domingo, 31 de maio de 2020

O VELHO QUE NUNCA AMOU

Contam que Bajezid Bistami encontrava-se falando a uma grande e atenta platéia. Todos os presentes, velhos ou jovens, estavam fascinados com suas palavras. No auge deste encantamento, quando seu discurso enlevava a todos, entrou um fumador de ópio, e com a fala algo arrastada disse:

- Mestre, meu burro se perdeu. Ajuda-me a encontrá-lo.

- Paciência, meu filho, eu vou achá-lo - disse-lhe Bajezid Bistami, continuando seu sermão.

Após algum tempo, enquanto ainda discursava, perguntou aos presentes: "Existe alguém entre nós que nunca amou?"

- Eu - disse um velho levantando-se - eu nunca amei ninguém, desde minha mais remota juventude. Nunca o fogo da paixão consumiu minha alma. Para que não turvasse minha mente, nunca deixei o amor ocupar meu coração.

Bajezid Bistami voltou-se então para o fumador de ópio que pouco antes o havia interrompido e lhe disse: "Vê, meu filho, acabo de achar teu burro! Pega-o e leva-o daqui."

PARA ADORAR


sábado, 30 de maio de 2020

RADIOGRAFANDO O CORAÇÃO HUMANO

O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?

Jeremias 17:9

É dito que quando Marcus Whitman pregava aos índios encontrou no coração destes a mesma rebelião contra a cruz que encontrara em toda parte. Whitman explicou que Cristo morreu na cruz para nos salvar do pecado porque o homem havia pecado contra Deus. Uma vez que o homem é um pecador, necessita de um Salvador do pecado. Mas os índios protestaram e pediram que o missionário pioneiro do Oregon lhes pregasse "palavra boa".

– Diga-nos que somos homens bons, homens bravos.

Os deseducados índios se ressentiam da condenação da cruz tal como o faziam os chamados homens civilizados.

Isso parece ser comum aos homens em toda parte, quer vivam como canibais nas selvas, quer como homens de negócios em nossas grandes cidades, ou mesmo como professores de uma Universidade.

O homem é demasiado orgulhoso para concordar que necessita de um Salvador. Prefere ter o ego lisonjeado com a afirmação de que ele é bom, é "bravo".

Fonte: http://www.iasdemfoco.net/

PODE SER CORRIGIDO


sexta-feira, 29 de maio de 2020

BÊNÇÃOS REAIS

“Que Deus lhe conceda do céu o orvalho e da terra a riqueza, com muito cereal e muito vinho. Que as nações o sirvam e os povos se curvem diante de você […].” (Gênesis 27.28-29)

Desejar a alguém boas coisas ou filhos obedientes e bondosos dificilmente seria considerado dar-lhe uma bênção, por causa da incerteza do resultado. Entretanto, o que Isaque deu a Jacó não eram palavras vazias nem bons desejos de uma pessoa para outra. A bênção de Isaque era definitiva e certamente aconteceria. Não era um simples desejo. Isaque realmente deu a Jacó algo, dizendo a ele, na verdade: “Tome os presentes que estou lhe prometendo com minha palavra”.

Dizer: “Desejo a você corpo e mente fortes e saudáveis” não significa muito. Contudo, se eu lhe desse mil reais e dissesse: “Gostaria que você recebesse esse dinheiro de presente”, seria diferente. Semelhantemente, Jesus disse ao homem paralítico: “Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa” (Mt 9.6). Se ele estivesse apenas desejando o melhor ao homem, teria dito: “Pobre homem, eu gostaria que você fosse saudável e forte”. Mas isso não teria curado nem fortalecido o homem enfermo. Aqueles bons desejos teriam pouco efeito.

A Bíblia não está cheia de bons desejos, mas contém bênçãos verdadeiras, que realmente acontecem. Nós temos esse tipo de bênçãos no Novo Testamento por meio de Cristo. Recebemos uma bênção quando o pastor diz: “Receba perdão pelos seus pecados”. Se ele dissesse: “Eu gostaria que Deus mostrasse favor e misericórdia a você, lhe desse vida eterna e perdoasse os seus pecados”, seria meramente uma expressão de amor. Em vez disso, ele diz: “Eu perdoo todos os seus pecados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Essas palavras têm o poder de realmente perdoá-lo, se você crer. 

>> Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato. 

LIBERDADE


quinta-feira, 28 de maio de 2020

TUDO BEM

E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

2 Coríntios 12:9

O apóstolo Paulo estava enfrentado uma crise de dores e conflitos enormes em sua vida, sentia-se impotente, a ponto de a angústia lhe afligir o coração com força. E ninguém gosta de sentir-se assim, por isso clamou ao Pai para que o ajudasse. Mas a resposta de Deus foi no mínimo decepcionante - A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.

