domingo, 31 de dezembro de 2023

E SE NÃO HOUVER AMANHÃ?


Gosto muito de rir, rio de tudo o tempo todo, sou muito bem humorada e amo bater um bom papo em roda de amigos, em casa, no pátio da Igreja, no meu trabalho, etc... Nesses momentos procuro falar apenas sobre coisas positivas, sobre as qualidades das pessoas ou sobre algo que possa descontrair, ajudar ou acrescentar coisas boas a todos ali. Não perco tempo falando mal de quem quer que seja, porque não posso me julgar superior a ninguém. Se alguém está sempre falando mal ou apontando os defeitos de outra pessoa, por pior que seja a  pessoa, é porque se julga melhor ou superior a ela e não enxerga seus próprios defeitos. Pensa que está acima do erro, acima do pecado e que seus “pequenos erros” não são significantes. Coisa feia é a soberba, a falta de auto-crítica e de humildade!

Mas o que quero dizer a vocês hoje, é que de vez em quando, em uma ou outra reunião de amigos, só pra fazer daquele momento descontraído um momento também de reflexão positiva, eu pergunto a todos: “o que cada um de vocês faria agora, se soubesse que lhe resta apenas 1 hora de vida?” Digo que todos tem 30 segundos pra pensar e responder, se quiserem, aquilo que acha indispensável fazer. Alguns dizem a verdade e até se emocionam. Outros se calam e se sentem envergonhados. Outros mentem, dizem não ter nenhum problema pendente. Será? Taí um exercício de reflexão importante a ser fazer sempre.

Por muitas vezes, me fiz a mesma pergunta e confesso que me entristeci um pouco com as respostas que me dei.  Eu vi que é muito pouco tempo para correr de um lado pra outro e abraçar as pessoas,  procurar ou telefonar e pedir perdão a tanta gente, pouco tempo para falar com todos aqueles a quem magoei um dia, pouco tempo para se resolver as coisas pendentes ou para ajudar as pessoas que sempre esperaram a minha ajuda. Penso que 1 hora apenas é muito pouco para falar do amor de Deus para as pessoas que conviveram comigo por anos, mas que jamais ouviram uma só palavra a respeito de Deus. Senhor quanto desperdício de tempo em minha vida! Eu podia ter feito todas essas coisas muito antes. Perdoe-me, Senhor!

Pois agora, meus irmãos, eu quero lhes fazer algumas perguntas:
E SE NÃO HOUVER AMANHÃ? Como está a sua vida? como está o seu coração, a sua comunhão com as pessoas, com sua família, com a Igreja e com Deus? Está mesmo tudo em ordem? Sua alma está verdadeiramente tranqüila hoje? Parem para pensar um pouco nisto. O momento é agora, é já. Se existe alguma coisa, não deixe pra depois, resolva. Deitem-se tranquilos, sintam alegria na alma, sintam paz de espírito, paz com Deus e com todos.

Devemos reconhecer que somos frágeis e que breves são os nossos dias: 

JÓ 9: 25 e 26 – “E os meus dias são mais velozes do que um correio; fugiram, e não viram o bem. Passam como navios veleiros; como águia que se lança à comida.”

Salmos 89:47 - “Lembra-te de quão breves são os meus dias; por que criarias debalde todos os filhos dos homens?”

Salmos 39:4-6 - “Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará.”

Hebreus 10:37 – “Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.”

Fonte: www.estudosgospel.com.br

ANO NOVO

sábado, 30 de dezembro de 2023

O CUIDADO DE DEUS

Os corvos traziam-lhe pão e carne de manhã e à tarde e bebia a água do rio. 

I Reis 17.6

Quando os meios empregados são fora do comum, a vitória se torna semelhante à que foi alcançada por Elias.

Conta-se que na Suécia, uma colportora evangelista, que vendem por toda parte a literatura com a mensagem da verdade, ela disse que, em uma viagem através de certa região montanhosa, levando consigo o Prospecto, o livro para encomendas, ficara sem ter o que comer. Sentia-se tão fraca, que supunha não poder chegar ao próximo pouso. Afastou-se um pouco do caminho e orou a Deus para que lhe desse força para prosseguir.

Voltando à estrada, encontrou um homem com um saco às costas. Disse ele: "Olhe aqui, a senhora quer isto?" E lançou mão de um pão que trazia, oferecendo-lhe. "E eu o recebi, agradecendo bastante", disse ela. "Sem dizer mais nada, o homem prosseguiu sua viagem. Não pude reconhecer se era homem ou anjo. E não me interessava tanto isto. Era um mensageiro de Deus em resposta à minha oração, tenho certeza."

Foi a um ribeiro, comeu o pão e bebeu da água fria da montanha, agradecendo o Deus. 


W.A. Spicer.

