segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

QUAL PALAVRA VOCÊ USARIA?

você fosse descrever a sua emoção sobre a volta de Cristo, qual palavra você usaria? Desconforto… negação… decepção… ou esperança? Talvez a sua palavra seja desconforto. Afinal, o Livro da Vida será aberto, e nomes serão lidos. Como a ideia da volta dEle poderia trazer algo senão desconforto? Talvez seja negação? Preferimos as respostas e explicações, e o fim dos tempos parece que tem muito pouco de ambos. Ou que tal decepção? Uma grávida quer segurar o seu bebê; um casal de noivos quer estar casado. Um soldado no exterior quer voltar para casa antes de ir… para casa!

Desconforto. Negação. Decepção. Todos sentimentos possíveis. Mas, aqui vai o sentimento que Cristo quer que todos nós sintamos: confiança! Jesus diz, “Não se perturbe o coração de vocês. Confiem em Deus; confiem também em mim.”

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “What’s the BWord?”

GUIADOS

 

domingo, 27 de fevereiro de 2022

AS CINCO BOLAS

Segue abaixo alguns trechos da palestra de Brian Dyson, ex-presidente da Coca-Cola, que aconteceu em conferência de uma universidade americana, onde ele falou sobre a relação entre o trabalho e outros compromissos da vida.

"Imaginem a vida como um jogo, no qual vocês fazem malabarismo com cinco bolas que lançam ao ar".
Essas bolas são: o trabalho, a família, a saúde, os amigos e o espírito.

O trabalho é uma bola de borracha. Se cair, bate no chão e pula para cima. Mas as quatro outras são de vidro. Se caírem no chão,
quebrarão e ficarão permanentemente danificadas. Entendam isso e busquem o equilíbrio na vida.

Como?
* Não diminuam seu próprio valor, comparando-se com outras pessoas.Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial.
* Não fixem seus objetivos com base no que os outros acham importante. Só vocês estão em condições de escolher o que é melhor para vocês próprios.
* Dêem valor e respeitem as coisas mais queridas aos seus corações. Apeguem-se a elas como a própria vida. Sem elas a vida carece de sentido.
* Não deixem que a vida escorra entre os dedos por viverem no passado ou no futuro. Se viverem um dia de cada vez, viverão todos os dias de suas vidas.
* Não desistam quando ainda são capazes de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar.
* Não temam admitir que não são perfeitos. Não temam enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a ser valentes.
* Não excluam o amor de suas vidas dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas.
* Não corram tanto pela vida a ponto de esquecerem onde estiveram e para onde vão.
* Não tenham medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente.
* Não usem imprudentemente o tempo ou as palavras, pois não se pode recuperar.
A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo.

CHORO


 

sábado, 26 de fevereiro de 2022

NÃO ESTÁ SOZINHO

Você conhece a lenda do rito de passagem da juventude dos índios Cherokees?


O pai leva o filho para a floresta durante o final da tarde, venda-lhe os olhos e deixa-o sozinho. O filho se senta sozinho no topo de uma montanha durante toda a noite e não pode remover a venda até os raios do sol brilharem no dia seguinte. Ele não pode gritar por socorro para ninguém. 

Se ele passar a noite toda lá, será considerado um homem. Ele não pode contar a experiência aos outros meninos porque cada um deve tornar-se homem do seu próprio modo, enfrentando o medo do desconhecido.

O menino está naturalmente amedrontado. Ele pode ouvir toda espécie de barulho. Os animais selvagens podem, naturalmente, estar ao redor dele. Talvez alguns humanos possam feri-lo. Os insetos e cobras podem vir picá-lo. Ele pode estar com frio, fome e sede. O vento sopra a grama e a terra sacode os tocos, mas ele não remove a venda .

Segundo os Cherokees, este é o único modo dele se tornar um homem. Finalmente... Após a noite horrível, o sol aparece e a venda é removida. Ele então descobre seu pai sentado na montanha perto dele. Ele estava a noite inteira protegendo seu filho do perigo.

Nós também nunca estamos sozinhos! Mesmo quando não percebemos, Deus está olhando para nós, sentado ao nosso lado. Quando os problemas vêm, tudo que temos a fazer é confiar que ELE está nos  protegendo.

Moral da história: Apenas porque você não vê Deus, não significa que Ele não esteja conosco. Nós precisamos caminhar pela nossa fé, não com a nossa visão material.

A SOLIDÃO

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

TOQUE OS NECESSITADOS

Então ele a tocou e, no mesmo instante, ela conseguiu se endireitar e começou a louvar a Deus. 

Lucas 13:13 NVT

Não foi surpresa quando Madre Teresa recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Como esperado, ela recebeu o prêmio “em nome dos famintos, dos nus, dos sem-teto, dos cegos, dos leprosos, de todos aqueles que se sentem indesejados, não amados e não cuidados pela sociedade”. Ela ministrou a essas pessoas a maior parte de sua vida.