Em vez de reclamar ou sentir-se injustiçado ou declarar uma séries de impropérios contra Deus, ele apenas disse: tá tudo bem! - De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

Como é difícil em meio as lutas ouvir o Não do Pai depois de tanto clamar! O coração da maioria das pessoas não aceita o fato de que as coisas podem ser diferentes do que imaginávamos ou sonhávamos. Diante de um quadro tão negro, você pode dizer tudo bem?

Fandermiler Freitas

Juliano Son - Tudo Bem


AVENTURAR-SE


quarta-feira, 27 de maio de 2020

O MESTRE PACIÊNCIA

Numa das tardes em que o mestre da paciência estava ensinando uma de suas turmas de alunos, chegou até a porta esse homem gritando e dizendo toda sorte de palavras de baixo calão, com a intenção clara de desafiar o mestre.

O mestre levantou-se calmamente, como de costume, e foi em direção aquele homem. Todos se levantaram para acompanhar o que o mestre faria. O mestre chegou perto do homem e parou. Então o homem começou a insultá-lo gritando muito e com muitas ofensas. Vendo que o mestre parecia não ser atingido começou a jogar pedras em sua direção; também cuspia tentando acertá-lo e o ofendia de todas as formas possíveis.

Várias e várias horas se passaram, os insultos continuavam, mas o velho mestre permaneceu inalterado, sem esboçar qualquer reação.

No final da tarde, o homem que ofendia o mestre, sentindo-se humilhado e bastante cansado, parou com os insultos e as tentativas de violência e retirou-se cabisbaixo.

Os alunos do mestre da paciência, impressionados com tudo aquilo que presenciaram, chamaram o mestre e lhe perguntaram:

– Mestre, como o senhor pode aguentar tamanha provocação? Aquele homem te humilhou, te xingou, feriu a sua dignidade e também agiu com violência contra o senhor!

Então o mestre respondeu aos seus alunos, após pensar por alguns segundos:

– Alunos, quando alguém lhe traz um presente, e você não o aceita, esse presente pertence a quem?

– A pessoa que mandou entregá-lo, mestre!

– Assim também acontece com a inveja, com a cobiça, com a raiva, com os insultos e com toda e qualquer coisa negativa que as pessoas tentem te entregar, seja com violência ou não. Quando essas coisas não são aceitas, permanecem pertencendo a quem as carregava consigo. Aquele homem tentou por toda a tarde me entregar ódio, raiva, ira, insultos e violência, mas eu não os recebi, portanto, ele teve de os levar de volta!

Então, os alunos viram na prática mais uma aula do mestre da paciência, que conseguira vencer mais uma batalha apenas colocando em prática a sua paciência!

 “Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração” (Tiago 5:8)

ARAUTOS DE DEUS


terça-feira, 26 de maio de 2020

SINAIS DE DEUS

Conta-se que um velho árabe analfabeto orava toda noite com tanto fervor e com tanto carinho que, certa vez, o rico chefe de uma grande caravana chamou-o e lhe perguntou: por que oras com tanta fé?

– Como sabes que Deus existe, se nem ao menos sabes ler?

O crente fiel respondeu: Grande senhor, conheço a existência de nosso Pai celeste pelos sinais Dele.

 Como assim?  Indagou o chefe, admirado.

O servo humilde explicou: quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu?

 Pela letra  respondeu.

  E quando senhor admira uma joia, como é que se informa sobre a sua autoria?

 Pela marca do ourives, é claro.

O servo sorriu e acrescentou: quando ouves passos de animais, ao redor da tenda, como sabes, depois, se foi um carneiro, um cavalo, um boi?

 Pelos rastros  respondeu o chefe, surpreendido.

Então, o velho crente convidou-o para fora da barraca e, mostrando-lhe o céu, onde a lua brilhava, cercada por multidões de estrelas, exclamou, respeitoso:

 Senhor, aqueles sinais lá em cima, não podem ser de homens!

Naquele momento o orgulhoso caravaneiro, rendeu-se às evidências e, ali mesmo na areia, sob a luz prateada do luar, começou a orar também. Deus, mesmo sendo invisível aos nossos olhos, deixa-nos sinais das mais variadas formas:

Na manhã que nasce calma e silenciosa...

No calor do sol que aquece os seres e permite a vida...

Na chuva que molha a relva, corre nos leitos dos rios e refresca as areias quentes das praias solitárias...

Os sinais de Deus estão nas pastagens verdes que alimentam o gado... E na vida teimosa do sertão esturricado pelo calor escaldante dos verões...

Podemos encontrar sinais de Deus nos campos floridos de todos os continentes... E no canto alegre do pássaro que desperta a madrugada...