ESPERANÇA

sexta-feira, 29 de dezembro de 2023

NÃO JULGANDO O TODO PELA PARTE

No mundo inteiro o homem possui crenças religiosas e seculares as mais diversas, sendo que algumas são aprovadas por Deus e outras reprovadas,conforme se vê pelo critério das Escrituras e conforme ensina a própria natureza.

Chamar, por exemplo, a um pedaço de pau ou de pedra, ou a qualquer criatura de Deus e adorar isto como se fosse o criador de tudo e de todos, não é porventura contrário à própria natureza da criatura racional que é inteligente o suficiente para saber que isto é impossível e portanto uma grande ofensa contra o único e grande Deus que é espírito, santo, justo e poderoso?

Como atribuir à criatura a perfeição do poder e do amor divinos, que tudo podem e que nunca falham?

Como considerar como sendo perfeitamente religioso a quem procede com violência para fazer valer as suas crenças? Há algo de divino nisto?

Será achada então a verdadeira religião em nossas crenças humanas e imperfeitas?

Não é necessário que a verdadeira religião seja proveniente da fonte em que é gerada, a saber no próprio Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo?

O verdadeiro crente então não será identificado pelo título de alguma instituição religiosa à qual pertença, ou pela simples afirmação verbal do que diz ser, senão pelo testemunho de uma vida realmente transformada pelo poder de Cristo em uma nova criatura coparticipante da natureza divina.

Quão improcedente portanto, é todo o debate e confronto de ideias religiosas e até mesmo seculares, da sociedade, quando o que se tem em vista é o conhecimento daquela verdade eterna encarnada na pessoa do próprio Cristo.

Portanto, quão insensato é tomar a parte pelo todo, considerando que o conjunto de igrejas, congregações, sociedades e denominações chamadas cristãs sejam o reflexo exato de uns poucos membros que caminhem de modo desordenado com a verdade do Evangelho que é perfeita e eterna, de da qual estes não são representantes em razão do mau testemunho de suas vidas.

Silvio Dutra

NÃO APROVARIA

quinta-feira, 28 de dezembro de 2023

DÁDIVA SACRIFICIAL NA ÁFRICA

Dr. Wengatz, missionário na África, contou que fez uma viagem ao coração daquele continente, e na sua volta ao litoral, os nativos da congregação que ele pastoreava reuniram-se na igreja para ouvi-lo. Então, contou de um chefe pagão que lhe implorou que mandasse alguém que lhes pudesse ensinar o evangelho. Mas ele, assim como a missão de que era membro, não tinha dinheiro e a ida de um pregador para lá durante um ano ficava por mil dólares. O povo fez menção de contribuir para o envio e sustento do missionário. Mas que poderia ele esperar daquele povo extremamente pobre, que não tinha nem farrapos suficientes para cobrir os corpos? Ele os fez sentir que precisavam fazer algum sacrifício a fim de que o evangelho lhes fosse enviado com a urgência requerida. Precisavam dar alguma coisa que fosse preciosa para eles. Começaram, então, a comprometer-se a doar: um cabrito, quatro fileiras de milho, uma cesta de feijão. Finalmente as salvas passaram para receber os dízimos de algumas pessoas. Quando a cesta foi posta no lugar, havia uma boneca quebrada, a única possessão de Nichi, uma menina que tinha ficado terrivelmente deformada pela paralisia infantil. A boneca lhe tinha sido oferecida pouco antes. Ela a chamou de "Amor"; conversava com ela durante o dia e dormia com ela à noite. Quando andava, arrastando as pernas no chão, amarrava-a às costas. Aquela boneca era tudo para Nichi. Mas, tornando-se cristã, ela agora dava sua boneca a fim de que o evangelho pudesse ser levado aos outros.

Quando o Dr. Wengatz levantou a boneca, o auditório chorou. Eles sabiam quanto sacrifício envolvia aquela dádiva. Então o missionário disse: 

— Desejo que alguém compre esta boneca de volta para Nichi. Precisa ser um sacrifício tão grande quanto o que ela fez.

Um homem com os olhos cheios de lágrimas disse: 

— Darei uma vaca por ela.

do mesmo modo mais alguns disseram. 

Quatro homens trouxeram suas vacas para a missão no dia seguinte para comprar de volta a boneca quebrada. 

O resultado foi que houve dinheiro suficiente para mandar o pregador para o interior durante um ano, e aquele ano foi assinalado por grandes bênçãos de Deus. Muitos corações saíram das trevas para a luz.

Silvano da Silva Reis
Mil e Uma Ilustrações para Sermões, Pregações & Palestras(adaptado)

AMAR OU ODIAR A VERDADE?


quarta-feira, 27 de dezembro de 2023

WESLEY COMO MORDOMO

Certa tarde alguém deu cinco libras a John Wesley. Aquela era uma boa quantia. Ele pediu a Deus que o guiasse a pessoas necessitadas de auxílio e saiu imediatamente para as ruas de Londres. O resultado da caminhada daquela tarde deu uma das passagens mais divertidas da sua biografia. Entre um sem número de coisas, ele livrou um homem do aprisionamento por débito e restaurou-o à sua esposa chorosa. O homem provou ser um negociante arruinado por um falso amigo. Wesley pôs-lhe os negócios em segurança outra vez. O homem prosperou, readquiriu a saúde e fundou em sua velhice um asilo para os negociantes arruinados e falidos. Coincidência interessante é que o primeiro homem admitido no referido asilo, foi o que lhe causou falência, anos atrás.

