domingo, 29 de janeiro de 2017

FRAGMENTOS

a ele e a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã. Encheu-os de sabedoria do coração, para fazer toda a obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do gravador, em azul, e em púrpura, em carmesim, e em linho fino, e do tecelão; fazendo toda a obra, e criando invenções.

Êxodo 30.34-35

Faz alguns anos trabalhava na Itália um grande artista em mosaicos. Ele tinha um jovem aprendiz que limpava e varria o estúdio. O rapaz notou quantos cacos de vidro e pedra eram atirados ao chão e varridos para o lixo, e pediu ao seu mestre permissão para recolhê-los. Alguns meses mais tarde o mestre surpreendeu-se ao ver, escondida num depósito, uma bela obra de mosaico, executada pelo rapaz com os fragmentos atirados fora.

Assim devemos nós ajuntar os fragmentos de nosso tempo, conhecimento, oportunidades etc., e reuni-los num mosaico vivo de utilidade para outros e para glória de Cristo.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

ATENÇÃO DOBRADA

"Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar". 

I Pedro 5:8

Foi retratado no filme "A Paixão de Cristo", o momento da aflição do Senhor Jesus no Getsêmani, quando na iminência de Sua prisão. Não sei se você assistiu, mas pela misericórdia do Senhor, consegui tirar algumas lições que fortaleceram minhas convicções em Jesus.

Um dos autores dos Evangelhos relata que havia gotas de sangue no rosto de Cristo, pois tamanha era Sua aflição. Já o filme, além das gotas, mostra que naquele momento surge "satanás", tentando aumentar ainda mais o sofrimento ou provocar um deslize. Era um oportunista aproveitando a fraqueza. 

Nenhum dos Evangelhos na Bíblia sustentam esse fato, mas essa representação serviu para me alertar que o Inimigo de nossas almas, o diabo, é muito sujo. Suas iniciativas têm um único intuito, nos levar a cair em tentação. É como um Leão que estrategicamente arma emboscada para suas vítimas, onde o propósito é a morte. 

É normal associarmos as dificuldades, a provações, as tribulações a ação do Inimigo, mas será que suas estratégias se limitam a essas ocasiões? É certo que não! Os Evangelhos relatam uma ocasião onde o apóstolo Pedro recebeu de Deus uma revelação muito especial sobre Jesus Cristo. É incontestável a bênção do Senhor sobre o apóstolo. Porém, apesar da confissão de Pedro dirigida pelo Espírito Santo, o apóstolo começa a sugerir na seqüência que Jesus fugisse do propósito para qual Ele veio ao mundo (Mateus 16.13-26). Percebe? Ainda com o gostinho da manifestação de Deus, satanás tenta usar um apóstolo para fazer Jesus "tropeçar". 

Não importa a circunstância, seja ela boa ou ruim, suas estratégias para nos desviar de Deus não cessarão. O autor da carta, o apóstolo Pedro, sentiu na pele esse tormento e nos adverte a não ficar acomodado. Veja, um apóstolo procurava vigiar, ficar atento às ciladas! Será que eu e você podemos ficar tranqüilos nos sentindo invulneráveis às setas malignas? Vigie, ore ao Senhor, busque a todo o momento Aquele, o Único, que pode nos livrar da perdição eterna - Jesus Cristo. O Inimigo tentará nos afastar de Deus, mas fiel é o Senhor, que começou boa obra em nós e haverá de concluí-la. 

Esteja atento e procure permanecer à Sombra do Altíssimo.

Por Hagton Henrique

O QUE HÁ DE IMPORTANTE

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

OS DOZE PRATOS DE PORCELANA

Um príncipe chinês orgulhava-se de sua coleção de 12 pratos de porcelana rara, de antiga procedência.

Certo dia, o seu zelador, em momento infeliz, deixou que se quebrasse uma das peças. Tomando conhecimento do desastre e possuído pela fúria, o príncipe condenou-o à morte.

Às vésperas da execução um sábio apresentou-se ao príncipe, pediu para ver os cacos do prato quebrado, e lhe garantiu que era capaz de resolver aquele terrível problema, desde que o príncipe revogasse a sentença daquele pobre homem.

Emocionado, o príncipe aceitou a proposta.