Os sinais de Deus também são visíveis nas noites bordadas de estrelas e nas tempestades que limpam a atmosfera com seus raios purificadores.

***

Vale lembrar que as obras feitas pelos homens são assinadas para que não se confunda o autor. Já as obras de Deus não trazem sua assinatura pelo simples fato de que só ele é capaz de faze-las, ninguém mais.

É por essa razão que Deus não precisa colocar seu nome numa etiqueta, em cada campina que existe, porque só ele faz campinas.

Partindo do princípio de que não há obras sem autoria, tudo o que não é obra do homem, só pode ser obra de Deus.

Como disse o grande poeta francês Victor Hugo, "Deus é o invisível evidente".

Pense nisso!

Fonte: http://iecmarianatorres.blogspot.com

VENCER


segunda-feira, 25 de maio de 2020

DESCOBRINDO A PRESENÇA DE DEUS

A depressão pode dobrar os joelhos da maioria de nós, e a esposa de um pastor não é diferente. Anos atrás minha esposa Denalyn lutou contra depressão. Cada dia era cinzento. A vida dela era barulhenta e corrida – duas filhas na escola primária, uma terceira no jardim da infância, e um marido que não sabia como descer do avião e ficar em casa. Os dias custaram um preço alto.

Mas Denalyn nunca foi de brincar. Num determinado domingo, quando a depressão era sufocante, ela se armou com honestidade e foi à igreja. Se as pessoas me perguntarem como é que estou, eu vou dizer. Ela respondeu a cada “Como vai” com um franco “Não estou bem. Estou em depressão. Você pode orar por mim?” Bate papos corriqueiros viraram conversas longas. Breves “Oi’s” viraram momentos sinceros de ministério. Ela encontrou a presença de Deus no meio do povo de Deus! Ele está esperando por você, meu amigo. E ele lhe tirará dessa!

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Finding God’s Prese

ADORAÇÃO E DEUS


domingo, 24 de maio de 2020

O CHINÊS CHANG E O ATEU

O chinês Chang, certa vez, foi interrogado por um ateu:

– Qual é a primeira coisa que você fará ao chegar ao Céu?

Respondeu Chang:

– Em primeiro lugar, buscarei o Senhor Jesus para agradecer-Lhe por me haver salvo.

– Bem, e a seguir o que fará?

O chinês meditou um pouco, e respondeu:

– A seguir, procurarei até encontrar o missionário que veio a meu país, e me falou de Jesus Cristo, e quero agradecer-lhe por ter vindo.

– Está bem, mas que fará lá além disso? – indagou o ateu com um sorriso zombeteiro.

– A seguir, disse Chang, procurarei a quem deu o dinheiro de modo a permitir que o missionário viesse, e desta forma eu pudesse conhecer a Cristo e ser salvo, pois também desejo agradecer-lhe.

Ao ouvir isto o ateu retirou-se para nunca mais aparecer.

– Oswald J. Smith.

VERDADEIRO


sábado, 23 de maio de 2020

A LEI DO CAMINHÃO DE LIXO

Um dia peguei um táxi e fomos direto para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto saltou do estacionamento na nossa frente. O motorista do táxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz! O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós. O motorista do táxi apenas sorriu e acenou para o cara. E ele o fez bastante amigavelmente.

Assim eu perguntei: 'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!' Foi quando o motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo 'A Lei do Caminhão de Lixo". Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, e de desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente. Não tome isso pessoalmente. Apenas sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente.

Não pegue o lixo delas e espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas. O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam os seus caminhões de lixo estragar o seu dia. A vida é muito curta para levantar cedo de manhã com remorso, assim...

Ame as pessoas que lhe tratam bem.
Ore pelas que não o fazem.
E tenha um dia abençoado, livre de lixo!

Lembrem-se da sabedoria da água:
'Ela nunca discute com seus obstáculos, simplesmente os contorna'.
Uma semana cheia de Paz e muitas Alegrias! - Autor desconhecido

Fonte: http://www.hermeneutica.com.br/

O SILÊNCIO DE POUCOS


sexta-feira, 22 de maio de 2020

SUA VIDA NAS MÃOS DO MESTRE

Certa vez o grande violinista Paganini iria efetuar uma extensa viagem de carruagem, decidiu não levar o seu violino para evitar que ele fosse danificado. 

No meio da viajem a carruagem quebrou, e todos os passageiros começaram a reclamar muito, ficando furiosos. Enquanto o  cocheiro concertava a carruagem,  Paganini pediu para que o ajudante do cocheiro ir em busca de um violino nas fazendas da redondeza. Retornando aquele jovem, o único violino que ele havia encontrado tinha sido um velho instrumento de apenas uma corda e cheio de teias de aranha. 