Jesus demonstrou como cuidar e amar os marginalizados, independentemente das circunstâncias. Diferentemente dos líderes da sinagoga que respeitavam mais a lei do sábado do que os doentes (Lucas 13:14), quando Jesus viu uma mulher doente no Templo, compadeceu-se. Ele olhou além da deficiência física e viu a bela criação de Deus em cativeiro. Ele a chamou e curou, “ele a tocou e, no mesmo instante, ela conseguiu se endireitar e começou a louvar a Deus” (v.13). Jesus aborreceu o líder da sinagoga porque era o sábado. O Senhor do sábado (Lucas 6:5) compassivamente decidiu curar a mulher que havia enfrentado desconforto e humilhação por quase duas décadas.

Quantas vezes julgamos que alguém não merecia a nossa compaixão? Ou talvez tenhamos experimentado rejeição porque não cumprimos o padrão de outra pessoa. Não sejamos como a elite religiosa que se importava mais com leis do que com pessoas. Em vez disso, sigamos o exemplo de Jesus e tratemos os outros com compaixão, amor e dignidade.

Por:  Estera Pirosca Escobar

SÊ O QUE DEUS QUER

 

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

A ÚLTIMA SANTA CEIA

Esta história foi vivida pelo animador Teodoro, no estado do Acre, no rio Mácoa, onde realizou um trabalho que só a eternidade revelará o seu resultado.

Teodoro, um dos primeiros missionários dos Gideões Missionários da Última Hora no Acre, subiu o Rio, com sua esposa Sônia. Ante, avisaram no rádio aos da cabeceira do rio que os aguardassem porque ele iria visitá-los. No meio caminho, um lençol abanando em cima de uma árvore os fazem parar.

Ao aproximarem-se, a pessoa que acenava com o lençol disse:

— Me avisaram pelo rádio que iriam subir o rio.

— Sim, somos nós mesmos, em que posso lhe ajudar?

— Missionário, eu estou aqui desde a madrugada abandonando este lençol para todos os barcos que passam por aqui, mas nenhum deles parava. A minha mãe está muito doente, ela está ali numa rede. Ela precisa muito ver o senhor.

— Então me leve até ela, em nome de Jesus.

— Mãe, este é o pastor, o missionário que nós estamos esperando.

— Você é o missionário que há tanto tempo eu esperava. Há cinquenta anos passou por aqui um homem, ele falou da Bíblia para nós e eu aceitei a Jesus como meu Salvador. Ele me batizou nas águas, serviu a Santa Ceia, mas foi embora, e nunca mais voltou!

— Ah minha querida irmã! Que linda história!

— Eu estou aqui, no fundo desta rede já com cento e dez anos de idade meu filho, pedindo a Deus que Ele não me leve antes de tomar mais uma Santa Ceia.

— Agora eu tenho certeza que foi Deus que me trouxe nesse lugar, para realizarmos o desejo do seu coração.

— Vamos pegar suco de uva no barco e vamos servir a Santa Ceia para a senhora. Alguém tem uma bolacha para fazermos uma Santa Ceia?

— Não pastor, não temos bolacha nem pão, mas o que temos é beiju.

- Não tem problema minha querida irmã. Deus vai realizar o desejo do coração da sua mãe e o nome de Jesus nesta manhã vai ser glorificado. 

Uma senhora de cento e dez anos, há anos aguardava alguém para lhe servir a última Ceia. E o Senhor não a deixou morrer, porque esta é a lágrima do amor pelas almas. Suco com beiju foi a última Santa Ceia daquela senhora que já nos esperar no paraíso. Esta é a recompensa de quem chora a lágrima do amor pelas almas.

Cesino Bernardino –  As Sete Lágrimas de um Missionário

O IMPORTANTE

 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

DAR

Demasiadas vezes damos ao Senhor apenas o que nos sobrou depois de cuidarmos de todas as nossas faltas e necessidades - como o rapazinho a quem foram dadas duas moedas, uma para ele, e outra para o Senhor. 

A caminho da escola, uma das moedas rolou para um esgoto de onde não era possível tirá-la. 

— Oh, oh!, disse o menino, — lá se foi a moeda do Senhor!

Quantos de nós somos como este rapaz! Ou talvez não poucos de nós sejamos como a senhora ricamente vestida que, em uma reunião em favor dos desamparados de Nova lorque, enxugou os olhos em um dispendioso lenço artisticamente bordado depois de ouvir a história dos sofrimentos deles. Mas, ao passar a caixa de ofertas, deu uma mísera oferta de contribuição para ajudar a sociedade a promover o bem-estar. 

Qual é o seu critério em dar?

CRER

 

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

FAZER MISSÕES É COLOCAR A VIDA NO ALTAR

Dietrich Bonhoeffer (1906 - 1945) foi um destacado teólogo do século XX. Pastor luterano, que vivia muito bem nos Estados Unidos. Mas deixou todo o conforto e segurança que tinha e voltou à sua terra natal, Alemanha, para pregar contra Hitlero nazismo. 

Na Alemanha, foi preso e executado em 1945. Depois de morto, fala. Há vários livros de sua autoria que continuam transmitindo a mensagem pela qual ele deu a própria vida. Ele poderia afirmar: sou de Jesus, minha vida está sendo gasta no seu trabalho. Fazer missões é colocar a vida no altar.

