sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

NÃO TENHO NADA

Quando você dispõe de uma base para iniciar um empreendimento, ou de alguma garantia que o apoie na busca de resultados para seus esforços, tudo parece mais fácil.

Partir do nada ou quase nada é, no entanto, algo muito diferente, e não há muitos que se aventurem a tal salto no escuro.

Observe, por outro lado, que Deus é aquele que pode tornar o valor zero de qualquer pessoa em uma grande cifra.

Foi assim que Ele criou a luz na fundação do mundo, e também foi assim que Jesus multiplicou pães e fez vinho de água pura.

Se está se sentindo abatido, derrotado e sem forças, é chegado o momento de buscar Deus. Ele dará a você um suprimento completamente novo e inesperado do Seu poder, pelo oferecimento de oportunidades surpreendentes para sua vida presente e futura.

"Multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor" Isaías 40:29

Pastor Elcio Lourenço

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

PARDAIS E VOCÊ

"Não temais pois! Bem mais valeis vós do que muitos pardais." 

Mateus 10.31.

Hoje é aniversário de nascimento de John James Audubon, pintor de pássaros. Ele publicou um livro com os seus desenhos chamado Pássaros da América. Talvez você já tenha visto um filme de TV sobre a vida selvagem da autoria de Audubon. Ou quem sabe você já tenha tomado parte num estudo sobre conservação do solo, água, plantas, e a vida selvagem sob o patrocínio de uma sociedade que leva o nome de Audubon.

Um dia, estando o pequeno Jonh brincando no jardim, ele ouviu um leve e estranho ruído que vinha de uma roseira perto do portão de entrada.
Ajoelhando-se ele se rastejou cuidadosamente por entre os longos e espinhentos galhos. Pôde então ver uma espécie de pequena bola de penugem. Com o maior cuidado possível ele se aproximou dos ramos entrelaçados e pegou na mão um filhote de pássaro.
"Pobre filhotinho perdido!" ele disse. "Você deve ter caído do seu ninho original. Não se aflija, eu cuidarei de que sua mãe o encontre." Mas embora procurasse por toda parte, não conseguiu encontrar o ninho.

"Você pode fazer para ele um ninho numa caixa pequena" a mãe sugeriu. "Utilize algodão macio para forrar o ninho, e então cuide de alimentá-Io.” Logo John estava com o ninho pronto para o filhote. Mas este se encolheu num canto com os olhos fechados e recusou comer. A tarde estava morto.

John correu em soluços para a mãe. Ela enxugou-lhe as lágrimas e apertou-o ao coração. Então lançou mão de uma Bíblia que estava sobre a mesa próxima.

"Ouça", ela disse. "quero ler alguma coisa para você: 'Não se vendem dois pardais por um asse? E nenhum deles cairá em terra sem o consentimento de vosso Pai.' " Este verso fez John sentir-se melhor. Ele tem uma mensagem para nós também. Se nem mesmo um pequeno pássaro cai ao solo sem o conhecimento de Deus. Acha que alguma coisa pode acontecer a você sem que Deus saiba e cuide? Ele vê toda vez que você cai. Ouve toda vez que você chora. Nada que lhe aconteça é demasiado pequeno para que Ele desconheça.
Deus ama os pardais e cuida deles - e de você também.

The World Book Encyclopedia, vol. 1, 1973, págs. 860 e 861.

BOA AÇÃO


domingo, 25 de dezembro de 2016

HOJE É NATAL!

Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite.
Lucas 2.8

Alguns afirmam categoricamente que a data do nascimento de Jesus Cristo está errada, não foi dezembro, provavelmente março ou abril, afinal os pastores estavam à noite nos campos cuidando das ovelhas, isso só aconteceria no verão, e dezembro era inverno.

Mas isto pouco importa, o importante é o espírito de gratidão que deve envolver nossos corações. Hoje era para ser um grande dia de festa muito mais do que quando a seleção ganha Copa do Mundo ou do que nosso aniversário. Natal simboliza o nascimento de Jesus Cristo.

Em nossa região, no início do século passado quando os nordestinos desbravam as florestas, eles criaram um código para anunciar o nascimento de uma criança - tiros de espingarda. Desafio você que neste natal grite ao mundo: Jesus nasceu para nos salvar!

Faça como todos os envolvidos no primeiro natal: louve, adore e se aproxime do menino-Deus com hinos e louvores, presentes e amor no coração. Há mais de dois mil anos ele veio a este mundo por causa de você e eu.

Um Feliz natal, na paz de Nosso Senhor Jesus Cristo, o menino que nasceu lá em Belém.

NATAL

sábado, 24 de dezembro de 2016

NASCER MIL VEZES


FELICIDADE, PRESENTE DE NATAL!

Lucas 2:11 - "É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor".

Certo comediante relata que houve um tempo obscuro em sua vida em que nada o fazia sorrir. Disse ele: "Tudo em minha vida dava errado. Vivia sem esperança e sentia-me completamente inútil." Ao aproximar-se o Natal, seu filho pequeno lhe perguntou o que desejaria ganhar de presente.