Quando os passageiros daquela carruagem viram aquele instrumento automaticamente começaram a rir e desfazer do instrumento. Mas Paganini pegou o violino e tirou todas aquelas teias de aranha e com uma única corda tocou uma melodia tão bela, tão doce que aqueles homens que estavam furiosos ficaram maravilhados com aquela música. 

Não importa qual seja sua situação, não importa quão longe você tenha ido, não importa se as pessoas acham que você não vale nada, que sua vida ou sonhos estejam completamente destruídos. Você, sua vida nas mãos do grande Mestre, irá produzir uma linda música. Mesmo que você tenha apenas uma única corda em seu violino Ele irá operar por meio de você o maior de todos os milagres. O milagre da conversão! 

Fonte:https://amaravilhosaesperanca.blogspot.com/

ADORAR ANTES DE TUDO


quinta-feira, 21 de maio de 2020

ESPEREM – A LUZ VIRA!

Lá nas alturas das montanhas suíças ficava a casinha de um lavrador e sua família. Aconteceu, certo inverno, que uma avalanche desabou sobre ela, enterrando-a. Durante semanas o frio tornou dura como gelo aquela massa de neve, de maneira que era impossível tentar o salvamento dos enterrados vivos. Um dia a mãe teve de dizer:

– Se não mudar o tempo logo, ficaremos no escuro completo, pois o azeite da candeia se está acabando...

Chegou o momento, extinguiu-se o último bruxuleio, e as crianças gritavam:

– Papai, ficou noite!

Antes, porém, de se mergulhar a casinha em trevas completas, o pai apontou para a beira superior da vidraça da sala, e explicou:

– Vejam, crianças, dentro de alguns dias há de aparecer lá um reflexo de luz. O Sol está brilhando no Céu, embora não o vejamos, e ele vai derreter a neve.

A pequena luz apagara-se, logo depois extinguiu-se também a última brasa no fogão. As crianças meteram-se na cama, e quando queriam queixar-se, dizia o pai:

– Fiquem quietos, logo aparecerá a claridade na vidraça, pois o Sol está brilhando lá fora!

Bem sentia ele o medo que oprimia as crianças. Estas já não davam crédito ao consolo que ele lhes apresentava, e só esperavam a morte. Todavia, sempre o pai as animava:

– Esperem, que a luz virá!

No auge da angústia perceberam uma pálida réstia de claridade na vidraça. Gritou então uma das crianças:

– Papai, já vem a luz!

E o homem saltou da cama e, pondo-se de joelhos, orou: "Senhor Deus, eu Te dou graças, por mandares a Tua luz!"

Mais e mais se distanciou a réstia, ouvia-se já o ribombar da tempestade que havia fora, e aquelas grossas muralhas de neve se derreteram. Por fim a luz penetrou a sala toda, e veio logo o livramento...

Apenas dois dias a família tinha passado em trevas completas, como depois lhes disseram. Para os soterrados, porém, pareciam meses. E aquele homem, que exclamou: "A luz virá!", não só foi obrigado a esperar, mas também soube esperar!

"Este é o nosso Deus, a quem aguardávamos, e Ele nos salvará." Pode parecer aos filhos de Deus muito longa a noite deste mundo – e de fato é. Mas, "esperem, que a luz virá"!

http://www.iasdemfoco.net

CERTEZA DA SALVAÇÃO


quarta-feira, 20 de maio de 2020

ELE LHE CONHECE

Você está aberto para a ideia de um Pai, um Pai celestial, que lhe conhece? E de ter, em breve, um lar à sua espera? Você consideraria essa ideia transformadora? O onipotente e onisciente Deus se afeiçoou de você. Ele conhece cada detalhe de você. Seus interesses, suas manias, seus medos, e seus fracassos… Ele lhe conhece!

Sobre seus filhos Deus disse, “o SENHOR sonda todos os corações e conhece a motivação dos pensamentos” (1 Crônicas 28:9 NVI). O Rei Davi escreveu “Quando o meu espírito desanima, és tu quem conhece o caminho que devo seguir.” (Salmo 142:3 NVI).

Você conhece o Deus que lhe conhece? Ele conhece seu nome. E ele não vê a hora de te levar para casa. A mensagem recorrente que pode levantar sua alma é essa: “o SENHOR tem prazer em você” (Isaías 62:4 NVI).

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “He Knows You”

O ORGULHO


terça-feira, 19 de maio de 2020

A PALAVRA QUE SARA

Enviou-lhes a palavra e os sarou, e os livrou do que era mortal. 

Salmo 107:20.

O amor de Deus é abrangente em suprir as necessidades de seu povo. Esse amor fez com que Deus enviasse a sua palavra viva aos homens para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha vida eterna.