 Jilton Moraes - Ilustrações e Poemas para Diferentes Ocasiões

MENOS ARROGANTE

 

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

PARA QUE VOCÊ CREIA

“O sinal milagroso em Caná da Galileia foi a primeira vez em que Jesus revelou sua glória. E seus discípulos creram nele” 

João 2:11 NLT.

O evangelho de João poderia muito bem ter o subtítulo Para Que Você Creia. Por que contar sobre o milagre da água para o vinho? Para que você acreditasse que Jesus pode restaurar o que a vida tirou. Por que andar sobre a água, alimentar milhares e ressuscitar os mortos? Para que você acredite que Deus ainda acalma as tempestades da vida, ainda resolve os problemas da vida e ainda traz os mortos à vida.

Precisa de graça? A obra de redenção de Jesus ainda está terminada. Precisa de garantia de que tudo é verdade? Bem, o túmulo ainda está vazio. Precisa de uma segunda chance? O fogueira de carvão ainda está queimando na costa da Galileia. Todos esses eventos convidam você a acreditar que esse Deus que opera milagres cuida de você, luta por você e virá em seu auxílio.

Max Lucado
Tradução por Dennis Downing
Em Inglês: “That You May Believe”

FIEL

 

domingo, 20 de fevereiro de 2022

O VIVIFICANTE PODER DE DEUS

Regozijemo-nos! Vamos nos alegrar e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Foi-lhe dado para vestir-se linho fino, brilhante e puro". O linho fino são os atos justos dos santos.

Apocalipse 19:7,8

Inúmeras são as demonstrações da salvadora graça de Deus na vida dos que Ele "chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz" I Pedro 2:9. Isto é especialmente notado por meio do contraste que se nos oferece nas rudes terras pagãs. Eis um exemplo da Costa do Ouro, na África Ocidental:

Era sábado em Agona. Umas 500 pessoas se haviam reunido no improvisado "tabernáculo" de teto de palha. Tocando uma campainha e cantando os hinos de Sião enquanto caminhavam, das várias direções do mato, grupos de irmãos tinham feito ouvir sua aproximação. O chefe principal e sua comitiva estavam localizados no centro e todos escutavam atentamente a pregação sobre o amor de Deus. Por ocasião do apelo final, também os pagãos manifestaram, pelo erguer das mãos, seu desejo de encontrar-se entre os remidos perante o trono de Deus.

A seguir, delegados de nossas igrejas se adiantaram, dando seu testemunho de amor e gratidão. Uma irmã nativa foi para a frente erguendo uma grande efígie de madeira de um sacerdote fetichista, vestido com todos os parlamentas de seu cargo. Em alta voz, cheia de emoção, exclamava: "Esses eram os ídolos que adorávamos antes de conhecer o Deus vivo. Agora, não mais colocamos neles nossa confiança, mas no Criador dos Céus e da Terra, que nos remiu desses poderes que nos mantinham em suas garras. Agradecemos à Missão por nos mandar mensageiros da verdade, e sentimo-nos muito alegres por sermos agora filhos de Deus!"

Foi um poderoso testemunho este, que não deixou de impressionar o auditório pagão, pois não poucos de nossos irmãos eram conhecidos por eles como havendo anteriormente pertencido a seu grupo.

 O Missionário

MUITOS FILHOS DE DEUS


sábado, 19 de fevereiro de 2022

MOMENTOS DE PAZ


A paz de Deus, necessariamente, tem que sossegar nossas mentes e dar descanso aos nossos corações. A.B.Simpson

São raros os momentos neste mundo veloz em que tiramos tempo para desfrutar alguns poucos momentos de paz longe do barulho e do agitado burburinho que nos cerca. Quando não estamos correndo de um lado para o outro, estamos socializando, exercitando, brincando, comprando, limpando e mantendo a vida em ordem. 

Qual foi a última vez que você gastou algum tempo em quieta solitude sem ter que necessariamente estar fazendo alguma coisa? Simplesmente sentado olhando para o mar, ou para a beleza de um calmo lago ou observando o bater do vento sob as agitadas folhas? Qual foi a ultima vez em que você esteve totalmente descontraído sem ter que atender um compromisso e com a liberdade de apenas se sentar até que estivesse pronto para seguir adiante? 

Eventualmente a coisa mais saudável e o maior beneficio que você pode trazer a você mesmo e a sua família é simplesmente dar uma parada completa na sua rotina. Ao fazer isso, descontraia e desfrute a abundância da vida que lhe esta sendo dada por Deus. 

Para Meditação: Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas. Hebreus 4:10

Nélio DaSilva
http://www.encorajamento.com/

PAZ NA DIFICULDADES

 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

INSTRUMENTOS DE LUZ

Há muitos instrumentos de luz. Os antigos usavam a candeia, alimentada com óleo e que produzia luz bem fraca. Ainda hoje se usam, onde não há luz elétrica, lâmpadas de querosene, também com luz baça, bruxuleante. Há, ainda, as velas, já com luz mais agradável, mas também fraca e desigual. Vieram depois o gás e afinal a luz elétrica e a fluorescente.