O ancião solicitou que fossem colocados todos os pratos restantes sobre uma toalha de linho bordada e os pedaços da preciosa porcelana quebrada espalhados em volta do móvel, no chão.

Atendida sua solicitação, aproximou-se da mesa e, num gesto inesperado, puxou a toalha com as porcelanas preciosas, atirando-as bruscamente sobre o piso de mármore, arrebentando-as todas.

Ante o estupor que tomou conta do soberano e de sua corte, muito sereno, ele disse:
– Pronto, meu senhor, assim fica resolvido o problema da sua preciosa coleção. E o problema é que cada um destes pratos vale mais que uma vida humana.

Deu uma pausa e concluiu:
– Agora podeis mandar matar-me. Sacrifico-me em benefício dos que irão morrer no futuro, quando cada uma dessas peças for quebrada separadamente.

Passado o choque, o príncipe, comovido, arrependeu-se da loucura que iria fazer e libertou o velho e o servo.

Fonte: http://respostasnabiblia.org

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

ANTIPAS

Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.

Ap. 2.13

Pouco se sabe a respeito de Antipas. A Bíblia o menciona uma única vez no Livro de Apocalipse. Nele, Jesus o desceveu como Sua Testemunha e Seu fiel. e que mesmo em face da morte decidiu que não negaria o Filho de Deus.

No entanto, a história e a tradição nos revelam outros detalhes: Ele era o líder religioso da Igreja de Pérgamo e por causa de seu testemunho foi  perseguido e morto no ano de 92 d.C.

Segundo a tradição,  Antipas foi supostamente assado vivo em um touro oco, em tamanho real, de bronze, que tinha uma fogueira em seu ventre, porque recusou a renunciar à sua fé em Cristo Jesus.

Antipas serve-nos de inspiração nesta segunda, porque o seu testemunho fiel e eventual martírio por sua fé inabalável em Jesus Cristo fizeram-no ganhar menção nas páginas da Sagrada Escritura, e um lugar de destaque no "Hall da Fama de Deus".

TRABALHE DURO


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

VALOR PESSOAL


Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? 

Mateus 6.26

Anos atrás, um bizarro vaso suíço, de cerca de 30 cm de altura, foi oferecido em leilão. O leiloeiro não contou a história do vaso, mas só chamou a atenção ao fato de ele datar de 1763 A.D. Sua beleza lhe proclamava a genuinidade. Era dado lance após lance, até que foi atingido o preço de 20.000 dólares. E por esse fabuloso valor foi vendido.

Todavia, pensem nisto: esse objeto de genuína antiguidade fora uma vez apenas um bloco de argila comum. Que lhe dera tanto valor? O labor e a habilidade do artista que o moldara com muito cuidado e paciência.

Assim diz a Escritura: "Mas agora, ó Senhor, Tu és nosso Pai; nós o barro, e Tu o nosso oleiro; e todos nós obra das Tuas mãos." Isa. 64:8.

É a mão de obra divina em nossa vida que nos faz de valor.

Mil Ilustrações

NÃO JUSTIFICA


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

O DILIGENTE BENJAMIM

"Vês a um homem perito na sua obra? perante reis será posto." 

Provérbios 22:29

Que pretende a Bíblia (Almeida Antiga) dizer nesse texto com a palavra "diligente"? Que é uma pessoa diligente?

O dicionário define a pessoa diligente como persistente e industriosa. É incansável em seus esforços para fazer um bom trabalho.

Dedica cuidadosa atenção a minúcias de sua atividade, de modo que ela seja realizada com o melhor de sua capacidade. O diligente é pessoa de confiança, que pode ser deixada a trabalhar sem necessidade de vigilância. Ela faz o melhor que pode, quer haja alguém fiscalizando, quer não.

A Bíblia diz que os jovens diligentes estarão perante reis. Terão sucesso na vida. José e Daniel foram moços diligentes cuja fidelidade conquistou para eles um lugar na corte real.

Benjamim Franklin foi outro jovem a cujo respeito se pode dizer: "Era diligente em seus negócios," Nascido neste dia em 1706, na cidade de Boston, Massachusetts, tornou-se famoso em ambos os lados do Atlântico como cientista, escritor, estadista, e diplomata.

Sentia-se tão em casa com os reis na Europa como com os rancheiros na Nova Inglaterra.

