terça-feira, 31 de agosto de 2021

PARABÉNS PARA VOCÊ

Ora, para aquele que está entre os vivos há esperança (porque melhor é o cão vivo do que o leão morto). Eclesiastes 9:4.

Não há pior situação para uma pessoa senão aquela quando não se tem mais esperança. Lutou com todas as suas forças, brigou com todos os inimigos, bateu em todas as portas e até agiu heroicamente em diversos momentos.

E nada! Os amigos se foram - se é que estiveram. Restando somente o "entregar-se" ao acaso. Com certeza esta não é a posição ideal. Mesmo porque não retrata a verdade. Se você está vivendo, respirando, ainda há esperança! Se as tuas forças se enfraqueceram, não quer dizer que você não as tenham mais. Se os teus olhos não conseguem enxergar a saída, não significa que não exista mais saída. Por quantas vezes você enfrentou situações semelhantes e continuou vivendo? Se lembra daquela vez em que quase desistiu? E se tivesse desistido? Certamente teria que experimentar arrependimento.

Desta vez não é diferente! Mais uma vez você irá se recompor, humildemente falará com Deus em oração, em Nome de Jesus e começará a perceber que estratégias do céu estão a sua disposição. Quando as portas estiverem fechadas e tiver a tentação de desistir, lembre-se de que há uma porta e que pode ser você ainda não tenha batido nela. Jesus é a porta. Como se estivera em um quarto sem porta e janelas, procure um canto qualquer deste quarto, localize Jesus através da oração e da fé e passe por Ele. Ele é a porta. Pronto! Você saiu, parabéns!

Por Pr. Douglas Vilcinskas

OS HOMENS DE DEUS


 

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

A LIÇÃO DA TAMAREIRA

Tive a oportunidade de visitar a Igreja egípcia no final de novembro de 2007. Uma das lições mais marcantes que aprendi lá foi sobre a tamareira. Ela é como uma palmeira, e as frutas ficam presas em cachos lá no alto, perto das folhas. 

Só existem duas maneiras de se conseguir uma tâmara. Uma forma é subindo na árvore. Essa, entretanto, é uma tarefa bastante difícil, por causa do tronco liso, sem galhos para apoiar as mãos e os pés. Uma vez lá no alto, você ainda vai ter de separar as frutas maduras das verdes. E nem me pergunte como descer da árvore carregando as tâmaras... 

A outra forma, mais fácil e mais usada, é jogar uma pedra na árvore e ficar embaixo dela enquanto as frutinhas maduras caem. 

A lição não é sobre a arte de colher tâmaras. A lição está na árvore. Ela devolve apedrada com o melhor que ela tem, algo doce e gostoso. 

O desafio é ser como a tamareira. Há muita gente sendo apedrejada e ainda pagando o mal com o bem. Muitos estão semeando a semente do amor, enquanto são discriminados e excluídos. São inúmeras as oportunidades de ser uma tamareira, respondendo às pedradas com palavras de amor e doçura. Lembre-se disso quando semear o evangelho, pois isso faz parte da semeadura.

Daila Fanny - Missão Portas Abertas (adaptado)

CAPACITADOS A PERDOAR


 

domingo, 29 de agosto de 2021

RECEBER JESUS

“Você quer aceitar Jesus? Se a resposta do pecador for ‘sim’, nós declaramos que ele está salvo…” ESSE NÃO É O EVANGELHO DE JESUS CRISTO. Aliás, essa metodologia evangelística tem causado mais estragos no cristianismo do que qualquer heresia introduzida por todas as seitas que existem no mundo. Milhões de pessoas no Brasil, cujo as vidas nunca foram transformadas, acreditam ter nascidas de novo, porque nós reduzimos tanto o evangelho de Cristo que agora não significa nada mais do que uma simples oração que durará no máximo cinco minutos do seu tempo na frente das testemunhas.

A questão não é reconhecer que é um pecador, até o diabo reconhece que é um pecador e ele o faz muito bem. A questão não é aceitar Jesus. A questão é: desde que você ouviu pela primeira vez a pregação do evangelho, Deus tem operado em seu coração de tal forma que O PECADO QUE VOCÊ AMAVA VOCÊ O ODEIA? Essa é a questão. EXISTEM PESSOAS QUE ESTÃO DENTRO DAS IGREJAS, MAS NUNCA NASCERAM DE NOVO, e o culpado dessa situação lamentável são os pregadores modernos que tem reduzido tanto o evangelho de Cristo a um ritual pagão.