Cada instrumento produz e apresenta sua luz, de acordo com sua capacidade. A vela não deve envergonhar-se diante de uma forte lâmpada elétrica, por não poder iluminar com a mesma intensidade que ela. Não deve, também, a candeia esconder-se de um lampião a querosene ou a gasolina, por ser mais humilde. Cada qual, fazendo sua parte fielmente, cumpre seu dever.

Por que não sei cantar como Caruso ou Corno Del Delker, deveria ficar calado, no canto congregacional? Por que não sei pregar como um conferencista experiente, devo deixar de dar a alguém um folheto, ou ministrar um estudo bíblico a uma alma sedenta? Por que não sou médico, devo deixar de indicar a um doente um chá saudável ou um tratamento simples? Devo deixar de orar pelos amigos descrentes, ou de lazer uma visita a pessoa doente física ou espiritualmente, ou de escrever uma carta missionária a uma alma aflita? Por que não sou farol, me recusarei a ser lampião? Por que não sou vela colorida, de árvore de natal ou de bolo de aniversário, ou aristocrática vela a enfeitar um piano de cauda ou fina cristaleira, deveria deixar de ser humilde vela comum a iluminar um quarto de viúva pobre com um filhinho doente?

Ah, como é séria, como é real a nossa responsabilidade!

Disse Spurgeon: "Eu não dou muito por sua religião a menos que possa ser vista. Os lampiões não falam; mas brilham. Um farol não rufa tambor, não faz soar o gongo; no entanto, muito longe através das águas, seu facho de luz é visto pelo marinheiro. Assim, brilhem suas ações mais do que sua religião. Seja o principal sermão de sua vida ilustrado por toda a sua conduta, e não deixará de ser ilustre."

– 6.000 Sermon Illustration

MOTIVO PARA LUTAR


POBRE DE ESPÍRITO


quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

PAZ

Dois artistas concordam em retratar a idéia da paz. Um pinta um lindo lago, junto a uma montanha. Nem a mais leve onda encrespa suas águas tranqüilas. Nem uma onda, nenhum pássaro no céu. Tudo é serenamente belo. O outro artista pinta uma cachoeira trovejante, com uma árvore torcida crescendo por sobre suas águas revoltas. Bem acima, ao alcance da espuma das águas, há um ninho; nele, a mãe pássaro está alimentando seus filhotes. To-dos que vêem os quadros concordam que o segundo possui a mais elevada concepção de paz.

Quando confiamos em Cristo, gozamos de paz, mesmo no meio de aflições. Surgem doenças, desastres, desapontamentos, tristezas, tragédias e a própria guerra para nos preocupar, mas aquele que confia na proteção cuidadosa de Cristo está sempre em paz. Como o salmista escreveu: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum; porque tu estás comigo" (SI 23.4).

Everett H. Staats (Iowa, E.U.A.)

A PAZ

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

CELEBRANDO AO SENHOR

Celebrai com júbilo ao Senhor, todas as terras.
Salmo 100.1


Quando Deus criou o homem, diz a Palavra de Deus que Ele tinha um excelente propósito – criar um ser livre que pudesse escolher livremente servi-lo e honrá-lo, por essa razão, O criador criou um lindo lugar para o homem morar, deu-lhe um trabalho simples que o mantivesse sempre ocupado, providenciou companhia.


Não sabemos por quanto tempo essa paz e o projeto de Deus pendurou com sucesso. Mas sabemos que o homem, mesmo vivendo em paz e amor, deixou o Diabo pôr-lhe dúvida em seu coração, e a dúvida gerou, ganância – querer mais, ser semelhante a Deus!


Nesta estrada em que o homem se enveredou, deparou-se irremediavelmente com a tentação de comer o fruto proibido, e isso produziu dor, separação e a morte!


Deste então, o mundo se envolveu num véu de trevas, ódio, guerra. O caminho traçado pelo homem o tem seriamente afastado progressivamente Deus.


Durante os séculos, Deus, em sua imensa bondade, buscou sempre o homem através de sua Palavra – Moisés e a Lei, Davi e seu reinado de glória, Neemias, Esdras e a restauração de Jerusalém e finalmente, Jesus Cristo e sua morte na Cruz.


Tudo isso, foi o plano de Deus, para que o homem, vil pecador, desobediente, pudesse agora transformado pelo Evangelho ter vitória.

Uma vitória verdadeira e definitiva, através do sangue de Jesus. Podemos, agora, chegar aos pés do Pai e louvá-lo, entregando-lhe o nosso coração. Esta atitude, meu amado, dar-nos vitória sobre a morte e o Diabo.

Fandermiler Freitas

VIVER INTERESSA MAIS



terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

INVERNO RIGOROSO

Deixai-os; são guias cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão no barranco.

Mateus 15.14

Certa vez os índios perguntaram ao novo cacique se o inverno seria rigoroso naquele ano.

Ao contrário do seu falecido pai, que nunca tinha errado uma única previsão do tempo em toda a sua vida, ele não tinha a menor ideia de como fazer isso, mas, para não ficar sem dar uma resposta, afirmou que o inverno seria rigoroso.