Silvano da Silva Reis
Mil e Uma Ilustr. para Sermões, Pregações & Palestras

COM AMOR


terça-feira, 26 de dezembro de 2023

AQUI PELA GRAÇA

Quando percebi que minha filha e eu não estávamos sentados juntos, pedi ao sujeito sentado ao lado dela que trocasse de lugar comigo. Certamente ele vai entender, pensei. Ele não fez isso.

Comecei a planejar como eu o faria tropeçar se ele ousasse ir ao banheiro durante o voo. Virei-me para intimidá-lo com um rosnado e vi, para minha surpresa, Jenna oferecendo-lhe um pretzel (pão alemão). O que? Minha filha confraternizando com o inimigo! Como se o pretzel fosse um ramo de oliveira, ele aceitou o presente e os dois recostaram os assentos e cochilaram.

Aprendi a lição que Deus através da minha filha me ensinou. Todos nós estamos aqui pela graça e, em algum momento, todos nós temos que compartilhar alguma graça. Então, da próxima vez que você se encontrar ao lado de um personagem questionável, não implique com ele – dê a ele um pretzel!

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Here By Grace”

PAZ

segunda-feira, 25 de dezembro de 2023

UMA HISTÓRIA DE NATAL

A história de John Pierpont é uma seqüência de fracassos. Após formar-se na Universidade de Yale, iniciou sua carreira de professor, mas faltava-lhe energia para manter a ordem na classe. Por isso, fracassou como docente. Tentou a advocacia, mas era excessivamente escrupuloso, e os colegas mais espertos sempre levavam a melhor sobre ele. E mais uma vez fracassou. Resolveu ser comerciante, mas vendia muito barato e não sabia dizer não aos pedidos de fiado. Também fracassou.

Talvez o pastorado fosse o lugar ideal para uma pessoa tão generosa. Por isso, John Pierpont matriculou-se no curso de Teologia da Universidade de Harvard. Formou-se e foi ordenado pastor, mas fracassou também no pastorado. Tentou a política, porém não conseguiu eleger-se para nenhum cargo.

John Pierpont faleceu em 1866, com oitenta e um anos de idade, alquebrado por inúmeras frustrações. Seu corpo foi sepultado no Cemitério de Mount Auburn, em Cambridge, Massachusetts. E sobre seu túmulo há uma pequena lápide de granito, onde está escrito: JOHN PIERPONT - POETA, PREGADOR, FILÓSOFO, FILANTROPO. Ele viveu seus últimos anos num emprego muito humilde, numa das subseções do Ministério da Fazenda, em Washington, abrindo e fechando gavetas de arquivos.

Mas o nome de John Pierpont ficou gravado na história não por seus fracassos, mas por um grande sucesso. Numa fria tarde de inverno, enquanto caía a neve, ele escreveu numa partitura as notas de Jingle Bells, a canção que celebra a alegria de se deslizar pelo escuro gelado das noites brancas, num trenó puxado por um cavalo. Quase cento e cinqüenta anos após o falecimento de John Pierport, milhões de pessoas ao redor do mundo são embaladas por essa linda canção de Natal. Apesar de tantos fracassos, uma única canção foi o suficiente para gravar na História o nome de John Pierpont.

Muito mais importante do que ter o nome gravado na História é tê-lo escrito no Livro da Vida. Neste livro estão gravados os nomes daqueles que viverão eternamente felizes com Jesus. “Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor” (Apocalipse 21.3,4). Foi para nos garantir essa felicidade que Jesus veio ao mundo. Ele nasceu, viveu e, por fim, morreu pregado em uma cruz para pagar pelos nossos pecados e nos garantir a salvação. A Bíblia diz: ”Dificilmente alguém morreria por um justo. Mas Deus prova o seu própria amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Romanos 5.7-9). 

- Rev. Adão Carlos no boletim da Igreja Presbiteriana de Campinas

ENCONTRAR O NATAL

domingo, 24 de dezembro de 2023

A ESTRELA E OS MAGOS

E, tendo nascido Jesus em Belém de Judeia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.

Mateus 2.1-2

Hoje, estive a pensar naquela estrela que apareceu aos Reis magos no Oriente. Como uma estrela pôde anunciar uma mensagem tão maravilhosa sem proferir uma palavra? Como aqueles homens sabiam que tinha que segui-la? O que falaram os conhecidos, parentes e até amigos quando eles anunciaram que iriam encontrar um novo rei?