Receber Jesus biblicamente significa ir até ele em arrependimento e fé. Os apóstolos nunca perguntaram se alguém queria “aceitar Jesus”, mas eles bradavam em alta voz: ARREPENDEI-VOS!

Paul Washer

ELE FEZ POR VOCÊ

 

sábado, 28 de agosto de 2021

UM REVÓLVER, UMA BÍBLIA E O SERTÃO NORDESTINO

Um dos aspectos mais gratificantes em liderar um centro de treinamento no sertão é a beleza da obra da cruz externada em vidas que conhecemos na caminhada. Um destes personagens verídicos é o irmão Luiz. Ele era violento. Um violento “calmo”, de fala mansa, homem de palavra e que não levava desaforo para casa. Cismado, não gostava de brincadeira. Para ele as coisas se resolviam logo na bala. Este estilo de ser não é incomum no sertão nordestino. Homens que valorizam a honra, e respeitam mais o revólver que a Bíblia. Era assim que pensava e agia o seu Luiz, morador de Ibiara, na Paraíba. Não era difícil ameaçar alguém de morte e ser ameaçado, principalmente em sua mocidade. Com este estilo de vida, ele adquiriu muitos inimigos e, alguns, de morte. 

Em determinado dia foi pego numa emboscada, levou muitos tiros. Não morreu. Segundo ele, porque era escolhido de Jesus. Depois que seu Luiz se recuperou dos ferimentos, passou a refletir mais sobre a vida, e se valia à pena viver. 

Foi quando, num belo dia, um crente se aproximou dele e dos demais cabras valentes que estavam reunidos embaixo de um juazeiro e informou acerca de uma reunião na casa de seu Zé Nicolau, no sítio Olho d’Água. Seu Luiz ficou intrigado com a ousadia e segurança daquele crente. Afinal de contas ele e seus companheiros eram famosos pela ignorância e violência. Sem saber exatamente por que, ele disse que ia. E foi. E gostou do que ouviu, passando a frequentar a igreja dos crentes, contudo, só ia armado. Ele não confiava em ninguém, só em seu revólver. 

Um dia, na igreja dos crentes, ele se sentiu mal por estar de revólver na cintura. Meditou dentro de si e chegou à conclusão que não era certo estar armado dentro da casa de Deus. Foi para casa, chamou um compadre dele e propôs a venda da arma. O amigo sugeriu uma troca por um terreno, um lote de casa. Seu Luiz concordou e fechou negócio. Pouco tempo depois ele se converteu de verdade, aceitando a Jesus como Salvador e Senhor. 

O irmão Luiz hoje é um homem manso, ainda corajoso, mas, só para pregar o Evangelho. Um evangelista de mão cheia por sinal. É aluno do Seminário Sertanejo da Juvep em Itaporanga e termina neste ano o básico em teologia. A filha do irmão Luiz se casou ano passado e ela disse uma frase que ele não esquece: “Pai, que bom que o Senhor  trocou o revólver pelo terreno, eu e meu marido temos um lugar para construir a nossa casa. Muito obrigado, meu pai”. O Evangelho quando chega de verdade transforma vidas.

Pedro Luis Da Silva –  Missão JUVEP

CONFIAR NA PALAVRA DE DEUS

 

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

O DEUS DO AMANHÃ

Acredite no Jesus que acredita em você. “’Eu sei os planos que tenho para vocês’, declara o Senhor, ‘planos para prosperar e não prejudicar vocês, planos para lhes dar esperança e um futuro’” (Jeremias 29:11 NVI).

O que Deus fará por você? Não cabe a nós dizer o que Deus fará. Simplesmente cabe a nós nos levantarmos; nos levantarmos e caminharmos. Jesus leva a sério esta exortação. Quando ele encontrou o homem recém curado no templo, ele lhe disse: “Não peques mais, para que não te suceda coisa pior.” (João 5:14). Estagnação, não fazer nada, é considerada uma ofensa grave.