Imediatamente, todos saíram em busca de lenha para armazenar.

O rapaz, preocupado com a situação (afinal, a sua palavra estava em jogo), resolveu ligar para o serviço de meteorologia daquela região indagando como seria o inverno naquele ano: - Será rigoroso, responderam-lhe eles.

Com o endosso do serviço meteorológico, chamou os índios e reforçou sua previsão de um inverno rigoroso.

Os índios, então, intensificaram a coleta de lenha e passaram a se dedicar quase que exclusivamente só a isso.

Preocupado agora com o frenesi que se instalou na aldeia, o cacique consultou novamente o serviço de meteorologia: - O inverno vai ser muito rigoroso, confirmaram eles.

- Vocês têm certeza disso, é claro? - perguntou-lhes o jovem, tentando reencontrar sua paz interior.

- Sim, temos absoluta certeza! - respondeu-lhe o pessoal da meteorologia.

- Mas, como vocês podem ter tanta certeza? Como vocês fazem para prever o clima assim, com tanta antecedência, sem medo de errar?

A explicação daqueles meteorologistas quase matou o jovem cacique do coração:

- Escute, meu amigo, nossa estação meteorológica fica próxima de uma aldeia indígena que há décadas nos ajuda a fazer a previsão do tempo. Quando os índios começam a juntar muita lenha, é porque o inverno vai ser muito rigoroso. Pode confiar!

ATÉ O CEGO VER

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

MAIS ALEGRIA

Mais alegria me puseste no coração, do que a deles no tempo em que se multiplica o trigo e o vinho.

Salmo 4. 7

Conheço um homem que depois de viver anos no mundo, conhecendo os prazeres e os encantos ilusórios desta vida, encontrou-se com Jesus. Sua vida mudou por completo, abandonou tudo o que dificultava uma comunhão verdadeira com Deus e afetava seu relacionamento íntimo com o Espírito Santo. Primeiro os amigos afastaram-se; depois, ele mesmo selecionou novos ambientes para frequentar e surgiram novos amigos.

Passado um tempo, seus irmãos começaram a ficar preocupados com aquela mudança tão radical e se reuniram, certo dia, para conversar.

– Meu irmão, nós queremos saber o que está acontecendo contigo. Sua vida social acabou. Você não sai mais... não vai a um bar, não frequenta uma festa. É só trabalho, casa, igreja.

É interessante como o mundo sem Cristo ver as coisas. Eles acreditam que a felicidade está em determinadas coisas (dinheiro, mulheres, festas, drogas etc). É impossível negar que ela têm sua alegria... Mas é uma alegria ilusória e passageira. Uma alegria que não dura muito.

Ao ouvir aquelas palavras, o homem sorriu e disse calmamente: "Meus irmãos, hoje eu sou feliz, não naquele tempo. Naquele tempo, eu me divertia mais, mas não era nem um pouco feliz..."

A Bíblia diz que só Jesus tem a chave da felicidade verdadeira e real que não se acaba quando a diversão finda ou quando nos falta algo. É uma felicidade muito maior, ela vem de dentro da alma e nada que possa ocorrer fora do homem poderá por fim nesta felicidade.

A ALEGRIA

domingo, 13 de fevereiro de 2022

PREPARATIVOS

E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo… 

João 14.3

Enquanto olhávamos o corpo de meu sogro em um caixão na capela funerária, um de seus filhos pegou o martelo que era do pai e o colocou ao lado de suas mãos. Anos depois, quando minha sogra morreu, um dos filhos colocou um jogo de agulhas de tricô sob os dedos dela. Esses doces gestos nos consolaram ao lembrarmos como usavam essas ferramentas enquanto viviam.

Sabíamos que não iriam precisar destes itens na eternidade. Não tínhamos ilusões, como os egípcios da antiguidade, de que as ferramentas, dinheiro ou armas enterradas com alguém preparariam melhor a pessoa para a vida seguinte. Você não pode levar nada! (Salmo 49:16,17; 1 Timóteo 6:7).

Mas meus sogros tinham se preparado para a vida eterna. E isso ocorreu anos antes, quando eles confiaram em Jesus como seu Salvador.

O planejamento para a vida eterna não pode começar no momento de nossa morte. Cada um de nós deve preparar o coração aceitando o dom da salvação proporcionado pelo sacrifício de Jesus na cruz.

Ao mesmo tempo, Deus também fez os Seus preparativos: “E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também” (João 14:3). Ele prometeu preparar um lugar para nós passarmos a eternidade com Ele.

Deus nos dá tempo para nos prepararmos para a eternidade.

por Cindy Hess Kasper

SALVAR ALMAS


sábado, 12 de fevereiro de 2022

AMIGO VERDADEIRO

"O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais chegado do que um irmão" 

Provérbio 18.24

Há no Talmude a história de um judeu que tinha três amigos. Um dia, ele foi chamado ao tribunal a fim de defender-se de certas acusações. O judeu estava aterrado. Foi ter com três amigos, e pediu-lhes que o acompanhassem. O primeiro respondeu:

-Não, eu não farei nenhum bem em ir; nem a você nem a mim mesmo.