Este homem, desanimado, respondeu: "Felicidade - e você não pode me dar isso." Quando chegou o Dia de Natal e a família abriu seus presentes, o menino entregou a seu pai um pedaço de papelão onde estava escrita com letras um tanto rabiscadas, a palavra felicidade. O menino disse: "Veja, papai, eu posso lhe dar felicidade!"

Há um costume entre o mundo cristão de se trocar presentes no Dia de Natal. Embrulhos coloridos, laços dourados e crianças ansiosas à espera do tão sonhado presente. Além do brilho da ornamentação característico desta festa de fim de ano, vemos a família reunida, a mesa arrumada, de acordo com o poder aquisitivo de cada um, com as mais deliciosas iguarias. É uma noite de muita alegria para todos.

E o que acontece por ocasião do Natal? O que ele tem significado para nós além de uma noite festiva? Temos tratado o Natal apenas como um dia onde damos e recebemos presentes de amigos e parentes ou representa algo muito mais profundo e marcante para nossa vida cristã?

O filho daquele homem, naquela noite de Natal, trouxe grande alegria ao coração do pai, mas a verdadeira felicidade não vem de um amigo ou parente, mas do próprio dono da festa, Jesus Cristo, esta é a razão do natal. Ele nasceu para que comemorássemos o Natal, para que tivéssemos os pecados perdoados, para nos dar vida e vida com abundância, para que nossos nomes fossem escritos no Livro da Vida, para que a felicidade não fosse apenas uma palavra escrita em um pedaço de papelão, mas fosse real e abundante para toda a eternidade.

Jesus nasceu em uma manjedoura em Belém, e continua nascendo a cada dia em nossos corações. Ele colore e dá brilho à nossa existência e firmados nele, comemoramos o Natal todos os dias do ano.

Deixe Jesus lhe dar a felicidade e retribua o presente dando-lhe o seu coração.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

DOIS BRINQUEDOS

Passeando com sua avó em um shopping, o menino se encantava com os brinquedos expostos nas vitrines. Vendo o interesse do neto, a senhora lhe perguntou: 

– O que você gostaria de ganhar de presente no Natal, querido?

– Ah, vovó, eu queria ganhar dois caminhões, dois carrinhos com controle remoto e dois video-games.

A avó, intrigada com o pedido do neto, indaga-lhe: "Mas por que você quer dois brinquedos de cada?"

– Assim, vovó, eu poderei compartilhar com meus amiguinhos os brinquedos que ganhar.

Bom seria se todos nós tivéssemos o mesmo pensamento do menino de nossa ilustração. Quão felizes seríamos se aproveitássemos o Natal para deixar de lado nosso egoísmo, nossas vaidades, nossa indiferença em relação ao nosso próximo e procurássemos compartilhar aquilo que temos de melhor.

CEGO NO NATAL

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

CELEBRAR O NATAL EM SEU CORAÇÃO

Lucas 2.19 - "Maria, porém, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração”.

Quando aconteceu o primeiro Natal, lemos acerca daquela jovem mãe. Além de Maria ter sido escolhida para dar à luz ao Salvador, ela também é um exemplo de como devemos refletir sobre o verdadeiro significado do Natal.

Depois que Maria ficou sabendo de todas as coisas que os anjos haviam dito acerca do menino Jesus, essas palavras calaram profundamente em seu coração! Lemos: "E, (os pastores), vendo-o (Jesus) divulgaram o que lhes tinha sido dito a respeito deste menino. Todos os que ouviram se admiraram das coisas referidas pelos pastores. Maria, porém, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração" Lucas 2.17-19. Não está escrito apenas que Maria "guardava todas estas palavras ...no coração", pois lemos que ela "guardava todas estas palavras, meditando-as no coração". Isso significa que seu coração estava envolvido nos acontecimentos, que ela não apenas tinha ouvido a mensagem do Natal e ficado impressionada por um momento com o que escutara. Ela ouviu essas palavras e continuou a pensar sobre elas; ela ocupava-se com o que tinha ouvido e repetidamente sentia-se tocada e movida com a lembrança de palavras tão significativas.

É assim que devemos celebrar o Natal. É assim que devemos nos ocupar com a mais importante mensagem que jamais chegou até nós, seres humanos: Jesus veio a este mundo! Que possamos neste início de semana começarmos a refletir na data que relembra o nascimento de Jesus, o nosso Salvador e guardarmos estes acontecimentos em nosso corações.

ENCONTRAR O NATAL

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

AMOR NA LATINHA

A ninguém devais coisa alguma, senão o amor recíproco.



Romanos 13.8

Dois irmãozinhos maltrapilhos, um de cinco anos e o outro de dez, iam pedindo comida de porta em porta.

Depois de muitas portas na cara, acabaram ganhando uma latinha de leite condensado.

Que festa! Ambos se sentaram na calçada. O maior fez um furo na latinha, levou-a à boca, sorveu só uma gotinha e passou a lata para o menor.

- Agora é a sua vez.

O pequeno chupava o leite condensado com um prazer indescritível.

Para evitar que ele bebesse muito depressa, o maior tomava-lhe a lata e dava à entender que ia beber à vontade, mas, só molhava os lábios, para deixar mais leite para o caçula.

- Agora é a sua vez. Só um pouquinho, heim...

Quando o leite acabou, o mais velho começou a cantar, a sambar e a jogar futebol com a lata vazia. Estava radiante.