Deus é o Deus do movimento para a frente, o Deus do amanhã. O Deus do que vem depois, e ele está pronto para escrever um novo capítulo em sua biografia.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “The God of Forward Motion”

O QUE FAZER COM A CRUZ?

 

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

CHARLES FINNEY E A ORAÇÃO

Este foi o segredo do ministério de Charles G. Finney, que resultou em centenas de milhares de pessoas voltando-se para o Senhor e cujas reuniões em 1858-59 foram tidas como uma causa direta de um dos maiores reavivamento do mundo. Finneyera, ele mesmo, um homem poderoso na oração e tinha muitas pessoas orando por seu ministério. Quando Finney viajava de lugar para lugar, ele era acompanhado por dois homens idosos conhecidos como Clery e Nash. Quando Finney viajou para a Inglaterra a fim de realizar reuniões especiais durante várias semanas, esses dois homens de condição remediada também foram, alugaram um quarto escuro e úmido no porão por 25 cents por semana, e ficaram ali de joelhos, constantemente em oração. Eles eram os guarda-intercessores de Finney.

Edino Melo - 1003 Ilustrações para Sermões

AS PESSOAS

 



quarta-feira, 25 de agosto de 2021

TODA ADVERSIDADE É UMA OPORTUNIDADE

Georg F. Haendel (1685 - 1759) estava falido quando um grupo das instituições de caridade de Dublin (Irlanda) o convidou para escrever uma obra musical. Tratava-se de uma peça para uma apresentação beneficente a fim de levantar fundos para libertar homens endividados da prisão. Ele entregou-se a um trabalho incansável para escrever a peça. Em apenas 24 dias, compôs a obra prima intitulada O Messias, no qual aparece também o famoso “Aleluia de Haendel”. Ao recontar sua experiência, Haendel escreveu: “Se estava em meu corpo ou fora dele quando escrevi a peça, não sei. Deus sabe”. Mais tarde, também disse: “eu pensei e vi todo o céu diante de mim e o próprio e grande Deus”.

Haendel, falido, pôde reconhecer-se na situação daqueles homens aprisionados justamente por suas dívidas financeiras, e compôs uma das mais belas peças da música universal. Deus usa nossas experiências difíceis e dores para ajudar a outros na mesma situação.

Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões (adaptado)

A INCOERÊNCIA

 

terça-feira, 24 de agosto de 2021

O MEU SUCESSO É UM FRACASSO!

Pergunta-se ao cristão moderno: muitas pessoas estão comparecendo aos encontros? Você e suas mensagens se tornaram populares? A comunidade cristã está aplaudindo e admirando o seu trabalho? Se sim, então você é um sucesso... mas, pra quem?

O fato do nosso trabalho está crescendo e se espalhando de tal maneira que a nação inteira, ou mesmo o mundo todo, está ouvindo falar de nós, não confirma a satisfação de Deus com o que estamos fazendo. “HONESTAMENTE, ATÉ MESMO UM VÍRUS PODE SE ESPALHAR RAPIDAMENTE E SE TORNAR MUNDIALMENTE FAMOSO”...

Hoje em dia, parece haver um critério que as pessoas admiram. Quando outras pessoas olham para nosso trabalho, normalmente estão tentando ver uma coisa. Eles querem ver se somos bem sucedidos ou não. O padrão do mundo é este normalmente:"Há um sucesso visível? A obra está se expandindo? Há alguma evidência concreta de êxito?" Se houver, nossa obra é admirada e aprovada. Se não houver, ela será ridicularizada e desprezada. Este é o padrão do mundo.

Mas o padrão de Deus é completamente diferente. Seu padrão é a obediência. Sua aprovação ocorre se estamos trabalhando de acordo com os Seus planos, se não estamos, então não há aprovação. Os caminhos de Deus frequentemente são misteriosos. Ele não usa os meios e os métodos do mundo. Muitas vezes Suas obras são ocultas, pequenas e inesperadas. Entretanto, com o passar do tempo, elas produzem os resultados mais excelentes.

Jesus, o Filho primogênito de Deus, também foi desprezado e rejeitado pela maioria (Is 53:3). Embora gozasse alguns períodos de popularidade, Ele sabia que os homens frequentemente estavam se congregando com Ele por razões erradas. Quando Ele lhes falava algo mais duro, que exigia um compromisso maior da parte deles, muitos se viravam e O deixavam. NO FINAL DE SEU MINISTÉRIO TERRENO, JESUS ESTAVA SOZINHO.