Não sabemos exatamente o que aconteceu nem de suas reais dificuldades, mas uma coisa eu sei: não foi fácil! Eles tiveram de prevalecer contra os argumentos de todos os demais homens. Posso até imaginar que os chamaram de loucos, fanáticos e até de faltar com o bom senso.

O natal se aproxima, as pessoas correm para se prepararem para as festas. São presentes, comidas, luzes, família reunida e muitas outras coisas que tomam importante lugar no natal. É tanta agitação que os preparativos do natal tomam todo o tempo e espaço no coração da gente, de tal forma que sobra pouco tempo para pensar em Deus.

Minha oração é que semelhante aqueles homens possamos parar um pouco, deixar muitas dessas preocupações de lado e nos voltarmos para aquele que fez a estrela aparecer e os reis magos enfrentarem tantas dificuldades, percorrerem tão grande espaço e vencerem a desconfiança do seu próprio coração, para encontrarem o menino Jesus.

Feliz Natal!
Fandermiler Freitas
 

COMO OS MAGOS


sábado, 23 de dezembro de 2023

TAMBÉM NÃO SEI POR QUÊ

Em sua primeira estrofe, um dos hinos que mais aprecio declara:

"Não sei porque de Deus o amor
A mim se revelou.
Porque razão o Salvador,
Pra si me resgatou".
(Hino 3777 do Cantor Cristão) 

O hino foi escrito por Daniel Webster Whittle (1840-1901). Durante a guerra civil norte-americana (1861-1865), ele teve amputado o seu braço direito e acabou recolhido a um hospital. Enquanto se recuperava, procurou alguma coisa para ler. O único livro que encontrou foi um Novo Testamento, colocado na mochila por sua mãe. O conteúdo lhe pareceu interessante, apenas isto. Pouco tempo depois, um enfermeiro o acordou para lhe dizer que um jovem moribundo precisava de alguém que orasse por ele. Como Whittle se recusasse a ir, o funcionário argumentou:

– Pensei que você fosse um homem de oração, quando vi você lendo a sua Bíblia.

Por fim, concordou. Levantou-se e se assentou na cama do jovem, que lhe pediu: 

– Ore por mim. Peça a Cristo para me salvar. 

Whittle mesmo narra a cena seguinte: "Eu me ajoelhei e segurei as mãos do rapaz. Em poucas e trôpegas palavras, confessei meus pecados e pedi que Cristo me perdoasse. Naquele momento, eu cri que Ele me perdoou. Então, orei com convicção pelo jovem. Ele se acalmou e apertou minha mão enquanto eu orava, confiante nas promessas de Deus. Quando me levantei, o rapaz estava morto, mas havia paz no seu rosto antes angustiado. Parece incrível, mas Deus usou aquele rapaz para me levar ao Salvador e me usou para lhe levar a confiar no precioso sangue de Cristo e receber perdão. Espero encontrá-lo no céu." 

ISRAEL BELO DE AZEVEDO

O PODER SALVADOR


sexta-feira, 22 de dezembro de 2023

ACEITAR A VONTADE DE DEUS

Sabemos que todas as cousas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." 

Romanos 8.28

Como é difícil aceitar a vontade de Deus em nossa vida! Na verdade, a gente só consegue dá graças ao Pai por tudo o que nos acontece, se de fato, cremos que Ele tem as melhores intenções a nosso respeito. Como, então, aceitar a dor, o sofrimento, a tragédia, a morte sem murmurar? Só se Deus estiver no controle de nossa vida, preenchendo o coração de fé e esperança.

É bom lembrar que cada um de nós é único, com anseios, desejos. Uma história de vida particular, inédita, só sua. E o caminho pelo qual Deus nos conduz precisa ser visto como bom e necessário para  nosso crescimento e felicidade.

Deus não se agrada de questionamentos ou avaliações precipitadas. Sua alma se entristece quando abrimos nossa boca em perguntas do tipo: 'Meu Deus, por que eu?' 'Por que isto foi acontecer?'. Às vezes, eu acho que não acreditamos que Deus esteja no controle e que tudo o que possa nos acontecer coopere para o nosso bem.

Na verdade, o que nos falta é fé. Não a fé que acredita em milagres e que clamando ao Pai gere a certeza de que Ele se levantará em nosso favor. Mas a fé que confia tanto em Deus que é capaz de aceitar os fatos tristes e doloridos da vida e até os inaceitáveis e, ainda assim, em meio a dor, ao sofrimento, a tristeza louvar ao Pai por sua bondade e cuidado.

Fandermiler Freitas

SEMPRE A SEMEAR


quarta-feira, 20 de dezembro de 2023

ALVO


Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. 