Quem é a palavra que Deus enviou aos homens? A palavra é o Senhor Jesus Cristo. 

Deus enviou Jesus para sarar o seu povo, para dar saúde espiritual, mental e física. Em função dessa cura o povo é livrado do que lhe é mortal. Jesus é o mesmo ontem, hoje e o será amanhã, e ele não mudou, ele quer curar o seu povo hoje. Clame por Jesus, pois ele foi enviado para te sarar e livrá-lo da morte. Tenha saúde em Jesus e complete os seus dias nesta terra com alegria.

Equipe Momentos com Jesus

SEM OBRIGAÇÃO ALGUMA


segunda-feira, 18 de maio de 2020

OH! DEUS! SALVA O MEU FILHO

E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.

Atos 16:31

Certo pai cristão, zeloso e temente a Deus, lutava para que seu filho se convertesse. De tanto ouvir os conselhos e as orações do pai, o moço sentiu-se incomodado e resolveu sair de casa. A despedida no portão foi triste. O pai com lágrimas nos olhos abençoou o rapaz e o viu partir sem dizer para onde. Ali mesmo no portão, ainda soluçando, ajoelhou-se e orou: "Oh! Deus, salva o meu filho!" Essa luta só ia terminar na hora da morte.

Desde que seu filho partiu, aquele pai orava várias vezes ao dia, a mesma oração: "Oh! Deus! Salva o meu filho".

Depois de vários meses, sumido em uma cidade distante, sem dar notícias; aquele filho foi tomado por uma grande saudade. Sentiu saudades de casa e do velho pai. Na véspera do Natal estava inquieto e deprimido. Pela primeira vez, depois de muitos anos, desejou participar de um culto.

À noite, saiu à procura de uma igreja e lhe informaram sobre um pequeno vilarejo onde funcionava uma pequenina congregação. Em lá chegando, entrou, assistiu, atenta e reverentemente, a programação. Após a mensagem, atendeu ao apelo e entregou sua vida a Jesus.

No outro dia, logo cedo, foi à Agência dos Correios e passou o seguinte telegrama para o velho pai: "Pai, ontem, dia 24 de dezembro, véspera de Natal, às nove da noite, aceitei Cristo como Salvador. Agora sou um crente. Breve irei vê-lo". No rodapé mandou o seu endereço.

Quando o telegrama chegou, a velha esposa e mãe que também orava pela salvação do filho, leu a gloriosa notícia e correu para o quarto. De joelhos sobre o telegrama, rendeu mil graças a Deus.

Depois de agradecer a grande bênção, foi ao correio e mandou a seguinte resposta para o filho: "Querido filho, no dia 24, véspera do Natal, exatamente às nove da noite, seu pai morreu. Às últimas palavras que ele disse foram as seguintes: "Oh! Deus! Salva o meu filho!"

Joaze Gonzaga de Paula, em O Jornal Batista, pg 4b

AS EXIGÊNCIAS DO HOMEM


domingo, 17 de maio de 2020

CONFIANÇA EM DEUS

Então Baraque disse a Débora: — Se você for comigo, irei; mas, se você não for comigo, não irei. Ela respondeu: — Certamente irei com você, mas a honra da investida que você está empreendendo não será sua, porque o Senhor entregará Sísera nas mãos de uma mulher

Juízes 4:8,99

Um dia, Eu disse a Nathan, meu filho caçula: 

— Papai vai sair por alguns minutos, você vai ficar com sua irmã.

— Não, papai, eu quero ficar com o Senhor!

— Papai não pode ficar. Ele tem que ir.

— Então, eu vou com o senhor.

Quão bom se todos tivessem o desejo de querer está sempre perto de Deus.

O rei Jabim oprimia o povo de Israel por vinte anos. O povo orou por ajuda, e Débora, a profetisa de Israel, recebeu de Deus uma mensagem: convoque Baraque e o mande reunir dez mil homens, no monte Tabor. 

Mas Baraque disse a Débora: Se fores comigo irei: porém, se não fores comigo, não irei. Que Triste a atitude de Baraque, confiava em Débora mais do que confiava em Deus.

Precisamos aprender que por mais fiel e cheio do Espírito Santos o homem seja, ele continua sendo homem. Nossa confiança tem que está em Deus e não nos seus ministros.

Fandermiler Freitas


APRENDER A OUVIR

No Curso de Medicina, o professor se dirige ao aluno e pergunta:

– Quantos rins nós temos?

– Quatro! Responde o aluno.

– Quatro? – Replica o professor, arrogante, daqueles que se comprazem em tripudiar sobre os erros dos alunos.

– Traga um feixe de capim, pois temos um asno na sala – ordena o professor a seu auxiliar.