No auge de Seu trabalho sobrenatural, todos os Seus seguidores O abandonaram. Quem, naquela época, poderia dizer que o trabalho de Jesus e de seus discípulos foi um sucesso? Ele, o líder, foi morto, e todos os Seus seguidores foram dispersos, no entanto, a obra de Jesus Cristo foi o maior acontecimento da história e do cosmo.

O sucesso aparente não é, e nunca poderá ser, a medida de nosso trabalho para Deus.

Alguns trechos do Livro “Deixe meu povo ir!” editora Grão de Trigo

Visite o Site:
http://igrejadetodolugar.blogspot.com.br/2012/09/o-meu-sucesso-e-um-fracasso.html

Postado por Eduardo Alexandre

PRECISA ATITUDE

 

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

É HORA DE SE LEVANTAR!

A vida parece estagnada quando não avança. Quando você luta contra o mesmo desânimo que enfrentou há uma década ou luta contra os mesmos medos que enfrentou há um ano. Quando você acorda com os mesmos problemas e hábitos. Quando a dor de coração se torna um endereço de correspondência permanente.

Jesus vê você, meu amigo. Ele tem uma nova versão sua esperando para acontecer. Ele diz a você o que disse ao homem no tanque de Betesda: “Levante-se! Pegue a sua maca e ande!” (João 5: 8 NLT).

Fique de pé. Faça alguma coisa. Escreva uma carta. Candidate-se ao emprego. Procure um terapeuta. Fique de pé. Levante. Levante sua maca. Faça uma ruptura com o passado. E caminhe. Defina um novo destino e comece a caminhada. Libertar-se significa ficar animado para sair.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Time to Stand Up!”

A HISTÓRIA DA HUMANIDADE

 

domingo, 22 de agosto de 2021

VOCAÇÃO PARA CUIDAR DO PRÓXIMO

Em 1913, o médico Albert Schweitzer e sua esposa viajaram para Lambarén é, na África Francesa (Gabão). Num consultório montado em um antigo galinheiro, ele começou a atender pacientes com uma variedade de enfermidades: febre do pântano, malária, lepra, reumatismo, feridas abertas, insônia, diarreia e ocasionais casos de elefantíase. Sua esposa, Helene, era sua enfermeira, e Joseph Azvawami, um nativo que falava oito dialetos, seu intérprete. Ele dizia: “O que o mundo mais necessita é de homens que se dediquem às necessidades dos outros homens”.

 1002 Ilustrações para Sermões


UM CORAÇÃO RENOVADO

 

sábado, 21 de agosto de 2021

UM DEBATE SOBRE A CONTRIBUIÇÃO

Dois cristãos discutiam acerca da contribuição. Um deles defendia o dever e o privilégio de contribuir e agir em favor da fé e adicionava argumentos a favor de sua tese. O outro discordava e lembrava que não somos salvos pelas obras, e sim, pela fé. E apresentou um argumento real: “O ladrão que se converteu na cruz não contribuiu e se salvou”. Ao que o outro respondeu:

— Há uma diferença entre você e ele: ele era um ladrão que estava morrendo, você é um ladrão que está vivo....

 1002 Ilustrações para Sermões

MISTÉRIO

 

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

O DISFARCE DE JESUS

Certa vez, Madre Teresa disse às pessoas que trabalhavam com ela que fossem especialmente delicadas com os mais pobres dentre os pobres, quando lidassem com os que estavam morrendo e os abandonados nas ruas de Calcutá. Ela lhes dizia que tratassem os pobres com o tipo de reverência com a qual um sacerdote católico lida com os elementos da missa. “Quando vocês tocam neles”, ela dizia, “ali vocês tocam em Jesus no seu disfarce de aflito”.