O segundo disse:

-Bem, é uma coisa muito perigosa estar ao seu lado. Talvez o imperador o acuse de alguma grande ofensa contra a lei. Se eu for visto com você, ele poderá pensar que tenho parte em sua culpa. Contudo, irei com você até à porta do tribunal.

E assim ele se dirigiu ao terceiro amigo, que lhe respondeu:

-Não tema, irei com você até à presença do imperador. Dir-lhe-ei que conheço você e tenho confiança em você, e não o deixarei, enquanto você não for solto, como espero que há de ser.

E assim o fiel amigo cumpriu sua promessa.

O verdadeiro amigo está pronto a ajudar até o fim.

Fonte: http://recursoshomiletica.blogspot.com.br

ESCOLHER AMIGOS


sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

ESPELHO

Perguntaram a Mahatma Gandhi quais são os fatores que destroem os seres humanos. Ele respondeu:

A Política, sem princípios; o Prazer, sem compromisso; a Riqueza, sem trabalho; a Sabedoria, sem caráter; os negócios, sem moral; a Ciência, sem humanidade; a Oração, sem caridade.

A vida me ensinou que as pessoas são amigáveis​​, se eu sou amável,
que as pessoas são tristes, se estou triste,

que todos me querem, se eu os quero,

que todos são ruins, se eu os odeio,

que há rostos sorridentes, se eu lhes sorrio,

que há faces amargas, se eu sou amargo,

que o mundo está feliz, se eu estou feliz,

que as pessoas ficam com raiva quando eu estou com raiva,

que as pessoas são gratas, se eu sou grato.

A vida é como um espelho: se você sorri para o espelho, ele sorri de volta. A atitude que eu tome perante a vida é a mesma que a vida vai tomar perante mim.

"Quem quer ser amado, ame"

Autor desconhecido

VIVER


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

ESQUEÇA A BOLSA

"Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração" 

Mateus 6:21

Enquanto a bolsa é esvaziada, o coração vai se enchendo." (Victor Hugo)

E por que precisamos de bolsa, ou dinheiro, ou bens materiais, ou qualquer coisa semelhante, para ter o coração preenchido? Quando o coração depende dessas coisas passageiras para se regozijar, perde a alegria quando essas mesmas coisas deixam de existir. Por que ficar dependendo delas?

Quando compreendemos que o nosso coração pode estar cheio independente de coisas materiais, somos mais felizes e vivemos de maneira mais abundante. Cristo substitui todos os bens e tesouros do mundo. Ele é a verdadeira riqueza, o verdadeiro regozijo, a verdadeira felicidade.

Estamos nos aproximando de uma época onde o coração de muitos se enche por uma roupa nova, por uma mesa farta de guloseimas, pelos presentes recebidos, pela compra de um novo carro, pela reforma de uma casa. Mas, o coração deveria ser preenchido pelo amor e gratidão a Deus por Jesus ter nascido nesse mundo para perdoar nossos pecados e para nos dar vida eterna.

Esqueçamos a bolsa -- cheia ou vazia -- e comemoremos com o coração cheio da presença de Jesus. Ele pode encher nossas bolsas e esvaziá-las também. Não importa. Maior bênção é tê-lo como Senhor e Salvador. A bolsa, o banco, os presentes... são apenas consequências para aqueles que amam verdadeiramente a Deus.

Comemore as festas... encha seu coração de Cristo.

Paulo Barbosa

DESERTOS E OÁSIS


quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

ÁRVORE CONFUSA

Era uma vez um belo jardim com maçãs, laranjas, peras e lindas flores. Tudo era alegria no jardim, com exceção de uma árvore que estava profundamente triste, pois não sabia quem era, nem o que tinha de fazer.

A macieira lhe disse que era muito fácil fazer saborosas maçãs, por que não tentar?

– Não a escute, disse-lhe a roseira, é melhor produzir rosas, não vê como elas são belas?

A árvore confusa, cada vez mais desesperada, tentava tudo o que lhe sugeriam, porém, como não lograva ser como as demais, se sentia cada vez mais frustrada.

Um dia chegou ao jardim uma coruja e ao ver o desespero da árvore confusa, exclamou:

– Não se preocupe, seu problema não é grave, muitos seres sobre a terra o têm, mas é fácil resolver, tão-somente não dedique sua vida para ser como os outros acham que você tem que ser. Seja você mesma, conheça a si mesma e ouça a sua vocação, a sua missão nesta vida.

– Como assim? Ser eu mesma, conhecer-me, vocação, missão? Perguntava a si mesma a árvore confusa, quando de repente uma doce voz ecoou em seu interior:

“- Você jamais dará maças porque você não é uma macieira, nem irá florescer a cada primavera, porque você não é uma roseira. Você é um carvalho, e seu destino é crescer forte e majestoso, o que lhe propiciará dar abrigo aos pássaros, sombra aos viajantes, beleza à paisagem. Essa é a sua vocação!”

A partir desse momento a árvore confusa não se sentiu mais em confusão, ao contrário, se sentiu forte e segura de si mesma e se preparou para ser tudo aquilo para o qual foi criada. E continuou a crescer.