O estômago vazio, mas o coração cheio de alegria.


E recomeçaram sua caminhada de porta em porta.

O ESPÍRITO DO NATAL

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

VENCENDO TODAS AS GUERRAS

"E o Senhor lhe dava a vitória por onde quer que ia" (2 Samuel 8:6).

William Barclay sugere que "Paracleto" venha do termo usado para uma pessoa que acompanhava um exército grego. Era sua tarefa encorajar os soldados quando eles perdiam uma batalha. Ele, quando isso acontecia, dizia: "Vocês perderam apenas uma batalha e não a guerra inteira." Ele não levava armas mas servia de motivador e conselheiro na hora das provas. O "Paracleto" diria após uma vitória: "Vocês ganharam apenas uma batalha e não a guerra inteira." Da mesma forma Deus, através do Espírito Santo, encoraja-nos a seguir firmes e confiantes durante todas as batalhas.

A nossa vida é cercada de grandes batalhas. Temos de saber enfrentá-las e estar preparados tanto para as vitórias como para as derrotas. Temos que crer que nenhuma das duas situações é definitiva e que Deus tem experiências a nos dar tanto em uma como em outra.

Às vezes nos vangloriamos pelas grandes conquistas e até esquecemos de que Deus esteve ao nosso lado nos ajudando em todos os momentos. Outras vezes nos deixamos abater por um repentino fracasso esquecendo de que Deus estava também ao nosso lado e que tudo servia para nossa edificação e crescimento espiritual. O que realmente importa é que, em qualquer situação, estejamos confiantes e louvando ao Senhor por tudo. Afinal, quando estamos caminhando no centro de Sua vontade, somos e seremos sempre "mais do que vencedores."

Somos filhos de Deus e desejamos ardentemente servi-Lo com toda determinação e prazer. As vitórias e derrotas fazem parte dessa caminhada. O "Paracleto" de Deus, o Seu Espírito, estará conosco e nos conduzirá em alegria. O coração do Senhor se regozijará e nós seremos muito felizes.

Perdendo ou ganhando batalhas, com o Senhor você sempre vencerá todas as guerras.

Paulo Roberto Barbosa

DESCOBRIR O AMOR

domingo, 18 de dezembro de 2016

SEM ACORDO

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. 

Tiago 4:7

A vida cristã tem propósitos e objetivos claramente definidos na Bíblia. E não é fácil alcançar o padrão exigido por Deus. Há sempre lutas a serem travadas na alma, no coração no mundo e os inimigos são os mais diversos: paixões e desejos da carne, o próprio homem, o mundo que o cerca e, às vezes, os seus mais chegados amigos, etc.

Por isso, É preciso ter cuidado com os inimigos, já que na vida do cristão existem coisas que não podem ser negociadas e acordo que jamais podem ser feitos. Se isto acontecer, estaremos pondo em risco o nosso relacionamento com Deus e o nosso caráter estará sendo influenciado para o mal.

Não sei o que Judas pensava ao procurar os sacerdotes para negociar sua traição a Jesus? Mas ele não encontrou nada do que imaginava. Diz a Bíblia que ele pegou sua pequena recompensa e devolveu aos sacerdotes. Mas já era tarde... O mal tinha sido semeado e seu coração fora contaminado de tal forma que a dor, a tristeza e o remorso o levaram ao suicídio.

É preciso compreender que há coisas que o cristão não pode negociar com ninguém. São inegociáveis. Provérbios nos diz: "sobre tudo o que se deve guardar, guardo o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida"

Que Deus nos ajude a dizer não aos nossos inimigos.

ACENDA UMA VELA


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

PERDOADO E JUSTIFICADO

"E da parte de Jesus Cristo, a fiel testemunha, o primogênito dos mor­tos, e o soberano dos reis da terra. Aquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados..."

Ap 1.5

A palavra sangue é mencionada cerca de 460 vezes na Bíblia. No Novo Testamento, Jesus falou 14 vezes de seu próprio sangue. Só pelo derra­mamento do seu sangue, ele propiciou a possibilidade de nossa salvação e pagou a pena por nosso pecado e nos remiu.

Voluntariamente, ele aniquilou a sua vida e pagou a pena que nós devíamos pagar. É este o significado da cruz. O sangue de Jesus Cristo não nos redime apenas, mas também nos justifica. Ser justificado significa mais do que ser perdoado. Posso dizer: "Eu te perdoo, mas não te justifico". Deus, no entanto, não somente perdoa o passado. Ele reveste a nova criatura de justiça, como se jamais houvesse pecado. Isto custou o sangue de seu Filho na cruz

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

UMA MÃO LAVA A OUTRA...

"O mundo é dos espertos, mas acho que não sou um deles"


Machado de Alencar


Recente pesquisa revelou que em cada quatro brasileiro, três admitem que praticariam algum ato de corrupção se tivessem oportunidade.

Vendo por esse ângulo dá pra entender porque somos campeões e, miséria, violência, prostituição e outros males.

Você não pode fugir desta verdade: a miséria só existe porque tem corrupção.

Criamos e divulgamos a idéia de que a esperteza é a chave de tudo. As pequenas corrupções praticadas no dia-a-dia alimentam um mal maior que afeta diretamente as classes mais pobres.