Filipenses 3:14

Um artista, quando vai pintar um quadro, sabe muito bem que não será capaz de exceder um Apeles, Rafael ou Miguel Ângelo. Porém, isto não o desanima. Empunha o pincel e emprega as tintas, faz o melhor que pode e finalmente, em modestas proporções, consegue assemelhar-se aos grandes mestres da arte.

Também o escultor, embora persuadido de que não rivalizará Praxíteles, trabalhará o mármore e procurará aproximar-se o mais possível do modelo. Porque tem um alvo proposto.

Assim deve agir o cristão. Indo além das vitórias conseguidas, e avançando sempre, desejará ser mais e mais conforme a imagem de Cristo Jesus.
 

Spurgeon

ERROS

 

terça-feira, 19 de dezembro de 2023

CORAÇÕES VAZIOS


O CACHORRO E O COELHO

Eram dois vizinhos. Um deles comprou um Coelhinho para os filhos. Já os filhos do outro pediram um bichinho maior, um Cachorrinho Pastor Alemão. Papo entre eles (os vizinhos):

- Mas o seu cachorro vai comer o meu coelho!

- De jeito nenhum. Imagina... O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, pegar amizade... Pode acreditar em mim, pois eu entendo de bicho!

E parece que o dono do chachorro tinha mesmo razão. Juntos cresceram e amigos se tornaram... Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e o cachorro, vive-versa.

Eis que o dono do coelho foi passar o final de semana na praia com a família e o coelho ficou só.

Domingo, à tardinha, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche, quando entra o pastor alemão na cozinha. Pasmo, trazia o coelho entre os dentes, todo imundo, arrebentado, sujo de terra e, é claro, completamente morto.

Quase mataram também o cahorro de tanto agredí-lo. Dizia o homem:

- O vizinho estava certo, e agora? Só podia mesmo dar nisso!

O problema maior é que os vizinhos iam chegar em algumas horas, o que fazer? Todos se entreolharam...

O cachorro, coitado, chorando lá fora, e lambendo os seus ferimentos.

- Já pensaram como vão ficar aquelas crianças?
De repente, não se sabe exatamente quem teve a boa idéia, mas parecia infalível: "Vamos banhar o coelho, deixá-lo limpinho, depois a gente seca com o secador de cabelos e o colocamos na sua casinha."

E assim fizeram. Até perfume colocaram no animalzinho. "Ficou lindo! Parece até estar vivo" (disse uma das crianças).

Logo depois, ouvem o barulho dos vizinhos chegando... Instantes depois, notam os gritos da gurizada:

- Vixe! Descobriram!

Não passaram nem cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta, assustado (com cara de quem tinha visto um fantasma).

- O que foi? Que cara é essa?

- O coelho, o coelho...

- O que tem o coelho?

- Morreu!

- Como assim, morreu? Eu o vi vivinho da silva ainda hoje...

- Pois é, e ele morreu desde sexta-feira!
 
- Na sexta?

- Sim, e foi antes de viajarmos, as crianças até o enterraram no quintal e agora REAPARECEU!

A história termina aqui. O que aconteceu depois não importa... Mas o grande personagem dela é o Cachorro. Imagine o coitado, desde sexta-feira procurando em vão pelo seu amigo de infância. Depois de muito farejar, descobre o corpo morto e enterrado. O que faz ele... provavelmente como o coração partido, desenterra o amigo e vai mostrar para seus donos (imaginando que pudessem fazê-lo ressuscitar). Mas o ser humano continua o mesmo, sempre julgando os outros... Julgando mesmo sem antes verificar o que de fato aconteceu.

Quanta vezes tiramos conclusões precipitadas e erradas de situações? Nos achamos sempre os donos da verdade... e às vezes fazemos os outros sofrerem por nosso injusto e desastroso julgamento. Pense nisso!

A vida tem quatro sentidos: " Amar , Sofrer, Lutar e Vencer", então, AME muito e SOFRERÁS pouco, LUTE bastante e VENCERÁS sempre... mas jamais julge diante da primeira visão que tiver ou do primeiro comentário que ouvir...

Silvana Lacerda

segunda-feira, 18 de dezembro de 2023

DIFÍCIL DE ENGOLIR

Todos os dias Deus prepara para nós um prato de experiências. Alguns dias valem por “três dias de biscoitos”. Muitos não são. Às vezes, nosso prato só contém vegetais, vinte e quatro horas de aipo, cenoura e abóbora. Aparentemente, Deus sabe que precisamos de um pouco de força e, embora a porção possa ser difícil de engolir, não é para o nosso próprio bem? Todos são importantes e todos vêm de Deus. Romanos 8:28 diz: “Sabemos que em tudo Deus trabalha para o bem daqueles que O amam”.

Então, da próxima vez que seu prato tiver uma porção que você achar difícil de engolir, converse com Deus sobre isso. Jesus o fez. No jardim do Getsêmani, seu Pai entregou-lhe um cálice de sofrimento tão azedo, tão vil, que Jesus o devolveu ao céu. “Meu Pai”, orou ele, “se for possível, passe de mim este cálice. Contudo, não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mateus 26:39).