 1002 Ilustrações para Sermões



QUEM ME DERA


 

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

A CONSAGRAÇÃO GERA MULTIPLICAÇÃO

Ainda jovens, o Dr. Bill Bright (1921 - 2003) e sua esposa tiveram um encontro com Cristo, e para firmar seu compromisso com Ele, “fizeram contratos prometendo empregar em Sua obra todas as posses que tinham”. Logo depois, iniciaram a Cruzada Estudantil e Profissional para Cristo Internacional (atualmente CRU). Bill jamais voltou atrás em relação a esse compromisso. Foi ele que escreveu um pequeno livreto intitulado As Quatro Leis Espirituais. O escritor Zig Ziglar relata que “até hoje, este livreto evangelístico já foi publicado em todos os principais idiomas do mundo, e distribuído a mais de 2,5 bilhões de pessoas em 228 países. Tal sucesso, só é possível com a ajuda de Deus”.

 Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões (adaptado)

RELACIONANDO-SE COM DEUS

 

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

ELE CHORA COMO UM DE NÓS

No início de sua missão na Libéria (África), o médico metodista norte americano George Harley (1894 - 1966) se reunia com a esposa para o culto, mas nenhum africano se juntava a eles. Quando Harley perdeu seu filho, construiu e carregou o caixão sozinho e, tomado pela dor, chorou. Um africano fitou-o por um longo tempo, e então correu para a aldeia, gritando: 

— Homem branco chora como um de nós. 

No domingo seguinte, o culto estava repleto de africanos. George fez grandes realizações na Libéria. Contudo, teve antes que perder o próprio filho. Quando um bispo de sua denominação lhe disse isso, George, referindo-se a Deus, respondeu:

— Ele também tinha um garoto, como você sabe.

Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões (adaptado)

TAMBÉM É COVARDIA

 

terça-feira, 17 de agosto de 2021

LANCE PRIMEIRO O SEU CORAÇÃO

Norman V. Peale conta que um famoso trapezista tinha um grupo de alunos. Quando um deles ergueu os olhos para a barra, vislumbrou o pior: um escorregão e um mergulho no chão. Ficou gelado. Não conseguiu mexer um músculo. Apavorado, o rapaz gaguejou: 

— Não posso. Não posso. Vejo-me caindo. Não posso. 

Então o acrobata disse: — Faça o seguinte: primeiro atire o seu coração sobre aquela barra; o corpo irá atrás.

O raciocínio do rapaz então descongelou e ele passou pelo teste sem mais problemas. O foco do seu coração direcionará sua vida. Assim é na obra de Deus. Você tem medo? Ponha nela antes de seu corpo, o seu coração! E seu corpo seguirá seu coração até os confins da Terra.

Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões (adaptado)

PAZ AO CORAÇÃO

 

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

ONDE OLHAR NA TEMPESTADE

“’Senhor, se és Tu, manda-me ir ter contigo sobre as águas.’ Então Ele disse: ‘Venha.’ E quando Pedro desceu do barco, ele caminhou sobre as águas para ir ter com Jesus ” (Mateus 14:28-29).

Pedro nunca teria feito esse pedido em um mar calmo. Duvido que Pedro jamais tivesse saído do barco. Tempestades nos levam a fazer jornadas sem precedentes. Por alguns momentos de acalmar o coração, Pedro fez o impossível. Ele desafiou todas as leis da gravidade e da natureza.

Mateus nos leva rapidamente para a mensagem principal do evento, e é para onde olhar em uma tempestade. “Mas quando [Pedro] viu que o vento estava forte, ficou com medo; e começando a afundar, clamou, dizendo: ‘Senhor, salva-me!’” (V. 30). Concentre-se em Cristo, você pode fazer o impossível. Concentre-se na tempestade, você começa a afundar.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Where to Stare in the Storm”

TUDO É VAIDADE

 

domingo, 15 de agosto de 2021

TODOS NO CORPO DE CRISTO SÃO ESSENCIALMENTE IMPORTANTES

Durante um concerto do famoso maestro norte americano Leonard Bernstein (1918 -1990), em um momento informal no decorrer do programa, uma pessoa indagou:

— Maestro, qual é o instrumento mais difícil de ser tocado?

E ele respondeu com muita presença de espírito: 

— É o segundo violino. Temos muitos primeiros violinos, mas é uma dificuldade encontrar alguém que queira tocar o segundo violino com o mesmo entusiasmo com que tocaria na posição do primeiro. O mesmo se dá com a segunda trompa, ou segunda flauta. E, no entanto, se não houver o segundo instrumento, não haverá harmonia.