É verdade que no poder público tem gente que não presta, mas quem os colocou lá?

E minhas mãos? Estão sujas? Eu financio o comércio pirata? Sou desonesto na minha vida escolar, na minha casa, com meus amigos? Acredito que vale tudo para alcançar a vitória?

Com certeza, os fins não devem justificar os meios. O país está tão atolado em práticas corruptas, que ser honesto dá manchete em jornais. A corrupção mata silenciosamente e gradativamente. Ela te faz perceber que não existe outro meio de vencer, de ter o que você quer, a não ser através da trapaça, da mentira, do chamado "jeitinho brasileiro".

Entretanto, ainda há tempo de mudar, mudar a sociedade, mudar a si mesmo.

Caso contrário, não existirá água no mundo capaz de limpar a sujeira das suas mãos.

Gilberto Cardoso

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

BÍBLIA

Para sempre, ó SENHOR, está firmada a tua palavra no céu.

Salmo 119.89

domingo foi o dia da Bíblia - a Palavra de Deus. Nenhum livro do mundo é tão atacado, combatido, chamado de antiquado, preconceituoso e condenado quanto ela. No entanto,
os números alcançados pela Bíblia são inacreditável:

- É o maior Best-seller de todos os tempos com mais de 6 Bilhões de cópias vendidas em todo o Mundo.

- A Bíblia escrita ao longo de um período de 1.600 anos por cerca de 40 homens das mais diversas profissões, origens culturais e classes sociais.

- De acordo com as Sociedades Bíblicas Unidas, a Bíblia já foi traduzida, até 31 de dezembro de 2007, para pelo menos 2.454 línguas e dialetos, sendo o livro mais traduzido do mundo.

As vidas que já foram marcada pelos textos bíblicos são incalculáveis. Ela é a maior obra escrita entre os homens, porque nela encontramos respostas para as perguntas mais importantes da vida. Leia a Bíblia.

Cassiane - A Tua Palavra


A FELICIDADE

sábado, 10 de dezembro de 2016

O CHORO

Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.


Salmo 30:5


O mundo não é perfeito, muito pelo contrário, o mal está em todos os lugares, até em nós. Salomão disse que há a necessidade de guardamos o nosso coração, de fazermos dele uma fortaleza que resista as investidas dos soldados do mal, protegendo-nos de nós mesmos e livrando a alma de angústias e dificuldades desnecessárias.

Por outro lado, às vezes não há como evitar que a tristeza, a dor, o choro nos atinja, porque o mal que provocou o sofrimento é consequência de nossa semeadura antiga ou de um outro ser que visita ou convive em nosso mundo familiar. Aí! o choro sempre virá.

O choro em si não é mal ou resultado de uma vida desventurada ou sem Deus. Muito pelo contrário, pode ser um mal extremamente necessário para nos conduzir com segurança ao centro da vontade de Deus. O Senhor Jesus algumas vezes chorou... Foi um choro de amor, de tristeza, de sinceridade..

A Bíblia Fala que Pedro negou Jesus, e que essa negação resultou em muito choro... Isso foi necessário para que Pedro se voltasse para Deus com toda a convicção necessário para liderar os discípulos a evangelizar o mundo;

O que a Bíblia nos ensina no versículo acima é que o choro é inevitável, mas sua duração dependerá  de como nos relacionamos com Deus, porque que tem Deus como companheiro tem a certeza de que a noite será pequena e que o amanhã sempre será glorioso.

Bruna Karla - Quando eu Chorar.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

MÃOS ERGUIDAS

"Vós  mesmos  sabeis  que  estas  mãos  proveram  as  minhas necessidades e as dos que estavam comigo" 

Atos 20.34

Alberto nasceu na  Alemanha  e  desde  cedo  revelou  grande aptidão pelo desenho e pintura. Mais tarde, teve oportunidade de  estudar  numa  cidade  maior  onde  com  sacrifícios  se mantinha nos estudos. Encontrou um colega na mesma  situação e se tornaram amigos, repartindo entre si o quarto, a comida e até as privações. Um  dia,  quando  juntos  enfrentavam  a maior crise de recursos, o amigo lhe disse:

- Nossa maneira de lutar pela sobrevivência não nos  permite êxito  nos  estudos.  Então,  deixemos  que  um  de  nós  só trabalhe, enquanto o outro só estuda. Quando este começar  a vender os seus quadros e obtiver lucros para o sustento  dos dois,  então  aquele  que  só  trabalhou  passará  a  apenas estudar.

- Muito bem pensado - disse Alberto. - Serei  o  primeiro  a trabalhar.

- Eu sou mais velho e não tenho  tanto  talento  como  você; além do mais, já  estou  trabalhando  em  um  restaurante  - retrucou o amigo.

Alberto concordou. No dia seguinte, foi para a escola e logo instalou sua oficina. Desenvolvia a  sua  arte,  enquanto  o amigo trabalhava e o fazia alegremente, por estar cooperando com Alberto e também pela esperança de um dia  retornar  aos estudos interrompidos. Um dia vendeu-se o primeiro quadro  e feliz Alberto apresentou ao amigo o resultado, dizendo:

- Agora eu trabalharei para o nosso sustento e você  voltará amanhã mesmo para a escola.

