sábado, 30 de junho de 2018

A GANGORRA

Quando os outros dez ouviram isso, ficaram indignados com os dois irmãos. 

Mateus 20.24

Os outros discípulos certamente comentaram: “Quem vocês acham que são?” A indignação deles não foi diferente da nossa quando vemos outros furarem a fila na busca por vantagens.

A ambição e a arrogância geram inveja e amargura. Juntas, elas produzem as maiores dificuldades nas igrejas, em nossas vidas e de nossas famílias. 

Quando penso que sou melhor que o meu irmão ou que tenho um dom melhor, estou me colocando acima dele. Logo ele dá o troco com a mesma moeda! É como numa gangorra: quando um lado sobe, o outro é rebaixado. 

O mesmo mecanismo gerou a tensão entre os discípulos. O tom estava elevado, uns culpando os outros! Como nós, eles tinham dificuldade em assumir suas fraquezas e deficiências e, então, transferiram a culpa uns para os outros.

Não somos melhores do que os discípulos de então! Precisamos reconhecer nossa triste situação diante de Deus. Necessitamos de sua misericórdia. Precisamos aprender a viver com humildade em nossas vidas, derrotando a ambição e a inveja! “Quem pisa no caminho da humildade viverá uma vida diferente. Sabe que também tem muitas fraquezas e falhas em sua vida. Não condena ninguém em suas conversas, porque está ciente de que, se a graça de Deus não o segurar, muito bem pode fracassar e fazer o mesmo pecado ou ainda pior” (Alcides Jucksch).

Oração: Senhor! Ensina-me a admitir minha real situação diante de ti. Ensina-me o caminho da humildade e ajuda-me a andar nele, pois “a minha força nada faz, sozinho estou perdido”!

Por Devocional Orando em Família

Nenhum comentário: