua esperança cristã, tanto que nos surpreende em notar que ele usa linguagem esportiva quando diz que terminou com sucesso a corrida, seguindo as regras — os ensinamentos de Cristo. Ele manteve a fé e agora estava pronto para receber o prêmio do Juiz — uma bela coroa de justiça.

Curta ou longa, temos uma jornada nesta vida e o mais importante é chegar ao fim sem perder a fé. Apesar da nossa vida com Cristo nunca terminar.
Estamos Orando sempre por você!

laysa disse...

combate o bom combate...
Queridos muitas vezes não entendemos os mistérios de Deus, mas Ele sabe de todas as coisas estava vendo as fotos do trabalhos de Luzivane cada coisa linda qu ela fez para Deus, eu também sou professora de EBD, sei como é gostoso trabalhar com crianças, mas com certeza o lugar de luzivane está no céu