O colega, com as esperanças renovadas, voltou à arte. Gastou horas trabalhando, mas fez pouco  progresso.  Seus  dedos  e músculos  haviam  enrijecido  e  as  articulações  crescidas dificultavam  o  manuseio  do   pincel.    Alberto tentou encorajá-lo, porém, dentro de alguns meses, o amigo concluiu que teria de sacrificar sua arte  para  sempre  e  voltou  a trabalhar  no  restaurante.  Vendo  o  que  acontecera    ao companheiro na ânsia  de  ajudá-lo,  o  coração  de  Alberto parecia  despedaçar-se,  pois  sabia  que  jamais    poderia restituir-lhe a flexibilidade dos dedos. Todavia,  havia  de amá-lo sempre, sendo-lhe eternamente reconhecido.

Um dia, voltando ao quarto, ouviu a voz do amigo em oração e o viu com aquelas mãos calejadas erguidas, rogando a Deus pelo sucesso do companheiro e suplicando  que  lhe  desse  a habilidade com a qual ele sonhou uma vez possuir. Foi grande a emoção de Alberto, enquanto dizia para si  mesmo:  "Jamais poderei restituir àquelas mãos a habilidade perdida, mas  eu posso mostrar ao mundo um  sentimento  de  amor  e  profunda gratidão, pelo seu tão nobre feito em benefício de um amigo. Pintarei suas mãos assim como as vejo e acontecerá  que,  ao olharem para a tela, todos sentirão  como  vivos  seu  gesto altruísta".

E foi justamente o que fez Alberto e o mundo hoje conhece  o magnífico quadro das Mãos Erguidas.

Fiquem na paz!

Virginia

PERDOAR

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

O ABRAÇO DA JIBOIA

O salário do pecado é a morte.  

Romanos 6.23 
Conta-se o caso de um saltimbanco que treinara uma jiboia a enlaçar-lhe o corpo, desenlaçando-se depois.

Uma noite ele percebeu, horrorizado, que o enorme réptil lhe apertava mais e mais o corpo. Gritou por socorro, mas a plateia julgou que isso fizesse parte do ato. Só deram pelo fato quando viram o homem desfalecendo e morrer no abraço da serpente.

Ouviu-se depois alguém dizer, ao abandonar o circo: "Não importa o quanto se conheça esse animal, cobra é sempre cobra".

Acrescentarei: "Não importa o quanto se conheça o pecado ou se pensa que é capaz de "domá-lo", pecado é sempre pecado e, por fim, ele vai te matar."

Fonte: Livro: Conta mais uma!
Editora Mensagem Para Todos

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

LIVRES DO PECADO

A pequena aldeia de Beaulieu, em Hampshire, Inglaterra, é famosa por seu mosteiro, hoje em ruínas. Ali, em 1539, respeitava-se a lei de asilo. Na­quele lugar, ladrões, assassinos ou quaisquer fugitivos da justiça podiam se refugiar e salvar suas vidas. Ninguém podia prendê-los ali. 

H. V. Morton diz o seguinte, a propósito dessa lei: "O delegado da polí­cia podia golpear os portões e os cavaleiros podiam galopar em volta de seus muros por quanto tempo quisessem, mas a raposa tinha se evadido para uma terra santa, estava salva como se nunca tivesse cometido pecado". 

A graça de Deus em Cristo Jesus provê asilo para os pecadores. Por mais grave que seja seu pecado, o homem pode voltar-se arrependido para Deus e ser perdoado. E como se nunca tivesse pecado, torna-se uma nova criatura em Cristo Jesus. Sobre ele se ergue o santo escudo do favor divino. Neste refúgio por Deus preparado, ele poderá permanecer até ser recebido na inexpugnável cidade celestial.

domingo, 4 de dezembro de 2016

PACIÊNCIA

Ora o Senhor encaminhe os vossos corações no amor de Deus, e na paciência de Cristo.

2Te 3:5

Ouvi a história de um homem, que era gerente de uma grande companhia em Londres. Este homem ia pegar o trem, a fim de assistir a uma importantíssima reunião de negócios. Mas perdeu o trem. O relógio na parede do escritório andava atrasado, e por isso o gerente não chegou a tempo à estação. 

Perdendo completamente o controle de si mesmo, o homem apressou-se em voltar ao escritório. Agarrando o grande relógio, jogou-o pela escada de pedra abaixo. Provavelmente teria feito assim com seus brinquedos quando criança e rapaz também! Se houvesse sido um homem em vez de um relógio que lhe motivasse o atraso, quem sabe se na fúria não lhe tivesse tirado a vida também? 

Muitas vezes, agimos assim também... Perdemos a paciência facilmente, atiramos pedras, derrubamos relógios, esbravejamos do alto da montanha. No entanto esse tipo de atitude não resolve nada, não avança em nada, muito pelo contrário, tem um efeito negativo muito grande, torna o ambiente pesado e o dia cinzento.

A Bíblia conta a história de Saul. Ele poderia ter sido um grande rei, tinha qualidades para isso. Porém a falta de paciência o levou a uma vida de tragédias. Minha oração é que Deus nos dê sabedoria e paciência para conduzirmos a vida rumo à paz, alegria e sucesso.

Fandermiler Freitas

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

PRÓXIMO DE DEUS

Aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.

Hebreus 10:22


Se aproximar de Deus é o desejo de muitos, no entanto o homem esbarra na pergunta: como? O seu coração está continuamente a procura de uma maneira.

A Bíblia narra a história de Caim que o quis fazer através de sacrfícios. Ele ofereceu o que considerava bom e agradável, mas foi rejeitado porque Deus observa além das intenções a obediência; E nisso Caim falhou.

Outro homem que buscou a Deus foi o Jovem rico que tentou aproximar-se de Jesus usando as boas ações, mas que terrível engano, as boas ações de nada servem para encontrar Deus. Elas falam que você é uma boa pessoa, que tem um coração compadecido. No entanto, Deus não está no final de uma boa ação.

Existiu uma mulher, chamada Jezabel, que tentou encontrar Deus, nas muitas religiões. Ela construiu templos, fez cultos e permitiu cerimônia religiosas consagradas a muitos deuses. Mas no final de sua vida descobriu com tristeza que Deus não está numa religião. Só se pode encontrar Deus através de Jesus. E Jesus não é uma religião.

Se seu coração tem desejado aproximar-se de Deus, saiba que não será através de boas ações, nem de uma religião ou de sacrifícios que Ele se revelará a você, mas através de Jesus. Se encontrares a Jesus, encontrará a Deus.

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

Fandermiler Freitas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

INÚTIL PREOCUPAÇÃO

Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” 

Mateus 6:27

A ansiedade é um hábito caro. Claro, ela valeria a pena se funcionasse. Mas não funciona. As nossas preocupações são estéreis.

A preocupação nunca clareou um dia, jamais resolveu um problema ou curou uma doença.

Deus nos guia. Deus fará a coisa certa no tempo certo. E que diferença isso faz.

Todas as coisas, grandes e pequenas, fluem do propósito de Deus e servem à sua boa vontade. Quando a vida parece estar fora de controle, Ele não está. Quando problemas parecem dominar, essa não é a verdade, Deus tem tudo sob Seu poder. Quando adversidades proliferam, não deixe que elas o dominem.

Vamos confiar em nosso Pai celestial – Sem medo

Max Lucado

PERDOA

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

DIFICULDADES

"Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te."
 
Apocalipse 3:19

Todos os dias temos problemas, alguns pequenos e de fácil resolução; outros, no entanto, enfrentamos com muitas dificuldades e por longo período.

O problemas das dificuldades é que, muitas vezes, elas nos fazem perder o foco na realidade e acreditamos que estamos sendo afligidos e perseguidos implacavelmente pelo diabo ou seus demônios. Na verdade, nós gostamos dessa explicação porque ela nos absolve de muitos de nossos erros e de suas consequências.

No entanto, a Bíblia diz que muitas de nossas dificuldades na vida provém de Deus, que está tentando abrir nossos olhos para o erro, livrar nossos pés do caminhos errado e purificar nosso coração de nossos pecados.

Minha oração hoje é que sejamos sábios para compreender qual é a vontade de Deus em nossa vida, humildes para reconhecer nossas falhas e sinceros em buscar a verdade. Deus ama seus filhos, mas Ele não permitirá que eles vivam uma vida cercada pelo mal sem repreendê-los.

Que o Pai nos ajude a enxergar sua mão quando ela nos repreende e castiga, e nos faça buscar o arrependimento sincero.

Fandermiler Freitas

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

SEGUNDA OPINIÃO

Durante uma entrevista televisiva, perguntaram a um comediante: "O que pretende dizer quando se encontrar com o Seu Criador?"

O comediante pensando na possível rejeição de Deus e refletindo na forma de pensar atual, tentou ter graça: "Vou simplesmente pedir uma segunda opinião!

Houve um tempo em que uma opinião de um perito em qualquer campo era tomada como correta e final. Mas hoje, procuramos com frequência o conselho de muitos profissionais até que encontramos aquele que achamos ser o melhor. Isto tem-nos dado valiosos benefícios. Mas quando procuramos respostas acerca do nosso destino eterno, só uma opinião importa. Deus tem a resposta final. -




Fonte: http://www.gospelcom.net/

terça-feira, 22 de novembro de 2016

NÃO TENS PARA ONDE FUGIR

No capítulo primeiro do livro de Jonas, Deus entrega uma missão a seu servo Jonas, ele tinha que ir a Nínive falar do grande amor do Santo de Israel. Mas considerou sua missão árdua demais e decidiu fugir da presença de Deus.

Jonas arquitetou todo o seu plano, suas ações pareciam perfeitas, pegaria um navio e partiria para Társis. Lá, iniciaria vida nova; um povo que não conhecia, um novo trabalho, novo lar.

Pagou as passagens e se acomodou no mais profundo do porão, e dormia tranqüilo como se nada tivesse acontecido. Enquanto isso, o mar revoltava-se, o vento açoitava as velas e os marinheiros faziam preces aos seus Deuses.