O jardim ficou completamente feliz.

Conto indiano de autoria desconhecida.
Adaptado por Ronaldo Franco.
Fonte: Metáforas

RAZÕES


terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

ASSALTADO TRÊS VEZES

Três amigos viajavam por uma estrada deserta quando se viram diante de uma encruzilhada. Sem nenhuma placa que lhes indicasse categoricamente qual das duas estrada deveriam seguir nem ninguém por perto para lhes dizer a direção a tomar, iniciaram uma calorosa discussão.

Um deles insistia que deviam pegar a estrada à esquerda. Os outros dois preferiam o outro caminho. Tentaram convencê-lo a irem os três juntos, primeiro à direita, depois à esquerda, caso estivessem errados, com os devidos pedidos de desculpas, é claro. Mas, não deu certo.

Buscaram, então, ganhá-lo pelo coração, lembrando-o que juntos iniciaram aquela jornada, que estavam perto do destino, e que nunca é uma boa ideia separar companheiros de viagem, pois dificilmente acabam se encontrando novamente.

No entanto, o teimoso mostrava-se irredutível, exigindo que o seguissem, senão, iria ficar ali mesmo, descansando, enquanto eles "quebravam a cara", andando feito bobos. E os avisou que, quando eles voltassem, iria zombar bastante deles.

Após um longo período de discussão, acabaram se separando. Nos primeiros instantes, após a separação, o teimoso sentia-se muito bem, firmado em suas convicções, mas, tão logo seus companheiros desapareceram lá longe na estrada, ele foi assaltado três vezes.

Primeiro, ele foi assaltado pela solidão. Uma solidão miserável e tão sem graça, aparecida assim, do nada, sem ser convidada.

Depois, foi assaltado pelo arrependimento, pois sabia que não deveria ter-se separado de seus amigos. Fosse o que fosse, era melhor terem ficado juntos (apesar de ele ainda não querer admitir isso).

Por fim, ele foi literalmente assaltado por dois sujeitos mal-encarados que passaram por ali e o obrigaram a lhes "dar" seus sapatos.

PARA LEMBRAR

 


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022

O QUE DIZ O AMOR

Você alguma vez já ouviu alguém fofocando sobre uma pessoa que você conhece? “Bem, eu ouvi dizer que ela…” “Ó, mas você não sabia que ele…” Então de repente é a sua vez. O que você tem a dizer? Eis o que o amor diz: 1 Pedro 4:8 diz “O amor cobre uma multidão de pecados.” O Amor não expõe. Não fofoca.. Se amor diz alguma coisa, fala palavras de proteção.

Você conhece alguém que precisa de proteção? Claro que conhece. Então dê proteção. Pague uma conta de gasolina para uma casal idoso em dificuldades. Certifique-se de que seus amigos divorciados sejam convidados para festas. Prometa aos seus filhos que, com a ajuda de Deus, eles nunca conhecerão o que é um dia de fome ou uma noite sem teto. Em Mateus 25:4 Jesus diz, “Em verdade lhe digo, qualquer coisa que você tenha feito por um desses meus pequeninos, você o fez por mim!”

Max Lucado
Veja também o estudo “O Amor Cobre Mesmo Pecados?”
Tradução por Dennis Downing

LIVRE


 

domingo, 6 de fevereiro de 2022

AMOR ESTRAVAGANTE

O relato da vida real que se segue, é o testemunho pessoal de um médico judeu.

“Trabalhei como cirurgião do exército dos Estados Unidos durante a Guerra Civil”.

Após a batalha em Gettysburg chegaram ao hospital vários soldados feridos, entre eles Charlie Coulson.

Como Charlie era muito jovem para ser soldado, pois tinha 17 anos, alistara-se como tambor. Ele chegou com ferimentos graves, sendo necessário amputar-lhe um braço e uma perna.

Quando meus assistentes foram aplicar-lhe clorofórmio para a cirurgia, ele recusou-se e pediu para chamar-me e disse:

- Doutor, quando eu tinha 9 anos, dei meu coração a Jesus e desde aquele dia venho aprendendo a confiar Nele. Ele é minha força, Ele me sustentará enquanto o senhor estiver amputando meu braço e minha perna.

Então indaguei e pedi para que tomasse um pouco de conhaque. Mais uma vez ele respondeu:

- Doutor, quando eu tinha 5 anos, minha mãe se ajoelhou ao meu lado, pedindo à Jesus, para que eu nunca bebesse um gole de bebida alcoólica. Existe a possibilidade de eu morrer e ir para a presença de Deus. O senhor quer que eu chegue lá com bafo de conhaque?

Naquela ocasião, eu detestava Jesus, mas admirei a lealdade daquele rapaz com seu Salvador. Chamei então o Capelão, que conhecia bem o moço, pois este frequentava as reuniões de oração.

Disse o Capelão:

- Charles, estou muito penalizado de vê-lo assim.

Respondeu Charlie ao Capelão:

-     Ah, eu estou bem senhor. O doutor me ofereceu clorofórmio e conhaque, mas eu não aceitei, pois quero me apresentar ao meu Salvador em meu juízo perfeito.