Que poderosa ilustração para a Igreja! Muitos querem a preeminência, mas quão poucos estão dispostos a trabalhar nos bastidores, com a mesmo entusiasmo de quem está à sua frente!

Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões (adaptado)

FELICIDADE

 

sábado, 14 de agosto de 2021

UMA PALAVRA CARINHOSA PODE VIVIFICAR

Leon Tolstói, o grande escritor russo, fala de uma ocasião em que estava andando pela rua quando passou por um mendigo. Tolstói levou a mão ao bolso para dar dinheiro ao mendigo, mas o bolso estava vazio. Ele se virou para o homem e disse:

“Sinto muito, meu irmão, mas não tenho nada para dar”. O mendigo, reanimado, respondeu: “Você me deu mais do que lhe pedi, pois me chamou de irmão. Para a pessoa amada, uma palavra de carinho é uma migalha, mas, para a que tem fome de amor, uma palavra de carinho pode ser um banquete”.

Edino Melo - 1002 Ilustrações para Sermões

A BONDADE DE DEUS


 

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

ANTES DO SOL NASCER

Amy Carmichael (1867 - 1951) foi uma das grandes missionárias do século vinte. Ela resgatou um grande número de crianças na Índia, que tinham sido vendidas por seus pais para prestar serviços degradantes nos templos. Então, deu a elas um lar onde pudessem crescer felizes. Uma vez ela disse: “Nós temos toda a eternidade para celebrar nossas vitórias, mas apenas algumas horas antes do nascer do sol para alcançá-las”.

 Edino Melo - 1001 Ilustrações para Sermões

A LUZ DIVINA

 

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

ALGUNS FATOS SOBRE A VIDA E A OBRA DE JOHN WESLEY

"Dai-me cem homens que nada temam senão o pecado, e que nada desejam senão a Deus, e eu abalarei o mundo".

Wesley foi ousado em pronunciar tal frase. Ele se doou para ver o nome do Senhor Jesus Cristo conhecido, enaltecido, honrado e glorificado em todas as nações. Ele andou mais de 400.000 km em cima do lombo de cavalos e escreveu muitos dos seus mais de 1.000 hinos e sermões viajando a cavalo.

O quarto de oração da igreja em Londres ainda tem as marcas no chão dos joelhos desse evangelista conhecido como o Cavaleiro de Deus.

Certa vez uma professora norte americana levou alguns jovens numa expedição missionária à Inglaterra e os conduziu ao templo wesleiano de Londres. Enquanto mostrava os diversos cômodos do lugar se deu conta que um deles havia se perdido. Ao procurá-lo o encontrou orando com os joelhos nas marcas no chão e dizendo, repetidamente: - "Senhor faz de novo". Essa oração foi respondida. Esse jovem era Billy Graham.

Ainda na infância, com cinco anos de idade John Wesley foi o último a ser salvo, deforma miraculosa, em um incêndio que destruiu toda sua casa, onde ficara preso no segundo andar. A partir desse dia Susana, sua mãe, que tinha 12 filhos, dedicou-lhe atenção especial, pois entendeu que Deus havia poupado sua vida para algo muito especial. Depois desse acontecimento, John Wesley ficou conhecido como ''um tição tirado do fogo''.

David Botelho - Missão Horizontes

MUNDO PARA CRISTO


 

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

DEU TUDO E RECEBEU DE VOLTA - CHARLES STUDD

No final do século passado, na Inglaterra, Charles Studd (1860-1931), um dos maiores desportistas, herdou o que era considerado uma fortuna para a época: 29 mil libras esterlinas. Mas ele não quis. Ficou com medo que esse dinheiro viesse a atrapalhar a sua vida. Resolveu investi-lo nas coisas de Deus. Enviou 5 mil libras para o missionário Hudson Taylor, na China; 5 mil para William Booth, fundador do Exército da Salvação e 5 mil para Moody, para que iniciasse o Instituto Bíblico Moody, além de realizar muitas outras contribuições à causa de Cristo. Assim, ficara somente 3400 libras, com que presenteou a esposa no dia do casamento.

Quando sua esposa recebeu o dinheiro, disse:

- Jesus pediu ao jovem rico que desse tudo.