Jonas tentou fugir de Deus, pensando assim que viveria mais feliz. Talvez eu esteja falando com alguém que pensa assim. Não sei quais os motivos que te levaram afastar-se da vontade do Pai e pegar um navio em direção contrária. No entanto, o mundo se tornou para você um grande e infinito mar em tempestade. Já tentou com todas as tuas forças acalentar teu coração, fazer tua alma descansar tranqüila, mas todos os teus esforços foram em vão. É hora de te lançar ao mar, e como Jonas no mais profundo do mar, inclinar tua cabeça e com o coração quebrantado e arrependido retornar ao pai.

Ele te ouvirá, e qual seja a tua dor, suas palavras balsâmicas curarão tuas feridas; não importa por onde tenhas andado, seu olhar amoroso te receberá de braços abertos como fez com o filho pródigo; se já mentistes, desprezastes, praguejastes, negastes o autor da vida, Ele olha para ti, como fez a Pedro quando este próximo a sua crucificação o abandonara, resolvido a salvar sua vida, esperando que chores arrependido.

Não precisas fugir, porque não tens para onde fugir. Teu coração será teu acusador em todos os dias; Tua vida é uma tragédia e não tens para onde ir. Como o ladrão da cruz, estás condenado a morrer sem Deus bem próximo de Jesus. Enquanto houver vida hás de lembrar os braços do Pai e serás infeliz porque sabes que só Deus pode fazer teu revolto mar se acalmar. E nunca poderás dizer:

“Se tomar as asas da alva e habitar nas extremidades do mar. Ainda ali tua mão me guiará e a tua destra me susterá.” Sl 139:9-10.

AS COISAS DE DEUS

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

ENTRANDO PELAS PORTAS

Dos mais básicos aos mais avançados usuários da tecnologia digital, quantos têm condições de pagar o valor dos softwares necessários ao seu uso? Citando alguns, a começar pelo sistema operacional, quantos dispõem de R$800,00 para comprar o Windows 10? Quantos dispõem de R$794,00 para comprar uma licença do Camtasia? Quantos tem na conta R$1.400,00 para pagar pelo Sony Vegas?

Portanto, é uma tentação irresistível poder ter estes programas funcionando em nosso computador como se fossem autênticos a um custo zero. Formas de burlar sistemas e quebrar códigos são criados constantemente para que isto seja possível. 

Durante muitos anos até mesmo as igrejas tinham seus computadores funcionando com sistemas operacionais e outros programas ativados de forma ilegal. Sou usuário de computador há mais ou menos quinze anos e fiz uso de muitos programas com ativação ilegal.

Quantas vezes, ao formatar meu computador e reinstalar o sistema operacional, segui a instrução: “instale com a internet desligada” para que a Microsoft não detecte a instalação. E em determinado momento, é exigido uma conta da Microsoft. Mesmo que eu tenha uma conta, não quero que ela seja solicitada. Tenho que entrar clandestinamente, depois ativar o sistema para que ele se comporte como se fosse autêntico. Esta é a experiência de milhares de pessoas que usam o sistema da Microsoft.

O ano de 2016 foi o ano em que comecei a me questionar e orar pedindo a Deus caminhos e condições financeiras para pagar pelos programas que uso. Alguns desenvolvedores baratearam seus produtos, outros propuseram pagamentos mensais a um valor mensal amigável o que me levou a adquirir algumas licenças.

Quando foi sugerido aos usuários do Windows que migrassem para a versão 10, recebi um e-mail da Microsoft oferecendo uptdate gratuito. A oferta foi anunciada na Net no início de 2015 até meados de julho de 2016 para quem quisesse instalá-lo gratuitamente mesmo que usasse uma versão pirata . Imediatamente, entrei no site da Microsoft, fiz o download e instalei no meu computador. Mas não abandonei a preocupação antiga de instalar com a internet desligada para que minha conta não fosse solicitada e depois, como sempre, correr atrás da ativação ilegal.

Para minha feliz surpresa, após instalá-lo verifiquei que ele já estava ativado. Descobri, após algumas formatações e reinstalações, que instalar com a internet ligada e fornecer minha conta, é uma forma de autenticá-lo e informar aos desenvolvedores quem eu sou. 

Imaginemos a cena: eu instalando o sistema de forma legal e autêntica e o dono do outro lado perguntando “quem é você?” e eu, através da minha conta, me identificando. O dono respondendo: “já sei quem é você, pode prosseguir”. Sem peso na consciência, sem culpa termino minha instalação. O dono carimba: “autêntico e ativado”. Agora você tem direito a proteção, atualizações e suporte.

Tudo isto me fez meditar sobre a autenticidade da salvação, sobre nossa identidade em Cristo. Através de Jesus ganhamos o direito de sermos chamados filhos, nos tornamos herdeiros, temos acesso direto a Deus. 

Quando reflito no capítulo 7 de Apocalipse duas passagens me fazem pensar. Primeiro diz que a “salvação pertence ao nosso Deus” e Ele gratuitamente no-la outorgou. Segundo, quando é perguntado “quem são estes que estão vestidos    de branco, e de onde vieram?”. A resposta foi imediata e direta: “estes são os que vieram da grande tribulação e lavaram suas vestes e a branquearam no sangue do Cordeiro. Por isso eles estão diante do trono de Deus e o servem dia e noite no seu santuário”. 

Eles foram identificados pela sua origem e pelas vestes. Não eram clandestinos, ilegais ou invasores; não burlaram sistema nem quebraram códigos. Através de Jesus, entraram pelas portas da frente. Ouviram o “vinde, benditos de meu Pai”. Por isto estavam diante do trono e serviam a Deus.