- Talvez você não morra, disse o Capelão. Mas, se o Senhor o levar, você deseja que eu faça alguma coisa?

- Capelão, respondeu o jovem, escreva uma carta para minha mãe e diga que tenho lido a Bíblia todos os dias, e tenho orado sempre para que Ele a abençoe.

- Estou pronto doutor. Prometo que não vou nem gemer se o senhor não me der o clorofórmio.

Garanti-lhe que não aplicaria a droga, mas antes de pegar o bisturi, fui a saleta tomar um gole de conhaque. Quando peguei a serra para cortar o osso, o rapaz colocou a ponta do travesseiro entre os dentes e sussurrou:

- Ó Jesus, bendito Jesus! Fica ao meu lado agora.

O rapaz cumpriu o que prometera, não gemeu.

Naquela noite não dormi pensando no rapaz. Pouco depois da meia-noite, levantei-me e fui ao hospital. Assim que cheguei disse o enfermeiro:

- Dezesseis soldados morreram.

- E Charlie também? Indaguei.

- Não, dorme como um bebê. Por volta das 9 horas, o Capelão leu as escrituras para Charlie e ambos cantaram hinos de louvor. Não consigo entender doutor como uma pessoa sentindo tanta dor ainda era capaz de cantar, completou o enfermeiro.

Passados 5 dias desde que fora operado, Charlie me chamou e disse:

- É chegada a minha hora. Creio que não terei mais um dia de vida. Sei que é judeu, e não crê em Jesus, mas gostaria que ficasse ao meu lado e me visse morrer confiando em meu Salvador.

Tentei ficar, mas não consegui, pois aquele rapaz regozijava no amor daquele Jesus que eu detestava. Passados 20 minutos o enfermeiro me procurou no consultório.

-Doutor, Charlie está morrendo e gostaria de vê-lo novamente.

Chegando ao quarto, Charlie pediu-me que segurasse em sua mão e disse:

-Doutor, amo o senhor porque é judeu. O melhor amigo que tive neste mundo foi um judeu.

Perguntei-lhe quem era esse amigo, e ele replicou:

-    JESUS CRISTO. Quero apresentá-lo ao senhor antes de morrer. Enquanto o senhor me amputava, orei ao Senhor Jesus pedindo que manifestasse o seu amor ao senhor.

Essas palavras tocaram fundo em meu coração. Doze minutos depois ele dormiu seguro nos braços de Jesus.

Durante a guerra morreram centenas de soldados, mas só compareci ao sepultamento de Charlie Coulson.

As últimas palavras daquele rapaz me impressionaram muito. Possuía muitos bens matérias, mas teria dado todo meu dinheiro para crer em Cristo como ele cria.

Contudo a fé é algo que o dinheiro não compra.

Pouco depois esqueci o sermão de Charlie, embora não conseguisse esquecer-me do próprio moço. Durante 10 anos lutei contra Cristo com todo ódio que tinha por Ele, até que afinal a oração de Charlie foi atendida.

Um ano e meio após a minha conversão fui a uma reunião de oração no Brooklyn, onde as pessoas davam seus testemunhos. Depois de várias pessoas falarem, levantou-se uma senhora idosa e disse:

- Estou com os pulmões muito doentes, pouco tempo me resta. É um imenso prazer saber que muito em breve me encontrarei com meu filho e com Jesus. O Charlie, além de soldado da pátria, foi também soldado de Cristo.

E ela continuou:

- Ele foi ferido em uma batalha, e ficou aos cuidados de um médico judeu que lhe amputou um braço e uma perna. Morreu 5 dias após a operação. O Capelão escreveu-me uma carta relatando o que ocorrera entre meu filho e o médico em seus últimos momentos de vida.

Ao ouvi-la, não me contive. Levantei-me e fui correndo até ela. Apertei-lhe a mão e disse:

- Deus a abençoe, minha irmã! A oração do seu filho já foi atendida. Sou o médico judeu por quem o Charlie orou, e o Salvador dele agora é meu Salvador também. O amor de Jesus cativou minha alma. 

Esse relato toca profundamente nosso coração. Vemos em Charlie Coulson quatro qualidades notáveis:

Convicção, Descanso, Amor e Compromisso.

Mas vemos ainda a fidelidade de Deus que honrou essas quatro atitudes dele.

Busquem ao Senhor enquanto é possível achá-lo; clamem por ele enquanto está perto. (Is 55:6)

Todo o que Nele confia jamais será envergonhado. (Rm10:11)

Quem converte um pecador do erro do seu caminho, salvará a vida dessa pessoa e fará que muitíssimos pecados sejam perdoados. (Tg 5:20)

Envie essa mensagem para seus amigos para mostrá-los que você os ama. 

Que JESUS ilumine seu caminho!


Quando dizes...
“Não posso resolver as coisas...”
Deus te diz:

“Eu guio seus passos”
(Provérbios 3:5-6)

Quando dizes:
“É impossível...”
Deus te diz:
“Tudo é possível”
(Lucas 18:27)



Bianca Medeiros