Então enviaram o restante anonimamente ao General Booth. Depois Charles Studd disse:

- Agora nós nos achamos na privilegiada situação de poder dizer que não "possuímosnem prata nem ouro" (At 3.6).

Tempos depois, Deus chamou Charles Studd para ser missionário na China, e depois na África. Ele fundou a Cruzada de Evangelização Mundial, que hoje tem mais de mil missionários em todo o mundo. Ele foi, como missionário, beneficiado pelo próprio dinheiro que doara.

"Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado; tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito " (Hb 11.24-26).

  Alcides Conejeiro Peres - Ilustrações Selecionadas

SATISFAÇÃO EM DEUS

 

terça-feira, 10 de agosto de 2021

DEIXE DEUS INTERVIR

Quando estamos no meio do problema, é difícil ver uma saída. Quando temos recursos limitados, é difícil imaginar sermos capazes de trabalhar com o que temos. Mas Deus já sabe como vai resolver o seu problema, meu amigo. E Deus tem recursos infinitos. Você é o humano; ele é o ser divino. Deixe que Ele lhe ajude. Deixe-o intervir.

Na próxima vez que você se sentir oprimido, lembre-se daquele que está ao seu lado. O que lhe confunde, não o confunde. Quando você apresenta suas necessidades a ele, ele nunca, jamais se volta para os anjos e diz: “Bem, finalmente aconteceu. Recebi um código que não consigo decifrar. A demanda é muito grande, até para mim.”

Você pode se sentir em desvantagem numérica, mas ele não. Dê a ele o que você tem, agradeça e observe-o trabalhar.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “Let God Intervene”

GRANDES BÊNÇÃOS

 

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

COMO FOI ATENDIDA A ORAÇÃO DE UMA CRIANÇA

É como um grão de mostarda, que, quando plantada, é a menor semente de todas. 
No entanto, plantada, ela cresce e se torna a maior de todas as hortaliças, com ramos tão grandes que as aves do céu podem abrigar-se à sua sombra".

Marcos 4:31,32

Uma mãe estava ajudando a empacotar uma caixa que ia ser enviada para a Índia. O filho, de quatro anos de idade, insistiu em pôr dentro da mesma uma oferta especialmente sua: um folheto intitulado "Vem a Jesus". Escreveu nele o nome, coma pequena oração: "Oxalá aquele que apanhar este folheto aprenda logo a amar a Jesus." 

Quando o folheto do menino chegou à terra distante, foi, finalmente, dado a um sacerdote hindu que estava ensinando aos missionários a língua do país. Pegou-o, sem ao menos dar-lhe uma olhada. Mas quando em viagem de regresso ao seu lar nas montanhas, lembrou-se do folheto, tomou-o e leu o escrito que havia do lado de fora. A oração do menino de tal maneira o comoveu, que ficou ansioso para ler. Logo deixou seus ídolos e se tornou um dedicado missionário entre seu próprio povo.

Quinze anos mais tarde, missionários americanos visitaram aquela vila montanhosa e encontraram o sacerdote hindu convertido, com uma congregação de mil e quinhentas pessoas que haviam aprendido a amar a Jesus como seu Salvador, pela influência e pelos ensinos iniciais daquele folheto.

Helping Hand / D. P. Silva - Mil Ilustrações

COM DEUS

 

domingo, 8 de agosto de 2021

AQUELA HORA EM ORAÇÃO

Quando George casou e começou a criar filhos, decidiu investir uma hora por dia em oração por eles.

Com o tempo ele começou a orar pela fé de seus netos e bisnetos. Cada dia ele passava uma hora em oração pelos filhos e pelas próximas gerações da sua família.

Escute o resultado: As duas filhas de George se converteram e se casaram com homens que entraram no ministério Cristão em tempo integral.

As quatro netas de George se casaram com pregadores e seu neto se tornou pastor.

Os primeiros dois bisnetos, entraram na faculdade juntos.

Um deles entrou no ministério Cristão, e o outro não.

Talvez George tenha ficado um pouco desapontado com este neto. Mas, depois ele entendeu melhor os desígnios de Deus. 

Aquele segundo neto se formou em Psicologia e começou a escrever livros para orientar pais na criação de seus filhos. Com o tempo ele começou a falar no rádio e seus livros ajudaram cada vez mais pais Cristãos.