– E para mim um cafezinho! – Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.

O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala.

O aluno era, entretanto, o humorista Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o “Barão de Itararé”.

Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:

– O senhor me perguntou quantos rins “nós temos”. “Nós ” temos quatro: dois meus e dois teus. Tenha um bom apetite e delicie-se com o capim.

“A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento”

(Autor desconhecido)

O PRIMEIRO FUNDAMENTO DA JUSTIÇA


sábado, 16 de maio de 2020

BOA VONTADE TRAZ VITÓRIA

Havia uma fazenda onde os trabalhadores viviam tristes e isolados uns dos outros. Eles estendiam suas roupas surradas no varal e alimentavam seus magros cães com o pouco que sobrava das refeições.

Todos que viviam ali trabalhavam na roça do senhor João, dono de muitas terras, que exigia trabalho duro, pagando muito pouco por isso. Um dia, chegou ali um novo empregado, cujo apelido era Zé Alegria. Era um jovem agricultor em busca de trabalho.

Foi admitido, e recebeu, como todos, uma velha casa onde iria morar enquanto trabalhasse ali. O jovem, vendo aquela casa suja e abandonada, resolveu dar-lhe vida nova. Cuidou da limpeza e, em suas horas vagas, lixou e pintou as paredes com cores alegres e brilhantes, além de plantar flores no jardim e nos vasos.

Aquela casa limpa e arrumada destacava-se das demais e chamava a atenção de todos que por ali passavam. Ele sempre trabalhava alegre e feliz na fazenda, por isso tinha o apelido de Zé Alegria. Os outros trabalhadores lhe perguntavam: “Como você consegue trabalhar feliz e sempre cantando com o pouco dinheiro que ganhamos?

O jovem olhou para os amigos e disse: “Bem, este trabalho hoje é tudo que eu tenho. Ao invés de blasfemar e reclamar prefiro agradecer por ele. Quando aceitei trabalhar aqui, sabia das condições. Não é justo que agora que estou aqui, que eu fique reclamando. Farei com capricho e amor aquilo que aceitei fazer.”

Os outros, que acreditavam ser vítimas das circunstâncias, abandonados pelo destino, o olhavam admirados e comentavam entre si: “como ele pode pensar assim?”.

O entusiasmo do rapaz, em pouco tempo, chamou a atenção do fazendeiro, que passou a observá-lo à distância. Um dia o seu João pensou: “Alguém que cuida com tanto carinho da casa que emprestei, cuidará com o mesmo capricho da minha fazenda”.”Ele é o único aqui que pensa como eu. Estou velho e preciso de alguém que me ajude na administração da fazenda”.
Num final de tarde, foi até a casa do rapaz e, após tomar um café bem fresquinho, ofereceu ao jovem o cargo de administrador da fazenda. O rapaz aceitou prontamente.

Seus amigos agricultores novamente foram lhe perguntar: “O que faz algumas pessoas serem bem sucedidas e outras não?”. A resposta do jovem veio logo: “Em minhas andanças, meus amigos, eu aprendi muito e o principal é que não somos vítimas do destino. Existe em nós a capacidade de realizar e dar vida nova a tudo que nos cerca. E isso depende de cada um”.

ACASO OU ACIDENTE


sexta-feira, 15 de maio de 2020

DADOS IMPRESSIONANTES

Na Índia existem 88 milhões de pessoas sem trabalho, 2,5 milhões de tuberculosos; a mortalidade infantil é de 12,7%; de muitos milhões, raros têm uma refeição quente. Centenas de milhares perecem de fome. Entre nós, porém, muitos adoecem por comer demais. Para estes seria recomendável omitir uma refeição uma vez por semana, e mandar o dinheiro assim poupado para os famintos da Índia.

Recentemente as Nações Unidas publicaram uma estatística, dizendo que a metade da humanidade sofre de subnutrição. Essa metade tem de manter-se com apenas 9% das receitas totais do mundo. A outra metade da humanidade dispõe para sua manutenção dos outros 91%.

Na África existe, em média, um médico para 50.000 habitantes. Na região tropical da África Francesa, um para 100.000. Na Europa Ocidental cabe um médico a cada 1.000 habitantes.

Cinco anos atrás, um relatório semelhante levou dez homens da Inglaterra, empregados comuns sem grandes recursos, à resolução de omitir o jantar cada sexta-feira e mandar aos famintos o dinheiro assim poupado, bem como orar por eles. O exemplo encontrou muitos imitadores, os quais, adotando o lema "Miss a meal!" (Omita uma refeição), se comprometeram a praticar esse jejum periódico.