Um de seus vizinhos escreveu sobre ele: "A atividade de Franklin é maior do que tudo que já vi. Eu o vejo ainda no trabalho quando volto do clube; e já está de novo no trabalho antes que seus vizinhos se levantem da cama de manhã." 

Ben era o décimo quinto filho, e o mais novo de uma família de 17 irmãos. Dois anos de escola foi tudo que seus pais puderam dar-lhe em matéria de estudos. Todavia, utilizando momentos vagos de seu tempo o/e estudou sozinho matemática, geometria, navegação, gramática, geometria, e ciência, tornando-se um dos homens mais instruídos do seu tempo.

Se você quer construir uma vida de êxito, a diligência é uma das pedras angulares necessárias ao seu fundamento agora. Quando você realiza fielmente as tarefas que lhe são designadas, duras e pesadas como possam ser, você está recebendo o treinamento que o capacitará para uma posição de confiança e utilidade mais tarde.

A Sra. White escreveu isto' "No fiel desempenho de simples deveres do lar, os rapazes e as meninas lançam os alicerces da excelência mental, moral e espiritual. " - Mensagens aos Jovens, pág. 212.

Em outras palavras: sê diligente; vale a pena!

World Hook Encyclopedia, vol. 7, págs. 412-415.

DESEJOS NEGATIVOS


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SALVAR A SI MESMO

E dizendo: Tu, que destróis o templo, e em três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo. Se és Filho de Deus, desce da cruz.
 
Mat 27:40

Todo ser vivo tem o desejo intrínseco de sobreviver. Ele é capaz de realizar proezas e mover o extraordinário para se manter vivo. A Bíblia diz em Jó 2.4 - Tudo quanto o homem tem dará por sua vida.

Em 1972, um avião da força área uruguaia caiu nos andes, com 45 passageiros e tripulantes, matando 29 pessoas. Os sobreviventes ficaram presos nas montanhas por 72 dias antes de serem resgatados. Para não morrerem de fome, eles comeram a carne dos companheiros mortos.

Nos versículos acima, as pessoas desafiavam Jesus a salvar a si mesmo. Posso até pensar que se tratava apenas de mais uma forma de humilhar, zombar e ferir. No entanto, não posso negar que O Mestre tinha o poder de descer da cruz e estava ao seu alcance salvar a si mesmo. Então, isso não era apenas um desafio, era uma possibilidade.

Na vida nós temos muitas vezes, e em várias ocasiões, o poder de salvar a nós mesmos ou de se entregar por algo maior e melhor. Uma família, por exemplo, pode ser unida ou até fortalecida quando os seus componentes resolvem se sacrificarem uns pelos outros, não permitindo que seus desejos e paixões destruam o lar.

Todo dia, nós temos que decidir muitas coisas, e não podemos esquecer-nos de que muito mais importante do que salvar a nós mesmos é saber o que irá morrer ou ser destruído quando eu decido que sou mais importante do que tudo.


SUCESSO

domingo, 15 de janeiro de 2017

A FLOR E A BORBOLETA

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor... e uma borboleta. Mas Deus lhe deu um cacto... e uma lagarta. O homem ficou triste pois não entendeu o porque do seu pedido vir errado. Daí pensou: Também, com tanta gente para atender... E resolveu não questionar.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixara esquecido. Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores. E a horrível lagarta transformara-se em uma belíssima borboleta.

Deus sempre age certo. O Seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado. Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie. Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.

Nem sempre o que você deseja... é o que você precisa. Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar. O espinho de hoje... será a flor de amanhã!

A VOZ, O SORRISO E O OLHAR


sábado, 14 de janeiro de 2017

O ACUSADO

Conta uma antiga lenda que, na Idade Média, um homem muito religioso foi injustamente acusado de ter assassinado uma mulher. Na verdade, o autor do crime era uma pessoa influente do reino. Por isso, desde o primeiro momento, se procurou um bode expiatório para acobertar o verdadeiro assassino.



O homem foi levado a julgamento, já temendo o resultado: a forca. Ele sabia que tudo iria ser feito para condená-lo e que teria poucas chances de sair vivo dessa história. O juiz, que também estava combinado de levar o pobre homem à morte, simulou um julgamento justo, propondo ao acusado que provasse sua inocência. Disse o juiz:



"Sou de uma profunda religiosidade e por isso vou deixar sua sorte nas mãos do Senhor. Vou escrever em um pedaço de papel a palavra ‘inocente’ e no outro pedaço a palavra ‘culpado’. Você mesmo vai sortear um dos papéis e aquele que sair será o veredicto. Nosso Senhor decidirá seu destino", determinou o juiz.