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Hard to Swallow”

GASTAR A VIDA


sábado, 16 de dezembro de 2023

FRAGMENTOS

a ele e a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã. Encheu-os de sabedoria do coração, para fazer toda a obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do gravador, em azul, e em púrpura, em carmesim, e em linho fino, e do tecelão; fazendo toda a obra, e criando invenções.

Êxodo 30.34-35

Faz alguns anos trabalhava na Itália um grande artista em mosaicos. Ele tinha um jovem aprendiz que limpava e varria o estúdio. O rapaz notou quantos cacos de vidro e pedra eram atirados ao chão e varridos para o lixo, e pediu ao seu mestre permissão para recolhê-los. Alguns meses mais tarde o mestre surpreendeu-se ao ver, escondida num depósito, uma bela obra de mosaico, executada pelo rapaz com os fragmentos atirados fora.

Assim devemos nós ajuntar os fragmentos de nosso tempo, conhecimento, oportunidades etc., e reuni-los num mosaico vivo de utilidade para outros e para glória de Cristo.

ENSINO REJEITADO

sexta-feira, 15 de dezembro de 2023

ÁRVORE CONFUSA

Era uma vez um belo jardim com maçãs, laranjas, peras e lindas flores. Tudo era alegria no jardim, com exceção de uma árvore que estava profundamente triste, pois não sabia quem era, nem o que tinha de fazer.

A macieira lhe disse que era muito fácil fazer saborosas maçãs, por que não tentar?

– Não a escute, disse-lhe a roseira, é melhor produzir rosas, não vê como elas são belas?

A árvore confusa, cada vez mais desesperada, tentava tudo o que lhe sugeriam, porém, como não lograva ser como as demais, se sentia cada vez mais frustrada.

Um dia chegou ao jardim uma coruja e ao ver o desespero da árvore confusa, exclamou:

– Não se preocupe, seu problema não é grave, muitos seres sobre a terra o têm, mas é fácil resolver, tão-somente não dedique sua vida para ser como os outros acham que você tem que ser. Seja você mesma, conheça a si mesma e ouça a sua vocação, a sua missão nesta vida.

– Como assim? Ser eu mesma, conhecer-me, vocação, missão? Perguntava a si mesma a árvore confusa, quando de repente uma doce voz ecoou em seu interior:

“- Você jamais dará maças porque você não é uma macieira, nem irá florescer a cada primavera, porque você não é uma roseira. Você é um carvalho, e seu destino é crescer forte e majestoso, o que lhe propiciará dar abrigo aos pássaros, sombra aos viajantes, beleza à paisagem. Essa é a sua vocação!”

A partir desse momento a árvore confusa não se sentiu mais em confusão, ao contrário, se sentiu forte e segura de si mesma e se preparou para ser tudo aquilo para o qual foi criada. E continuou a crescer.

O jardim ficou completamente feliz.

Veja também: O passarinho e o motoqueiro

Título: A árvore confusa
Conto indiano de autoria desconhecida.
Adaptado por Ronaldo Franco.

DOMINAR A SI

quarta-feira, 13 de dezembro de 2023

ONDE ESTAMOS CONSTRUINDO A VIDA ?

Jack Lannom, orador especializado em motivação, diz que a grandeza de nossas vidas depende da fundação onde elas estão construídas. As pessoas podem não ver onde estamos fundamentados, mas observarão os frutos de um alicerce sólido através do qual conduzimos nossas vidas. 

Ele ilustra seu ponto de vista da seguinte maneira: a maioria das pessoas olha para o edifício Empire State e diz: "Uau! Que prédio incrível!" Porém, um arquiteto, alguém que realmente conhece edifícios, ao olhar para o mesmo prédio, exclama: "Uau! Que fundação!" Nenhum edifício pode alcançar uma grande altura ou resistir ao teste do tempo se não tiver uma fundação bem sólida. 

Como temos construído a fundação de nossas vidas? Elas estão firmadas em nossa própria força? Em nossa competência? Em nosso dinheiro? Nas pessoas importantes que conhecemos e em quem depositamos toda a nossa confiança? E se a força nos faltar? E se a nossa capacidade não for tão grande quanto necessária? E se perdermos todo o dinheiro? E se as pessoas importantes se afastarem de nós? O que nos sobrará? Precisamos estar alicerçados em uma fundação que nunca falha, que nunca desaparece, que nunca nos abandona. 

Jesus é esse fundamento. Ele jamais nos frustrará, jamais nos desamparará, jamais deixará de cumprir as Suas promessas. Ele nos ama apesar do que somos, nos protege mesmo quando não merecemos, está conosco mesmo quando Lhe somos indiferentes. Quando o Senhor está em nosso coração, as pessoas certamente comentarão a nosso respeito: "Uau! Pelo brilho de seu rosto eu vejo que você é um filho de Deus!