Na sexta-feira, dia da crucificação de Jesus, em vez de irem ao restaurante vão a uma casa de oração, onde lêem relatórios do campo missionário e buscam a face de Deus. E relatam eles, como resultado, grande ganho espiritual. Aliás, os médicos afirmam que essa omissão semanal de uma refeição representa uma bênção também para a saúde física, mesmo porque em geral comemos demais.

O dinheiro reunido a princípio foi usado para propiciar merendas escolares numa localidade ameaçada pela fome. Logo se organizou ali também uma policlínica.

A importância que na Alemanha se gasta num mês, para alimento e vestuário, tem de bastar para 800 milhões de pessoas viverem um ano inteiro! Não é isso impressionante?

 Kraft und Licht

O PIOR DOS MALES


quinta-feira, 14 de maio de 2020

SÓ DEUS

"Responde-me, SENHOR, responde-me, para que este povo conheça que tu és o SENHOR Deus..." 

1 Reis 18:37


Pensamento: Elias não titubeou, mas enfrentou a multidão dos profetas de baal, e Deus o honrou, a resposta da oração foi notória a todos os que não acreditavam no poder de Deus. Quantas vezes nos vemos em situações difíceis de serem resolvidas e uma multidão tentando fazer com que percamos a nossa fé, e buscamos outros recursos que não seja confiar no Senhor; lembre-se Elias estava só contra uma multidão,mas contava com Deus, quando clamou ao Senhor com o objetivo de revelar ao povo incrédulo a fidelidade do Deus de Israel, Deus o respondeu. A resposta da tua oração tem o momento certo, você não está só, Deus conhece a tua situação e a tua prova tem um objetivo, fazer conhecida a fidelidade do Senhor através da tua vida. Deus não te chamou para vergonha, mas para ser vitorioso.

Oração: Pai, ensina-nos a orar com objetivos, a buscar a tua face com todo o nosso coração, ajuda-nos a não olharmos para os problemas e conseguirmos nos momentos de dificuldade ouvir a tua voz respondendo as nossas orações, oramos e confiamos em nome de Jesus! Amém!

Cleverson Rodrigues

Leandro Borges - Deus e Eu


A IGNORÂNCIA HUMANA


quarta-feira, 13 de maio de 2020

O MUNDO É MEU

Uma senhora viajando num ônibus, viu uma jovem amável, com lindas tranças loiras, que parecia tão alegre! E teve o desejo íntimo de ser tão bela quanto ela. Súbito a jovem foi descer. Quando ela se arrastou pelo corredor do ônibus, a senhora viu então o cruel aparelho que lhe mantinha em posição os membros inferiores – era vítima de paralisia. Mas, ao passar junto daquela senhora, que sorriso esboçou! Diante disso, ela pensou: "Ó meu Deus, perdoa-me quando lamento! Tenho dois pés sadios. O mundo é meu!"

Então a senhora desceu, para comprar uns doces. O rapaz que servia ao balcão era tão simpático e amável! Falou com ela, dizendo:

– É muito agradável falar com pessoas como a senhora. A senhora vê – sou cego!

Novamente, a senhora com gratidão, diz: "Ó Deus, perdoa-me quando me queixo. Tenho dois olhos. O mundo é meu!"

Então, descendo a rua, ela deparei com uma criança de olhos azuis. Ali estava a observar outras crianças que brincavam. Parecia não saber que devia fazer. Ela se deteve um momento e lhe perguntou:

– Meu bem, por que você não vai brincar com os outros?

A garotinha continuou olhando para as crianças sem lhe responder, e então a senhora compreendeu que ela não ouvia.

E outra vez, disse:

"Ó Deus, perdoa-me quando me queixo! Tenho dois ouvidos. O mundo é meu!

"Com pés que me levam aonde quero, com olhos para contemplar a beleza de um pôr-do-sol, com ouvidos para ouvir tudo que quero – ó  meu Deus, perdoa-me quando solto queixas! Sou de fato abençoada. O mundo é meu!" 

Fonte: http://www.iasdemfoco.net/

ADORAÇÃO NOS TRANSFORMA


terça-feira, 12 de maio de 2020

A RECEITA PARA A JUSTIÇA

A Bíblia diz que a vingança pertence a Deus. Ele revidará. (Romanos 12:19) Que bom ser lembrado disso! O perdão não diminui a justiça, mas a entrega a Deus. A nossa tendência é de dar demais ou de menos. Mas, o Deus de justiça prescreve com precisão. Deus pode disciplinar seu chefe abusivo. Ele pode amolecer pais zangados. Ele pode levar seu ex aos joelhos ou ao bom senso.