O juiz preparou os dois papéis, mas, sem que ninguém percebesse, em ambos escreveu "culpado", de maneira que não existia nenhuma chance de o acusado se livrar da forca. Não havia saída para o pobre homem. O juiz colocou os dois papéis em uma mesa e mandou o acusado escolher um.



O homem pensou alguns segundos e, pressentindo o perigo que corria, aproximou-se confiante da mesa. Pegou um dos papéis, rapidamente colocou na boca e o engoliu. Os presentes ao julgamento reagiram surpresos e indignados com a atitude do homem.



"Mas o que você fez? E agora? Como vamos saber qual será o veredicto?"



"É muito fácil", respondeu o homem. "Basta olhar o outro pedaço que sobrou e saberemos que acabei engolindo o seu contrário."



O outro papel foi conferido. Estava escrito "culpado", portanto o que ele engoliu só podia ser "inocente". Imediatamente o homem foi libertado.



P.S.: Por mais difícil que seja uma situação, não deixe de acreditar até o último momento. Saiba que para qualquer problema há sempre uma saída. Não desista, não entregue os pontos, não se deixe derrotar. Persista, vá em frente apesar de tudo e de todos. Creia que você pode consegui

A DOR E O AMOR


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

O NOSSO DEUS

Quando a Babilônia corria o perigo de ser invadida pelos persas, o povo pensou que devia salvar primeiramente os deuses Bel e Nebo. Os deuses foram então colocados sobre animais que iam na frente da multidão. Como fossem uma carga muito pesada, a fuga tornou-se muito lenta. E assim, em vez de salvar o povo, os deuses tornaram-se um empecilho para a multidão. Desse modo o povo foi vencido e levado ao cativeiro.

Quão diferente é o Deus vivo a quem nós amamos e confiamos. Nós não o salvamos; Ele nos salva e nos livra nas horas de provação. A religião não é uma carga para nós. Ela não impede a nossa marcha. Ao contrário, ela nos eleva e nos conduz pelo caminho da perfeição.

São, porventura, as asas uma carga para a ave? São, por ventura, as velas uma carga para o barco? Do mesmo modo Deus é para nós a fonte da nossa força. Seu poder habilita-nos a triunfar sobre todas as provas e tentações. Não somos nós quem o carregamos, mas sim, Ele é quem nos leva e nos traz sempre em segurança.

Charles Gallacher (Austrália)

O QUE É FELICIDADE?

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

OS DEGRAUS DE SUA VIDA

Você recebeu alguma coisa da qual tinha necessidade ou foi agraciado com uma dádiva de valor e, portanto, se sente satisfeito e disposto a agradecer ao seu doador e benfeitor.

Se, por outro lado, as coisas não vêm ocorrendo exatamente dessa forma, e a vida se apresenta coberta de problemas, não há o mesmo ânimo de agradecer e surge o ímpeto de reclamar e murmurar.

Saiba, porém, que mesmo as coisas que aparentam ser más, e podem até representar derrotas, têm sua razão de ser e podem ser MEROS DEGRAUS para que seja atingida a grande meta.

É por essa razão que surge a recomendação de que, por tudo e em tudo, você agradeça a Deus, expressando tal gratidão de forma aberta.

O próprio ato de agradecer é uma fonte de vitória, e um meio de trazer boas coisas para sua vida.

Faça o teste hoje!

"Em tudo dai graças..." II Tess 5:18

Trecho extraído do livro "Ouvindo a Deus"

Pastor Elcio Lourenço

SEMEIA AMOR


segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

BOM CIDADÃO

Por esse motivo, também pagais tributos, porque são ministros de Deus, atendendo, constantemente, a este serviço.
 