Quem não instalou o Windows 10 na época em que foi oferecido gratuitamente, até hoje tem que ativá-lo de forma ilegal. Talvez porque não acreditaram na oferta ou porque não quisessem deixar a versão com a qual estavam acostumados. Mas, mais cedo ou mais tarde, temos que migrar. 

Deus nos oferece: “Todos os que tem sede, venham às águas cristalinas. E quem não tem dinheiro nem recursos, vem agora, compra e coma! Vem adquirir vinho e leite sem pagamento e sem custo!”. A oferta é de tão grande generosidade que nos custa acreditar ser verdadeira. 

O Pai não nos quer mais na clandestinidade, passando necessidade de coisas que Ele nos tem para dar com abundância e sem nada exigir a não ser que acreditemos e venhamos.


Vítor de Oliveira

O QUE NÃO É BOM


sábado, 19 de novembro de 2016

OBRIGADO

Um coração agradecido é tão difícil de encontrar como um tesouro enterrado no quintal. O apóstolo Paulo falando disso, menciona o quanto Deus aprova tal atitude: Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus!

Imagine as situações mais intrigantes que nos podem acontecer: o sujeito que fecha você no trânsito e quase comete um acidente; a mulher que canta o seu marido na sua frente; você perdeu algum dinheiro porque emprestou a um amigo que não lhe pagou; seu filho vai muito mal na escola; as pessoa entenderam mal o que você falou e isso causou um mal entendido; seu melhor amigo fala de você pelas costas.

Díficil! Não é? Como então agradecer a Deus? Não é tarefa fácil, mas é isso que o Pai espera de nós. É preciso olhar a vida de outro modo, com os olhos da fé. Por que o Pai permite que coisas como essas aconteçam? É uma pergunta com muitas respostas: talvez para nos livrar de um mal maior! Talvez para nos ensinar algo de grande importância no futuro! Talvez precisasse abrir nos olhos e ouvidos! Talvez você estivesse indo muito rápido! Ou talvez seja somente necessário que isso aconteça.

Eu não tenho uma reposta para isso, mas uma coisa eu sei: todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Você precisa perguntar para Deus e esperar porque o tempo, responderá.

QUANDO A GENTE CONHECE ALGUÉM


sexta-feira, 18 de novembro de 2016

CICATRIZES

Há alguns anos, em um dia quente de verão, um pequeno menino decidiu ir nadar no lago que havia atrás de sua casa...

Na pressa de mergulhar na água fresca, foi correndo e deixando para trás os sapatos, as meias e a camisa. ‘Voou’ para a água, não percebendo que enquanto nadava para o meio do lago, um jacaré estava deixando a margem e entrando na água. Sua mãe, em casa, olhava pela janela enquanto os dois estavam cada vez mais perto um do outro. Com medo absoluto, correu para o lago, gritando para seu filho o mais alto quanto conseguia. 

Ouvindo sua voz, o pequeno se alarmou, deu um giro e começou a nadar de volta ao encontro de sua mãe. Mas era tarde. Assim que a alcançou, o jacaré também o alcançou. A mãe agarrou seu menino pelos braços enquanto o jacaré agarrou seus pés. Começou um cabo-de-guerra incrível entre os dois. O jacaré era muito mais forte do que a mãe, mas a mãe era por demais apaixonada para deixá-lo ir.

Um fazendeiro que passava por perto, ouviu os gritos, pegou uma arma e disparou no jacaré. De forma impressionante, após semanas e semanas no hospital, o pequeno menino sobreviveu. Seus pés extremamente machucados pelo ataque do animal, e, em seus braços, os riscos profundos onde as unhas de sua mãe estiveram cravadas no esforço sobre o filho que ela amava.

Um repórter do jornal que entrevistou o menino após o trauma, perguntou-lhe se podia mostrar suas cicatrizes. O menino levantou seus pés. E então, com óbvio orgulho, disse ao repórter: “Mas olhe em meus braços. Eu tenho grandes cicatrizes em meus braços também. Eu as tenho porque minha mãe não deixou eu ir”.


Podemos nos identificar com aquele menino. Trazemos muitas cicatrizes. Cicatrizes de "jacarés da vida", que muitas vezes procuram nos devorar. Podemos trazer em nossas recordações cicatrizes de abandono, traição, injustiças e muitas outras. Podemos passar a vida olhando para elas e relembrar o quão doloroso foi sofrer aquele “ataque”. Talvez, continuamente, mostramos aos outros as “marcas” de um passado difícil.


Mas algumas marcas que trazemos, é resultado de Deus não ter permitido você ter sido arrebatado das suas mãos. Estas cicatrizes ocorreram quando o Senhor não permitiu que você partisse. Ele estava lhe segurando. Então quem pode nos separar do amor de Cristo? Serão os sofrimentos, as dificuldades, a perseguição, a fome, a pobreza, o perigo ou a morte?


Talvez você esteja passando por momentos difíceis. Se o mundo procura devorar você, não se esqueça que Deus está segurando, com firmeza, a tua mão. Ele não quer perder você. Ainda que seja preciso deixar cicatrizes.

EU DESCOBRI