O nome daquele bisneto de George é James Dobson, autor de diversos livros sobre casamento e a criação de filhos.

É um dos autores Cristãos mais influentes da atualidade.

Por meio da perseverança diária nas suas orações, George teve um impacto nas vidas não só dos seus filhos, mas, de netos e bisnetos, e por meio deles nas vidas de milhares de famílias e de várias gerações de Cristãos.

Pais, como é seu tempo de oração pelos seus filhos?

Quanta diferença será que uma hora por dia em oração faria pelos seus?

Aquela hora que você gasta surfando na Internet, assistindo jornal ou novela – vai valer quanto depois?

Se você mudasse aquele horário e usasse para oração, você sabe a diferença que faria?

- de Dennis Downing da pregação "Pais de Oração".

sábado, 7 de agosto de 2021

É ASSIM QUE DEUS PAGA

O evangelista Spurgeon foi, em certa ocasião, à cidade de Bristol, com o objetivo de pregar em três igrejas, esperando obter nas três coletas, 300 libras, quantia que ele necessitava com urgência para o seu orfanato na cidade de Londres. As coletas renderam realmente essa quantia, e Spurgeon sentia-se feliz, porque assim podia pagar as despesas do orfanato. 

Entretanto, à noite, quando se recolheu para dormir, Spurgeon ouviu uma voz - era a voz do Senhor e lhe dizia: "Dá essas trezentas libras a George Müller". "Mas, Senhor", respondeu Spurgeon, "eu preciso do dinheiro para os queridos órfãos de Londres". Mais uma vez insistiu a mesma voz: "Dá as trezentas libras a George Müller." Só quando respondeu: "Sim, Senhor, levarei o dinheiro a George Müller", é que conseguiu adormecer.

Na manhã seguinte dirigiu-se ao orfanato de George Müller e o encontrou de joelhos, orando, tendo diante de si uma Bíblia aberta. O célebre pregador, pondo a mão sobreo ombro do outro disse: "George, Deus me mandou entregar a você este dinheiro". "Oh", exclamou Müller, "querido Spurgeon, eu estava a pedir ao Senhor precisamente essa importância."

Os dois homens de ação alegraram-se muito. Mas a história continua. Quando Spurgeon voltou a Londres, encontrou uma carta sobre a mesa. Abriu-a, e verificou que ela continha 300 guinéus. Ora, como um guinéu vale uma libra e um shilling, Spurgeon tinha então, trezentas libras e trezentos shillings. "Aqui está", exclamou ele com muito regozijo. "O Senhor me devolveu as 300 libras com juros de 300 shillings". É assim que Deus paga.

Mensageiro da Paz, fevereiro de 1958 / D. P. Silva - Mil Ilustrações

FAZ DIFERENÇA

 

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

MAIS POR VIR

Uma pessoa caridosa deu a Rolland Hill cem libras esterlinas para auxiliar um pastor pobre. Considerando ser uma importância avultada demais para ser enviada de uma só vez, Hill enviou cinco libras para o referido pastor, acompanhadas apenas das palavras: "Mais por vir".

Dentro de poucos dias o bom homem recebeu de Hill outro envelope pelo correio - e as cartas de correio eram raridades naqueles tempos - o qual continha outras cinco libras, com os mesmos dizeres: "Mais por vir". Uns dois dias mais tarde, chegaram-lhe o terceiro e o quarto envelopes, sempre com a mesma promessa: "Mais por vir" .Até que toda a soma houvesse sido recebida, o atônito ministro estava familiarizado com as animadoras palavras: "Mais por vir".

Todas as bênçãos prodigalizadas por Deus são-nos enviadas com essas mesmas palavras: "Mais por vir". "Eu lhe perdoo os pecados, mas ainda há mais por vir". "Eu o educo para o Céu mas ainda há mais por vir". "Eu concedo a você graça sobre graça, mas ainda há mais por vir". "Eu o ajudei até a velhice, mas ainda há mais por vir". "Eu animarei você na hora da morte... e quando você chegar ao mundo novo, ainda haverá mais por vir".

Charles H. Spurgeon / D. P. Silva - Mil Ilustrações