SALVAR ALMAS


terça-feira, 12 de dezembro de 2023

TODO MUNDO PRECISA DE UM TORCEDOR

Cada pessoa precisa ouvir um “maravilhoso”. Entenda porquê. Empresas gastam bilhões de dólares para nos convencerem que somos gordinhos, fedorentos, feios e ultrapassados. A insegurança habita em bilhões de corações. Você distribuiria encorajamento? Você pode fazer acontecer um pouco de felicidade? Você pode lembrar à humanidade que nós fomos feitos na imagem de Deus? Que fomos escolhidos, destinados e amados?

Comece escutando atentamente. Peça para alguém lhe contar a história dele ou dela. Dê o mais raro de presentes: sua plena atenção. Elogie abundantemente. Incentivo bíblico não é uma palavra tipo casual, mas sim uma determinação premeditada para levantar o espírito de outra pessoa. Todo mundo precisa de uma líder de torcida Dê o presente que Deus adora dar – o presente do encorajamento.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Everyone Needs a Cheerleader”

EM HARMONIA COM DEUS

 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

NA CASA DO PAI

Algumas das palavras mais tristes da terra são “nós não temos lugar.” Jesus conhecia o som daquelas palavras. Ele ainda estava no ventre de Maria quando o dono da hospedaria disse, “Nós não temos espaço para você.” E quando ele ficou pendurado na cruz, a mensagem não foi de absoluta rejeição? Não temos espaço para você neste mundo.

Hoje Jesus recebe o mesmo tratamento. Ele vai de coração em coração, perguntando se ele pode entrar. De vez em quando ele é bem-vindo. Alguém abre a porta do coração dele ou dela e convida Jesus a ficar. E para aquela pessoa Jesus dá esta grande promessa, “Na casa do meu Pai há muitos quartos…” (João 14:2). Nós guardamos um lugar para ele em nossos corações. E Jesus guarda um lugar para nós em Sua casa!

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “In the Father’s House”

 

domingo, 10 de dezembro de 2023

A OVELHA PERDIDA

Qual de você que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la?


Lucas 15.4

Quando a gente perde alguma coisa de valor ficamos triste e chateados. O próprio Jesus Cristo contou uma parábola de um homem que tinha cem ovelhas e num final de tarde, ao contá-las sentiu falta de uma. Este homem ficou tão preocupado que prendendo as 99 ovelhas num pequeno curral, voltou pelo caminho a procura daquela que se perdeu.

O que leva uma ovelha a se perder? A curiosidade em ver além da montanha, o capim verde e mais verde além do rebanho, O encanto e a frescura das águas calmas e transparentes do lago. No entanto, só após perder a proteção do pastor e o calor do rebanho é que a ovelha se depara com os perigos e é na escuridão da noite que se torna presa fáceis das feras.

Assim como a ovelha, o homem se enveredar em caminhos que se ele não estiver atento o conduzem para longe do seu pastor. E, na ânsia de ser feliz encontra toda sorte de problemas e angústias. Se ver tão longe de casa, tão distante da paz e da alegria que aquece o coração.

A Bíblia no diz que o pastor retornou a procura da sua ovelha e a achou machucada sobre as rochas. Vendo-a sofrendo, tratou de suas feridas e a levou para casa em seu colo.

Talvez, você seja um ovelha que se perdeu quando tentou a vida sem Deus e na imensidão do mundo não achou nada que preenchesse o vazio do coração, só frio, dor, tristeza e desilusão. Tenho uma boa notícia para você: “É hora de voltar, O Bom Pastor está a te procurar, estenda seus braços e ele vai te levar para casa em seu colo”.

CERTEZA DA SALVAÇÃO


sábado, 9 de dezembro de 2023

VOCÊ TROCARIA UM MILHÃO POR UM REAL?

Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.” 

Apocalipses 21:7

Quantas pessoas vivem em busca de dias melhores, de um bom emprego, carro do ano, uma boa casa, viagens, dinheiro, fama, etc. Renunciam famílias, parentes, amigos, em busca de sucesso e riquezas.

Outras se preparam para a vida, estudam anos e anos para tirar dela as melhores coisas, vida essa que um dia terminará, que levará apenas, mais ou menos 80 anos, e não fazem um mínimo de esforço para garantir a fortuna incalculável que durará para sempre.

Milhares de jovens inscrevendo-se em programas que expõem sua vida íntima e particular para todo o mundo, tudo por um punhado de dinheiro, sim, afinal, o que é 1 centavo diante de 1 milhão,ou, o que é 1 milhão diante do céu – nada! Submetem-se ao ridículo para ganhar o tal sonhado prêmio. 

Homens que juntam fortunas imensas, para não terem falta de nada, ambiciosos e traiçoeiros, e tudo isso para tão pouco tempo, pagam planos de saúde caríssimos, enquanto no céu não teremos nem um mal estar, e tudo completamente de graça.