Romanos 13:6

Pensamento: Ai! Não gosto de impostos. Mas tenho que admitir que gosto de muitos dos privilégios e bênçãos que os impostos fornecem. Paulo nos lembra em Romanos 13 que as autoridades civis são as ferramentas de Deus para deter anarquia, caos e um mundo sem lei. Como cristão, sou imune à maioria das leis porque minha fé em Jesus vai regular o meu comportamento muito mais do que qualquer código legal. Mas tenho uma responsabilidade (eu "devo", Paulo diz) de ser um bom cidadão, um bom gerente (ou mordomo) das minhas finanças, um vizinho respeitoso e uma pessoa que honra aqueles que merecem honra.

Oração: Todo-Poderoso Deus, prometo a minha lealdade ao Senhor. Somente o Senhor é Soberano e Rei. Por causa do seu chamado a honrar meu governo, e porque o Senhor tem me abençoado ricamente numa terra como esta, e porque o Senhor me concedeu tanta graça tão ricamente, comprometo-me a viver hoje de maneira que honre o Senhor, a minha cidadania do meu país e meu respeito para com aqueles que encontro hoje. No nome de Jesus eu oro. Amém.

http://www.iluminalma.com/

O BEM PERMANENTE

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

MALES DA LÍNGUA

“A boca do justo é manancial de vida...”

Pv 10.11

Certo dia um rei mandou chamar seu mordomo e lhe disse: "Filho meu, trás para o jantar de hoje o alimento mais fino que conheces."

O criado foi ao mercado e pelo entardecer regressou com uma língua. E assim pelo jantar todos apreciaram um delicioso guizado de língua.

Passados alguns dias o rei mandou chamar novamente o mesmo homem e lhe disse: "Filho meu, sabeis que estes dias são dias marcados pelos sábios para a penitência e a purificação, trás pois o pior dos alimentos que conheces para que possamos tomar a ceia de hoje."

O homem foi e pelo fim do dia regressou com uma língua. Diante disso o Rei lhe perguntou: "Filho meu, ainda há seis dias mandei que fosses buscar o alimento mais nobre e me trouxestes uma Língua, hoje pedi que me trouxesses o alimento mais repugnante e mais uma vez trouxestes uma língua, que significa pois essa tua atitude?"

E o mordomo respondeu: "Perdoa-me sábio, entretanto me pedistes o mais nobre dos alimentos e outra coisa não pude trazer senão uma língua porque com ela louvamos e bendizemos ao Santo Deus."

Ora me pedes o mais repugnante dos alimentos da terra e outra coisa não te posso trazer senão a mesma língua, pois é com ela que caluniamos e maldizemos ao irmão feito a imagem e semelhança de Deus.

E o rei exclamou: Assim se manifesta a sabedoria do Único Deus!


Reflexão: "A boca do justo jorra sabedoria, mas a língua da perversidade será cortada." Provérbios 10:31


"Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano."Salmo 34:13

INVEJA


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

CHORAR PRA QUÊ?

A primeira manifestação do ser humano para com a vida é verter lágrimas. Muitos consideram que o pranto é um sinal de fraqueza, que deve ser reservado.

Há os que fazem do chorar uma forma de motivar os outros para seus problemas. Não existe, porém, uma verdade absoluta no que diz respeito ao ato de chorar.

Certamente os motivos e os resultados de tal atitude variam, de caso para caso.

Não se encontra registro na Bíblia Sagrada de que Jesus Cristo tivesse sorrido, mas ele chorou (Jo 1:35).

Houve um rei, condenado à morte por doença, que orou e chorou diante de Deus e foi curado (Isa 38:3).

João, na revelação do Apocalipse, chorou porque ninguém era digno de abrir o livro da vida (Ap 5:4).

Jesus determinou à mulher que chorava junto ao seu túmulo que parasse, pois ele estava vivo (Jo 20:15).

Uma coisa é certa, se você confia em Deus, o choro dura uma noite e a alegria vem pela manhã (Sl 30:5).

Pastor Elcio Lourenço

VENDO A VIDA PASSAR

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

EM NOME DO FILHO

"A fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda"

Jo 15.16b

Dois soldados, na guerra, tornaram-se grandes amigos. Um deles era filho de uma família ilustre e o outro, um camponês inculto. Eram como irmãos na divisão dos minguados recursos que a guerra proporcionava, ou na fartura dos dias de folga, que passavam juntos.
 
Um dia, no fragor da batalha, uma explosão fere os dois amigos. Foram evacuados para um hospital de emergência e depois para outro hospital.
 