O perdão não diminui a justiça, mas a entrega a Deus. Diferente de nós, Deus nunca desiste de um ser humano. Nunca. Bem depois que já desistimos, Deus ainda está lá, sondando a consciência, criando convicção, sempre orquestrando a redenção. Consertar seus inimigos? Isso é o trabalho de Deus.

Quando o assunto é perdão, todos nós somos iniciantes. Ninguém é dono de uma fórmula secreta. Desde que você esteja tentando perdoar, está perdoando. Segure o rumo e você encontrará um jeito de ser forte mesmo quando ferido. Você vai sair dessa.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “The Prescription for Justice”

COMEÇAR A SER BOM


segunda-feira, 11 de maio de 2020

ALGUÉM AJUDOU

"Porque aos Seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos." 

Salmo 91:11

O expresso de passageiros de Caraqui estava correndo a quase cem por hora na manhã de 21 de janeiro de 1954. Ao virar uma curva o maquinista viu o perigo, mas demasiado tarde para evitar o desastre. O expresso foi direto de encontro a uma composição transportadora do óleo que estava descarrilada à frente. Não levou muitos minutos e os carros esmagados estavam em chamas com uma centena de pessoas presas em seu interior.

O Pastor A. F. Jesson estava dormindo na parte superior do leito do terceiro carro a contar da cabine do maquinista, quando começou a tragédia.

E quando o esmagamento terminou, ele havia sido lançado para debaixo do seu beliche. Ele sentiu como se água estivesse correndo por cima dele. Era na verdade óleo diesel provindo da composição que causara o acidente. Então o Pastor Jesson agarrou-se ao seu beliche e conseguiu ver-se livre.

As chamas do óleo em combustão estavam já a uns dez metros de altura e o vento de inverno estava soprando essas chamas na direção do compartimento do Pastor Jesson. Foi aí que ele ouviu gritos de socorro. Um de seus companheiros de viagem ficou preso debaixo de um metro de ferragem retorcida.

Depois de procurar levantar pranchas muito pesadas, ele resolveu pedir ajuda. Um homem apareceu, mas os dois juntos ainda não conseguiram retirar o companheiro preso nos escombros. Nesta altura já havia fogo em seu carro, e o ajudante fugiu.

Não me deixe morrer! - gritava o homem preso nas ferragens.

O Pastor Jesson enviou um grito de socorro a Deus, e tratou de se curvar sobre o homem a fim de fazer mais uma tentativa.

Alguém me ajudou - o Pastor Jesson disse - e pudemos libertar o homem.
O Pastor Jesson olhou ao redor à procura do homem que o ajudara, mas não viu ninguém.

Embora estivessem agora cercados pelas chamas, sua roupa encharcada de óleo não pegou fogo. Mãos com mãos, ambos se afastaram do compartimento em chamas.

O senhor me salvou a vida - disse o homem agradecido.

Agradeça ao Senhor - o Pastor Jesson disse, olhando para trás ao trem abrasado - sem Seu auxílio não teríamos saído vivos.

Pedindo licença, o Pastor Jesson foi para trás de alguns cactos e ajoelhou agradecendo ao Senhor pelo livramento. Ele não somente estava vivo, mas não sofrera sequer um arranhão em parte alguma do corpo.

Youth´s Instructor, 4 de maio de 1954, pág. 5.

O CORAÇÃO


domingo, 10 de maio de 2020

MÃE

"Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe." 

Provérbios 1:8

Pensamento: Estas palavras foram ditas por Salomão, o homem considerado mais sábio de todos. Seguramente ele sabia o que estava dizendo !!! O amor de mãe é muito semelhante ao amor de Deus. Recebemos os cuidados de nossa mãe, antes mesmo de virmos a este mundo, nos alimentando, usando seu próprio corpo para nos dar condições a vida, e depois que nascemos, nossa mãe ainda continua com seus cuidados, e mesmo que muitas vezes deixamos de ser bons filhos para ela, mesmo assim, ela continua nos amando, por isso seu amor é como o amor de Deus. Devemos honrar nossas mães assim como fez Deus, escolhendo uma mulher para trazer o nosso Salvador ao mundo, Deus entregou à mulher o dom de gerar a vida como forma de honrá-la.

Oração: Pai querido, quero pedir a Sua benção especial neste dia, para todas as mamães !!! Que o Senhor derrame sobre cada uma delas, a Sua alegria, a Sua paz e o Seu amor !!! Eu rogo por aquelas mamães que estão longe de seus filhos, que elas recebam do Senhor o Seu abraço, e o Seu carinho. E na condição de filho, eu lhe peço em especial pela minha mãe, lhe agradeço por ter sido tão bondoso comigo, me dando uma mãe tão maravilhosa e tão querida, obrigado pela vida dela. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

Fonte: https://www.devocionaldiario.com.br

Daniela Carniel - De Filha para Mãe