Muitos tiveram esta fortuna nas mãos e hoje não poderão herdar nada. Mas ainda há tempo pra você tomar posse de novo da riqueza incalculável, infinita e real, que também foi preparada pra você. O tempo está acabando, não precisa ficar preso dentro de uma casa ou um lugar distante de tudo e de todos, passando por cima de princípios e de boa educação, ser observado por todos e disputar com muitos um premio que está reservado somente para alguns.

A porta larga está cada vez mais larga, e tem muita gente preferindo ficar com 0,001%, e deixar 100% para trás.

Você só precisa ficar longe do pecado e se apegar com Deus. A salvação é para todos.

"O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos." Apc 3:5

Luciano Santos Brito

BOA OU MÁ AÇÃO?


sexta-feira, 8 de dezembro de 2023

A PRÁTICA

Quem pode entender realmente o amor, até que ele seja visto em ação. Joe Hale

Um princípio inevitável na vida é que você termina por se transformar em tudo aquilo em que você se envolve, pratica. Se você tem o hábito de ficar tenso quando as coisas parecem não ir bem; se reage repetidamente à crítica, sempre tentando se defender; se se comporta como se a vida fosse um eterno sistema de emergência, então infelizmente a sua vida será um reflexo desses hábitos, porque afinal de contas, o que você tem insistido em praticar é a arte de se frustrar. Por outro lado, se você manifesta qualidades como compaixão, paciência, bondade, humildade, compreensão, domínio próprio, você irá naturalmente corporificar tais virtudes. 

A pergunta fundamental a ser respondida é esta: Onde está a sua prática? Como você está investindo em seu tempo? Tem, afinal, cultivado hábitos que estão colaborando com seus propósitos e alvos de vida? Faça a você mesmo essas perguntas e responda-as com toda a honestidade, porque serão elas que irão lhe dar a estratégia capaz de lhe conferir maior utilidade. 

As virtudes assinaladas acima são virtudes que partem do coração de Deus. Quero encorajá-lo no dia de hoje a se assemelhar ao rosto do Pai, ao exibir a fragrância de quem toda boa obra emana, e em quem todo bom propósito existe. 

Para Meditação: o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. Gálatas 5:22,23

Nélio DaSilva

SÓ NO CÉU


quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

HONRANDO O NOME

Alexandre, o Grande, tinha em seu exército um soldado covarde, também chamado de Alexandre; e uma vez o rei lhe disse:

— Mude o seu nome; ou se comporte doravante como um Alexandre!

Todos os que se dizem cristãos devem se comportar como soldados de Jesus Cristo: fiéis a Ele, imitando, obedecendo, seguindo ... ou então mudar seu nome para outro qualquer; mas não digam que são “cristãos”.

500 Ilustraciones Cristianas
Bibliopedia

UMA PESSOA DE FÉ


quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

CONSOLO NA NOITE INSONE

A presença patente do Senhor encoraja seus servos nas noites mais escuras e longas. O Dr. Jorge W. Truett, renomado pastor e pregador batista, passou os últimos meses de sua vida, doente e com dor. 

Alguém lhe perguntou: 

— Dr. Truett, você não acha que as noites são muito longas?

— Não - respondeu o ministro - elas são muito curtas. Quando estou sozinho e não consigo conciliar o sono eu me ponho a orar. Eu tenho uma longa lista de pessoas que precisam de ajuda divina. Começo a pedir ao Senhor por elas: uma por uma, e quando amanhece no outro dia eu ainda não terminei a lista. As noites são muito curtas.

Sem dúvida, as orações do Dr. Truett não apenas ajudaram os outros; mas também, enquanto ele orou, o Senhor o encorajou com sua presença.

500 Ilustraciones Cristianas
Bibliopedia

DIA PRODUTIVO

 

terça-feira, 5 de dezembro de 2023

NA EXTREMIDADE DE UM GALHO

Maria, a mãe dEle, estava prometida em casamento a José, mas antes que se unissem, achou-se grávida pelo Espírito Santo. (Mateus 1:18 NVI).

José estava seguro sobre seu galho na árvore. Previsível e sólido, José não tinha a intenção de deixar seu canto. Quer dizer, até que ele teve que ir até a extremidade do galho. Grávida pelo Espírito Santo? Peraí! Quem vai acreditar em mim? O orgulho disse a ele para não seguir adiante. Mas Deus o chamou.

Eu imagino que você pode se identificar com José. Um pé na sua vontade e outro na vontade de Deus. A vontade dEle ou a sua? Desconfortável, não é? Pode apostar que não vai ser fácil. Subir em galhos nunca foi fácil. Pergunte a José. Melhor ainda, pergunte a Jesus! Ele conhece melhor do que qualquer outro o custo de ficar pendurado numa árvore!

Max Lucadso
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Out on a Limb”

TRISTE REALIDADE