O soldado rico, embora com ferimento mais grave, não ficaria aleijado, o pobre, ao contrário, tinha perdido um braço, mas a sua recuperação foi rápida. Desligado do exército, foi fazer uma última visita ao seu amigo rico. Este lhe pediu: "Vá à cidade tal, em tal endereço, procure meus familiares e dê-lhes notícias sobre mim."
 
O ex-soldado encontrou com facilidade o endereço. Bateu à porta e foi atendido pelo empregado:  "Quero falar com Dona Fulana - que era a mãe do seu amigo."
 
O empregado voltou alguns minutos depois: "Deixe o seu recado que ela não pode atender." (Naturalmente perguntara pela aparência do solicitante, e, informada, pensou ser um mendigo pedindo esmola.)
 
O ex-soldado insistiu: "Por favor, diga-lhe que venho em nome do seu filho, que está ferido em um hospital."
 
Imediatamente o moço foi recebido pela mãe do soldado ferido. É que agora o visitante falava em nome do filho da casa!

DEFEITO EM TUDO


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

LENÇO AMARELO

Era uma vez um jovem que se encontrava em um trem e mostrava-se muito ansioso, nervoso e caminhava de um lado para o outro. Então um senhor que já a algum tempo o observava disse-lhe: Rapaz, por que estás tão inquieto?

O rapaz respondeu: Não adianta contar-lhe pois não podes me ajudar.

E continuou ansioso, andando de um lado para o outro.

O senhor, mais uma vez tentou conversar com ele, dizendo: Meu rapaz, conte-me o que está te angustiando tanto. Talvez eu possa te ajudar.

Então o jovem falou: Há muito tempo atrás deixei meu pai, minha casa e fui morar longe ... tentar uma vida independente, mas agora resolvi voltar e então escrevi, pedindo para meu pai receber-me de volta e avisei-lhe que estaria nesse trem. Se ele concordasse com minha volta, pedi que amarrasse um lenço amarelo em um galho bem alto da árvore que fica na frente da casa. Agora, o que está me angustiando é que estou chegando e tenho receio de que não tenha nenhum lenço, então saberei que ele não me perdoou e assim, seguirei em viagem.

O senhor, então lhe falou: Fique tranqüilo que eu ficarei na janela e olharei pra você.

Quando se aproximou do lugar onde o rapaz morava, o senhor colocou-se na janela. Passando o trem, o rapaz perguntou: E então? Vês um lenço amarelo na árvore?

O homem respondeu: Não, eu não vejo um lenço amarelo . . . mas sim, muitos lenços amarelos . . .um em cada galho da árvore ! ! !

Nós todos, muitas vezes, agimos como o Filho Pródigo. Nos afastamos das coisas de Deus com mil e uma desculpas. De repente, algo nos chama e sentimos nosso coração pulsar!

Para Deus nunca é tarde para a volta . . . Ele sempre nos espera . . . Com muitos lenços amarelos ! ! !

domingo, 1 de janeiro de 2017

ONDE ESTÁ O AMOR?

E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.

Mateus 24:12

Tenho observado estarrecido no que somos capazes de fazer ao próximo... O homem tem agido com extrema crueldade contra o seu semelhante, até mesmo contra o seu próprio sangue. Será que já chegamos no tempo em que o Mestre se referiu no versículo acima?

Tantas mortes recheadas de crueldade, sem motivos ou motivadas por coisas tão banais; Tanta violência contra mulheres, crianças, idosos; Tantos pais, filhos, mães, irmãos executados pela ganância, maldade que brota dentro da própria família. O mundo se tornou um lugar perigoso para se viver. Chego a pensar que as pessoas de bem são cada vez uma minoria.

Jesus Cristo disse que a razão desse amor cada vez mais frio seria a multiplicação da iniquidade. E observo que muitas leis sugiram nos últimos anos que são contrárias a Palavra de Deus, a família e ao amor. 

Hoje em dia, muitas ações que são reprovadas por Deus são praticadas e aceitas pelas sociedades como normais e louváveis. Esse mundo não atingirá a compreensão real do amor se continuar seguindo um caminho longe de Deus. O resultado de uma vida assim é e sempre será o ódio, o rancor e as muitas tragédias.

Que Deus nos ajude!

ANO NOVO